SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
1
BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR – CDSA – UFCG
Prof. Jean Queiroz
Estudo Dirigido Nº 03 – Matriz Extracelular Diferenciação Celular & interação entre os Componentes
Celulares – 06/11
Nome:
Nome:
Nome:
1. Qual a função da diferenciação celular?
2. Como a Divisão Assimétrica auxilia o processo de diferenciação celular?
3. No desenvolvimento de um organismo ocorre a transição de um estágio embrionário, no qual todas as
células são inicialmente indiferenciadas, até o estágio adulto, composto por até centenas de diferentes tipos
de células. Esse processo é conhecido como diferenciação celular.
Historicamente, havia duas hipóteses a respeito da diferenciação celular. Em uma delas, que chamaremos
de H1, postulava-se a idéia de que ocorria perda de material genético enquanto a célula se diferenciava. Na
segunda, H2, que a diferenciação não implicava perda de DNA.
Identifique qual das duas hipóteses é confirmada pelos processos de clonagem, nos quais o núcleo da célula
de um tecido de um indivíduo adulto é introduzido em um ovócito anucleado que, ao se desenvolver, origina
outro organismo. Justifique sua resposta.
4. "... os punhos e os pulsos cortados e o resto do meu corpo inteiro/ há flores cobrindo o telhado e embaixo do
meu travesseiro/ há flores por todos os lados/ há flores em tudo que vejo/ a dor vai curar estas lástimas o
soro tem gosto de lágrimas/ as flores têm cheiro de morte/ a dor vai fechar esses cortes/ flores, flores, as
flores de plástico não morrem..."
(Trecho da letra da música "Flores", dos integrantes do grupo "Titãs" Charles Gavin, Tony Bellotto, Paulo
Miklos e Sérgio Britto).
Marque as alternativas com V para verdadeiro e F para falso.
Analisando histologicamente alguns trechos, é correto afirmar:
( ) É esperado que após a coagulação do sangue na área da lesão ocorrida ("os punhos e os pulsos
cortados") concentre-se aí grande número de macrófagos, fibroblastos e plasmócitos.
( ) Se uma cartilagem hialina for lesada em um indivíduo adulto, a sua regeneração ocorre facilmente, já que
ela é um tecido ricamente vascularizado.
( ) Quando ocorre um corte profundo na pele, os vasos sanguíneos são lesados e isso ocasiona o
extravasamento do plasma, juntamente com células de sangue.
( ) O músculo estriado esquelético é um tipo especializado de tecido conjuntivo.
( ) Proteínas colágenas são constituintes importantes na matriz extracelular do tecido conjuntivo, sendo
necessárias nos processos de reparo e cicatrização. Elas podem ser sintetizadas por osteoblastos,
condroblastos e fibroblastos.
( ) O tecido ósseo é muito resistente, sem plasticidade e com pouca irrigação sanguínea.
5. Quais alterações são necessárias as Células-Tronco para que ocorra sua diferenciação?
6. Quais as 4 grandes famílias de moléculas constituintes da Matriz Extracelular e quais suas características?
7. Os vasos sanguíneos presentes no organismo do homem diferem em vários aspectos. Com relação a esse
assunto, analise as proposições abaixo.
2
( ) No interior das artérias existem válvulas que impedem o retorno do sangue, uma vez que o refluxo
sanguíneo é realizado sob alta pressão.
( ) Tecido conjuntivo, muscular e epitelial são observados em artérias e veias, todavia, o tecido muscular é
mais exuberante nas artérias.
( ) Os capilares, constituídos por um tipo de tecido epitelial ( o endotélio), possibilitam as trocas entre o
sangue e os tecidos.
( ) Os capilares diferenciam-se das veias quanto as quantidades relativas de colágeno (maior nas veias) e
quanto ao número de fibras elásticas e camadas de células musculares lisas (menor nos capilares).
( ) Impulsionado pelos batimentos cardíacos, as veias sofrem distensão e pulsam. Graças a essa pulsação e
ao grande número de fibras elásticas existentes nas veias, o sangue pode fluir das extremidades do corpo
até o coração.
8. Após as primeiras diferenciações no desenvolvimento embrionário, o embrião contém 3 tipos de tecido
ectoderma, mesoderma e endoderma. Quais estruturas finais estes folhetos embrionários originarão no
embrião?
9. Para um determinado organismo multicelular, os termos CRESCIMENTO e DESENVOLVIMENTO são
frequentemente utilizados como sinônimos. Diferencie crescimento de desenvolvimento, citando quais
eventos celulares caracterizam estes dois termos.
10. Preencha o nome das estruturas celulares indicadas na figura:
1: 8:
2: 9:
3: 10:
4: 11:
5: 12:
6: 13:
7:

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

sangue: um liquido também precioso
sangue: um liquido também preciososangue: um liquido também precioso
sangue: um liquido também preciosobiologiaupe2015
 
Histologia
HistologiaHistologia
Histologialetyap
 
Apresentação1 bahiana 2
Apresentação1 bahiana 2Apresentação1 bahiana 2
Apresentação1 bahiana 2brandaobio
 
Aula de histologia
Aula de histologiaAula de histologia
Aula de histologiadenilsonbio
 
Hematopoiese
HematopoieseHematopoiese
HematopoieseMax Sousa
 
Cap 5 tecido conjuntivo
Cap 5 tecido conjuntivoCap 5 tecido conjuntivo
Cap 5 tecido conjuntivoasocamargo
 
Inflamação serosa do miocárdio no hipertiroidismo
Inflamação serosa do miocárdio no hipertiroidismoInflamação serosa do miocárdio no hipertiroidismo
Inflamação serosa do miocárdio no hipertiroidismoadrianomedico
 
Tecido hematopoietico e sanguineo
Tecido hematopoietico e sanguineoTecido hematopoietico e sanguineo
Tecido hematopoietico e sanguineowhybells
 
medresumo hematologia
medresumo hematologia   medresumo hematologia
medresumo hematologia Medicina Fsm
 
Avaliação Parcial de Ciências (Trabalho) - 8º ano
Avaliação Parcial de Ciências (Trabalho) - 8º anoAvaliação Parcial de Ciências (Trabalho) - 8º ano
Avaliação Parcial de Ciências (Trabalho) - 8º anoColegioEbenezer
 

Mais procurados (18)

sangue: um liquido também precioso
sangue: um liquido também preciososangue: um liquido também precioso
sangue: um liquido também precioso
 
Histologia
HistologiaHistologia
Histologia
 
Miriam
MiriamMiriam
Miriam
 
Tecidos conjuntivos especiais
Tecidos conjuntivos especiaisTecidos conjuntivos especiais
Tecidos conjuntivos especiais
 
Apresentação1 bahiana 2
Apresentação1 bahiana 2Apresentação1 bahiana 2
Apresentação1 bahiana 2
 
Aula de histologia
Aula de histologiaAula de histologia
Aula de histologia
 
Tecido Sanguíneo
Tecido SanguíneoTecido Sanguíneo
Tecido Sanguíneo
 
Hematopoiese
HematopoieseHematopoiese
Hematopoiese
 
Cap 5 tecido conjuntivo
Cap 5 tecido conjuntivoCap 5 tecido conjuntivo
Cap 5 tecido conjuntivo
 
Histologia
HistologiaHistologia
Histologia
 
Inflamação serosa do miocárdio no hipertiroidismo
Inflamação serosa do miocárdio no hipertiroidismoInflamação serosa do miocárdio no hipertiroidismo
Inflamação serosa do miocárdio no hipertiroidismo
 
Tecido hematopoietico e sanguineo
Tecido hematopoietico e sanguineoTecido hematopoietico e sanguineo
Tecido hematopoietico e sanguineo
 
Hematologia MEDResumo 2011
Hematologia MEDResumo 2011Hematologia MEDResumo 2011
Hematologia MEDResumo 2011
 
Hemocitopoese
HemocitopoeseHemocitopoese
Hemocitopoese
 
medresumo hematologia
medresumo hematologia   medresumo hematologia
medresumo hematologia
 
