Internet_of_things

3.718 visualizações

Publicada em

Discussão de conceitos, tecnologias, aplicações e casos de "internet of things"

Publicada em: Negócios
0 comentários
9 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.718
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
32
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
122
Comentários
0
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Internet_of_things

  1. 1. J o s é C l á u d i o C . Te r r a19 de fevereiro de 2013
  2. 2. 2
  3. 3. The Internet of Things Cada vez mais objetos estão ganhando sensores e a habilidade decomunicação. As redes de informação resultantes prometem criar novos modelos de negócio, melhorar processos e reduzir custos e riscos. 3
  4. 4. Quanto envolve?Top Ten Connected Applications in 2020 Value to the Connected LifeConnected Car US$600 billionClinical Remote Monitoring US$350 billionAssisted Living US$270 billionHome and Building Security US$250 billionPay-As-You-Drive Car Insurance US$245 billionNew Business Models for Car Usage US$225 billionSmart Meters US$105 billionTraffic Management US$100 billionElectric Vehicle Charging US$75 billionBuilding Automation US$40 billionFonte: http://www.gsma.com/newsroom/gsma-announces-the-business-impact-of-connected-devices-could-be-worth-us4-5-trillion-in-2020/
  5. 5. O que é?A “Internet das Coisas” é uma revolução gradual que levará, de algumaforam, todos os objetos que nos cercam à conexão com a internet. 5
  6. 6. Equipamentos conectados 6
  7. 7. O que envolve?
  8. 8. O que envolve?
  9. 9. O que envolve?
  10. 10. Evolução “behind the scenes”Aumentoexponencial decapacidade deprocessamento dedadosacompanhado deredução de custose energia. 10
  11. 11. Drivers de mudançasROTAS CONHECIDAS NOVOS CAMINHOS Mundo físico como sistema de informaçãoInformações proprietárias Sensores embutidos em objetos físicosBancos de dados Sistemas e redes wirelessFontes públicas Grandes volumes de dadosFornecedores de dados ComplexidadeInternet 11
  12. 12. Estágios da “Internet of Things” The world is the Take the world on Take control of the Let things talk to Let things become index line world each other intelligent Exemplo Todos os Pacotes enviados Objetos perdidos Plantas podem ser O despertador monumentos do são rastreados na ou roubados regadas quando pode tocar mais mundo descritos web e é possível podem dizer onde estão secas cedo no caso de em detalhes na saber onde eles se se encontram trânsito ou mau internet encontram tempo Como Os objetos são Objetos em Os objetos são Os objetos se Os objetos se funciona identificados pela movimento são conectados à comunicam e se comunicam com a sua posição no unicamente internet e acionam entre si internet para a qual mundo. Eles modificados via interagem com as para a ocorrência eles fornecem possuem uma código. Eles pessoas: eles se de determinadas informações que “sombra” de possuem uma comunicam, condições podem ser informações, mas “sombra” de recebem ordens e elaboradas e não existe informações, mas revelam usadas como novo interação direta não há interação informaões sobre si conhecimento com os objetos direta com o objeto mesmos Tecnologias Realidade RFID Controle remoto Machine2Machine Object Generated aumentada Near-Field- Content (OGC) Geotagging Communication Device to grid GPS Código de barras Reconhecimento visual 12Fonte: Casaleggio Associati, 2011
