Slides erq

395 visualizações

Publicada em

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
395
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slides erq

  1. 1. Aplicação de Boro, Zinco e Nitrogênio na Cultura do pinhão-manso (Jatropha curcas L) na Região do Semi-Árido Potiguar. Jéssica Gonçalves Fonseca
  2. 2.  O pinhão-manso (Jatropha curcas L.) uma planta produtora de óleo e bem adaptada a diversas regiões do Brasil, pertence à família Euphorbiaceae. Observar os efeitos do boro, zinco e nitrogênio sobre as variáveis de crescimento e produção ;
  3. 3.  O solo usado foi Agrissolo não-salino, franco- arenoso; Estrutura para o plantio está em um esquema de 3x4; Foi avaliado a altura, diâmetro do caule e área folicular.
  4. 4. FOTO 1: PM COM 7 DIAS DE FOTO 2: PM COM 12 DIAS DEPLANTIO. PLANTIO.
  5. 5.  Pode-se observar algumas variações, como: Area Folicular, diametro do caule e altura, entre os compostos Boro (B), Zinco (Zn) e Nitrogênio (N).
  6. 6. 250200150 BORO100 ZINCO NITROGÊNIO 50 0 7 DIAS 14 DIAS 21 DIAS 28 DIAS 35 DIAS AREA FOLIAR Gráfico 1: Área Foliar
  7. 7. 87654 BORO ZINCO3 NITROGÊNIO210 7 DIAS 14 DIAS 21 DIAS 28 DIAS 35 DIAS DIAMETRO DO CAULE Gráfico 2: Diâmetro do Caule
  8. 8. 60504030 BORO ZINCO NITROGÊNIO2010 0 7 DIAS 14 DIAS 21 DIAS 28 DIAS 35 DIAS ALTURA Gráfico 3: Altura
  9. 9.  O objetivo deste trabalho é determinar a influência do nitrogênio, boro e zinco no crescimento do pinhão manso na nossa região e podemos concluir que o nitrogênio apresentou uma melhor influência.
  10. 10.  Akbar, E.; Yaakob, Z.; Kamarudin, S. K.; Ismail, M.; Salimon, J. Characteristic and composition of Jatropha curcas oil seed from malaysia and its potential as biodiesel feedstock. Scientific Research, v.29, p.396- 403, 2009. Albuquerque, W. G.; Beltrão, N. E. de M.; Freire, M. A. O.;Azevedo, C. A. V. de. Avaliação do crescimento do pinhão manso em função do tempo, quando submetido a níveis de água e adubação nitrogenada. Revista de Biologia e Ciências da Terra, v.9, p.68-73, 2009. Arruda, F. P. de; Beltrão, N. E. de M.; Andrade, A. P. de; Pereira, W. E.; Severino, L. S. Cultivo do pinhão-manso (Jatropha curcas L.) como alternativa para o semi-árido Nordestino. Revista Brasileira de Oleaginosas e Fibrosas, v.8, p.789-799, 2004. EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Manual de métodos de análises de solo. 2. ed. Rio de Janeiro: Centro Nacional de Pesquisas de Solos, 1997. 212p.
  11. 11.  Nery, A. R.; Rodrigues, L. N.; Fernandes, P. D.; Chaves, L. H. G.; Dantas Neto, J.; Gheyi, R. H. Crescimento do pinhão manso irrigado com águas salinas em ambiente protegido. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.13,p.551- 558, 2009. Novais, R. F.; Neves, J. C. L.; Barros, N. F. Ensaio em ambiente controlado. In: OLIVEIRA, A. J.; Garrido, W. E.; Araújo, J. D.; Lourenço, S. (coord.) Métodos de pesquisa em fertilidade do solo. Brasília: Embrapa SEA, p.189-255, 1991. Ramos, L. P.; Kucek, K. T.; Domingos, A. K.; Wilheim, H. M. Biodiesel: Um Projeto de sustentabilidade econômica e sócioambiental para o Brasil. Revista Biotecnologia, Ciência e Desenvolvimento, v.31, p.28-37, 2003.
  12. 12.  Ratree, S. A. Preliminary study on physic nut Jatropha curcas in thailand. Journal of Biogical Sciences, v.7, p.1620-1623, 2004. Richards, L. A. Diagnóstico y rehabilitación de suelos salinos e sodicos. México: Limusa, 1977. 172p. Severino, L. S.; Vale, L. S.; Beltrão, N. E. de M. A simple method for measurement of Jatropha curcas leaf area. Revista Brasileira Oleaginosas e Fibrosas, v.11, p.9-14, 2007. Vale, L. S.; Severino, L. S.; Beltrão, N. E. de M. Efeito da salinidade da água sobre o pinhão-manso. In: Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia do Biodiesel 1, 2006, Anais... Brasília: IBPS, 2006. p.87-90.

×