Tecido adiposo
Tecido adiposoTecido adiposo
Tecido adiposo
 
Hemocitopoese
HemocitopoeseHemocitopoese
Hemocitopoese
 
Avaliação Parcial de Ciências (Trabalho) - 8º ano
Avaliação Parcial de Ciências (Trabalho) - 8º anoAvaliação Parcial de Ciências (Trabalho) - 8º ano
Avaliação Parcial de Ciências (Trabalho) - 8º ano
 

Destaque

Día de la tierra (1)
Día de la tierra (1)Día de la tierra (1)
Día de la tierra (1)3650susy
 
Poema de álvaro de campos
Poema de álvaro de camposPoema de álvaro de campos
Poema de álvaro de camposPEmperor
 
Grupo 2 -..
Grupo 2 -..Grupo 2 -..
Grupo 2 -..Jonas
 
Imigração
ImigraçãoImigração
ImigraçãoJonas
 
Blog de Jamildo Carta da mudanca de voto
Blog de Jamildo Carta da mudanca de votoBlog de Jamildo Carta da mudanca de voto
Blog de Jamildo Carta da mudanca de votoJamildo Melo
 
Lo que vimos en informática de la computadora
Lo que vimos en informática de la computadoraLo que vimos en informática de la computadora
Lo que vimos en informática de la computadoraFrancoLauret2002
 
Requerimiento de administracion del sistema
Requerimiento de administracion del sistemaRequerimiento de administracion del sistema
Requerimiento de administracion del sistemaEfrain Angel Acuña
 
Power tarea enviar luis
Power tarea enviar luisPower tarea enviar luis
Power tarea enviar luisLazaro Bg
 
protección del medio ambiente
protección del medio ambiente protección del medio ambiente
protección del medio ambiente camisp
 
El congreso de la nación Argentina
El congreso de la nación ArgentinaEl congreso de la nación Argentina
El congreso de la nación Argentinahugomartinfermin
 
Presentacion grupo 132
Presentacion grupo 132Presentacion grupo 132
Presentacion grupo 132johanunad
 

Destaque (20)

Día de la tierra (1)
Día de la tierra (1)Día de la tierra (1)
Día de la tierra (1)
 
Alumno A
Alumno AAlumno A
Alumno A
 
Inf historia 3
Inf historia 3Inf historia 3
Inf historia 3
 
Poema de álvaro de campos
Poema de álvaro de camposPoema de álvaro de campos
Poema de álvaro de campos
 
MODULO1
MODULO1MODULO1
MODULO1
 
Grupo 2 -..
Grupo 2 -..Grupo 2 -..
Grupo 2 -..
 
Imigração
ImigraçãoImigração
Imigração
 
Anndrews
AnndrewsAnndrews
Anndrews
 
Blog de Jamildo Carta da mudanca de voto
Blog de Jamildo Carta da mudanca de votoBlog de Jamildo Carta da mudanca de voto
Blog de Jamildo Carta da mudanca de voto
 
Mulher
MulherMulher
Mulher
 
Lo que vimos en informática de la computadora
Lo que vimos en informática de la computadoraLo que vimos en informática de la computadora
Lo que vimos en informática de la computadora
 
Requerimiento de administracion del sistema
Requerimiento de administracion del sistemaRequerimiento de administracion del sistema
Requerimiento de administracion del sistema
 
Power tarea enviar luis
Power tarea enviar luisPower tarea enviar luis
Power tarea enviar luis
 
Proyecto de Solidaridad
Proyecto de SolidaridadProyecto de Solidaridad
Proyecto de Solidaridad
 
protección del medio ambiente
protección del medio ambiente protección del medio ambiente
protección del medio ambiente
 
El congreso de la nación Argentina
El congreso de la nación ArgentinaEl congreso de la nación Argentina
El congreso de la nación Argentina
 
