Programação Orientado a Objetos

1.543 visualizações

Publicada em

Conceitos básicos e os 4 pilares sobre orientação a objetos

Publicada em: Software
5 comentários
18 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.543
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
66
Comentários
5
Gostaram
18
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Programação Orientado a Objetos

  1. 1. Programação Orientada a Objetos 1
  2. 2. Introdução De acordo com Furlan (2004:): a tecnologia de objetos apresentam comportamentos chaves que fundamentam o enfoco do processo de modelagem e desenvolvimento. Rumbaugh define a orientação a objetos como “uma nova maneira de pensar os problemas utilizando modelos organizados a partir de conceitos do mundo real.” Entretanto é de fato que, Orientação a Objetos é o processo de construção de modelos do domínio do problema, identificando e especificando um conjunto de objetos que interagem e compartam-se conforme os requisitos estabelecidos para o sistema. 2
  3. 3. O que é Orientação a Objetos? Orientação a objetos nada mais é um paradigma de desenvolvimento de software que tem como objetivo aproximar o mundo real do mundo virtual, a ideia é simular o mundo real dentro do computador, afinal nosso mundo é composto de objetos. 3
  4. 4. O que é uma Classe? Representa-se a classe como um projeto do objeto, ou seja, objeto é a instancia de uma classe, antes de ser criado um objeto deve-se definir a classe na qual ele pertence. A partir da classe podemos construir objetos na memória do computador que executa a aplicação. 4 Cachorro Tamanho: int Raça: string Latir ( ) método Tipo Classe Atributos Variáveis Ações Métodos
  5. 5. O que é objeto? Objeto é a instancia de uma classe, cria-se um objeto após definir uma classe para o mesmo. Na classe cachorro pode-se ter vários objetos, cada objeto pode possuir um atributo diferente. 5 Atributos são variáveis da classe Tamanho: 50cm Raça: buldog Cor: marrom orelha patas rabo
  6. 6. Métodos Métodos são ações que uma classe possui. 6 Ações (Métodos) Fazer xixi comer correr brincar latir dormir
  7. 7. 7 Cachorro Tamanho: int Raça: string Latir ( ) método Objeto New New Classe nada mais é que um projeto de objeto podendo instanciar vários objetos
  8. 8. 8 É possível criar vários objetos em uma só classe. No exemplo da classe cachorro, foi definido outros objetos com atributos diferentes comportamentos diferentes, mas do mesmo jeito não deixa de ser um objeto. O conceito disso em orientação a objetos isso é chamado de código reuso, ou seja, reutilização de código. Objetos trocam mensagem entre si, objetos trocam mensagem entre si e pode trocar atributo de outro objeto
  9. 9. Herança O conceito de Herança é um dos principais pilares na orientação a objetos, ou seja, qualquer linguagem orientada a objetos, possui herança. As vantagens da utilização de herança pode diminuir a quantidade de códigos escrito no inicio do desenvolvimento do projeto. É chamada de Subclasse uma classe que herda os membros de uma classe superior á ela, sendo ela a Superclasse. Superclasse -> fornece membros a outras classes Subclasse -> herda membros da subclasse 9
  10. 10. 10 Animal quadrúpedes aquáticos aves SuperClasse SubClasse Nota: Uma superclasse pode ser herdada por diversas subclasses. Nesta imagem a classe Animal é herdada pelas classes: quadrúpede, aquáticos e aves, sendo assim, a superclasse Animal possui as mesmas características que as outras subclasses.
  11. 11. 11 Veículo Automóvel Aeronave Outro exemplo usando o conceito de herança
  12. 12. 12 Encapsulamento O encapsulamento significa separar o programa em partes o mais isoladas possível, ou seja, proteger os atributos não deixando ser visível a outras classes. O encapsulamento protege o acesso direto (referências) aos atributos de uma instância fora da classe onde estes foram declarados, permite determinar a forma como os membros da classe serão expostos. Exemplo: Pode ser determinado um o tipo de acesso para um determinado método usado que é usado em um software inteiro para que apenas uma equipe possa mexe-lo, ou seja, dependendo da regra de negócio isolar esse método para ter um melhor controle sobre o determinado método.
  13. 13. O membro não pode ser acessado fora da classe, nem mesmo por outras classes derivadas da classe base. 13 private protected internal Protected-internal public O membro não pode ser acessado fora da classe, porém o membro está disponível para outras classes derivadas da classe base. O membro só é visível na unidade de código onde o mesmo está definido. É um meio termo entre public e protected, uma vez que o membro pode ser acesso por todas as classes definidas na mesma unidade. Torna o membro acessível de fora da definição da classe. Quer tipo de código a partir de derivados ou de código da mesma assembleia. Combinação de protegidos ou internos.
  14. 14. Polimorfismo Em orientação a objetos polimorfismo é a capacidade que os objetos possuem, de agir de forma quase totalmente diferenciada mesmo que possuem a mesma origem. Polimorfismo significa muitas formas, pode se enviar uma mensagem para diferentes objetos e fazê-los responder da maneira certa. Sobrecarga de método -> A utilização da sobrecarga de métodos realiza a tarefa com distintos parâmetros de entrada. Ex: posso ter dois métodos chamado com o mesmo nome mas com comportamentos diferentes e parâmetros diferentes. Sobrescrita de método -> Métodos com o mesmo nome, mesma assinatura, comportamentos diferentes, mas em classes diferentes e originadas de uma classe pai. 14
  15. 15. Fim 15

×