UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
            ESCOLA DE COMUNICAÇÕES E ARTES
DEPARTAMENTO DE RELAÇÕES PÚBLICAS, PROPAGANDA E TURIS...
Maurits Cornelis Escher (1898 – 1972) nasceu em Leeuwarden,

Holanda, o caçula de quatro filhos de um engenheiro civil. Fo...
Suas obras foram muito difundidas principalmente pela internet, muito

presente desde sites que tratam de arte gráfica até...
Bibliografia:



        Peñuela Cañizal, Eduardo. Escher além dos efeitos ilusórios in

Linguagens Porto Alegre, n. 3, p....
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Análise - Campanha Desafio Sebrae 2008

432 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
432
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Análise - Campanha Desafio Sebrae 2008

  1. 1. UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE COMUNICAÇÕES E ARTES DEPARTAMENTO DE RELAÇÕES PÚBLICAS, PROPAGANDA E TURISMO ESTÉTICA EM PUBLICIDADE Prof. Emerson Súmula de Análise de Propaganda: “Desafio SEBRAE 2008” – DM9DDB Jean Michel Gallo Soldatelli Número USP - 6441052 SÃO PAULO, JUNHO/2008
  2. 2. Maurits Cornelis Escher (1898 – 1972) nasceu em Leeuwarden, Holanda, o caçula de quatro filhos de um engenheiro civil. Formado pela School for Architecture and Decorative Arts in Haarlem, decidiu deixar a arquitetura e seguir no caminho das artes gráficas. Viajou 11 anos pela Itália, onde aperfeiçoou sua técnica de gravura e fez grande parte dos esboços realistas que posteriormente ele utilizaria na forma de litografias e xilogravuras. Após um tempo na Espanha mudou-se para Suíça onde produziu grande parte das suas obras, usando a paisagem e a cultura local como base para sua arte descontrutivista. Escher foi especialista em utilizar a arquitetura para brincar com os espaços, para criar várias perspectivas. Essas perspectivas são a base do seu trabalho, confundem o observador criando várias dimensões para uma figura que admite apenas duas. Utilizava como ninguém os erros calculados e os desenhava cuidadosamente, com um rigor geométrico fascinante o que alguns estudiosos classificarem sua arte como uma arte matemática. Essa união da matemática com a geometria traduzida em algo belo é hipnotizante, prende o observador e o convida a explorar cada uma das dimensões possíveis nos trabalhos do holandês. Utilizou como poucos a xilogravura, a litografia e os meio-tons para explorar a ilusão de ótica e o contraste do preto e branco, para reforçar as relações dualísticas tão presentes nos seus trabalhos como a oposição entre o bem e o mal, o dia e a noite, o dentro e o fora. A metamorfose é outra grande característica dos trabalhos de Escher, utilizando cores, ângulos e outros pontos para gradualmente transformar, por exemplo, peixes em pássaros.
  3. 3. Suas obras foram muito difundidas principalmente pela internet, muito presente desde sites que tratam de arte gráfica até sites com a ilusão de ótica como tema. Também são muito divulgadas na forma de selos, tapetes e cartões. Por sua ampla divulgação e a particularidade do seu trabalho, as obras de Escher servem como base para muitos trabalhos, estando presente desde desenhos animados como Os Simpsons até na abertura da novela brasileira Top Model, que claramente se refere à obra mais famosa do artista. Justamente por ser tão conhecido, o trabalho de Escher está muito presente em campanhas publicitárias, utilizado em campanhas da Audi, da Lego, entre outras. No caso, esta campanha feita DM9DDB para o Desafio SEBRAE 2008 é claramente baseada na obra “Relativity”, muito bem usada na campanha para passar uma sensação de superação de obstáculos já que existem várias escadas onde não se sabe se você está subindo ou descendo, o que pode ser relacionado às dificuldades do mercado de trabalho que são simuladas no desafio. O slogan “Pra uns é obstáculo. Pra você, trampolim” reforça a idéia de flexibilidade da pessoa que participa do Desafio SEBRAE, aquela que usa as dificuldades para superar desafios como sugere a própria obra. Podemos concluir que a agência utilizou de forma não tanto inovadora porém muito adequada a proposta, que visa demonstrar as dificuldades do mercado e passar a mensagem de quem participa do Desafio SEBRAE as supera com maior facilidade e as utiliza para crescer profissionalmente.
  4. 4. Bibliografia: Peñuela Cañizal, Eduardo. Escher além dos efeitos ilusórios in Linguagens Porto Alegre, n. 3, p.75-83, 1990. Locher, J. L. The World of M. C. Escher. New York: H. N. Abrams, 1971. <www.mcescher.com > Acesso em 20/05/08.

×