Afonsim                                         Fontainhas          Mioma          52ª Edição, dezembro de 2011Lages      ...
INDICE    Pág. 3 — O advento;    Pág. 4, 5, 6 — II domingo do advento;    Pág. 7, 8, 9 — III domingo do advento;    Pág. 1...
Novo ano litúrgico do calendário católico começou no dia 27 denovembro de 2011, seguindo o Evangelho de São Marcos. A Igre...
DOMINGO II do advento                                      (4 de dezembro de 2011)    LEITURA    I   Is 40, 1-5.9-11      ...
Escutemos o que diz o Senhor:Deus fala de paz ao seu povo e aos seus fiéis.A sua salvação está perto dos que O tememe a su...
ALELUIA Lc 3, 4.6    Refrão: Aleluia. Repete-se    Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas, e toda a cria...
DOMINGO III do advento                              (11 de dezembro de 2011)LEITURA I Is 61, 1-2a.10-11                   ...
Aos famintos encheu de bens    e aos ricos despediu de mãos vazias.    Acolheu a Israel, seu servo,    lembrado da sua mis...
EVANGELHO Jo 1, 6-8.19-28             «No meio de vós está Alguém que não conheceis»Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo...
DOMINGO IV do advento                                   (18 de dezembro de 2011)     LEITURA I 2 Sam 7, 1-5.8b-12.14a.16  ...
SALMO RESPONSORIAL Salmo 88 (89), 2-3.4-5.27 e 29 (R. cf. 2a)Refrão: Cantarei eternamente as misericórdias do Senhor.Ou: S...
ALELUIA Lc 1, 38     Refrão: Aleluia. Repete-se     Eis a escrava do Senhor:     faça-se em mim segundo a vossa palavra.  ...
Dia de Natal                                (25 de dezembro de 2011)LEITURA I Is 52, 7-10        «Todos os confins da terr...
Cantai ao Senhor ao som da cítara,     ao som da cítara e da lira;     ao som da tuba e da trombeta,     aclamai o Senhor,...
EVANGELHO Forma longa Jo 1, 1-18                   «O Verbo fez-Se carne e habitou entre nós»Evangelho de Nosso Senhor Jes...
Caminhada ao Senhor dos Caminhos                                                                  O grupo de jovens do    ...
A Voz do Conselho Económico    Publicamos nesta edição o relatório de contas, referente ao mês de outubro de 2011         ...
Mensagem e oração para dia de Natal     Jesus nasceu. A fé é vivida como alegria e já não como medo.     Não precisas de t...
PRESÉPIOA palavra “presépio” significa “um lugar onde se recolhe o gado, curral, estábulo”. Con-tudo, esta também é a desi...
2011     = Lua cheia   = Lua nova    = Quarto crescente   = Quarto Minguante            Por favor guarde a nossa voz, pode...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Voz da Paróquia - Dezembro 2011

230 visualizações

Publicada em

Voz da Paróquia - Dezembro 2011

Publicada em: Espiritual
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Voz da Paróquia - Dezembro 2011

  1. 1. Afonsim Fontainhas Mioma 52ª Edição, dezembro de 2011Lages Meã
  2. 2. INDICE Pág. 3 — O advento; Pág. 4, 5, 6 — II domingo do advento; Pág. 7, 8, 9 — III domingo do advento; Pág. 10, 11, 12 — IV domingo do advento; Pág. 13, 14, 15— Natal; Pág. 16— Caminhada — JES; Pág. 17 — A Voz do Conselho Económico; Pág. 18 — Mensagem e oração para o dia de Natal Pág. 19 — Presépio; Agradecemos a todos quantos queiram participar com documentos e/ ou testemunhos, que os façam chegar ao J.E.S (Grupo de Jovens Do Espírito Santo de Mioma), da seguinte forma e, prazos, para a edição do mes seguinte: Em mão ou por correio, até dia 15; Para, jesmioma@hotmail.com, até ao dia20. Visite-nos em: http://jesmioma.blogspot.com/2