Anatomia
AnatomiaAnatomia
Anatomia
 
Balonmano
BalonmanoBalonmano
Balonmano
 
IPAD TO IMAC
IPAD TO IMACIPAD TO IMAC
IPAD TO IMAC
 
Presentacion grupo 132
Presentacion grupo 132Presentacion grupo 132
Presentacion grupo 132
 

Semelhante a 3º Estudo Dirigido 06/11

Mitose e Meiose.pptx
Mitose e Meiose.pptxMitose e Meiose.pptx
Mitose e Meiose.pptxLeticiaOrso1
 
Exercícios de tecidos
Exercícios de tecidosExercícios de tecidos
Exercícios de tecidosClaudia Braz
 
Diferenciação celular e histologia 2014
Diferenciação celular e histologia 2014Diferenciação celular e histologia 2014
Diferenciação celular e histologia 2014Gisele A. Barbosa
 
Treinamento consultec introdução citologia
Treinamento consultec   introdução citologiaTreinamento consultec   introdução citologia
Treinamento consultec introdução citologiaemanuel
 
Treinamento Consultec - introdução citologia
Treinamento Consultec - introdução citologiaTreinamento Consultec - introdução citologia
Treinamento Consultec - introdução citologiaemanuel
 
Conceito e componentes!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Conceito e componentes!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Conceito e componentes!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Conceito e componentes!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Larissa Seabra
 
ae_10BG_teste_Transp+Resp2022.docx
ae_10BG_teste_Transp+Resp2022.docxae_10BG_teste_Transp+Resp2022.docx
ae_10BG_teste_Transp+Resp2022.docxMiguelMarques649382
 
Esquema de Histologia animal
Esquema de Histologia animalEsquema de Histologia animal
Esquema de Histologia animalGustavo Pessoa
 
02 hematologia completa
02 hematologia   completa02 hematologia   completa
02 hematologia completaAgathadeLima1
 
Questões de avaliação para prova teórica
Questões de avaliação para prova teóricaQuestões de avaliação para prova teórica
Questões de avaliação para prova teóricaFelipe Alecrim Alecrim
 
Exercicio de anatomia
Exercicio de anatomiaExercicio de anatomia
Exercicio de anatomiafoconavida
 
Atividade de Biologia Tecidual .pdf
Atividade de Biologia Tecidual .pdfAtividade de Biologia Tecidual .pdf
Atividade de Biologia Tecidual .pdfManoelaLorentzen
 
Núcleo interfásico
Núcleo interfásicoNúcleo interfásico
Núcleo interfásicoraynnaria
 
Trabalho de faculdade celulas tronco
Trabalho de faculdade celulas troncoTrabalho de faculdade celulas tronco
Trabalho de faculdade celulas troncohudsonemerique
 

Semelhante a 3º Estudo Dirigido 06/11 (20)

Mitose e Meiose.pptx
Mitose e Meiose.pptxMitose e Meiose.pptx
Mitose e Meiose.pptx
 
Exercícios de tecidos
Exercícios de tecidosExercícios de tecidos
Exercícios de tecidos
 
Diferenciação celular e histologia 2014
Diferenciação celular e histologia 2014Diferenciação celular e histologia 2014
Diferenciação celular e histologia 2014
 
Treinamento consultec introdução citologia
Treinamento consultec   introdução citologiaTreinamento consultec   introdução citologia
Treinamento consultec introdução citologia
 
Treinamento Consultec - introdução citologia
Treinamento Consultec - introdução citologiaTreinamento Consultec - introdução citologia
Treinamento Consultec - introdução citologia
 
Conceito e componentes!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Conceito e componentes!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Conceito e componentes!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Conceito e componentes!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
ae_10BG_teste_Transp+Resp2022.docx
ae_10BG_teste_Transp+Resp2022.docxae_10BG_teste_Transp+Resp2022.docx
ae_10BG_teste_Transp+Resp2022.docx
 
Esquema de Histologia animal
Esquema de Histologia animalEsquema de Histologia animal
Esquema de Histologia animal
 
Hematologia completa
Hematologia   completaHematologia   completa
Hematologia completa
 
02 hematologia completa
02 hematologia   completa02 hematologia   completa
02 hematologia completa
 
