TURMA DO M˘RIOPARA LEMBRAR NO VESTIBULAR                                     plasmoptise), mas a vegetal, não, porque ela ...
TURMA DO M˘RIOdoença, mas o organismo os reconhece como estranhos e             ribossomos livres ou associados ao retícul...
TURMA DO M˘RIOcadeia de nucleotídeos, assim também, o esperado seria          Subfases da prófase Ique a quantidade de gua...
TURMA DO M˘RIOCada piruvato perde CO2 e NAD ‘pega’ H2 (NADH2).              também são produzidos um total de 2ATP diretam...
TURMA DO M˘RIO                                                               Meu tio avisou que mais um réptil chegou: lín...
TURMA DO M˘RIO               (muçurana)           (surucucu)                 pela ingestão de cistos presentes em água e  ...
TURMA DO M˘RIO                                                              Mas as gônadas também produzem hormônios ester...
TURMA DO M˘RIOglândulas salivares e atua sobre amido e outros               extracelular. Mas existem animais invertebrado...
TURMA DO M˘RIOOs outros répteis apresentam apenas três (dois átrios e um    Lei da transmissão das características adquiri...
TURMA DO M˘RIOque algumas sobreviveram dando origem a linhagens                                                           ...
TURMA DO M˘RIO                                                                      No parasitismo ( + -) minha casa é seu...
TURMA DO M˘RIOcianocobalamin                                                                       nucléicos e é important...
Citologia.2
Citologia.2
Citologia.2
Citologia.2
Citologia.2
Citologia.2
Citologia.2
Citologia.2
Citologia.2
Citologia.2
Citologia.2
Citologia.2
Citologia.2
Citologia.2
Citologia.2
Citologia.2
Citologia.2
Citologia.2
Citologia.2
Citologia.2
Citologia.2
Citologia.2
Citologia.2
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Citologia.2

1.507 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.507
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Citologia.2

  1. 1. TURMA DO M˘RIOPARA LEMBRAR NO VESTIBULAR plasmoptise), mas a vegetal, não, porque ela tem parede celular. PolissacarídiosOrganelas Célula animal e vegetal em meio hipertônico, perdem Amido (tem papel de) reserva energética vegetal,Ribossomos fazem protídios, lisossomos, a digestão e o água – a animal fica enrugada (sofre crenação) e a vegetal glicogênio (tem papel de) reserva energética animal;(complexo) golgiense faz: polissacarídeos, fica plasmolisada (mas, se uma célula plasmolisada, for celulose e quitina: têm papel estrutural.armazenamento, empacotamento e secreção colocada em solução hipotônica, ganhará água e poderáMas, também faz algo mais ... o que será que ele faz? Faz sofrer desplasmólise). Aminoácidos naturais e essenciaiso acrossomo e até o lisossomo. Células animais e vegetais em soluções isotônicas estão Naturais posso produzir; essenciais, tenho de ingerir.Cloroplasto: fotossíntese; em equilíbrio de concentrações. Assim, entra e sai águaMitocôndria: respiração; na mesma proporção e as células não sofrem alteração de Proteínascílios e flagelos : locomoção e o peroxissomo, o que faz volume. Como poderei viver, como poderei viver, sem a minha,então? Ele faz a desintoxicação. sem a minha proteína... proteína é enzima e tambémCentríolos fazem: flagelos e cílios Célula vegetal e osmose estrutural, anticorpo para defesa e fornece energia. DaNove grupos de três (microtúbulos protéicos) : centríolos Sc = Si – M ou DPD = PO – PT seqüência (de aminoácidos) vem a forma (da proteína) eNove grupos de dois (microtúbulos protéicos), com dois Se Sc for zero (Sc = 0, ocorre quando Si = M), quanta da forma, a função.(microtúbulos protéicos), centrais:flagelos ou cílios. água eu quero? Resposta zero (a célula já está túrgida), pH, temperatura (fatores que influem na atividadeCílios têm tamanho menor e número maior, mas se Sc for igual a Si, quero água sim (Sc = Si, ocorre enzimática) rompem pontes de hidrogênio... muda a formaFlagelos têm tamanho maior e número menor. quando M = 0 e a célula pode estar plasmolisada.) Há da enzima e há (pode haver) perda de função. Pobrezinha,Todo retículo faz transporte, mas há dois tipos de autores que dizem que em meio isotônico, a célula vegetal a proteína, sofre desnaturaçãoretículos: o (retículo endoplasmático) rugoso (ou permanece flácida, sendo que a membrana plasmática Obs.: Lembrar que o número de ligações peptídicas emergastoplasma) e o (retículo endoplasmático) liso. apenas toca a membrana esquelética (ou parede celular) e um polipeptídio é igual ao número de aminoácidosO R.E. rugoso (ou retículo endoplasmático granular ou esta não exerce pressão para dificultar a entrada de água. presentes menos 1.ergastoplasma) tem ribossomos aderidos – ele faz ( M = 0 e Sc = Si). Soro e vacinaprotídios, mas o R.E. liso (ou retículo endoplasmático Se Sc = Si + M, a água evaporou (ocorreu Vacina tem o antígeno, mas soro tem anticorpo. Se umaagranular) não. Assim, ele (o R.E liso) faz lipídios. evapotranspiração) e a célula, murcha ficou (há cobra me picar, soro eu vou tomar. Mas, se o que quero éCitoesqueleto é uma rede de fibras protéicas interligadas quem considere que a célula está retraída). prevenção, vacina é a opção.e entrelaçadas, importantes para a sustentação esquelética Lembrar que Sc = SI – M, mas em caso de célula murcha, Antígeno induz a produção de anticorpo, mas quem oda célula. M < 0, logo: Sc = Si – (-- M), resultando Sc = Si + M. fabrica é o seu corpo (o anticorpo é produzido peloPlasmalema sistema imunológico).Membrana plasmática envolve toda célula: ela seleciona o Transporte passivo e ativo: Obs.: lembrar que soro é imunização passiva artificial, eleque deve passar por ela (é semipermeável, apresenta O ativo gasta energia, mas o passivo não. Se quero tem anticorpos prontos, é de uso terapêutico e de efeitopermeabilidade seletiva e permite separar o meio externo equilíbrio (de concentrações) vou buscar o (transporte) rápido, mas não duradouro. Ao ser vacinada, uma pessoado conteúdo interno da célula) passivo, mas se quiser desequilíbrio (de concentrações), pode receber antígenos atenuados que induzem a produçãoCromatina vou partir para o (transporte) ativo. de anticorpos. O processo é lento, porém, duradouro. ACromatina tem DNA (e proteínas) Bomba de sódio e potássio é um exemplo de vacina é imunização ativa artificial e tem indicaçãoDo núcleo (em células eucarióticas) ela controla a (transporte) ativo, mas difusão (difusão simples, preventiva. A imunidade passiva natural pode ser obtidaatividade celular. difusão facilitada e osmose) é exemplo de pela passagem de anticorpos maternos pelo leite ou porObs.: Lembrar que em bactérias (organismos (transporte) passivo. via transplacentária. A imunidade ativa natural pode serprocariontes) o cromossomo é constituído apenas por obtida após ter havido contato com um antígeno e o seuDNA. Pinocitose e fagocitose reconhecimento por parte do organismo, com a posteriorOsmose Se a célula engloba partículas relativamente grandes e produção de anticorpos e a de células de memória. Se emA água sempre vai, por osmose, (do meio) hipotônico para sólidas com formação de pseudópodes é fagocitose. uma próxima vez o organismo entrar em contato como ( meio) hipertônico. Englobamento de pequenas gotículas, com invaginação aquele mesmo agente infeccioso, a produção de anticorposCélula de animal e a de vegetal em meio hipotônico, da plasmalema (ocorre formação do canal de pinocitose) será rápida e intensa e a doença não se manifestará.ganham água – a animal até estourar (hemólise, é pinocitose. Assim, o vírus da rubéola contém antígenos e causa uma www.turmadomario.com.br 1