  3. 3. Novo ano litúrgico do calendário católico começou no dia 27 denovembro de 2011, seguindo o Evangelho de São Marcos. A IgrejaCatólica assinalou nesse domingo o início de um novo ano no seucalendário litúrgico, que começa com o chamado tempo do Advento,compreendendo os quatro domingos anteriores ao Natal.As três primeiras semanas, que recordam especialmente a segunda e última vinda de Cris-to à Terra, esperada pelos cristãos para o fim dos tempos, tornam o Advento num tempopenitencial marcado pelo convite à vigilância, arrependimento e reconciliação com Deus.A partir de 17 de Dezembro a liturgia adventícia, pautada pela cor roxa, acentua a festa donascimento de Jesus, o Natal, que os católicos assinalam a 25 de Dezembro.As leituras bíblicas proclamadas nas missas evidenciam as figuras bíblicas do profetaIsaías, de João Batista, precursor de Cristo, e de Maria, mãe de Jesus.As manifestações do Advento, palavra de origem latina que significa “vinda” ou “chegada”,expressam-se na coroa de ramos verdes com quatro velas, que se acendem aos domingos,bem como na armação do presépio, entre outras práticas.O tempo do Natal termina a 9 de Janeiro, dia em que o calendário litúrgico evoca o baptis-mo de Jesus.O director da Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa coloca em desta-que a singularidade do Evangelho de São Marcos que será o evangelista do novo ano litúr-gico.O padre João Lourenço realça que São Marcos “é um Evangelho muito próprio e singular,embora faça parte de um conjunto de três”, os chamados sinópticos (Mateus, Lucas e Mar-cos).Segundo o biblista franciscano até à reforma do II Concilio do Vaticano São Marcos “erabastante desconhecido e pouco usado”.A estrutura do Evangelho de Marcos “é diferente” da estrutura dos outros evangelhossinópticos porque “não tem a infância de Jesus” e “começa logo com um anúncio de fé”.Marcos, como os demais Evangelhos, tem uma geografia, mas a deste evangelista tem“uma geografia aberta” que “faz da Galileia uma terra sem fronteiras”, avança.Segundo o biblista, Marcos faz um “itinerário de fé no meio dos gentios” que lhe colocaessa marca “de expressão de fé de uma comunidade”. G.I/Ecclesia:PRE/LFS/RJM/OC 3
  4. 4. DOMINGO II do advento (4 de dezembro de 2011) LEITURA I Is 40, 1-5.9-11 «Preparai o caminho do Senhor» Leitura do Livro de Isaías Consolai, consolai o meu povo, diz o vosso Deus. Falai ao coração de Jerusalém e dizei-lhe em alta voz que terminaram os seus tra- balhos e está perdoada a sua culpa, porque recebeu da mão do Senhor duplo casti- go por todos os seus pecados. Uma voz clama: «Preparai no deserto o caminho do Senhor, abri na estepe uma estrada para o nos- so Deus. Sejam alteados todos os vales e abatidos os montes e as colinas; endireitem-se os caminhos tortuosos e aplanem-se as veredas escarpadas. Então se manifestará a glória do Senhor e todo o homem verá a sua magnificência, porque a boca do Senhor falou». Sobe ao alto dum monte, arauto de Sião! Grita com voz forte, arauto de Jerusalém! Levanta sem temor a tua voz e diz às cidades de Judá: «Eis o vosso Deus. O Senhor Deus vem com poder, o seu braço dominará. Com Ele vem o seu prémio, precede-O a sua recompensa. Como um pastor apas- centará o seu rebanho e reunirá os animais dispersos; tomará os cordeiros em seus braços, conduzirá as ovelhas ao seu descanso». Palavra do Senhor. SALMO RESPONSORIAL Salmo 84 (85), 9ab-10.11-12.13-14 (R. 8) Refrão: Mostrai-nos o vosso amor e dai-nos a vossa salvação. Ou: Mostrai-nos, Senhor, a vossa misericórdia.4