  13. 13. Estágios da “Internet of Things” The world is the Take the world on Take control of the Let things talk to Let things become index line world each other intelligent Exemplo Todos os Pacotes enviados Objetos perdidos Plantas podem ser O despertador monumentos do são rastreados na ou roubados regadas quando pode tocar mais mundo descritos web e é possível podem dizer onde estão secas cedo no caso de em detalhes na saber onde eles se se encontram trânsito ou mau internet encontram tempo Como Os objetos são Objetos em Os objetos são Os objetos se Os objetos se funciona identificados pela movimento são conectados à comunicam e se comunicam com a sua posição no unicamente internet e acionam entre si internet para a qual mundo. Eles modificados via interagem com as para a ocorrência eles fornecem possuem uma código. Eles pessoas: eles se de determinadas informações que “sombra” de possuem uma comunicam, condições podem ser informações, mas “sombra” de recebem ordens e elaboradas e não existe informações, mas revelam usadas como novo interação direta não há interação informaões sobre si conhecimento com os objetos direta com o objeto mesmos Tecnologias Realidade RFID Controle remoto Machine2Machine Object Generated aumentada Near-Field- Content (OGC) Geotagging Communication Device to grid GPS Código de barras Reconhecimento visual 13Fonte: Casaleggio Associati, 2011
  14. 14. Estágios da “Internet of Things” The world is the Take the world on Take control of the Let things talk to Let things become index line world each other intelligent Exemplo Todos os Pacotes enviados Objetos perdidos Plantas podem ser O despertador monumentos do são rastreados na ou roubados regadas quando pode tocar mais mundo descritos web e é possível podem dizer onde estão secas cedo no caso de em detalhes na saber onde eles se se encontram trânsito ou mau internet encontram tempo Como Os objetos são Objetos em Os objetos são Os objetos se Os objetos se funciona identificados pela movimento são conectados à comunicam e se comunicam com a sua posição no unicamente internet e acionam entre si internet para a qual mundo. Eles modificados via interagem com as para a ocorrência eles fornecem possuem uma código. Eles pessoas: eles se de determinadas informações que “sombra” de possuem uma comunicam, condições podem ser informações, mas “sombra” de recebem ordens e elaboradas e não existe informações, mas revelam usadas como novo interação direta não há interação informaões sobre si conhecimento com os objetos direta com o objeto mesmos Tecnologias Realidade RFID Controle remoto Machine2Machine Object Generated aumentada Near-Field- Content (OGC) Geotagging Communication Device to grid GPS Código de barras Reconhecimento visual 14Fonte: Casaleggio Associati, 2011
  15. 15. Estágios da “Internet of Things” The world is the Take the world on Take control of the Let things talk to Let things become index line world each other intelligent Exemplo Todos os Pacotes enviados Objetos perdidos Plantas podem ser O despertador monumentos do são rastreados na ou roubados regadas quando pode tocar mais mundo descritos web e é possível podem dizer onde estão secas cedo no caso de em detalhes na saber onde eles se se encontram trânsito ou mau internet encontram tempo Como Os objetos são Objetos em Os objetos são Os objetos se Os objetos se funciona identificados pela movimento são conectados à comunicam e se comunicam com a sua posição no unicamente internet e acionam entre si internet para a qual mundo. Eles modificados via interagem com as para a ocorrência eles fornecem possuem uma código. Eles pessoas: eles se de determinadas informações que “sombra” de possuem uma comunicam, condições podem ser informações, mas “sombra” de recebem ordens e elaboradas e não existe informações, mas revelam usadas como novo interação direta não há interação informaões sobre si conhecimento com os objetos direta com o objeto mesmos Tecnologias Realidade RFID Controle remoto Machine2Machine Object Generated aumentada Near-Field- Content (OGC) Geotagging Communication Device to grid GPS Código de barras Reconhecimento visual 15Fonte: Casaleggio Associati, 2011