  2. 2. TURMA DO M˘RIOdoença, mas o organismo os reconhece como estranhos e ribossomos livres ou associados ao retículo Alanina = CGA; Arginina = GCG; Glicina = CCU;produz anticorpos e células de memória, adquirindo endoplasmático granular. Aí, o RNAm, através da Metionina = UAC; Serina = AGA.imunidade ativa natural. Em um próximo contato com seqüência de suas bases, determina a posição dos Resposta: A seqüência de bases do DNA é :aquele vírus, a rubéola não mais se manifestará na pessoa. aminoácidos nas proteínas; TACCCTCGAAGAGCG. • O RNA transportador transporta os aminoácidos, 3. (Unirio) Uma bactéria sofre uma mutação pontual emSubstâncias orgânicas e inorgânicas unindo o seu anticódon ao códon do mensageiro. uma região de seu DNA, que era: TAC CTT ATA GATLipídios, protídios, glicídios , DNA, RNA (DNA e RNA • 3 bases do mensageiro (RNAm) códon Ocorreu uma mudannça na terceira base, que passou desão ácidos nucléicos), água, cálcio ferro, fósforo, • 3 bases do transportador (RNAt) anticódon. citosina a guanina. Indique o RNA mensageiro codificadovitaminas há: A, B, C, D, E, K • Cada códon (seqüência de três bases do RNAm) pela seqüência de DNA mutada.. Resposta: AUC GAAVitaminas podem ser hidrossolúveis: B, C,H ou codifica um aminoácido. O anticódon é uma UAU CUAlipossolúveis: K, E, D, A seqüência de três bases nitrogenadas do RNAt 4. (Puccamp-SP- modif.) O quadro a seguir contém umÁgua sempre tem mais, mas o que tem mais (depois da complementares às do códon do RNAm. segmento de DNA, os códons e os anticódonságua) nos animais são os protídios (proteínas) e nos • O DNA também apresenta códons. correspondentes:vegetais, são os glicídios. • Cada nucleotídeo do DNA é constituído por um ATT GAC TCA fosfato, uma pentose (desoxirribose) e uma das bases DNAÁcidos nucléicos nitrogenadas (A, T, C ou G). TAA . ...I... AGTC sempre liga com G, mas o A pode variar: se A liga com RNAm ...II ..... GAC ...III... • Cada nucleotídeo do RNA é constituído por umT é DNA, se A liga com U é RNA. RNAt UAA ...IV...... AGU fosfato, uma pentose (ribose) e uma das basesCódon quem tem é DNA ou mesmo RNAm; anticódon Para preenchê-lo corretamente, os algarismos I, II, III e IV nitrogenadas (A, U, C ou G).quem tem é o RNA transportador. devem ser substituídos, respectivamente, por quais bases • código genético é degenerado (há mais de um códonDNA faz (sintetiza) DNA é duplicação, DNA faz RNAé nitrogenadas? que codifica o mesmo aminoácido), assim, atranscrição. RNAs fazem proteína: esta é a tradução. Resposta: I : CTG; II: AUU; III: UCA; IV: CUG substituição de uma única base nitrogenada no DNADuplicação (ou replicação) do DNA é semiconservativa: 5.(UFPA-modificada) Uma proteína formada por noventa altera o códon, mas não leva necessariamente àcada molécula-filha tem duas fitas: uma nova e uma antiga aminoácidos apresenta 89 ligações peptídicas e é substituição de um aminoácido no polipeptídeo(metade da molécula original se conserva íntegra em cada codificada por uma molécula de RNA ( I) de no mínimo correspondente (pode, ou não, haver a substituição douma das moléculas-filhas e serve de molde para (II) nucleotídios. (I) e (II) correspondem respectivamente aminoácido)montagem da cadeia nova de nucleotídeos) a: • Pela relação de Chargaff, no DNA:Saiba ainda que: Resposta: (I) : mensageiro; (II) : 120 A= T e C = G• Em células eucarióticas, os RNAs são produzidos no (UFRJ) Um cientista analisou o conteúdo de bases Observe os exercícios e suas respostas: núcleo nitrogenadas de uma amostra pura de DNA, 1.(Fuvest –SP) No DNA de um organismo, 18% das bases• No nucléolo ocorre síntese e armazenamento do RNA correspondente a um determinado gene. Os valores nitrogenadas são constituídas por citosina. Que outras encontrados estão na tabela abaixo: ribossômico e a formação das subunidades bases nitrogenadas devem existir neste DNA e em que ribossômicas.As proteínas dos ribossomos são Tipos de base Adenina Citosina Timina Guanina proporções? Justifique sua resposta.. produzidas no citoplasma e daí vão para o nucléolo, Números de base 257 485 106 270 Resposta: No DNA há duas cadeias de nucleotídeos que onde se combinam ao RNA ribossômico formando os O cientista interpretou esses resultados com sendo são complementares, sendo que adenina (A) pareia com ribossomos. Os nucléolos são produzidos por compatíveis com um DNA, cuja molécula é formada timina (T) e citosina (C), com guanina (G). Assim, o cromossomos especiais (cromossomo organizador do apenas por uma cadeia (um filamento). Justifique a número de adenina é igual ao de timina e o número de nucléolo que contém uma região específica à qual o conclusão do cientista. citosina é igual ao de guanina. Assim, se há 18% de nucléolo está associado denominada região Resposta: A timina presente na molécula é uma base citosina há também 18% de guanina, dando um total de organizadora do nucléolo). nitrogenada exclusiva do DNA, assim os resultados são 36%. Como há também adenina e timina, concluímos que• O RNA ribossômico associado a proteínas específicas compatíveis com a molécula de DNA. Quando o DNA é A+ T = 64% (32% de A e 32% de T). forma o ribossomo (o RNAr é um dos componentes formado por duas cadeias de nucleotídeos, espera-se que 2.(Unicamp-SP) Determine a seqüência de bases do DNA estruturais dos ribossomos). a quantidade de adenina seja igual à de timina, pois essas que transcreve o RNAmensageiro do seguinte peptídio:• O RNAm, produzido no núcleo (nas células bases nitrogenadas estariam unidas por pontes de Metionina-Glicina-Alanina-Serina-Arginina. eucarióticas) segue para o citoplasma onde estão hidrogênio e seriam encontradas aos pares na dupla Utilize os seguintes anticódons dos aminoácidos: www.turmadomario.com.br 2
  3. 3. TURMA DO M˘RIOcadeia de nucleotídeos, assim também, o esperado seria Subfases da prófase Ique a quantidade de guanina fosse igual à de citosina, que Leptóteno, zigóteno, paquíteno, diplóteno e diacinese. Equação da fotossíntesetambém formariam pares, porém essa relação não foi Na prófase I os cromossomos homólogos sofrem luz, clorofilaobservada, o que levou o cientista a concluir que a emparelhamento no zigóteno e, então, no paquíteno 6 CO2 + 12 H2 O C6H12O6 + 6 O2 + 6 H2 Omolécula de DNA em questão era formada por apenas (segundo muitos autores), as cromátides não-irmãsuma cadeia (um filamento). (cromátides homólogas) podem trocar segmentos Fotossíntese: etapas do claro (fotoquímica) e do escuro (crossing-over ou permutação que permite aumento de (química)Mitose e meiose variabilidade genética). A luz incide, a água se quebra (fotólise da água), o O2 vaiMitose é um processo de divisão celular, uma célula que é Obs.: Lembrar que no paquíteno podemos encontrar para a atmosfera.2n, outras duas vai formar. tétrades ou bivalentes formadas por um par de Poderia ser eu, poderia ser você, mas Deus quis que fossePrófase é a primeira das quatro fases do processo: cromossomos homólogos duplicados emparelhados e o NADP que levasse o H2 (NADPH2) para reagir com oespiralizam-se os cromossomos que se duplicaram na razoavelmente condensados. Logo, se em uma célula CO2 e dar a glicose depois.intérfase (período S da intérfase), além disso, a carioteca e houver 8 bivalentes ou tétrades, o número de Minha tia já dizia, você deve saber, quem fornece energianucléolo desaparecem. cromossomos das células diplóides dessa espécie será de lá no (fase do) escuro é o ATP que é feito lá no (fase do)Metáfase é a segunda, os cromossomos duplicados, estão 2n = 16. claro, claro.bem visíveis no equador. Anáfase é a terceira, separam-se Espermatogênese Observação: Lembrar que a produção do ATP na fase doas cromátides e os cromossomos-irmãos para pólos “Primeiro vem a gônia (espermatogônia) – multiplicação claro ocorre na fotofosforilação cíclica e naopostos se vão. (sem ela não tem jeito), depois vem o crescimento até o fotofosforilação acíclica. A fotólise da água tambémTelófase é a derradeira: quem tinha sumido ressrurge cito I (espermatócito I) e daí maturação . Começa a ocorre na etapa fotoquímica. Na etapa do escuro, ocorre adesespiralizam-se os cromossomos e a citocinese meiose: um cito I (espermatócito I) para dois citos II síntese da glicose no ciclo das pentoses ou de Calvin-acontece. (espermatócitos II) para quatro tides (espermátides) ... Benson. Os hidrogênios provenientes da água e que foram A ordem dessas fases é importaante, assim, é bom diferenciação (espermiogênese) – vêm os quatro trazidos pelo NADH2 reagem com o CO2 e a glicose élembrar :‘eu PRO METo que para a ANA eu vou espermatozóides”. produzida. A energia utilizada é fornecida pelos ATP.TELefonar’ . Logo, temos: uma espermatogônia (2n) para um Etapas do claro e escuro: localizaçãoMeiose também é um processo de divisão celulaar: uma espermatócito I (2n,) para dois espermatócitos II (2n) Fase do claro lamela e grana (tilacóides,ganum), fase docélula-mãe que é 2n, quatro células-filhas, cada uma n , para 4 espermátides, (n) para 4 espermatozóides (n) escuro estromavai formar. A meisoe tem a I e a II, a I é reducional (R!) e “Até o cito I toda célula (gônias e cito I) é 2n (diplóide), Fotosíntese e quimiossíntesea II, equacional (E!). daí começa a meiose e então, a partir do cito II toda célula Fotossíntese: energia vem da luz.Na prófaseI (paquíteno) crossing – over pode haaver, (citos II, espermátides e espermatozóides) fica n Quimiossíntese: (certas) reações químicas (inorgânicas)aumentando a variabilidade. Na anáafase I , cromossomos (haplóide)”. são a fonte da energia.homólogos, migram lá para os pólos, mas na anáfase