  5. 5. Escutemos o que diz o Senhor:Deus fala de paz ao seu povo e aos seus fiéis.A sua salvação está perto dos que O tememe a sua glória habitará na nossa terra.Encontraram-se a misericórdia e a fidelidade,abraçaram-se a paz e a justiça.A fidelidade vai germinar da terra,e a justiça descerá do Céu.O Senhor dará ainda o que é bom,e a nossa terra produzirá os seus frutos.A justiça caminhará à sua frente,e a paz seguirá os seus passos.LEITURA II 2 Pedro 3, 8-14 «Esperamos os novos céus e a nova terra»Leitura da Segunda Epístola de São PedroHá uma coisa, caríssimos, que não deveis esquecer:um dia diante do Senhor é como mil anos e mil anos como um dia.O Senhor não tardará em cumprir a sua promessa, como pensam alguns.Mas usa de paciência para convosco e não quer que ninguém pereça, mas quetodos possam arrepender-se. Entretanto, o dia do Senhor virá como um ladrão:nesse dia, os céus desaparecerão com fragor, os elementos dissolver-se-ão naschamas e a terra será consumida com todas as obras que nela existem.Uma vez que todas as coisas serão assim dissolvidas, como deve ser santa a vossavida e grande a vossa piedade, esperando e apressando a vinda do dia de Deus,em que os céus se dissolverão em chamas e os elementos se fundirão no ardor dofogo!Nós esperamos, segundo a promessa do Senhor, os novos céus e a nova terra,onde habitará a justiça.Portanto, caríssimos, enquanto esperais tudo isto, empenhai-vos, sem pecado nemmotivo algum de censura, para que o Senhor vos encontre na paz.Palavra do Senhor. 5
  6. 6. ALELUIA Lc 3, 4.6 Refrão: Aleluia. Repete-se Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas, e toda a cria- tura verá a salvação de Deus. Refrão EVANGELHO Mc 1, 1-8 «Endireitai os caminhos do Senhor» Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos Princípio do Evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus. Está escrito no profeta Isaías: «Vou enviar à tua frente o meu mensageiro, que preparará o teu caminho. Uma voz clama no deserto: ‘Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas’». Apareceu João Baptista no deserto, a proclamar um batismo de penitência para remissão dos pecados. Acorria a ele toda a gente da região da Judeia e todos os habitantes de Jerusa- lém, e eram batizados por ele no rio Jordão, confessando os seus pecados. João vestia-se de pêlos de camelo, com um cinto de cabedal em volta dos rins, e alimentava-se de gafanhotos e mel silvestre. E, na sua pregação, dizia: «Vai chegar depois de mim quem é mais forte do que eu, diante do qual eu não sou digno de me inclinar para desatar as correias das suas sandálias. Eu batizo-vos na água, mas Ele batizar-vos-á no Espírito Santo». Palavra da salvação.6
  7. 7. DOMINGO III do advento (11 de dezembro de 2011)LEITURA I Is 61, 1-2a.10-11 «Exulto de alegria no Senhor»Leitura do Livro de IsaíasO espírito do Senhor está sobre mim, porque o Senhor me ungiu e me enviou aanunciar a boa nova aos pobres, a curar os corações atribulados, a proclamar aredenção aos cativos e a liberdade aos prisioneiros, a promulgar o ano da graça doSenhor.Exulto de alegria no Senhor, a minha alma rejubila no meu Deus, que me revestiucom as vestes da salvação e me envolveu num manto de justiça, como noivo quecinge a fronte com o diadema e a noiva que se adorna com as suas jóias.Como a terra faz brotar os germes e o jardim germinar as sementes, assim oSenhor Deus fará brotar a justiça e o louvor diante de todas as nações.Palavra do Senhor.SALMO RESPONSORIAL Lc 1, 46-48.49-50.53-54 (R. Is 61, 10b)Refrão: Exulto de alegria no Senhor.Ou: A minha alma exulta no Senhor.A minha alma glorifica o Senhore o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador,porque pôs os olhos na humildade da sua serva:de hoje em diante me chamarão bem-aventuradatodas as gerações.O Todo-poderoso fez em mim maravilhas:Santo é o seu nome.A sua misericórdia se estende de geração em geraçãosobre aqueles que O temem. 7
