Gestão Pública

251 visualizações

Publicada em

Histórico do processo de construção do modelo de gestão pública brasileiro

Publicada em: Governo e ONGs
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
251
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestão Pública

  1. 1. GESTÃO PÚBLICA O surgimento da República
  2. 2. 1804 1808 1821 1822
  3. 3. 1831 1840 1888 1889
  4. 4. 1889 1891 1888 1898
  5. 5. Governo República Presidente • 1889-1891 Deodoro da Fonseca • 1891-1894 Floriano Peixoto • 1894-1898 Prudente de Morais • 1898-1902 Campos Sales • 1902-1906 Rodrigues Alves • 1906-1909 Afonso Pena • 1909-1910 Nilo Peçanha • 1910-1914 Hermes da Fonseca • 1914-1918 Venceslau Brás • 1918-1919 Delfim Moreira • 1919-1922 Epitácio Pessoa • 1922-1926 Artur Bernardes • 1926-1930 Washington Luís
  6. 6. BRASIL DESENVOLVIMENTISTA  Período de 1930 a 1945  Estado Administrativo  Getúlio Vargas  Racionalização  Período 1945 a 1964  Desenvolvimento  Getúlio Vargas  Juscelino Kubistchek
  7. 7.  Mais uma vez, as forças e os interesses contra o povo coordenaram-se novamente e se desencadeiam sobre mim. Não me acusam, insultam; não me combatem, caluniam e não me dão o direito de defesa. Precisam sufocar a minha voz e impedir a minha ação, para que eu não continue a defender, como sempre defendi, o povo e principalmente os humildes. Sigo o destino que me é imposto. Depois de decênios de domínio e espoliação dos grupos econômicos e financeiros internacionais, fiz-me chefe de uma revolução e venci. Iniciei o trabalho de libertação e instaurei o regime de liberdade social. Tive de renunciar. Voltei ao Governo nos braços do povo. A campanha subterrânea dos grupos internacionais aliou-se à dos grupos nacionais revoltados contra o regime de garantia do trabalho. A lei de lucros extraordinários foi detida no Congresso. Contra a justiça da revisão do salário mínimo se desencadearam os ódios. Quis criar a liberdade nacional na potencialização das nossas riquezas através da Petrobrás, mal começa esta a funcionar, a onda de agitação se avoluma. A Eletrobrás foi obstaculizada até o desespero. Não querem que o trabalhador seja livre. Não querem que o povo seja independente. Assumi o Governo dentro da espiral inflacionária que destruía os valores de trabalho. Os lucros das empresas estrangeiras alcançaram até 500% ao ano. Na declaração de valores do que importávamos existiam fraudes constatadas de mais de 100 milhões de dólares por ano. Veio a crise do café, valorizou-se o nosso principal produto. Tentamos defender seu preço e a resposta foi uma violenta pressão sobre a nossa economia a ponto de sermos obrigados a ceder. Tenho lutado mês a mês, dia a dia, hora a hora, resistindo a uma pressão constante, incessante, tudo suportando em silêncio, tudo esquecendo a mim mesmo, para defender o povo que agora se queda desamparado. Nada mais vos posso dar a não ser meu sangue. Se as aves de rapina querem o sangue de alguém, querem continuar sugando o povo brasileiro, eu ofereço em holocausto a minha vida. Escolho este meio de estar sempre convosco. Quando vos humilharem, sentireis minha alma sofrendo ao vosso lado. Quando a fome bater à vossa porta, sentireis em vosso peito a energia para a luta por vós e vossos filhos. Quando vos vilipendiarem, sentireis no meu pensamento a força para a reação. Meu sacrifício vos manterá unidos e meu nome será a vossa bandeira de luta. Cada gota de meu sangue será uma chama imortal na vossa consciência e manterá a vibração sagrada para a resistência. Ao ódio respondo com o perdão. E aos que pensam que me derrotaram respondo com a minha vitória. Era escravo do povo e hoje me liberto para a vida eterna. Mas esse povo de quem fui escravo não mais será escravo de ninguém. Meu sacrifício ficará para sempre em sua alma e meu sangue será o preço do seu resgate. Lutei contra a espoliação do Brasil. Lutei contra a espoliação do povo. Tenho lutado de peito aberto. O ódio, as infâmias, a calúnia não abateram meu ânimo. Eu vos dei a minha vida. Agora ofereço a minha morte. Nada receio. Serenamente dou o primeiro passo no caminho da eternidade e saio da vida para entrar na história
  8. 8.  Ditadura de Getúlio  Suicídio de Getúlio  Adiamento da Ditadura Militar  Ditadura Militar  Fechamento de Congresso  O milagre econômico Café com Leite Oligarquia Getúlio Vargas Ditadura Governo Civil Desenvolve r Governo Militar Ditadura Mobilizaçã o Social
  9. 9. MOBILIZAÇÃO SOCIAL  Anos 1970  Movimento Hippie  Crise do Petróleo  Desejo de liberdade  O mundo quer mudanças!  Os recursos se tornam escassos  Margareth Teacher e Ronald Reagan  TQC  Austrália e Suécia  Reengenharia  Inglaterra e Nova Zelândia
  10. 10. RELATÓRIO OSBORNE
  11. 11. GOVERNO CATALISADOR  Soluções típicas  Reduzir despesas  Aumentar impostos  Descontinuar serviços  Pedir empréstimos  Promover parcerias  Programa de voluntários  Prefeito: corretor de negócios  Parcerias e consequente remoção de pessoal
  12. 12. PARCERIAS  Trabalhos de conscientização social  Deixar para o Governo o que ele faz de melhor  Reflexão:  “A obrigação do governo não é prestar serviços, mas garantir que eles sejam prestados”  Comunidade está bem se:  Família OK  Escola OK  OSCIP OK  Mudanças exigem mais GOVERNO e menos FAZER
  13. 13. 2 – GOVERNO RESPONSABILIZADOR  O governo responsabiliza ao invés de servir  Controle social  Policia comunitária  Atuar nas causas do problema  300 cidades americanas utilizam  Comprometer a sociedade  Motiva como PLR  Mudar de cliente  cidadão participante  Envolver as igrejas
  14. 14. 2 – GOVERNO RESPONSABILIZADOR  Coleta seletiva de resíduos sólidos  Participação dos pais na escola  Mutirão em construção habitacional popular  Alfabetização pelos pais. Apostila do governo
  15. 15. RELATÓRIO OSBORNE  Governo de parcerias  Governo responsabilizador  Governo competitivo
  16. 16. 3 – GOVERNO COMPETITIVO  Introduzir competição na prestação de serviços  Dar mais recursos para quem faz melhor  Tipos de competição  Publico x privado  Privado x privado  Publico x publico  Quebra de monopólios  Salários de professores: desempenho
  17. 17. 4 – GOVERNO ORIENTADO A MISSÃO  Trabalhando a burocracia  Max Weber  Vantagens  Racionalidade  Produzem melhores resultados  Inovação  Flexibilidade  Reduzir a burocracia  Sistema orçamentário orientado a missões  Centros de custo
  18. 18. 4 – GOVERNO ORIENTADO A MISSÕES  Orçamento  Incentiva o controle pelo servidor  Dotação para inovação  Adaptabilidade  Previsibilidade  Simplificação  Prescindem de auditorias  Liberam o legislativo ( e o MP)  Servidor é um prego sem cabeça
  19. 19. 4 – GOVERNO ORIENTADO A MISSÕES  Politicas de RH  Salário de mercado  Pagamento por performance  Fim da promocao por tempo de servico  Dinamizar demissoes  Criar carta de declaração de missao

×