Tecido conjuntivo
Tecido conjuntivoTecido conjuntivo
Tecido conjuntivo
 
Histologia
HistologiaHistologia
Histologia
 
Histologia
HistologiaHistologia
Histologia
 
Células 01 reinaldo
Células 01 reinaldoCélulas 01 reinaldo
Células 01 reinaldo
 
Questões de avaliação para prova teórica
Questões de avaliação para prova teóricaQuestões de avaliação para prova teórica
Questões de avaliação para prova teórica
 
Histologia ruan
Histologia ruanHistologia ruan
Histologia ruan
 
Exercicio de anatomia
Exercicio de anatomiaExercicio de anatomia
Exercicio de anatomia
 
Atividade de Biologia Tecidual .pdf
Atividade de Biologia Tecidual .pdfAtividade de Biologia Tecidual .pdf
Atividade de Biologia Tecidual .pdf
 
Núcleo interfásico
Núcleo interfásicoNúcleo interfásico
Núcleo interfásico
 
Trabalho de faculdade celulas tronco
Trabalho de faculdade celulas troncoTrabalho de faculdade celulas tronco
Trabalho de faculdade celulas tronco
 

Mais de jeancfq

Precisa na final
Precisa na finalPrecisa na final
Precisa na finaljeancfq
 
Principais tópicos a serem estudados para a prova final
Principais tópicos a serem estudados para a prova finalPrincipais tópicos a serem estudados para a prova final
Principais tópicos a serem estudados para a prova finaljeancfq
 
Quanto se precisa na final?
Quanto se precisa na final?Quanto se precisa na final?
Quanto se precisa na final?jeancfq
 
Notas da 3ª avaliação semestral
Notas da 3ª avaliação semestralNotas da 3ª avaliação semestral
Notas da 3ª avaliação semestraljeancfq
 
Resultados finais da disciplina biologia celular e molecular
Resultados finais da disciplina biologia celular e molecularResultados finais da disciplina biologia celular e molecular
Resultados finais da disciplina biologia celular e molecularjeancfq
 
Principais tópicos 3ª Prova
Principais tópicos 3ª ProvaPrincipais tópicos 3ª Prova
Principais tópicos 3ª Provajeancfq
 
Resultado Geral das avaliações antes da 3ª Avaliação Semestral
Resultado Geral das avaliações antes da 3ª Avaliação SemestralResultado Geral das avaliações antes da 3ª Avaliação Semestral
Resultado Geral das avaliações antes da 3ª Avaliação Semestraljeancfq
 
Resultado CORRIGIDO Avaliações Continuadas
Resultado CORRIGIDO Avaliações ContinuadasResultado CORRIGIDO Avaliações Continuadas
Resultado CORRIGIDO Avaliações Continuadasjeancfq
 
Resultados das avaliações continuadas
Resultados das avaliações continuadasResultados das avaliações continuadas
Resultados das avaliações continuadasjeancfq
 
4º estudo dirigido
4º estudo dirigido4º estudo dirigido
4º estudo dirigidojeancfq
 
Calendário da parte final da disciplina
Calendário da parte final da disciplinaCalendário da parte final da disciplina
Calendário da parte final da disciplinajeancfq
 
Média Geral
Média GeralMédia Geral
Média Geraljeancfq
 
Média Geral
Média GeralMédia Geral
Média Geraljeancfq
 
Resultado das Avaliações Continuadas
Resultado das Avaliações ContinuadasResultado das Avaliações Continuadas
Resultado das Avaliações Continuadasjeancfq
 
Resultado dos testes
Resultado dos testesResultado dos testes
Resultado dos testesjeancfq
 
2º Estudo Dirigido 9/10
2º Estudo Dirigido 9/102º Estudo Dirigido 9/10
2º Estudo Dirigido 9/10jeancfq
 
2 estudo dirigido
2 estudo dirigido2 estudo dirigido
2 estudo dirigidojeancfq
 
Resultado das Avaliações Continuadas
Resultado das Avaliações ContinuadasResultado das Avaliações Continuadas
Resultado das Avaliações Continuadasjeancfq
 