  8. 8. Aos famintos encheu de bens e aos ricos despediu de mãos vazias. Acolheu a Israel, seu servo, lembrado da sua misericórdia. LEITURA II 1 Tes 5, 16-24 «Todo o vosso ser – espírito, alma e corpo – se conserve para a vinda do Senhor» Leitura da Primeira Epístola do apóstolo São Paulo aos Tessalonicenses Irmãos: Vivei sempre alegres, orai sem cessar, dai graças em todas as circunstâncias, pois é esta a vontade de Deus a vosso respeito em Cristo Jesus. Não apagueis o Espírito, não desprezeis os dons proféticos; mas avaliai tudo, conservando o que for bom. Afastai-vos de toda a espécie de mal. O Deus da paz vos santifique totalmente, para que todo o vosso ser – espírito, alma e corpo – se conserve irrepreensível para a vinda de Nosso Senhor Jesus Cristo. É fiel Aquele que vos chama e cumprirá as suas promessas. Palavra do Senhor. ALELUIA Is 61, 1 (cf. Lc 4, 18) Refrão: Aleluia. Repete-se O Espírito do Senhor está sobre mim: enviou-me a anunciar a boa nova aos pobres. Refrão8
  9. 9. EVANGELHO Jo 1, 6-8.19-28 «No meio de vós está Alguém que não conheceis»Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São JoãoApareceu um homem enviado por Deus, chamado João.Veio como testemunha, para dar testemunho da luz, a fim de que todos acredi-tassem por meio dele.Ele não era a luz, mas veio para dar testemunho da luz.Foi este o testemunho de João, quando os judeus lhe enviaram, de Jerusalém,sacerdotes e levitas, para lhe perguntarem:«Quem és tu?».Ele confessou a verdade e não negou;ele confessou: «Eu não sou o Messias».Eles perguntaram-lhe: «Então, quem és tu? És Elias?».«Não sou», respondeu ele.«És o Profeta?». Ele respondeu: «Não».Disseram-lhe então: «Quem és tu?Para podermos dar uma resposta àqueles que nos enviaram, que dizes de ti mes-mo?».Ele declarou: «Eu sou a voz do que clama no deserto:‘Endireitai o caminho do Senhor’, como disse o profeta Isaías».Entre os enviados havia fariseus que lhe perguntaram:«Então, porque batizas, se não és o Messias, nem Elias, nem o Profeta?».João respondeu-lhes:«Eu batizo na água, mas no meio de vós está Alguém que não conheceis:Aquele que vem depois de mim, a quem eu não sou digno de desatar a correiadas sandálias».Tudo isto se passou em Betânia, além do Jordão, onde João estava a batizar.Palavra da salvação. 9
  10. 10. DOMINGO IV do advento (18 de dezembro de 2011) LEITURA I 2 Sam 7, 1-5.8b-12.14a.16 O reino de David permanecerá eternamente na presença do Senhor Leitura do Segundo Livro de Samuel Quando David já morava em sua casa e o Senhor lhe deu tréguas de todos os inimi- gos que o rodeavam, o rei disse ao profeta Natã: «Como vês, eu moro numa casa de cedro e a arca de Deus está debaixo de uma tenda». Natã respondeu ao rei: «Faz o que te pede o teu coração, porque o Senhor está contigo». Nessa mesma noite, o Senhor falou a Natã, dizendo: «Vai dizer ao meu servo David: Assim fala o Senhor: Pensas edificar um palácio para Eu habitar? Tirei-te das pastagens onde guardavas os rebanhos, para seres o chefe do meu povo de Israel. Estive contigo em toda a parte por onde andaste e exterminei diante de ti todos os teus inimigos. Dar-te-ei um nome tão ilustre como o nome dos grandes da terra. Prepararei um lugar para o meu povo de Israel; e nele o instalarei para que habite nesse lugar, sem que jamais tenha receio e sem que os perversos tornem a oprimi- lo como outrora, quando Eu constituía juízes no meu povo de Israel. Farei que vivas seguro de todos os teus inimigos. O Senhor anuncia que te vai fazer uma casa. Quando chegares ao termo dos teus dias e fores repousar com teus pais, estabele- cerei em teu lugar um descendente que há-de nascer de ti e consolidarei a tua rea- leza. Serei para ele um pai e ele será para Mim um filho. A tua casa e o teu reino permanecerão diante de Mim eternamente, e o teu trono será firme para sempre». Palavra do Senhor.10