  16. 16. Estágios da “Internet of Things” The world is the Take the world on Take control of the Let things talk to Let things become index line world each other intelligent Exemplo Todos os Pacotes enviados Objetos perdidos Plantas podem ser O despertador monumentos do são rastreados na ou roubados regadas quando pode tocar mais mundo descritos web e é possível podem dizer onde estão secas cedo no caso de em detalhes na saber onde eles se se encontram trânsito ou mau internet encontram tempo Como Os objetos são Objetos em Os objetos são Os objetos se Os objetos se funciona identificados pela movimento são conectados à comunicam e se comunicam com a sua posição no unicamente internet e acionam entre si internet para a qual mundo. Eles modificados via interagem com as para a ocorrência eles fornecem possuem uma código. Eles pessoas: eles se de determinadas informações que “sombra” de possuem uma comunicam, condições podem ser informações, mas “sombra” de recebem ordens e elaboradas e não existe informações, mas revelam usadas como novo interação direta não há interação informaões sobre si conhecimento com os objetos direta com o objeto mesmos Tecnologias Realidade RFID Controle remoto Machine2Machine Object Generated aumentada Near-Field- Content (OGC) Geotagging Communication Device to grid GPS Código de barras Reconhecimento visual 16Fonte: Casaleggio Associati, 2011
  17. 17. CASE: epic MIX Epic MIX monitora condições das montanhas entre aventureiros e as compartilha de forma interativa e divertida. Aplicativo dedicado para esportes nas montanhas, no qual é possível rastrear trajetos, ganhar pontos, conversar por mídias sociais, compartilhar e baixar fotos e competir em jogos criados na plataforma. É possível descobrir paisagens interessantes, planejar um passeio e monitorar as condições climáticas das montanhas de forma colaborativa e baseada em gaming. 17Fonte: epicmix.com
  18. 18. CASE: MyBusTrip Aplicativo grátis para smartphones que disponibiliza informações em tempo real sobre ônibus no Condado de Cambridge Informações disponibilizadas com base no GPS no celular: • Localizações dos ônibus; • Mapa com paradas • Tempo de trajeto • Serviços expressos • Nome do motorista • Destino do veículo • Rotas com previsões de tempo de percurso. 18Fonte: cambridgeshire.gov.uk
  19. 19. CASE: WideNoise WideNoise é um aplicativo para iPhone que mede o barulho em decibeis e o mostra em um mapa interativo. É possível detectar o barulho de uma área Plataforma e app criado por WideTag, Inc. e disponível por US$1,99 na Apple Store. 19Fonte: readwrite.com
  20. 20. CASE: LIFX LIXF, projeto iniciado no Kickstarter, é uma lâmpada com wi-fi, multicolorida, equipada com LED reduzindo custos, dura até 25 anos que é controlada por smartphone. Projeto que buscou recursos por site de crowdfunding para equipamento de automação doméstica baseado no conceito de Internet of Things. 20Fonte: apple.com
  21. 21. CASE: LIFX LIXF, projeto iniciado no Kickstarter, é uma lâmpada com wifi, multicolorida, equipada com LED reduzindo custos, dura até 25 anos e é controlada por smartphone. Fácil instalação e controle por smartphone por meio de aplicativo 21Fonte: apple.com
  22. 22. CASE: LIFX LIXF, projeto iniciado no Kickstarter, é uma lâmpada com wi-fi, multicolorida, equipada com LED reduzindo custos, dura até 25 anos que é controlada por smartphone. • Controle remoto de lâmpadas • Definição de brilho • Escolha de cores apropriadas para cada ambiente • Notificações por meio de redes sociais • Redução de custos de enegia • Visualização de músicas e cores animadas • Modo de segurança caso de ausência de moradores • Kit de desenvolvimento de funcionalidades colaborativo 22Fonte: apple.com
  23. 23. CASE: Nike + iPod Experiência de corrida baseada em dados coletados por sensores e disponibilizados no iPod. Usuário instala sensor no tênis, seleciona tipo de programa de corrida, suas preferências técnicas e seleciona músicas favoritas Após a corrida dados são carregados no sistema para análise e compartilhamento 23Fonte: apple.com
