Do Campo à Cidade

16.243 visualizações

Publicada em

2 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
16.243
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
282
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
121
Comentários
2
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Do Campo à Cidade

  1. 1. Do Campo à Cidade…
  2. 2. Nova Organização Social <ul><li>A revolução de 1820 e as reformas dos governos liberais levaram a uma mudança na sociedade no Século XIX podendo dizer-se que surgiu uma nova organização social . </li></ul>
  3. 3. Nobreza <ul><li>A Nobreza perdeu muitas das suas antigas regalias e direitos, apesar de continuar a possuir muitas terras. Passou a pagar impostos e deixou de poder exigir aos camponeses que trabalhassem gratuitamente para si. Tudo isto fez com que diminuíssem muito os seus rendimentos. </li></ul>
  4. 4. Clero <ul><li>O Clero também perdeu importância e regalias. As ordens religiosas foram extintas e as suas terras passaram a pertencer ao Governo. </li></ul>
  5. 5. Burguesia <ul><li>A burguesia transformou-se no grupo social mais importante da sociedade portuguesa do século XIX. Aumentou a sua riqueza, com o comércio, a indústria e a actividade bancária, e começou a desempenhar cargos importantes no Governo. </li></ul>
  6. 6. Povo <ul><li>O Povo passou a ter, perante a lei, os mesmos direitos e deveres que os outros grupos sociais. Contudo, no campo ou nas cidades, continuou a viver com dificuldades e a desempenhar os trabalhos mais duros e mais mal pagos. </li></ul>
  7. 7. A Vida Quotidiana no Campo <ul><li>As pessoas que viviam no campo eram, na sua maioria, gente do povo: rendeiros, jornaleiros, criados, moços da lavoura… </li></ul><ul><li>Geralmente trabalhavam terras que não eram suas: </li></ul><ul><li>Trabalhavam nas grandes propriedades dos burgueses que tinha conseguido comprar muitas terras ao Estado; </li></ul><ul><li>Trabalhavam nas propriedades dos Nobres , que continuavam a manter as suas quintas e solares. </li></ul>
  8. 8. A Vida no Campo <ul><li>A vida quotidiana dos camponeses era dura e difícil. De um modo geral aqueles que viviam do trabalho da terra viviam pobremente. Mesmo os rendeiros tinham muitas dificuldades. A agricultura e a criação de gado eram as principais actividades. Trabalhavam de sol a sol, lavrando, semeando, ceifando, etc… </li></ul>
  9. 9. Condições de Vida <ul><li>O camponês e a sua família viviam numa casa pequena, onde a cozinha com lareira era a principal divisão. A sua alimentação era pouco variada. A base da alimentação era o pão, a sopa e o vinho. Também se comia batata, azeitona, sardinha salgada ou conservada de outras formas. </li></ul>
  10. 10. Vestuário e Costumes <ul><li>O vestuário das pessoas do povo variava do Norte para o Sul do país. Os divertimentos estavam ligados ao trabalho e às festas religiosas: da ida à feira, às romarias e procissões às danças e cantares populares. </li></ul>
  11. 11. A Fuga para as Cidades <ul><li>O aumento de população no século XIX levou à existência de muitos trabalhadores do campo sem trabalho ou mal pagos. Muitos fugiram das suas aldeias e foram viver para outros locais à procura de melhores condições de vida. Principalmente iam para as cidades. A este movimento de “fuga do campo” se dá o nome de “êxodo rural”. </li></ul>
  12. 12. Êxodo Rural Aldeia Cidade
  13. 13. Emigração <ul><li>Muitos trabalhadores do campo emigraram para outros países, principalmente para o Brasil . Os emigrantes eram, na sua maioria, naturais do Minho, Douro, Trás-os-Montes, Açores e Madeira. </li></ul>
  14. 14. Os “Brasileiros” <ul><li>Alguns emigrantes conseguiam regressar do Brasil com verdadeiras fortunas. A sua primeira preocupação era comprar terrenos e construir casa. Pela casas, maneira de vestir e pela sua riqueza tornavam-se pessoas influentes na vida das suas terras. </li></ul>
  15. 15. Resumo <ul><li>As mudanças políticas no Século XIX levaram a alterações sociais, tendo a Nobreza e o Clero perdido regalias e a Burguesia e o Povo feito conquistas sociais importantes. </li></ul><ul><li>A vida nos campos era difícil e as actividades principais eram a agricultura e a criação de gado. A maioria dos trabalhadores do campo trabalhava para terras que não eram suas. As condições de vida eram pobres. Os divertimentos das pessoas do povo estavam ligados ao trabalho ou a festas religiosas. </li></ul><ul><li>No Século XIX deu-se, em algumas regiões, um êxodo rural (fugas das aldeias para as cidades) e alguns trabalhadores do campo emigraram principalmente para o Brasil. </li></ul>
  16. 16. <ul><li>FIM </li></ul>

×