  11. 11. SALMO RESPONSORIAL Salmo 88 (89), 2-3.4-5.27 e 29 (R. cf. 2a)Refrão: Cantarei eternamente as misericórdias do Senhor.Ou: Senhor, cantarei eternamente a vossa bondade.Cantarei eternamente as misericórdias do Senhore para sempre proclamarei a sua fidelidade.Vós dissestes:«A bondade está estabelecida para sempre»,no céu permanece firme a vossa fidelidade.«Concluí uma aliança com o meu eleito,fiz um juramento a David meu servo:‘Conservarei a tua descendência para sempre,estabelecerei o teu trono por todas as gerações’».«Ele Me invocará: ‘Vós sois meu Pai,meu Deus, meu Salvador’.Assegurar-lhe-ei para sempre o meu favor,a minha aliança com ele será irrevogável».LEITURA II Rom 16, 25-27O mistério encoberto desde os tempos eternos foi agora manifestadoLeitura da Epístola do apóstolo São Paulo aos RomanosIrmãos:Seja dada glória a Deus, que tem o poder de vos confirmar, segundo o Evangelhoque eu proclamo, anunciando Jesus Cristo.Esta é a revelação do mistério que estava encoberto desde os tempos eternos,mas agora foi manifestado e dado a conhecer a todos os povos pelas escrituras dosProfetas, segundo a ordem do Deus eterno, para que eles sejam conduzidos à obe-diência da fé.A Deus, o único sábio, por Jesus Cristo, seja dada glória pelos séculos dos séculos.Ámen.Palavra do Senhor. 11
  12. 12. ALELUIA Lc 1, 38 Refrão: Aleluia. Repete-se Eis a escrava do Senhor: faça-se em mim segundo a vossa palavra. Refrão EVANGELHO Lc 1, 26-38 «Conceberás e darás à luz um Filho» Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas Naquele tempo, o Anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia chama- da Nazaré, a uma Virgem desposada com um homem chamado José, que era descen- dente de David. O nome da Virgem era Maria. Tendo entrado onde ela estava, disse o Anjo: «Ave, cheia de graça, o Senhor está contigo». Ela ficou perturbada com estas palavras e pensava que saudação seria aquela. Disse-lhe o Anjo: «Não temas, Maria, porque encontraste graça diante de Deus. Conceberás e darás à luz um Filho, a quem porás o nome de Jesus. Ele será grande e chamar-Se-á Filho do Altíssimo. O Senhor Deus Lhe dará o trono de seu pai David; reinará eternamente sobre a casa de Jacob, e o seu reinado não terá fim». Maria disse ao Anjo: «Como será isto, se eu não conheço homem?». O Anjo respondeu-lhe: «O Espírito Santo virá sobre ti e a força do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra. Por isso o Santo que vai nascer será chamado Filho de Deus. E a tua parenta Isabel concebeu também um filho na sua velhice, e este é o sexto mês daquela a quem chamavam estéril; porque a Deus nada é impossível». Maria disse então: «Eis a escrava do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra». Palavra da salvação.12
  13. 13. Dia de Natal (25 de dezembro de 2011)LEITURA I Is 52, 7-10 «Todos os confins da terra verão a salvação do nosso Deus»Leitura do Livro de IsaíasComo são belos sobre os montes os pés do mensageiro que anuncia a paz, quetraz a boa nova, que proclama a salvação e diz a Sião: «O teu Deus é Rei».Eis o grito das tuas sentinelas que levantam a voz.Todas juntas soltam brados de alegria, porque vêem com os próprios olhoso Senhor que volta para Sião.Rompei todas em brados de alegria, ruínas de Jerusalém, porque o Senhor consolao seu povo, resgata Jerusalém.O Senhor descobre o seu santo braço à vista de todas as nações, e todos os con-fins da terra verão a salvação do nosso Deus.Palavra do Senhor.SALMO RESPONSORIAL Salmo 97 (98), 1.2-3ab.3cd-4.5-6 (R. 3c)Refrão: Todos os confins da terra viram a salvação do nosso Deus.Cantai ao Senhor um cântico novopelas maravilhas que Ele operou.A sua mão e o seu santo braçoLhe deram a vitória.O Senhor deu a conhecer a salvação,revelou aos olhos das nações a sua justiça.Recordou-Se da sua bondade e fidelidadeem favor da casa de Israel.Os confins da terra puderam vera salvação do nosso Deus.Aclamai o Senhor, terra inteira,exultai de alegria e cantai. 13
