Questões sobre a relação escola regular e centros de recursos para a inclusão

1.582 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.582
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Questões sobre a relação escola regular e centros de recursos para a inclusão

  1. 1. proandee@gmail.com Questões sobre a RelaçãoEscola Regular /Centro de Recursos Joaquim Colôa joaquim.coloa@gmail.com Fátima Craveirinha fa.craveirinha@gmail.com2º CONGRESSO INTERNACIONALDerrubar Barreiras. Facilitar Percursos, Porto 28 e 29 de Outubro 2011
  2. 2. Centros de Recursos para a InclusãoFátima CraveirinhaJoaquim Colôa Condições para a Inclusão Recursos da Comunidade? Colaboração entre Serviços? Colaboração entre Profissionais? Avaliação de Práticas? (Ministério da Educação, 2007)
  3. 3. Centros de Recursos para a Inclusão - PortugalFátima CraveirinhaJoaquim Colôa “Uma política orientada pelo princípio da inserção social deve garantir que a criança e o jovem com deficiência participem nos serviços comuns de educação, formação, emprego, etc. (...) deve emanar de uma abordagem de nível sistémico que requer mudanças e ajustamentos às necessidades das pessoas com deficiências e incapacidade, promovendo a adaptação e a acção positiva.” (Ministério da Educação 2007)
  4. 4. Centros de Recursos para a InclusãoFátima CraveirinhaJoaquim Colôa Então… todos os Agrupamentos que têm protocolo com CRI passaram a ser inclusivos?
  5. 5. Centros de Recursos para a InclusãoFátima CraveirinhaJoaquim Colôa Então… todos os Agrupamentos que têm protocolo com CRI passaram a aceder a serviços comunitários com base numa perspectiva sistémica e numa dinâmica de criação de sinergias?
  6. 6. Organização de sinergias / relações Criação de novosFátima CraveirinhaJoaquim Colôa Modelo de recursos e utilização fortalecimento dos preferidos colectivo através de… Tomada de decisão: Comunicação conjunto de inteligente, sinergias afectuosa e dinâmica Participantes: família, indivíduos da comunidade e profissionais
  7. 7. Segundo Schalock e outros...Fátima CraveirinhaJoaquim Colôa Providenciar contextos comunitários que possibilitem o desenvolvimento de qualidade de vida implica redefinir as organizações e os serviços relativamente ao seu papel enquanto elos de ligação na comunidade tornando-se sistemas sociais naturais de apoio importantes, de modo a desenvolverem a colaboração e a partilha. (Schalock; Verdugo; Bonham; Fantova; Van Loon, 2008)
  8. 8. Centros de Recursos para a InclusãoFátima CraveirinhaJoaquim Colôa Então… todos os Agrupamentos que têm protocolo com CRI trabalham num modelo de colaboração comunitária?
  9. 9. Serviços em colaboração...Fátima CraveirinhaJoaquim Colôa A colaboração envolve um compromisso entre os professores titulares de turma e os professores de educação especial que devem trabalhar em conjunto, entre si e com os órgãos de gestão do agrupamento e da escola, com os técnicos que representam o Ministério da Educação, e com a comunidade no geral. (Ripley, 1997)
  10. 10. Serviços em colaboração...Fátima CraveirinhaJoaquim Colôa Para desenvolver uma dinâmica de colaboração é necessário disponibilizar tempo, apoios, recursos, monitorização e sobretudo persistência. (Ripley, 1997)
  11. 11. Serviços em colaboração...Fátima CraveirinhaJoaquim Colôa A colaboração deve antever tempo para a planificação, tempo para o desenvolvimento da intervenção e tempo para desenvolver processos de avaliação tanto dos alunos como da própria colaboração. Estas acções devem ocorrer a diversos níveis: nacional, local, no agrupamento, na escola bem como na sala de aula. (Ripley, 1997)
  12. 12. Serviços em ambientes inclusivosFátima CraveirinhaJoaquim Colôa O serviço deve ser avaliado periodicamente. As organizações mudam e devemos reflectir criticamente sobre essas mudanças e do seu impacto no serviço. A reflexão crítica é uma função essencial de qualquer serviço inclusivo. (Inclusion Handbook - Access AmeriCorps Disability Inclusion Training and Technical Assistance Project, 2004)
  13. 13. Segundo Schalock e outros...Fátima CraveirinhaJoaquim Colôa A descentralização de serviços implica a capacidade e a autonomia local de modo a poder-se monitorizar e avaliar os resultados, tanto ao nível individual como dos próprios serviços. (Schalock; Verdugo; Bonham; Fantova; Van Loon, 2008)
  14. 14. Centros de Recursos para a InclusãoFátima CraveirinhaJoaquim Colôa Então… todos os Agrupamentos que têm protocolo com CRI podem escolher os recursos que melhor respondem às suas realidades e necessidades?
  15. 15. proandee@gmail.com joaquim.coloa@gmail.com fa.craveirinha@gmail.comApresentação e resumo disponível em:www.proinclusao.com.sapo.pt www.slideshare.net/jcoloa2º CONGRESSO INTERNACIONALDerrubar Barreiras. Facilitar Percursos, Porto 28 e 29 de Outubro 2011
  16. 16. proandee@gmail.com joaquim.coloa@gmail.com fa.craveirinha@gmail.comMinistério da Educação (2007). Centros de Recursos para a Inclusão Reorientação das EscolasEspeciais. Lisboa: Ministério da Educação.OCDD – Resource Center on Community Inclusion, consultado a 22 de Março emhttp://www.dhh.louisiana.gov/offices/?id=144.Ripley, S. (1997). Collaboration Between General and Special Education Teachers, consultado a 22 deMarço em http://www.bridges4kids.org/news/Collaboration8-02.html.Schalock, R. L.; Verdugo, M. A.; Bonham, G. S.; Fantova, F.; Van Loon, J. (2008). EnhancingPersonal Outcomes: Organizational Strategies, Guidelines, and Examples. In. Journal of Policy andPractice in Intellectual Disabilities, Vol. 5, (4) pp 276–285.Schalock, R. (2004). The Emerging Disability Paradigm and its Implications for Policy and Pratice. InJournal of Disability Policy Studies, Vol. 14 (4), pp. 204-215.UCP Access AmeriCorps Disability Inclusion Training and Technical Assistance Project. (2004).Inclusion Creating an Inclusive Environment: A Handbook for the Inclusion of People with Disabilities inNational and Community Service Programs. USA: UCP Access AmeriCorps Disability InclusionTraining and Technical Assistance Project.

×