II da Ovulogênese Respiração celular aeróbia e fermentaçãomeiose e na anáafase da mitose, quem vão são os irmãos. A partir do ovócito I (2n) surgem o ovócito II (n) e o Olê mitocôndria (ia) , energia! Respiração celular!Mais de mitose e meiose primeiro corpúsculo polar (n) que pode dividir-se Reagentes do processo: glicose e O2Se quiser algo igual a mim vou fazer mitose mas se quiser, originando dois corpúsculos polares filhos haplóides (n). Produtos que aparecem: água e CO2diferente, vou fazer meiose. O ovócito II origina a ovótide (n) e o segundo corpúsculo 36 ATP (38 ATP em certos casos) pra consumir depoisObs.: Lembrar que uma célula 2n origina, por mitose, polar (n). Assim, obtemos apenas um óvulo(n). Na fermentação só se conseguem 2 ATP (lembrar que aoutras duas células 2n, idênticas. Uma célula diplóide, 2n, Observe: a partir de uma ovogônia (2n) um ovócito I fermentação não ocorre na mitocôndria e sim noorigina, por meiose, outras quatro, sendo que cada uma (2n) um ovócito II (n) um óvulo (n).: hialoplasma).delas é haplóide ( n).Anáfase I e II da meiose e anáfase da mitose Fotossíntese Respiração celular aeróbia (etapas)Anáfase I : cromossomos homólogos vão para os pólos Iluminei o cloroplasto (tô) pra fazer (zêr) fotossíntese. Glicólise ou piruvato(opostos). No processo (sô) é preciso (zô) : água, luz enzimas, Lá no hialoplasma, não de imediato, uma glicose seAnáfase II da meiose e anáfase da mitose: quem vão (para clorofila e CO2 “quebra’’ em dois piruvatos (ácidos pirúvicos), 2 NADH2pólos opostos), são os (cromossomos) irmãos. Aparece (cê) uma glicose (zê) e o O2 sai da água e vai e 2 ATP, de saldo vai haver. para a atmosfera. Ciclo de Krebs www.turmadomario.com.br 3
  4. 4. TURMA DO M˘RIOCada piruvato perde CO2 e NAD ‘pega’ H2 (NADH2). também são produzidos um total de 2ATP diretamente. O ou membrana corioalantóide) serve pra quê? Serve praCiclo de Krebs vai começar lá na matriz. Não é total de ATP obtidos a partir de 10 NADH2 que vão para a respiração (trocas gasosas com o ar), eu vou responder !complicado: 2C + 4C 6C (ácido cítrico formei). Sai cadeia respiratória (2 provenientes da glicólise, 2 que se Mais um anexo (além dos outros) só mamífero pode ter --CO2 em número de dois, volta para 4C (ácido oxalacético formam na transformação de 2 ácidos pirúvicos em 2 a placenta é seu nome, é bom saber. Então, para que serveregenerei). cetil-CoA e 6 que se formam em duas voltas do ciclo de ela ? *Trocas entre o sangue materno e o do feto é aNesse ciclo, eu consigo: 3 NADH2 , 1 FADH2 e 1 ATP e Krebs) é de 30 ATP. No ciclo de Krebs (duas voltas) função dela.daí prrossigo, você vai ver... também se formam 2 FADH2 que vão para a cadeia *Observação: Lembrar que em embriões de répteis e aves,Cadeia respiratória (fosforilação oxidativa) respiratória e permitem a produção de 4 ATP. Assim, o certas regiões do alantóide se aderem firmemente aoCada NADH2 vai para a crista mitocondrial e “perde’’ H2 saldo de ATP obtido será de 38 ( 2 da glicólise, 2 do ciclo córion, formando o corioalantóide, que bastanteque passa pelo FAD, citocromos e O2. de Krebs e 34 da cadeia respiratória). vascularizado e situado logo abaixo da casca porosa doNesta cadeia respiratória, 1 H2O e 3ATP eu quero ter, mas Saiba ainda que substâncias como o cianeto ligam-se ao ovo, permite trocas gasosas com o ar ). Lembrar tambémse quem a iniciou foi FADH2, o número de ATP é outro: citocromo a3 e interrompem a cadeia respiratória, que na placenta não há comunicação direta entre os vasossó dois (2ATP) vamos obter. cessando a produção de ATP. A falta de oxigênio nas sangüíneos materno e o do feto e nem de suas células doObservação: Lembrar que a respiração celular aeróbia células (anoxia) também interrompe a cadeia respiratória sangue. Peixes e anfíbios (segundo muitos autores)apresenta três etapas: a glicólise ocorre no hialoplasma e a fosforilação oxidativa, podendo levar à morte, por apresentam apenas saco vitelínico, mas répteis, aves e(citosol); o ciclo de Krebs, na matriz mitocondrial e a falta de ATP suficiente. mamíferos possuem saco vitelínico, âminio, alantóide ecadeia respiratória, nas cristas mitoconndriais. Observe o exercício abaixo da FATEC : cório.De forma simplificada, podemos considerar que na Analise as afirmações abaixo, relativas ao processo do Mamíferos placentários ou eutérios (subclasse Eutheria),glicólise, a partir da glicose (C6H12O6), ocorre a produção metabolismo energético: como os (primatas, carnívoros, cetáceos, roedores, etc)de 2 ácidos pirúvicos (2C3H4O3), se estes receberem I.Fermentação, respiração aeróbica e respiração apresentam placenta verdadeira e seu desenvolvimeentohidrogênios, passarão a ser 2 ácidos lácticos anaeróbica são processos de degradação das moléculas embrionário se completa inteiramente no útero materno.(C6H12O6 2 C3H6O3+ energia) será fermentação láctica, orgânicas em compostos mais simples, liberando energia. Mas, mamíferos monotremados ou prototérios (subclassemas se resultarem CO2 e álcool etílico (C6H12O6 2 CO2 II Todos os processos de obtenção de energia ocorrem na Prototheria, ordem Monotremata), como o ornitorrinco+ 2C5H10O5 + energia), a fermentação será alcoólica. Na presença de oxigênio. e a équidna não formam placenta. Eles são ovíparos, têmfermentação há um saldo de 2 ATP. Assim, em condições III. A energia liberada nos processos do metabolismo cloaca, bico córneo e glândulas mamárias sem mamilos,anaeróbicas, muitos fungos, como certas leveduras podem energético é armazenada nas moléculas do ATP. também não possuem útero. Há ainda mamíferosrealizar a fermentação alcoólica, cujos produtos, gás IV. No processo de fermentação, não existe uma cadeia de marsupiais ou metatérios (subclasse Metatheria), como ocarbônico e álcool etílico, ,interessam respectivamente à aceptores de hidrogênio que está presente na respiração gambá, canguru e coala que abandonam o útero maternoindústria de produção de pães e à de bebidas alcoólicas. aeróbica e anaeróbica. precocemente e completam seu desenvolvimento noEm condições anaeróbicas, determinadas bactérias e V. Na respiração aeróbica, o último aceptor de marsúpio, uma bolsa de pele que contém tetas e glândulastambém células musculares humanas podem realizar a hidrogênios é o oxigênio, enquanto na respiração mamárias que nutrem os filhotes. Muitos autoresfermentação láctica . anaeróbica é outra substância inorgânica. consideram que os marsupiais não apresetam umaPor outro lado, se houver oxigênio disponível nas cristas VI. Na fermentação, a energia liberada nas reações de placenta verdadeira.mitocondriais, não haverá fermentação, mas sim, degradação é armazenada em 38 ATPs, enquanto narespiração celular aeróbia e serão produzidos água e CO2 respiração aeróbica e anaeróbica é armazenada em 2 Insetos, aracnídeos e crustáceos pertencentes ao filo(C6H12O6 + 6 O2 6 H2O + 6 CO2+ energia). ATPs. dos artrópodesNa respiração celular aeróbia, a glicólise também ocorre, Estão corretas apenas as afirmativas: Lá vem o insetomas os ácidos pirúvicos formados perdem hidrogênios e a) I, III, IV, V. b) I, IV, V, VI. c) I, II, III, IV. d) I, Vejam vocês: antenas são duas e patas são seisCO2 e tem prosseguimento as outras etapas do processo III, V, VI. Lá vem a aranha e o carrapato, fique de olho:(ciclo de Krebs e cadeia respiratória). e) I, II, IV, V. antenas nenhuma, mas patas tem oito Os NAD e FAD são aceptores intermediários de Resposta:A Lá vem o crustáceo entrando no barco: tem dez ou maishidrogênio (NADH2 e FADH2), enquanto o aceptor final é Anexos embrionários patas e antenas só quatro.o oxigênio, na respiração celular aeróbia. Saco vitelínico para nutrição; alantóide para excreção;Na glicólise são consumidos 2ATP e produzidos 4 ATP, âmnio para proteção e evitar a desidratação e o alantócorioresultando saldo de 2ATP. No ciclo de Krebs (duas voltas) www.turmadomario.com.br 4