  14. 14. Cantai ao Senhor ao som da cítara, ao som da cítara e da lira; ao som da tuba e da trombeta, aclamai o Senhor, nosso Rei. LEITURA II Hebr 1, 1-6 «Deus falou-nos por seu Filho» Leitura da Epístola aos Hebreus Muitas vezes e de muitos modos falou Deus antigamente aos nossos pais, pelos Profe- tas. Nestes dias, que são os últimos, falou-nos por seu Filho, a quem fez herdeiro de todas as coisas e pelo qual também criou o universo. Sendo o Filho esplendor da sua glória e imagem da sua substância, tudo sustenta com a sua palavra poderosa. Depois de ter realizado a purificação dos pecados, sentou-Se à direita da Majestade no alto dos Céus e ficou tanto acima dos Anjos quanto mais sublime que o deles é o nome que recebeu em herança. A qual dos Anjos, com efeito, disse Deus alguma vez: «Tu és meu Filho, Eu hoje Te gerei»? E ainda: «Eu serei para Ele um Pai e Ele será para Mim um Filho»? E de novo, quando introduziu no mundo o seu Primogénito, disse: «Adorem-nO todos os Anjos de Deus». Palavra do Senhor. ALELUIA Refrão: Aleluia. Repete-se Santo é o dia que nos trouxe a luz. Vinde adorar o Senhor. Hoje, uma grande luz desceu sobre a terra. Refrão14
  15. 15. EVANGELHO Forma longa Jo 1, 1-18 «O Verbo fez-Se carne e habitou entre nós»Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São JoãoNo princípio era o Verbo e o Verbo estava com Deus e o Verbo era Deus.No princípio, Ele estava com Deus.Tudo se fez por meio d’Ele, e sem Ele nada foi feito.N’Ele estava a vida, e a vida era a luz dos homens.A luz brilha nas trevas, e as trevas não a receberam.Apareceu um homem enviado por Deus, chamado João.Veio como testemunha, para dar testemunho da luz, a fim de que todos acreditassempor meio dele.Ele não era a luz, mas veio para dar testemunho da luz.O Verbo era a luz verdadeira, que, vindo ao mundo, ilumina todo o homem.Estava no mundo, e o mundo, que foi feito por Ele, não O conheceu.Veio para o que era seu, e os seus não O receberam.Mas àqueles que O receberam e acreditaram no seu nome, deu-lhes o poder de setornarem filhos de Deus.Estes não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade dohomem, mas de Deus.E o Verbo fez-Se carne e habitou entre nós.Nós vimos a sua glória, glória que Lhe vem do Pai como Filho Unigénito, cheio degraça e de verdade.João dá testemunho d’Ele, exclamando:«É deste que eu dizia:‘O que vem depois de mim passou à minha frente, porque existia antes de mim’».Na verdade, foi da sua plenitude que todos nós recebemos graça sobre graça.Porque, se a Lei foi dada por meio de Moisés, a graça e a verdade vieram por meiode Jesus Cristo.A Deus, nunca ninguém O viu.O Filho Unigénito, que está no seio do Pai, é que O deu a conhecer.Palavra da Salvação. 15
  16. 16. Caminhada ao Senhor dos Caminhos O grupo de jovens do Espirito Santo de Mio- ma, promoveu uma caminhada ao Senhor dos Caminhos- Rãs, para os jovens do arciprestado de Sátão, no dia 13 de novembro, com o objetivo de dar conti- nuidade à jornada mundial da juventude que se realizou no mês de agosto em Madrid, e dar a conhecer as atividades que a diocese organiza e propõe para os jovens. Juntaram-se na sede do grupo, em Mioma, os jovens do Espirito Santo, jovens da paróquia de Sátão, jovens do grupo orikami da paróquia do Coração de Jesus de Viseu, e do grupo Novo Rumo da paróquia do Viso. Após a oração da manhã, e para nos lembrarmos da vigília vivida na jornada mun- dial, começou a cair alguma chuva, mas firmes na fé, com força e confiança a caminhada começou, e o sol brilhou e aqueceu cada um durante toda a atividade. Houve uma paragem no Senhor da Agonia – Avelal, para uns minutos de descanso e saborear fruta e bolo, onde se juntaram alguns jovens da paróquia