Gabarito 3 teste
Gabarito 3 testeGabarito 3 teste
Gabarito 3 testejeancfq
 
Resultado do estudo dirigido + testes
Resultado do estudo dirigido + testesResultado do estudo dirigido + testes
Resultado do estudo dirigido + testesjeancfq
 

Mais de jeancfq (20)

Precisa na final
Precisa na finalPrecisa na final
Precisa na final
 
Principais tópicos a serem estudados para a prova final
Principais tópicos a serem estudados para a prova finalPrincipais tópicos a serem estudados para a prova final
Principais tópicos a serem estudados para a prova final
 
Quanto se precisa na final?
Quanto se precisa na final?Quanto se precisa na final?
Quanto se precisa na final?
 
Notas da 3ª avaliação semestral
Notas da 3ª avaliação semestralNotas da 3ª avaliação semestral
Notas da 3ª avaliação semestral
 
Resultados finais da disciplina biologia celular e molecular
Resultados finais da disciplina biologia celular e molecularResultados finais da disciplina biologia celular e molecular
Resultados finais da disciplina biologia celular e molecular
 
Principais tópicos 3ª Prova
Principais tópicos 3ª ProvaPrincipais tópicos 3ª Prova
Principais tópicos 3ª Prova
 
Resultado Geral das avaliações antes da 3ª Avaliação Semestral
Resultado Geral das avaliações antes da 3ª Avaliação SemestralResultado Geral das avaliações antes da 3ª Avaliação Semestral
Resultado Geral das avaliações antes da 3ª Avaliação Semestral
 
Resultado CORRIGIDO Avaliações Continuadas
Resultado CORRIGIDO Avaliações ContinuadasResultado CORRIGIDO Avaliações Continuadas
Resultado CORRIGIDO Avaliações Continuadas
 
Resultados das avaliações continuadas
Resultados das avaliações continuadasResultados das avaliações continuadas
Resultados das avaliações continuadas
 
4º estudo dirigido
4º estudo dirigido4º estudo dirigido
4º estudo dirigido
 
Calendário da parte final da disciplina
Calendário da parte final da disciplinaCalendário da parte final da disciplina
Calendário da parte final da disciplina
 
Média Geral
Média GeralMédia Geral
Média Geral
 
Média Geral
Média GeralMédia Geral
Média Geral
 
Resultado das Avaliações Continuadas
Resultado das Avaliações ContinuadasResultado das Avaliações Continuadas
Resultado das Avaliações Continuadas
 
Resultado dos testes
Resultado dos testesResultado dos testes
Resultado dos testes
 
2º Estudo Dirigido 9/10
2º Estudo Dirigido 9/102º Estudo Dirigido 9/10
2º Estudo Dirigido 9/10
 
2 estudo dirigido
2 estudo dirigido2 estudo dirigido
2 estudo dirigido
 
Resultado das Avaliações Continuadas
Resultado das Avaliações ContinuadasResultado das Avaliações Continuadas
Resultado das Avaliações Continuadas
 
Gabarito 3 teste
Gabarito 3 testeGabarito 3 teste
Gabarito 3 teste
 
Resultado do estudo dirigido + testes
Resultado do estudo dirigido + testesResultado do estudo dirigido + testes
Resultado do estudo dirigido + testes
 