  5. 5. TURMA DO M˘RIO Meu tio avisou que mais um réptil chegou: língua longa O soro polivalente é usado contra venenos de cobras emInsetos ele tem, escamado ele é; lacertílio também . Olha lá !Ele geral , com exceção do veneno das corais verdadeiras .Eu vi uma barata de seis patas e um par de antenas na anda de quatro, deve ser um lagarto. Os soros específicos são usados apenas contracareca do vovô, Meu tio avisou que o último réptil chegou: crocodiliano determinados venenos . Exemplos: soro anticrotálico -Assim que ela me viu, bateu asas e voou. Esse inseto é ele é, quatro cavidades no coração, ele tem. Circulação é usado no caso de picadas por cascavéis (Crotalusartrópde (petence ao filo dos artrópodes) com Malpighi dupla, incompleta, se a boca estiver aberta é melhor dar terrificus terrificus) e soro antielapídico - empregado(túbulos de Malpighi) para excreçã, (seu sistema) no pé – esse bicho quem é ? É um crocodilo ou mesmo exclusivamente nos casos de intoxicação por veneno decirculatório é aberto, digestório é completo, traqueal é a um jacaré”. corais verdadeiras (Micrurus coralinus).respiração e o (sistema) nervoso é ganglionar ventral ... Observação: Observe as características de cobras peçonhentas e nãodó, ré, mi, fá, fá, fá ! Dó, ré, dó, ré, ré, ré ! De modo simplificado, podemos dividir os répteis nas peçonhentas no quadro abaixo:Respiração dos moluscos seguintes ordens: Rhynchocephalia (rincocéfalos),É coisa de molusco, mas acontece: respiração branquial Chelonia (quelônios), Crocodilia (crocodilianos) ,(nos aquáticos) e (respiração) pulmonar nos (moluscos) Squamata (escamados)terrestres. Rincocéfalos: são répteis primitivos não venenosos emHino dos moluscos extinção. Exemplo: tuatara (Sphenodonsp) - este animalSalve o filo dos moluscos: cabeça, pé e massa visceral, possui um terceiro olho atrofiado logo abaixo da pele. Os Não peçonhentas Peçonhentascorpo mole, celomado, simetria bilateral. Rincocefalos também são conhecidos por Esfenodontes. Cabeça Geralmente oval, Triangular, bemCaracol e lesma são gastrópodes; polvo e lula, Quelônios:são representados pelos jabutis (terrestres), mal destacada do destacada do corpo,cefalópodes; cágados (de água doce) e tartarugas (marinhas). corpo, coberta de com escamas iguaisOstra, marisco e mexilhão são pelecípodes de rádula não ( Apresentam respiração pulmonar, mas as tartarugas placas poliginais às do corpoestes não apresentam rádula, ao contrário da grande marinhas podem retirar oxigênio da água através das Olhos Grandes Pequenosmaioria de moluscos). paredes vascularizadas da cloaca. Pupilas Circulares Fenda verticalEquinodermas Crocodilianos:Apresentam boca com muitos dentes. O Fosseta Ausente Presente (cobra deEu tenho espinho, eu tenho (sistema) ambulacrário, então coração possui quatro cavidades (dois átrios e dois lacrimal ou quatro ventas)daqui, não saio, daqui ninguém me tira... ventrículos) e a circulação é dupla e incompleta. loreal queDaqui não saio, porque tenho (sistema) ambulacrário. Exemplos : jacarés e crocodilos serve paraMas, se eu quiser, eu posso me mover... Escamados: essa ordem a presenta as subordens : percepção deDaí eu saio, daí eu saio porque tenho (sistema) Lacertilia (lacertílios) e Ophidia (ofídios) calor,ambulacrário. • Lacertílios ou Sáurios: são conhecidos como lagartos. identificandoAnelídeos Geralmente não são peçonhentos, exceto o monstro de a presençaEu perguntava se minhoca é verme, eu respondia que gila, que vive no Golfo do México. Possuem de outrosminhoca é verme metamerizado (verme cilíndrico geralmente quatro patas, com exceção da “cobra de animaissegmentado), é anelídeo e excreta por nefrídeo... vidro”, cujos membros foram atrofiados. Como os mesmo noRépteis outros répteis, geralmente não possuem glândulas, mas escuro“Meu tio avisou que um réptil chegou, nadando ela vem, há uma exceção - as glândulas coxais nos lagartos Escamas Lisas e justapostas Carenadas etrês cavidades no coração, tartaruga tem... e para respirar, machos que produzem substâncias odoríferas para imbricadasprecisa de pulmão, ácido úrico é principal produto de atração sexual das fêmeas. Cauda Longa, afinando-se Curta, afinando-seexcreção. Tartaruga deixa os ovos na areia e volta para o Ofídios: há cobras peçonhentas com glândulas salivares aos poucos bruscamente.mar, ela sabe nadar. transformadas em glândulas de veneno e outras, não Movimentos Rápidos VagarososMeu tio avisou que outro réptil chegou: escamado ela é peçonhentas.ofídio também, rastejando ela vem porque patas não tem. Reprodução Ovíparos Ovovivíparos O tratamento para os casos de envenenamento por picadaSe a cabeça for triangular e tiver veneno para inocular de cobra consiste principalmente no uso de soros Quando Foge Enrodilha-se emcuidado, amigo, essa cobra é um perigo. antiofídicos: perseguida atidude de ataque • polivalentes Hábitos Diurnos Noturnos • específicos. Exemplos: Rachideles brasilis Lachesis muta www.turmadomario.com.br 5
  6. 6. TURMA DO M˘RIO (muçurana) (surucucu) pela ingestão de cistos presentes em água e caramujo e pedogênese ocorreu, aparecendo a cercária alimentos, principalmente, verduras. que queria penetrar num vertebrado. Um homem estava sujo e foi na água se banhar, sentiuBac, bactérias *Úlcera de Bauru Leishmania brasiliensis uma coceira e ela aproveitou para entrar, daí , a danada,Bac, bactérias e algas azuis no reino Monera, foi lá que eu adquirida pela picada do seguiu pelo sangue até o sistema porta (sistema porta-pus. mosquito-palha hepático), não pediu licença, nem nada, fixou residência,Dengue ou birigui (Lutzomyia) trouxe problemas: edema. e barriga d’água.Se você pensa que dengue é brinquedo ...dengue não é *Calazar Leishmania donovani Teníasebrinquedo não! Um vírus é seu causador e em Aeds adquirida pela picada Hospedeiro definitivo: ser humano. Hospedeirosencontramos seu vetor. O mosquito é preto e branco e pica de mosquitos intermediários: vermes platelmintos:Taenia solium (têniamais durante o dia. Água limpa e parada essa fêmea do gêneroLutzomyia do porco) e Taenia saginata (tênia da vaca). Adquire-sepreferia. Tricomoníase Trichomonas vaginalis teníase ingerindo carne de porco ou de vaca crua ou malCuidado meu amigo, a dengue é um perigo! Não deixe a adquirida por cozida.descoberto/ caixa d’água e latões, jogue fora lá no lixo relação sexual ou talvez por Oservação: Eventualmente, os humanos podempneu velho e garrafões. objetos contaminados, como desempenhar o papel de hospedeiros intermediários daMais uma de dengue (outra versão) toalhas e roupas íntimas Taenia solium, se ingerirem ovos da tênia do porco emA dengue é doença causada por um vírus Doença do sono Trypanosoma gambiensis alimentos, como verduras ou água, contaminados e nesteA fêmea do Aeds (mosquitos do gênero Aeds) é agente adquirida caso não terão teníase, mas sim, cisticercose.transmissor. Ela é pretinha com manchas branquinhas e pela picada da Veja:pica mais durante o dia . Cuidado menino, fique longe do mosca tsé-tsé Glossina Nas fezes de alguém havia proglotes com ovos (ovos deperigo: não deixe na água o mosquito proliferar e procure Toxoplasmose Toxoplasma gondii Taenia solium) que contaminaram a ração do porco. Oajuda sempre que precisar. Adquirida pela ingestão animal estava com fome e comeu tudo bem depressa e,Doença de Chagas de cistos expelidos com dos ovos, cisticercos vieram. Depois de algum tempo,Doença de Chagas, faz mal ao coração as fezes de gatos (porcos num matadouro clandestino, o pobre conheceu seu fim eCom fezes de barbeiro, vem a transmissão e bois podem ingerir sua carne foi para a panela. Uma garota apressada, nãotripanosssoma (Trypanosoma cruzi) é quem causa a lesão oocistos infectando-se. esperou por mim, achou a comida tão boa que comeu aMedidas preventivas : dedetização Se a pessoa ingerir a carne carne crua e até o cisticerco também. No intestino dela, ae controle de sangue para transfusão. contaminada, malpassada larva se prendeu e a solitária (tênia) cresceu. Por causa daMalária ou crua também poderá infectar-se. teníase, a menina perdeu nutrientes e se enfraqueceuNa malária anófeles (Anopheles sp) é o vetor e o A transmissão também poderá ocorrer da mãe para seu bastante, ao contrário do verme, que ficou, cada vez, maisplasmódio (Plasmodium sp) é o causador: febre é descendente, via placenta forte. Mas um dia, a sorte dela mudou: o doutor veio eintermitente. Coitadinho, deste paciente! *Observações: A Giardia intestinalis anteriormente era deu-lhe remédio. A tênia se foi e a menina aprendeu aObs: Lembrar que além da malária causada pelo denominada Giardia lamblia. A úlcera de Bauru também lição: carne crua ou mal passada, nunca mais, obrigada.Plasmodium sp e a doença de Chagas causada pelo é conhecida como leishmaniose cutâneo mucosa e o Obs.: Estudar também outras verminoses, como porTrypanosoma cruzi há outras doenças importantes calazar, como leishmaniose visceral. exemplo, a ascaridíase, causada pelocausadas por protozoários. Veja: Ascaris lumbricoides; o amarelão ou ancilostomíase,Doença Causador Doenças causadas por vermes causado por vermes das espécies Ancylostoma duodenaleAmebíase Entamoeba histolytica Esquistossomose (ou barriga d’água) : Causador: e Necator americanus; a filaríase ou elefantíase, causadaadquirida pela Schistosoma mansoni (verme platelminto). Hospedeiros por vermes da espécie Wuchereria bancrofti e ingestão de cistos intermediários: certos caramujos. Hospedeiros definitivos: transmitidos por mosquitos do gênero Culex e a oxiuríasepresentes em água e animais vertebrados ou enterobíase, causada por vermes da espéciealimentos, principalmente, Observe: Enterobius vermicularis.verduras Alguém foi para a lagoa e lá evacuou. Nas fezes havia o*Giardíase Giardia intestinalis ovo que o miracídio liberou. A larva ciliada entrou no adquirida www.turmadomario.com.br 6