de Romãs. Chegados ao Senhor dos Caminhos, juntaram-se jovens da paróquia de Avelal, o padre António José Boavida, pároco em Mioma, o padre António José Rodrigues, pároco em Romãs, o padre António Jorge, responsável pelo secretariado diocesano da juventude e o padre Jorge Luís, responsável pelo movimento convívios frater- nos. Após o almoço todos foram convidados a participar na eucaristia, onde no momen- to do ofertório foram entregues 5 símbolos encontrados durante a caminhada e relacionados com o lema da atividade, foi ainda ouvido um testemunho de partici- pação na jornada mundial da juventude e transmitidas as atividades, grupos e movimentos existentes na diocese. Foi um dia vivido em festa, com união, partilha e alegria.16
  17. 17. A Voz do Conselho Económico Publicamos nesta edição o relatório de contas, referente ao mês de outubro de 2011 Receita Despesas Dia/Evento Evento MontanteOfertórios Dominicais 680,19 € Venc. Pároco 600,00 €Festa de Santa Eufémia 120,00 € Evang. Voz Paróquia 36,00 €Festa de São Miguel 60,00 € Manutenção da Igreja 4,90 €Um funeral 40,00 € Obras salas da cateq. 669,50€Missas plurintencionais 555,00 €TOTAL 1.455,19 € 1.310,40 € Saldo (receita - despesa) 144,79 €Contributos a entregar na Diocese:• Missas Plurintencionais : 277,50 €• Para os Seminários 91,72 €Total a entregar : 369,22 €SALDO REAL = menos 224,43 € 17
  18. 18. Mensagem e oração para dia de Natal Jesus nasceu. A fé é vivida como alegria e já não como medo. Não precisas de ter medo de Deus. Ele não te vai roubar nenhuma da felicidade a que tens direito. Pelo contrário: Ele vem dar ao teu coração muito mais do que poderias imaginar. Acolher Jesus, encontrar-se com Ele, enche o coração de alegria. Ficamos a conhecer o rosto de Deus: Ele é um convite ao amor, que vem ter connosco sob a forma de uma criança frágil, que pede o nosso cuidado e a nossa ternura. Ficamos a conhecer a humanidade que estamos chamados a ser. Diante de Ti, Deus feito Menino, deposito todas As minhas esperanças, todos os meus sonhos e projetos. Estou aqui, no teu presépio, de coração aberto à tua luz, disposto a acolher a beleza eterna que nos trouxeste. Tu vieste, Senhor Jesus. Pode começar o tempo de alegria. Trazes o fim do meu desânimo, o fim do meu rancor, o fim da minha frieza, o fim das minhas prisões. Hoje começa a alegria.18
  19. 19. PRESÉPIOA palavra “presépio” significa “um lugar onde se recolhe o gado, curral, estábulo”. Con-tudo, esta também é a designação dada à representação artística do nascimento doMenino Jesus num estábulo, acompanhado pela Virgem Maria, S. José e uma vaca e umjumento, por vezes acrescenta-se outras figuras como pastores, ovelhas, anjos, os ReisMagos, entre outros. Os presépios são expostos não só em Igrejas mas também emcasas particulares e até mesmo em muitos locais públicos.Os primeiros presépios surgiram em Itália, no século XVI, o seu surgimento foi motiva-do por 2 tipos de representações da Natividade (do nascimento de Cristo): a plástica ea teatral. A primeira, a representação plástica, situa-se no final do século IV, esta sur-giu com Santa Helena, mãe do Imperador Constantino; da segunda, a teatral, os regis-tos mais antigos que se tem conhecimento são século XIII, com Francisco de Assis, esteúltimo, na mesma representação, também contribui para a representação plástica, jáque fez uma mistura de personagens reais e de imagens. Embora seja indubitável aimportância destas representações da Natividade para o aparecimento dos presépios,elas não constituem verdadeiros presépios. Para colorir 19
  20. 20. 2011 = Lua cheia = Lua nova = Quarto crescente = Quarto Minguante Por favor guarde a nossa voz, pode ser-lhe útil no futuro. Com a colaboração do JES jesmioma@hotmail.com20

×