  24. 24. CASE: Rest Devices Vestimentas que monitoram e analisam movimentos do corpo de bebês e pessoas durante o sono. Peeko Monitor: Mudando a forma de pensar dos pais, interagir e aprender sobre os bebês, ◦Monitora respiração, posição do corpo, nível de atividade, temperatura e áudio do bebê. ◦Acesso remoto às informações em tempo real do bebê. ◦Custmomização de alertas ◦Equipamento lavável SleepShirt revoluciona a detecção e tratamento de apneia durante o sono dentro de casa. • Contém dois finos sensores de respiração • Mede o movimento do corpo e frequência da respiração • Dados exportados para servidores e analisados para verificar qualidade do sono 24Fonte: restdevices.com
  25. 25. CASE: BigBelly Solar Lixeiras inteligentes que monitoram rejeitos e reciclagem, além de permitir coleta “just-in-time”. Monitora quantidade de lixo e otimiza o esvaziamento de lixeiras É possível identificar portfólio de descartes e reciclagem por meio de computadores e celulares 25Fonte: restdevices.com
  26. 26. CASE: North Regent Supply 26Fonte: cambridgeshire.gov.uk
  27. 27. CASE: WeSC Karmatech O conceito do WeSC Karmatech aplica o conceito social aos pés por meio de RFID inseridos em sapatos. Ainda em fase de conceito, foi desenvolvido por estudantes da Hyper Island Digital School da Suécia. Usuário interage com o espaço por meio de chips RFID instalados nos sapatos para dar check-in em estabelecimentos ou ainda obter promoções 27Fonte: endgaget.com
  28. 28. CASE: ReelyActive ReelyActive utiliza RFID para aplicações em rastreamento de carros de forma barata. Combina as tecnologias Cloud Computing e RFID, explorando um gap de mercado onde o chip só comumente utilizado em grades sistemas de grandes empresas. Baratearam o receptor de sinal do RFID, que passou de centenas para uma dezena de dólares. Chip RFID do ReelyActive Aplicado para monetizar vagas de estacionamento de estabelecimentos que não querem se associar a empresas terceirizadas, ou ainda em corridas de rally para captura de percursos e tempos. 28Fonte: venturebeat.com
  29. 29. CASE: Leap Motion Leap Motion permite que equipamentos sejam controlados por gestos no ar, como no filme Minority Report. Tecnologia 200 vezes mais sensível que o Kinect do Xbox 360. Enviou equipamentos a desenvolvedores para testarem e criassem aplicações para o sistema e já está produzindo industrialmente. O dispositivo custa US$70 e será lançado no começo de 2013, levantando mais de US$14mi de investidores. Adicionalmente é lançado um kit de desenvovimento para o software que facilita e agiliza o crescimento da quantidade de gestos criados. Desenvolvedores podem monetizar suas criações por uma loja virtual própria. 29Fonte: venturebeat.com
  30. 30. Grandes desafiosVALOR DO MODELO DE NEGÓCIO: Early adaptors devem provar a criação de valorPRIVACIDADE: Regulamentação deve ser criada para preservar informações sensíveisde usuáriosCUSTO: adoção em massa depende da diminuição dos custos de equipamentosnecessáriosPADRONIZAÇÃO: Rede deve permitir fluxo de informações entre diferentesdispositivos conjuntamentePROCESSAMENTO: Dados devem ser processados em grandes quantidades parapermitir tomada de decisão eficazes. 30
  31. 31. Algumas perspectivasIMPLICAÇÕES ORGANIZACIONAIS: Padrõesde informação, parâmetros para tomada dedecisão, processos e operações devem seradaptadosCOMPETITIVIDADE: Novos diferenciais podemser oferecidos em relação às abordagenstradicionaisRECURSOS: Economia de energia e otimizaçãode processos são alguns benefícios importantesINOVAÇÃO: Parcerias e pilotos em baixa escalasão boas estratégias de desenvolvimento detecnologias 31
  32. 32. OBRIGADOJosé Cláudio C. Terra Isabela Moraes da Silva Thiago Moriyuki Higajcterra@terraforum.com.br isabela@terraforum.com.br thiago.higa@terraforum.com.br www.terraforum.com.br

×