3º Estudo Dirigido 06/11

  • 1. 1 BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR – CDSA – UFCG Prof. Jean Queiroz Estudo Dirigido Nº 03 – Matriz Extracelular Diferenciação Celular & interação entre os Componentes Celulares – 06/11 Nome: Nome: Nome: 1. Qual a função da diferenciação celular? 2. Como a Divisão Assimétrica auxilia o processo de diferenciação celular? 3. No desenvolvimento de um organismo ocorre a transição de um estágio embrionário, no qual todas as células são inicialmente indiferenciadas, até o estágio adulto, composto por até centenas de diferentes tipos de células. Esse processo é conhecido como diferenciação celular. Historicamente, havia duas hipóteses a respeito da diferenciação celular. Em uma delas, que chamaremos de H1, postulava-se a idéia de que ocorria perda de material genético enquanto a célula se diferenciava. Na segunda, H2, que a diferenciação não implicava perda de DNA. Identifique qual das duas hipóteses é confirmada pelos processos de clonagem, nos quais o núcleo da célula de um tecido de um indivíduo adulto é introduzido em um ovócito anucleado que, ao se desenvolver, origina outro organismo. Justifique sua resposta. 4. "... os punhos e os pulsos cortados e o resto do meu corpo inteiro/ há flores cobrindo o telhado e embaixo do meu travesseiro/ há flores por todos os lados/ há flores em tudo que vejo/ a dor vai curar estas lástimas o soro tem gosto de lágrimas/ as flores têm cheiro de morte/ a dor vai fechar esses cortes/ flores, flores, as flores de plástico não morrem..." (Trecho da letra da música "Flores", dos integrantes do grupo "Titãs" Charles Gavin, Tony Bellotto, Paulo Miklos e Sérgio Britto). Marque as alternativas com V para verdadeiro e F para falso. Analisando histologicamente alguns trechos, é correto afirmar: ( ) É esperado que após a coagulação do sangue na área da lesão ocorrida ("os punhos e os pulsos cortados") concentre-se aí grande número de macrófagos, fibroblastos e plasmócitos. ( ) Se uma cartilagem hialina for lesada em um indivíduo adulto, a sua regeneração ocorre facilmente, já que ela é um tecido ricamente vascularizado. ( ) Quando ocorre um corte profundo na pele, os vasos sanguíneos são lesados e isso ocasiona o extravasamento do plasma, juntamente com células de sangue. ( ) O músculo estriado esquelético é um tipo especializado de tecido conjuntivo. ( ) Proteínas colágenas são constituintes importantes na matriz extracelular do tecido conjuntivo, sendo necessárias nos processos de reparo e cicatrização. Elas podem ser sintetizadas por osteoblastos, condroblastos e fibroblastos. ( ) O tecido ósseo é muito resistente, sem plasticidade e com pouca irrigação sanguínea. 5. Quais alterações são necessárias as Células-Tronco para que ocorra sua diferenciação? 6. Quais as 4 grandes famílias de moléculas constituintes da Matriz Extracelular e quais suas características? 7. Os vasos sanguíneos presentes no organismo do homem diferem em vários aspectos. Com relação a esse assunto, analise as proposições abaixo.
  • 2. 2 ( ) No interior das artérias existem válvulas que impedem o retorno do sangue, uma vez que o refluxo sanguíneo é realizado sob alta pressão. ( ) Tecido conjuntivo, muscular e epitelial são observados em artérias e veias, todavia, o tecido muscular é mais exuberante nas artérias. ( ) Os capilares, constituídos por um tipo de tecido epitelial ( o endotélio), possibilitam as trocas entre o sangue e os tecidos. ( ) Os capilares diferenciam-se das veias quanto as quantidades relativas de colágeno (maior nas veias) e quanto ao número de fibras elásticas e camadas de células musculares lisas (menor nos capilares). ( ) Impulsionado pelos batimentos cardíacos, as veias sofrem distensão e pulsam. Graças a essa pulsação e ao grande número de fibras elásticas existentes nas veias, o sangue pode fluir das extremidades do corpo até o coração. 8. Após as primeiras diferenciações no desenvolvimento embrionário, o embrião contém 3 tipos de tecido ectoderma, mesoderma e endoderma. Quais estruturas finais estes folhetos embrionários originarão no embrião? 9. Para um determinado organismo multicelular, os termos CRESCIMENTO e DESENVOLVIMENTO são frequentemente utilizados como sinônimos. Diferencie crescimento de desenvolvimento, citando quais eventos celulares caracterizam estes dois termos. 10. Preencha o nome das estruturas celulares indicadas na figura: 1: 8: 2: 9: 3: 10: 4: 11: 5: 12: 6: 13: 7: