Acessibilidade no Nível Superior

15.619 visualizações

Publicada em

Slide criado pela professora Dra Verônica Mariano a respeito da acessibilidade na Universidade Federal de Sergipe.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
15.619
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14.445
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Acessibilidade no Nível Superior

  1. 1. ACESSIBILIDADE E ENSINO SUPERIOR Professora Dra. Verônica dos Reis Mariano Souza
  2. 2. Toda escola por questões éticas e legais deve ser inclusiva.
  3. 3. Os cursos de nível superior só recebem autorização de funcionamento se assegurar condição de mobilidade e de utilização de tecnologias assisistivas. (Portaria n.1.679 de 2 de dezembro de 1999).
  4. 4. <ul><li>Número total de alunos- 22.486 </li></ul><ul><li>Em situação de deficiência: 10 </li></ul><ul><ul><li>Os alunos não declaram a situação de deficiência na CCV. </li></ul></ul><ul><ul><li>Baixo o nível de escolarização dessas pessoas. </li></ul></ul><ul><ul><li>Filtro do vestibular. </li></ul></ul><ul><ul><li>Programa Incluir 2006, 2007 e 2008. </li></ul></ul>
  5. 5. <ul><li>Art. 1º. Cada curso de graduação ministrado pela UFS ofertará uma vaga para candidatos portadores de necessidades educacionais especiais, comprovada através de relatório médico. </li></ul>
  6. 6. <ul><ul><li>Sensibilização da comunidade universitária. </li></ul></ul><ul><ul><li>Revisão nas concepções de aluno, de Universidade e de avaliação.... </li></ul></ul><ul><ul><li>Universidade de qualidade para todos os alunos. </li></ul></ul>
  7. 7. <ul><li>Objetivos: </li></ul><ul><li>Geral: </li></ul><ul><ul><li>Analisar as condições de acessibilidade arquitetônica, pedagógica e atitudinal do Campus de São Cristóvão da Universidade Federal de Sergipe. </li></ul></ul><ul><ul><li>B) Específicos: </li></ul></ul><ul><ul><li>Descrever as barreiras de acessibilidade existentes no campus de São Cristóvão da UFS </li></ul></ul>
  8. 8. <ul><ul><li>Sugerir ações que possibilitem o acesso, a permanência e a conclusão do curso dos alunos que se encontram em situação de deficiência. </li></ul></ul><ul><ul><li>Levantar o número de equipamentos de alta e baixa tecnologia existente no Campus de São Cristóvão da UFS que possibilitem ou ajudem no acesso ao conhecimento dos alunos com necessidades específicas. </li></ul></ul>
  9. 9. <ul><ul><li>Estudo de caso . </li></ul></ul><ul><ul><li>A coleta de dados foi feita nas didáticas, nos blocos departamentais, BICEN, RESU, CCBS, CECH, DEF, estacionamentos.... </li></ul></ul>
  10. 10. <ul><li>Arquitetônicos: </li></ul><ul><li>Ausência de pistas táteis indicando os principais prédios; </li></ul>
  11. 11. <ul><li>ATITUDINAL </li></ul><ul><li>Motos estacionadas ou trafegando pela passarela de pedestres. </li></ul>
  12. 12. <ul><ul><li>Piso rebaixado que não leva a lugar algum </li></ul></ul>
  13. 13. <ul><ul><li>Sanitários fora da normas da ABNT </li></ul></ul>
  14. 14. <ul><ul><li>Ausência de rampas ou elevadores de acesso aos pavimentos superiores. </li></ul></ul>
  15. 15. <ul><ul><li>Desrespeito às vagas especiais. </li></ul></ul>
  16. 16. <ul><ul><li>Balcões inacessíveis aos usuários de cadeira de rodas. </li></ul></ul>
  17. 17. Falta de identificação em Braille dos prédios e dos setores em todo o Campus.
  18. 18. <ul><li>Arquitetônicos: </li></ul><ul><li>Insuficiência de vagas nos estacionamentos; </li></ul><ul><li>Portas estreitas ( menor que 85cm). </li></ul><ul><li>Ausência de orelhões em altura compatível para usuários de cadeiras de rodas. </li></ul><ul><li>Carros obstruindo rampas de acesso para pessoas com dificuldade de locomoção. </li></ul>
  19. 19. Falta de bibliografia básica em braille. Falta de livros em áudio. Desconhecimento, por parte da comunidade universitária, dos direitos das pessoas em situação de deficiência.
  20. 20. Ausência de um serviço de apoio aos alunos em situação de deficiência. Ausência de serviço de apoio pedagógico aos professores que atuam em turmas inclusivas na UFS;
  21. 21. <ul><li>Insuficiência de equipamentos de baixa e alta tecnologia que possibilitem a autonomia dos alunos em situação de deficiência; </li></ul><ul><li>Inexistência de softwares que possibilitem o acesso do cego às informações. </li></ul>
  22. 22. <ul><li>Melhorar as condições de acessibilidade da UFS é importante não só para as pessoas com necessidades específicas, mas para toda comunidade universitária. </li></ul>
  23. 23. A convivência social de todos é um preceito constitucional. O direito de ir e vir e a equiparação de oportunidades para todos são condições para equiparação da cidadania.

×