  7. 7. TURMA DO M˘RIO Mas as gônadas também produzem hormônios esteróides: Glucagon ação ativa a fosforilase para fracionar oHormônios testosterona é feita nos testículos, progesterona e glicogênio hepático em moléculas de glicose, as quais vãoOcitocina (produzida pelo hipotálamo e secretada pela estrógeno são produzidos no ovário. para o sangue, elevando a glicemia.neuro-hipófise): contração uterina e ejeção do leite. LH no pico, pode ocorrer a ovulação, a progesterona sobe, A somatostatina inibe a secreção de insulina e glucagon.Paratormônio: tira cálcio do osso e manda para o sangue, mas se não houver fecundação, depois de algum tempo, o Glucagon, insulina e somastotatina são produzidosmas calcitonina tem ação contrária: cálcio diminui no LH abaixa e a progesterona também, daí, a menstruação respectivamente por células alfa, beta e delta das ilhotassangue e vai para o osso. vem (mas, se houver fecundação, a mulher não menstrua, de Langerhas do pâncreas. O pâncreas é uma glândulaTSH (hormônio tireotrófico, produzido pela adeno- pois a gonadotrofina coriônica mantém o corpo lúteo ativo mista ou anfícrina. A porção exócrina (ácinoshipófise) estimula a tiróide a produzir hormônios. na produção de progesterona e estrógeno por mais algum pancreáticos) produz o suco pancreático e a porçãoT3 (triiodotironina) e T4 e(tiroxina ou tetraiodotironina): tempo. Por volta da 15ª semana de gestação, a placenta já endócrina (ilhotas pancreáticas de Langerhans) secretamelevação do metabolismo de vários tecidos. Excesso deles: está madura e pode secretar progesterona e estrógeno). os hormônios (insulina, glucagon e somatostatina).hipertireoidismo Observações.: Digestão em seres humanosCarência deles: hipotireoidismo (lembrar que o Paratormônio é produzido pelas paratireóides e estimula o Na boca ptialina (amilase salivar), no estômago, pepsina,hipotiroidismo na infância pode resultar em cretinismo: o aumento de cálcio no sangue, mas a calcitonina no duodeno a gente tem tripsina, nuclease, lipase eindivíduo pode apresentar retardamento físico, mental e (produzida pela tireóide), tem ação contrária ( ela amilase panreáticas. Além disso também tem peptidases,sexual) promove a diminuição do cálcio no sangue e sua carboidrases e até nucleotidases. Carboidrases quem sãoFalta de iodo dá bócio endêmico, tireóide cresce e aparece deposição no osso). elas? Elas são a lactase, sacarase e maltase. E o pH comoo papo. Crescimento anormal da tireóide resulta em bócio.Se for é que é? Na boca ele é neutro, no estômago ele é ácido eGH (somatotrófico ou STH): hormônio do crescimento devido à falta de iodo na dieta, ele será endêmico, o no duodeno fica básico. Lembrar, ainda, que bile não é(pouco, na infância nanismo. Demais, na infância indivíduo apresenta sinais de hipotiroidismo e a glândula enzima. (a bile é produzida no fígado, armazenada nagigantismo. Excesso no adulto acromegalia, isso eu já se hipertrofia (na tentativa de se evitar esse bócio, no vesícula biliar e lançada no intestino.A bile possuisabia) Brasil, deve ser adicionado iodo ao sal de cozinha). bicarbonato de sódio e sais biliares. Ela não contémADH: diminui a diurese e eleva a pressão arterial, assim, Por outro lado, quando ocorre hipertireoidismo, o enzimas, assim, não digere lipídios, mas promove aquanto menos água você ingerir, mais ADH vai para o indivíduo fica tenso, magro, com batimentos cardíacos emulsificação das gorduras, facilitando a ação da lipaseseu rim e, daí, você faz menos xixi (urina menos). elevados e pode até apresentar crescimento anormal da pancreática).Insulina: diminui a glicemia (menos glicose no sangue) tireóide e olhos arregalados, saltando das órbitasGlucagon: eleva a glicemia (mais glicose no sangue) (exoftalmia), apresentando um quadro clínico conhecidoCarência de ADH: diabetes insipidus como bócio exoftálmico. Importância do fígadoCarência de insulina: diabetes mellitus ADH (ou HAD ou hormônio antidiurético ou O fígado, além de produzir a bile é responsável porPessoa com diabetes insipidus tem urina bem diluída vasopressina): diminui a diurese (controla eliminação de produzir a uréia que é eliminada pelos rins, peloPessoa com diabetes mellitus tem muita glicose na urina. água pelos rins) e eleva a pressão arterial, (o ADH armazenamento de glicogênio e de diversas vitaminas (A,Adrenal (supra-renal) tem córtex e medula. aumenta a permeabilidade do túbulo renal à água e sua D e B12). Ele fabrica proteínas como a albumina eGlicocorticóides, mineralocorticóides e androgênios maior reabsorção, diminuindo quantidade de água fibrinogênio. Além disso, a partir dos aminoácidos(produzidos no córtex) são hormônios esteróides , mas a eliminada. O volume de urina diminui e ela se torna mais essenciais (obtidos pela alimentação), o fígado produz osadrenalina (produzida na medula) é catecolamina. Quando concentrada). Lembrar que diminuição da pressão arterial outros – os aminoácidos naturais.há stress entra em ação a tal de adrenalina. e hemorragias intensas estimulam a produção de ADH, Também são funções do fígado: Inativar substânciasGlicocorticóides estimulam a diminuição da resposta mas o álcool (etanol) inibe sua secreção e tem ação tóxicas., destruir hemácias ‘‘velhas’(no fígado, ainflamatória. Aldosterona é mineralocorticóide, estimula diurética. O ADH é produzido no hipotálamo e secretado hemoglobina é transformada em pigmentos de cor pardareabsorção nos túbulos renais de sódio, cloretos e água, pela neuro-hipoófise, assim como a ocitocina. que são eliminados pela bile e determinam a cor parda daselevando a pressão arterial. Androgênios, por sua vez, Insulina: ação no fígado, estimula a captação da fezes).estimulam desenvolvimentto e a manutenção das glicose plasmática que se converte em glicogênio. Para saber mais sobre digestãocaracterísticas secundárias masculinas, prestem atenção, Também aumenta a captação de glicose pelas células, Na boca (pH neutro, em torno de 7) encontra-se a ptialinameninas. estimulando o mecanismo de transporte de glicose para o ou amilase salivar que é produzida nas interior celular. Assim, a glicemia diminui. www.turmadomario.com.br 7
  8. 8. TURMA DO M˘RIOglândulas salivares e atua sobre amido e outros extracelular. Mas existem animais invertebrados sem tubo quem faz a comunicação entre átrio e ventrículopolissacarídeos como o glicogênio, resultando em digestivo (poríferos) e com digetão exclusivamente esquerdos é a (válvula) bicúspide ou mitral .maltoses. intracelular; Perto da junção entre átrio direito e veia cava superiorNo estômago (pH em torno de 2) encontra-se outros, com tubo digetivo incompleto (celenterados e encontramos um marcapasso: é o nódulo sinoatrialnormalmente o pepsinogênio que se transforma em platelmintos e ainda os que tem tubo digestivo completo (responsável por controlar a freqüência cardíaca).pepsina na presença de HCl e catalisa a hidrólise de (asquelmintos, anelídeos, moluscos, artrópodes e Vasos sangüíneos e circulação humanaproteínas em oligopeptídeos. Além disto, a pepsina equinodermos).Vale lembrar que os platelmintos Vaso que veio ao coração é veia, vaso que dele parte,produzida, também estimula a transformação de mais cestódeos como a Taenia solium não apresentam tubo artéria, mas também há vasos bem mais finos: são ospepsinogênio em pepsina. Alguns autores afirmam que no digestivo. O sistema digstivo é agora chamado sistema capilares sangüíneos (capilares são vasos de pequenoestômago existe também uma lipase gástrica mas de baixa digestório calibre que ligam as extremidades das arteríolas às dasatividade. Água, sais minerais, aminoácidos e monossacarídeos veias).No organismo, as enzimas pancreáticas exercem sua como a glicose e outras pequenas moléculas são Do lado direito, sangue é venoso, mas do esquerdo, éatividade catalítica no intestino delgado em pH alcalino ou absorvidas diretamente no organismo, sem necessidade de arterial. Sangue venoso percorre veias cavas (veia cavabásico, em torno de 8.Entre as diversas enzimas digestão ou hidrólise enzimática. superior e veia cava inferior), átrio e ventrículo (direitos),pancreáticas merecem maior destaque: a tripsina e a No organismo humano não há digestão de celulose devido sobe pela artéria (pulmonar) e vai para o pulmão,quimotripsina que atuam sobre grandes polipeptídeos, a não produção de enzima celulase, mas a ingestão de hematose acontece e, rico em O2 , pelas veias pulmonares,como as proteínas, resultando em oligopeptídeos; as fibras é importante para facilitar a eliminação do bolo ele volta ao coração. Percorre átrio e ventrículonucleases que atuam sobre ácidos nucléicos resultando em fecal. (esquerdos) e pela (artéria) aorta, segue para o corpo,nucleotídeos; a amilopsina ou amilase pancreática que Digestão de ruminantes abandonando o coração.atua sobre amido resultando em maltoses e a lipase Boca esôfago pança (rúmen) barrete (retículo) Se a aorta se curva para a esquerda, pode ser de um cãopancreática que atua sobre lipídios resultando em ácidos esôfago boca, um que gostoso, vai embora pro folhoso (mamífero), mas se for pela direita, pode ser de gaviãograxos e glicerol. (omaso) e daí para o coagulador (abomaso); próximo (ave).Há também enzimas produzidas no intestino e que atuam destino: intestino. Obs: Atualmente, muitos preferem chamar o sistemano intestino delgado. As enzimas entéricas que merecem Obs: no estômago de ruminantes existem bactérias e circulatório de sistema cardiovascular.maior destaque são: protozoários capazes de digerir celulose. Pequena (ou circulação pulmonar) e grande circulaçãoa) enteroquinase : permite a conversão de tripsinogênio (ou circulação sistêmica)em tripsina Glóbulos brancos, hemácias e plaquetas Coração (ventrículo direito) pulmão coração (átriob) peptidases: atuam sobre oligopeptídeos resultando em Leucócitos: proteção (defesa); eritrócitos: transporte (de esquerdo): pequena circulaçãoaminoácidos gases) e plaquetas: coagulação. Coração (ventrículo esquerdo) corpo coração (átrioc)nucleotidases: atuam sobre nucleotídeos resultando em Obs.:Lembrar que plaquetas (ou trombócitos) não são direito): grande circulaçãofosfatos, pentoses e bases nitrogenadas células, mas sim, fragmentos de células chamadas Circulação de alguns vertebrados e número ded) dissacaridases como a maltase ( atua sobre maltose megacariócitos). As hemácias são produzidas na medula cavidades no coração resultando glicose + glicose); sacarase (atua sobre óssea vermelha (hematopoese). Peixes circulação simples e completa e duas sacarose resultando em glicose + frutose) e lactase Coagulação sangüínea cavidades(um átrio e um só ventrículo) no coração há. (agem sobre lactose resultando glicose + galactose). Tecidos lesados e plaquetas liberam tromboplastina que Anfíbios e répteis circulação dupla e incompleta; trêsObs:Na verdade, o suco pancreático contém tripsinogênio com íons Ca++ catalisa a conversão de protrombina em cavidades no coração(dois átrios e um ventrículo) estão lá.e quimotripsinogênio, formas inativas das enzimas trombina. A trombina catalisa a conversão de fibrinogênio Mas, aves e mamíferos, têm circulação dupla e completa;proteolíticas tripsina e quimotripsina. No duodeno, sob em fibrina e a hemorragia termina. quatro cavidades (dois átrios e dois ventrículos) noação da enzima entérica enteroquinase, o tripsinogênio se Sístole e diástole coração, vamos achar.converte em tripsina que, por sua vez, contribui para a Sístole é a contração, diástole, um relaxamento Obs: Lembrar que répteis crocodilianos têm quatroconversão de tripsinogênio e quimotripsinogênio tum, tá, tum, tá, coração não pare o batimento. cavidades no coração, mas ocorre uma pequena mistura derespectivamente em tripsina e quimotripsina (formas Válvulas e o marcapasso do coração sangue venoso e arterial porque eles apresentam o forameativas). No coração humano, graças às válvulas, sangue segue de Panizza, um orifício que, comunica os dois arcosOs mamíferos apresentam tubo digestivo completo e uma direção: vai do átrio pro ventrículo. Átrio e ventrículo aórticos.digestão direitos se comunicam pela (válvula) tricúspide, mas www.turmadomario.com.br 8
  9. 9. TURMA DO M˘RIOOs outros répteis apresentam apenas três (dois átrios e um Lei da transmissão das características adquiridas. Assim, Alfred Russel Wallace chegou às mesma conclusões queventrículo parcialmente dividido pelo septo de Sabatier). de acordo com a teoria lamarquista, o ambiente provoca Darwin e escreveu um ensaio chamado ‘‘ A tendênciaCirculação aberta (ou lacunar) e circulação fechada (ou cria) a necessidade de mudança nos seres. As das variedades de se afastarem indefinidamente do tipoCirculação aberta hemolinfa vai para as lacunas que modificações visam uma maior adaptação ao meio. Há original” .insetos e moluscos (exceto cefalópodes) têm. Circulação características que são perdidas pelo desuso e outras que Darwin escreveu o livro Origin of Species by Means offechada de anelídeos e vertebrados sangue circula só se adquire por maior uso. As características adquiridas Natural Selection ou ‘‘ A origem das espécies”, dedentro de vasos (capilares, veias e artérias). são transmitidas aos descendentes. Lamarck escreveu o grande importância para os evolucionistas.Insetos: circulação aberta e respiração traqueal livro Philosophie Zoologique . As idéias básicas do neodarwinismo (teoria sintética daInsetos não transportam gases via circulação, mas isto As idéias básicas de Darwin envolvem: variabilidade, evolução ou mutacionismo).não faz mal, porque sua respiração é do tipo traqueal. competição entre os seres, adaptação e seleção natural O neodarwinismo explica a razão de existir variabilidade Sistema ABO com sobrevivência dos mais aptos.Assim, de acordo com genética entre os seres vivos e considera importantes,Quem é A (tem sangue tipo A) recebe de A e de O, quem a teoria darwinista, existe variabilidade entre os seres além da seleção natural, outros fatores evolutivos: astem B, recebe de O de B; quem tem AB, recebe de todos, vivos que lutam (competem) entre si para sobreviver. O mutações e as recombinações gênicas. Assim, pelamas só doa para AB é o receptor universal. Quem tem O ambiente atua selecionando os que já apresentam seleção natural, os seres tendem a apresentardoa para todos, mas só recebe de outro igual – O é doador características mais favoráveis para deixar um maior características comuns, mas através das mutações euniversal. número de descendentes também adaptados. Assim, existe recombinações gênicas aparece a variabilidade. Os seresMais de sistema ABO uma ‘‘seleção natural ou sobrevivência dos mais aptos’’. que apresentam as características mais adequadas tendemAglutingênio (antígeno) fica na hemácia ; aglutinina Apesar de considerar a variabilidade dos seres como fator a sobreviver e a deixar maior número de descendentes. As(anticorpo) tem lá no plasma. de grande importância, Darwin não soube explicar como modificações ao acaso que ocorrem nos genes durante asO é doador universal porque não tem aglutinnogênios A e ela surgia nos diferentes indivíduos (note que, em nenhum mutações permitem o surgimento de novos genesnem B nas hemácias. AB é o receptor (universal) porque momento, Darwin cita genes em seus trabalhos). diferentes do original. A recombinação gênica ou crossingnão tem aglutininas anti-A e nem anti-B no plasma. Darwin era um naturalista que viajou por várias regiões do over ou permutação gênica embora não promova o planeta e observou a existência de fósseis e outras aparecimento de novos genes, permite o surgimento de evidências da evolução. Thomas R. Malthus escreveu um novas combinações entre os já existentes.Outro fator que livro chamado “Ensaio sobre a lei da população ’’ que permite aumento de variabilidade genética é a segregação exerceu grande influência sobre Darwin. Pela teoria de independente dos cromossomos homólogos que ocorre Malthus , “ o poder da população é infinitamente maior na meiose. Um indivíduo diplóide pode produzir gametas do que o poder da terra de produzir os meios de haplóides contendo apenas cromossomos de origem subsistência para o homem. A população, se não encontra paterna ou apenas cromossomos de origem materna ou a obstáculos, cresce de acordo com uma progressão mistura de cromossomos maternos e paternos. geométrica. Os meios de subsistência aumentam de Uma pessoa da espécie humana (2n = 46), por exemplo,Lamarck, Darwin e Neodarwinismo (teoria sintética acordo com uma progressão aritmética’’ . Como “as poderá produzir 223 tipos de gametas com diferentesda evolução populações aumentariam em progressão geométrica combinações entre os cromossomosque herdou deLei do uso e desuso e (lei) da transmissão das enquanto que os recursos alimentares aumentariam em seu pai e de sua mãe, isto porque, o número decaracterísticas adquiridas eram idéias de Lamarck; progressão aritmética’’, o número de indivíduos combinações prováveis entre cromossomos paternosseleção natural, variabilidade e competição eram idéias de produzidos ao longo das diversas gerações tenderia a ser e maternos é dado por 2n, onde n é o número de paresDarwin, mas ele não sabia o porquê das diferenças, quem superior ao que o ambiente comporta.Darwin ficou de cromossomos homólogos da espécie dodeu a explicação, foi a teoria sintética da evolução: atento também à seleção artificial realizada pelos homens indivíduo.Assim, a probabilidade de um gametavariabilidade pode haver devido à segregação (de de acordo com seus interesses (por exemplo, para obter humano ser portador somente de cromossomos decromossomos homólogos na meiose), mutação, ou até variedades de plantas e animais mais produtivos ou origem materna é de (1/ 2)23 ou 1/8.388.608.permutação (crossig-over). resistentes)e isto o ajudou a chegar na idéia de seleção Exercícios resolvidosPara saber mais sobre as teorias de Lamarck, Darwin natural, realizada pelos fatores ambientais. Assim, através Bactérias de uma mesma população foram colocadas eme Neodarwinismo da seleção natural, os seres mais aptos têm maior chance um meio de cultura saturado com um certo antibióticoAs idéias básicas de Lamarck envolvem: Lei do uso e de reprodução e de deixar mais descendentes, aumentando sendo que grande parte das bactérias morreram enquantodesuso na população, ao longo das gerações. www.turmadomario.com.br 9
  10. 10. TURMA DO M˘RIOque algumas sobreviveram dando origem a linhagens divisão, ou com divisão de trabalho, têm sempre uma origemresistentes ao antibiótico em questão. Ciclo da água comum, superorganismos anatomicamente ligados, unidos, vouExplique o processo de acordo com a teoria de Darwin da Você respira, você transpira, a água sobe, ela evapora se deixá-los.evolução condensa e precipita. Graças aos feromônios, na sociedade (+ +) ninguém ficab) Explique o processo de acordo com a teoria de Observação: Lembrar que há o pequeno e o grande ciclo anônimo. Cada um sabe o seu lugar: a rainha (2n) tudo coordena, Lamarck da evolução da água. No pequeno ciclo, a água de oceanos, rios, o zangão(n) fecunda a fêmea e depois sai de cena. As operáriasRespostas: a) Segundo a teoria darwinista, deveria haver geleiras, lagos e até aquele que está no solo, por ação do (2n) trabalham a valer e as soldadas defendem o enxame atévariabilidade entre as bactérias (muitas seriam sensíveis calor do ambiente evapora e dá origem às nuvens, morrer.ao antibiótico enquanto que outras, não). As bactérias posteriormente o vapor d’água se condensa, ocorrendosensíveis foram as que morreram, porém as que já eram precipitações, geralmente na forma de chuva e, assim, a Mutualismo (+ +) é nossa relação vital: alimento eu te dou enaturalmente resistentes, sobreviveram e deixaram água retorna à crosta terrestre. O grande ciclo é aquele de umidade você me dá. O fungo é você e a alga sou eu, mas, líquendescendentes também resistentes e bem adaptados ao que participam os seres vivos. A água que se infiltra no somos, quando juntos estamos. Obs.: Lembrar que líquens são formados pela associação mutualísticameio permitindo o surgimento de linhagens de bactérias solo é absorvida pelas plantas e pela transpiração ela é entre algas ( como as verdes unicelulares) e fungos (ascomicetos, são ostambém resistentes. Assim, houve uma seleção que liberada na forma de vapor que contribui para manutenção mais comuns) , mas alguns liquens resultam da associação entre fungos epermitiu a sobrevivência das bactérias mais bem da umidade do ar. Muitos seres vivos absorvem a água e cianobactérias. Os líquens se reproduzem assexuadamente por sorédios,adaptadas ao meio e também de seus descendentes. a utilizam em seu metabolismo, mas depois a devolvem ao fragmentos especiais que são levados pelo vento. A associação entre fungos e algas permite que os líquens sejam encontrados em locaisb) Segundo a teoria lamarquista (que inclui a lei do uso e ambiente. Assim, a evaporação da água, a transpiração e onde, separados, os organismos constituintes não sobreviveriam.desuso e a transmissão das características adquiridas), respiração de muitos seres, a perda de água nas fezes e Certos fungos também podem associar-se por mutualismo commuitas bactérias morreram, mas outras, para que urina e a ação de decompositores contribuem para raízes de plantas , formando micorrizas. O fungo recebepudessem sobreviver no meio de cultura saturado de um devolver a água ao ambiente. açucares, aminoácidos e outras substâncias orgânicas, mas tambémdeterminado antibiótico, foram adquirindo resistência a ele. A Ciclo do gás carbônico beneficia a planta, aumentando a capacidade da raiz absorvercaracterística adquirida permitiu uma boa adaptação ao meio e Combustão, respiração, morte e decomposição, liberam micronutrientes, importantes para o seu crescimento.foi transmitida aos descendentes, originando linhagens de CO2 para a atmosfera, mas a fotossíntese, não. Ela faz abactérias resistentes. Na cooperação (+ +) eu o ajudo, você me ajuda também, mas fixação do CO2 , que os outros processos (combustão, se um de nós se afasta o outro fica bem. Eu anu, como seus2. (FUVEST) Relacione cada frase abaixo com a teoria da respiração e decomposição) liberam. carrapatos, você, vaca se livra daqueles chatos.evolução de Lamarck ou de Darwin. Justifique sua resposta.a) Pela necessidade de viver em terra firme, os ovos dos répteis Briófitas No comensalismo (+ 0) um se beneficia da relação, mas oadquiriram casca, tornando-se resistentes à dessecação. Tem um musgo diferente lá naquela ribanceira: esporófito outro, não tira proveito e nem tem prejuízo com ela.b) Por terem desenvolvido ovos dotados de casca resistente à é 2n, gameta e esporos são n Veja os exemplos seguintes dos organismos dela constituintes:dessecação, os répteis puderam conquistar o ambiente terrestre. Gimnospermas e Angiospermas O leão depois de comer o quanto quer abandona, de sua presa, aRespostas:A frase (a) é tipicamente lamarckista pois os répteis Tem duas plantas diferentes lá depois da ladeira... carcaça, depois a hiena vem e se deleita também , comendo osteriam adquirido uma nova característica (ovos com casca Gimnospermas tem sementes e Angiospermas, um fruto restos da caça.resistentes à dessecação) pela necessidade de adaptação ao atraente... Molusco e caranguejo eremita -- eles têm uma relação comensalambiente (terra firme).Assim, a característica adquirida pelos bonita. O primeiro abandona a concha que já não lhe serve mais,répteis foi uma imposição do ambiente. Gimnospermas o segundo, a utiliza, para proteger-se do ataque de outrosA frase b é tipicamente darwinista pois traz a idéia de seleção O pinhão vem da pinha, a pinha, do pinheiro, o pinhão é a animais.natural dos indivíduos mais aptos a viver em determinado meio. semente, a pinha é a flor, Gimnosperma, o pinheiro que O seu corpo é meu lar, sou um inquilino singular, para você nãoAssim, como os répteis tinham capacidade de produzir ovos com não tem fruto, meu amor. faço mal, quero só aí morar. Meu nome é peixe fierasfer e o seu,casca resistente à dessecação adaptaram-se bem ao ambiente pepino do mar (relação de inquilinismo).terrestre conquistando-o. Rap ecológico Na forésia eu o levo (transporto), mas você não me paga, não. Seu nome é rêmora e o meu é tubarão. Relações harmônicas Esquisita aquela epífita, vive em cima de outra planta que nadaÓrgãos homólgos e análogos Primeiro eu vou falar das relações de harmonia, entre logo em reclama, isto até não me espanta, pois a bromélia é bela e aSe têm a mesma origem embrionária, homólogos eles são, orquídea , tão bonita quanto ela. (orquídea e bromélia são sintonia.mas se tiverem mesma função, análogos serão. epífitas. No epifitismo, a planta que abriga a epífita não é Colônias podem ser de dois tipos: de indivíduos idênticos beneficiada e nem prejudicada, mas a epífita obtém vantagens). (esponjas e bactérias), ou entre si diferentes (caravelas). Sem www.turmadomario.com.br 10
