POEMA
 DO

AMIGO
Escuta, amigo:
                 A qualquer hora em que
                        chegares,
A qualquer hora
em que bateres à
 minha porta,
A qualquer hora em
 que me chamares,
A qualquer hora
 em que vieres,
A qualquer hora em
  que te decidires,
A qualquer hora em
que quiseres beber,
A qualquer hora em
 que te alegrares,
A qualquer hora em
   que sorrires,
A qualquer hora
em que quiseres ir,
A qualquer hora
 em que caíres,
A qualquer hora em
  que te cansares,
A qualquer hora
em que te sentires
      triste,
A qualquer hora em
que te lembrares de
        mim,
A qualquer hora em que
       partires,
A qualquer hora em que
       voltares,
A qualquer hora em
 que quiseres uma
       rosa,
Eu te digo tudo isto
Porque não posso imaginar uma
           amizade
      Que não seja toda,
De todos os instantes e par...
Assim é que foi a amizade de
          Cristo
Por todos os homens de todos
         os tempos.
Meu Deus,
eu te bendigo pelo
bom amigo que me
       deste!


 Pe. Orlando Gambi
 gambi@redemptor.com.br




    Ilustraçã...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Poema Do Amigo

4.266 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.266
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
89
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Poema Do Amigo

  1. 1. POEMA DO AMIGO
  2. 2. Escuta, amigo: A qualquer hora em que chegares,
  3. 3. A qualquer hora em que bateres à minha porta,
  4. 4. A qualquer hora em que me chamares,
  5. 5. A qualquer hora em que vieres,
  6. 6. A qualquer hora em que te decidires,
  7. 7. A qualquer hora em que quiseres beber,
  8. 8. A qualquer hora em que te alegrares,
  9. 9. A qualquer hora em que sorrires,
  10. 10. A qualquer hora em que quiseres ir,
  11. 11. A qualquer hora em que caíres,
  12. 12. A qualquer hora em que te cansares,
  13. 13. A qualquer hora em que te sentires triste,
  14. 14. A qualquer hora em que te lembrares de mim,
  15. 15. A qualquer hora em que partires,
  16. 16. A qualquer hora em que voltares,
  17. 17. A qualquer hora em que quiseres uma rosa,
  18. 18. Eu te digo tudo isto Porque não posso imaginar uma amizade Que não seja toda, De todos os instantes e para todo o bem,
  19. 19. Assim é que foi a amizade de Cristo Por todos os homens de todos os tempos.
  20. 20. Meu Deus, eu te bendigo pelo bom amigo que me deste! Pe. Orlando Gambi gambi@redemptor.com.br Ilustração: Dynda

×