  11. 11. TURMA DO M˘RIO No parasitismo ( + -) minha casa é seu corpo, mas não ajudo Vitaminas podem ser hidrossolúveis (C, B1, B2, B3, B6, B12,Relações desarmônicas na despesa, eu como, você paga, sou parasita por natureza. ácido fólico, ácido pantotênico e biotina) ou lipossolúveis (K, E,Não fique atônita, mas agora as relações são desarmônicas: O Rap está chegando ao fim, se você aprendeu, bate palma para D, A). mim e depois pede bis, mas se você não ficou feliz com tudo o Excesso de vitamina A em crianças pode provocar irritabilidadeCompetição (- -) é a primeira, você vai ouvir. Não me importa que eu fiz, perdoe-me por favor, pois, de músico, ainda sou dor nos ossos, pele seca e convulsões e até morte. Nos adultoso seu tamanho, eu só quero competir: sou melhor, mais bonito, aprendiz.. ocorre fragilidade óssea, dores de cabeça, náuseas eapto e forte. Não adianta resistir ... eu tenho mais sorte! Queridos alunos, nas páginas seguintes vocês encontrarão diarréia.Recém-nascidos, intoxicados por vitamina K podemNo amensalismo (- 0 ) um se prejudica, mas o outro, nem tira mais alguns assuntos de grande importância para o sofrer lesões no sistema nervoso. Entre outros sintomas, deproveito do mal que foi feito. vestibular. Espero que sejam úteis. Bom estudo e boa acordo com alguns autores, “o excesso de vitamina D podeNo predatismo (+ para o predador, - para a presa) eu o caço prova! determinar: fraqueza, perda de peso, cálculos renais, diarréia,para comer. Sou predador, atrás da presa, é melhor você correr. descalcificação óssea e excesso de cálcio no sangue que seráNo canibalismo (+ -), canibal eu sou e como (alimento-me depositado em músculos, fígado e vasos sangüíneos’’..Ados) os outros da minha espécie, nossos inimigos agradecem. Adorama Cristina vitamina D é normalmente encontrada, na maior parte dosNo esclavagismo (+ -), escravo meu você será, você vai ter de alimentos, na forma de um precursor que se transforma natrabalhar. É assim que se age: eu levo vantagem, mas você não forma ativa quando submetido aos raios ultravioletas solares.tira proveito algum, seu pagamento é nenhum. Vitaminas Onde encontrar Importância A carência determina lipossolúveis K ou Carnes, folhas, verdes tomate, castanha e cereais. É É importante na síntese de fatores da coagulação que Hemorragias naftoquinona também sintetizada por bactériais intestinais. ocorre no fígado E ou tocoferol Latícinios, folhas verdes, sementes oleaginosas. Ë importante antioxidante e protege as membranas Esterilidade em roedores (ratos, por exemplo) celulares. Alguns questionam sua participação em anemias. Segundo alguns autores, promove a fertilidade e evita o aborto, em certos casos. D ou calciferol Öleo de fígado de bacalhau e fígado, ovos, leite e É importante no metabolismo de cálcio e fósforo. Problemas nos dentes e ossos, deformidade óssea cereais Facilita absorção de cálcio dos alimentos e da (raquitismo mineralização óssea. ovo, leite e derivados, caroteno (provitamina) de Importante para o crescimento e bom funcionamento Cegueira noturna, lesões de pele, xeroftalmia A ou retinol vegetais vermelhos e amarelos. dos olhos, nariz, boca, ouvidos e pulmões. Vitaminas Onde encontrar Importância A carência determina hidrossoluveis C ou ácido Frutas cítricas, acerola, folhas verdes, tomate, pimentão Previne infecções, mantém integridade dos vasos Escorbuto (sangramento nasal e gengival, ascórbico sangüíneos. problemas nas articulaçõs). Fadiga em adultos B1 ou tiamina Legumes, carnes e fígado, cereais integrais Participa da respiração celular como coenzima Beribéri (neurite e problemas cardíacos), falta de apetite, fadiga muscular, nervosismo. B2 ou Leite, folhas verdes como a couve e espinafre, carnes Importante na respiração celular: faz parte da estrutura Queilite (fissuras no canto da boca).Lesões de riboflavina magras e fígado, do FAD e de outras coenzimas epitélios. B3 ou niacina Leite, legumes, fígado, carnes magras, peixe, cereais Importante na respiração celular e fotossíntese: faz parte Grande nervosismo, falta de energia, pelagra ( o ou nicotinamida integrais, levedo de cerveja da estrutura do NAD e do NADP indivíduo pode apresentar dermatite, diarréia e (PP) demência) B6 ou piridoxina Leite, verduras, legumes carnes, fígado, cereais Atua como coenzima no metabolismo dos aminoácidos. Apatia extrema, problemas nervosos e de pele, integrais,. Levedo de cerveja Auxilia a oxidação de alimentos.Importante para a pele cálculos renais e fraqueza muscular B12 ou Fígado, carnes e ovos Atua como coenzima no metabolismo dos ácidos Anemia perniciosa e www.turmadomario.com.br 11
  12. 12. TURMA DO M˘RIOcianocobalamin nucléicos e é importante na formação das hemácias distúrbios neurológicosaácido fólico folhas verdes, fígado, cereais integrais Atua como coenzima no metabolismo dos aminoácidos Anemia, diarréia e dos ácidos nucléicosácido Presente em diversos alimentos Importante na respiração celular: faz parte da estrutura Problemas com sono e coordenação motora,pantotênico da coenzima A fadigabiotina, Legumes, carnes, verduras Atua como coenzima no metabolismo dos aminoácidos Depressão e dores musculares, fadiga e náuseas.Vírus : Eles são organismos acelulares e parasitas intracelulares obrigatórios. Eles possuem material genético (DNA ou RNA, geralmente, só um dos dois) e uma cápsula protéica. Podem sofrermutações e sempre dependem de uma célula hospedeira para sua multiplicação viral. São doenças causadas por vírus: rubéola, varíola, catapora, caxumba, verruga, febre amarela, dengue, encefalite,gripe, raiva, sarampo, AIDS, herpes, poliomielite, hepatites, ébola e outras.. Para defesa contra bactérias, utilizam-se antibióticos e vacinas (quando existem) . Para combater os vírus podem ser usadosagentes anti-virais e soros (quando existem) mas, em muitos casos, o tratamento é apenas sintomático. Para prevenção de doenças virais, existem vacinas que permitem uma imunização prolongada,como a vacina contra a poliomielite, mas outras,, como a vacina contra gripe, não conferem imunidade definitiva pois os vírus da gripe têm alta capacidade de sofrer mutações. Uma vacina contraAIDS está em estudo mas ainda não se obteve o sucesso esperado porque, entre outros fatores, o material genético dos vírus da AIDS sofre constantes mutações. VírusVias de transmissão Doenças causadas por vírusContato sexual, transfusões de sangue, contato AIDS (prevenção : uso de preservativo, evitar a promiscuidade sexual; em caso de transfusões e derivados, certificar-se de que foramcom sangue e derivados, agulhas e seringas realizados os exames laboratoriais para doenças de transmissão sanguínea , principalmente o HIV; usar agulhas e seringas descartáveis;contaminadas, materiais cirúrgicos e perfurantes materiais perfurantes ou cortantes como lâminas e navalhas devem ser de preferência, de uso próprio ; usar somente materiaisou cortantes infectados, transmissão durante a descartáveis ou corretamente esterilizados; esterilizar adequadamente os materiais cirúrgicos e objetos que possam ter contato comgravidez, no parto ou através de leite materno sangue.Contato direto com doentes , tosse, espirros, Varíolasaliva e objetos contaminados como copos etalheresVias respiratórias (tosse, espirros, gotículas de Gripe, rubéola, sarampo, caxumba (para prevenção deve-se evitar contato com os doentes e tomar as vacinas específicas)saliva)Transmissão transplacentária Rubéola congênita (para prevenção deve-se promover a vacinação pré-gestacional )Picada do mosquito do gênero Aeds Dengue e febre amarela (para prevenção deve-se usar repelentes, combater o mosquito e eliminar seus “criadouros”. Como a fêmea do Aeds aegypti , coloca seus ovos em águas paradas e limpas deve-se tampar as caixas d’água, poços e cisternas e eliminar recipientes desnecessários como pneus velhos , garrafas e latas vazias que possam vir a acumular água . Em casos de vasos é conveniente que sejam lavados e guardados em local seco. Segundo alguns autores, se os ovos forem colocados em um recipiente com água e este for esvaziado , os embriões poderão permanecer vivos por até um ano; se o recipiente voltar a receber água limpa, os ovos eclodirão, assim, os cuidados anteriores são necessários. No caso da febre amarela existe vacina para evitar a doença mas contra a dengue, não).Água e alimentos contaminados, secreções Poliomielite (para a prevenção : vacina , isolamento dos doentes e saneamento básico). Os doentes poderão apresentar : diarréia,respiratórias febre, fraqueza muscular e paralisia.Contaminação fecal de água ou alimentos Hepatite tipo A ( para prevenção: vacina , isolamento dos doentes, saneamento básico e evitar contato com os doentes). O fígado do doente se inflama, a urina fica escura e suas fezes, claras. A pessoa fica febril, com dores abdominais e com icterícia.Transfusões de sangue, objetos contaminados Hepatite tipo B ( prevenção : vacina, análise de amostras de sangue, esterilização correta de materiais cirúrgicos e de tratamentos www.turmadomario.com.br 12

×