joaquim.coloa@gmail.com
Espectro do Autismo
Intervenção
Joaquim Colôa
Aula de Mestrado
Novembro de 2010
joaquim.coloa@gmail.com
Desenvolvimento atípico que
se manifesta, normalmente,
antes dos 3 anos de idade.
Autismo – o que ...
joaquim.coloa@gmail.com
Autismo – o que é?
Um transtorno que compromete
todo o desenvolvimento
psiconeurológico.
joaquim.coloa@gmail.com
Autismo – o que é?
Afecta a comunicação,
(expressiva – sobretudo a fala -
e compreensiva).
joaquim.coloa@gmail.com
Autismo – o que é?
Afecta a interacção social,
apresentando em muitos
casos um atraso cognitivo.
joaquim.coloa@gmail.com
Síndroma do Autismo – o que é?
Por ainda não ter uma causa
específica definida, é chamado de
Síndr...
joaquim.coloa@gmail.com
Etiologia – Multicausalidade?
Componentes:
genéticos
neurológicos cerebrais de tipo orgânico
relat...
joaquim.coloa@gmail.com
Etiologia
Todas as crianças têm uma
disfunção cerebral ainda que por
vezes súbtil.
joaquim.coloa@gmail.com
Áreas mais afectadas
Lobo fontal
planeamento, controle e
tomada de decisão
joaquim.coloa@gmail.com
Áreas mais afectadas
Cerebelo
coordenação motora
joaquim.coloa@gmail.com
Áreas mais afectadas
Sístema límbico
emoções
joaquim.coloa@gmail.com
O cérebro de uma criança com
autismo apresenta alterações no
corpo caloso, amígdala e
cerebelo.
Ár...
joaquim.coloa@gmail.com
O termo Autismo, vem do grego
“Autros” que significa Próprio/Eu e
como que traduz um estado ou
ori...
joaquim.coloa@gmail.com
Do nome Espectro do Autismo
Por ainda não ter uma causa
específica definida, é chamado de
Síndroma...
joaquim.coloa@gmail.com
Do nome Espectro do Autismo
Pode ser definido como uma condição ou
estado de alguém que se encontr...
joaquim.coloa@gmail.com
Foi no final dos anos 70 que Wing avançou com
a existência de um problema central
caracterizado pe...
joaquim.coloa@gmail.com
Caracteristícas Gerais
•Indiferença aparente aos outros
ou isolamento
•Falha na empatia
Interacção...
joaquim.coloa@gmail.com
Caracteristícas Gerais
Comunicação
Dificuldades em usar a
comunicação verbal e não verbal
joaquim.coloa@gmail.com
Caracteristícas Gerais
Imaginação
•Falha no jogo simbólico
•Falta de criatividade no brincar
joaquim.coloa@gmail.com
Caracteristícas Gerais
joaquim.coloa@gmail.com
Caracteristícas Gerais
joaquim.coloa@gmail.com
Caracteristícas Gerais
joaquim.coloa@gmail.com
Caracteristícas Gerais
joaquim.coloa@gmail.com
Caracteristícas Gerais
joaquim.coloa@gmail.com
Caracteristícas Gerais
joaquim.coloa@gmail.com
Caracteristícas Gerais
joaquim.coloa@gmail.com
Caracteristícas Gerais
joaquim.coloa@gmail.com
Caracteristícas Gerais
joaquim.coloa@gmail.com
Caracteristícas Gerais
joaquim.coloa@gmail.com
Tipos de Programas
O foco da intervenção é colocado em teorias
desenvolvimentistas e em competênci...
joaquim.coloa@gmail.com
Tipos de Programas
O foco é colocado nas interacções e no
desenvolvimento social e emocional.
Exem...
joaquim.coloa@gmail.com
Tipos de Programas
O foco é colocado na comunicação,
desenvolvimento social e desenvolvimento
sens...
joaquim.coloa@gmail.com
Tipos de Programas
O foco da intervenção são as famílias as
quais se pretende que desenvolvam
comp...
joaquim.coloa@gmail.com
Tipos de Programas
Musicoterapia, dramoterapia, dietas
alimentares...
Outro tipo de
intervenções
joaquim.coloa@gmail.com
Incorporam estratégias comportamentais e
desenvolvimentais. Podem incluir aspectos
sensoriais; o f...
joaquim.coloa@gmail.com
Programa criado
por Eric Schopler e
colaboradores
(1971)
Resposta às necessidades dos pais
de pess...
joaquim.coloa@gmail.com
Modelo TEACCH
Análise de tarefas de modo a reduzir,
o mais possível, as ajudas do adulto.
Reforç...
joaquim.coloa@gmail.com
Modelo TEACCH
•Gestão dos imprevistos
•Capacidade de abstracção e
simbolismo
•Memória sequencial e...
joaquim.coloa@gmail.com
Modelo TEACCH
Preparar os alunos para interagirem de
forma mais autónoma, tanto no contexto
escola...
joaquim.coloa@gmail.com
Modelo TEACCH
Promover a adaptação (no sentido de melhorar as
capacidades adaptativas dos alunos) ...
joaquim.coloa@gmail.com
Modelo TEACCH
Colaboração entre encarregados de
Educação, docentes e outros profissionais – a
cola...
joaquim.coloa@gmail.com
Modelo TEACCH
Avaliação individualizada para a intervenção – é
necessário proceder a uma avaliação...
joaquim.coloa@gmail.com
Modelo TEACCH
Ensino estruturado – a intervenção baseia-se
num ensino altamente estruturado com ap...
joaquim.coloa@gmail.com
Modelo TEACCH
Reforço das capacidades – Deve-se ter em conta
as capacidades do aluno, nomeadamente...
joaquim.coloa@gmail.com
Modelo TEACCH
INTERNO
. EXTERNO
Estruturação
do ambiente
Diminuição de
comportamentos
problemático...
joaquim.coloa@gmail.com
Modelo TEACCH
Processo de aprendizagem
orientado pelas necessidades de
estruturas externas
joaquim.coloa@gmail.com
Modelo TEACCH baseia-se...
•No ensino estruturado
•Na visualização
joaquim.coloa@gmail.com
Modelo TEACCH baseia-se...
Organização do espaço
joaquim.coloa@gmail.com
Organização dos
materiais
Modelo TEACCH baseia-se...
joaquim.coloa@gmail.com
Organização das actividades
Modelo TEACCH baseia-se...
joaquim.coloa@gmail.com
Modelo TEACCH
Facilita os processos de
aprendizagem e independência
joaquim.coloa@gmail.com
Centra-se nas áreas fortes
Modelo TEACCH
joaquim.coloa@gmail.com
Áreas fortes
Processamento visual
joaquim.coloa@gmail.com
Áreas fortes
Memorização de rotinas
joaquim.coloa@gmail.com
Áreas fortes
Interesses especiais
joaquim.coloa@gmail.com
Deve ser adaptado às necessidades
individuais
Modelo TEACCH
joaquim.coloa@gmail.com
Aprender
Trabalho individual (1:1)
Modelo TEACCH - Organização
joaquim.coloa@gmail.com
Trabalho de grupo
Modelo TEACCH - Organização
joaquim.coloa@gmail.com
Trabalho
autónomo
Trabalho independente
Modelo TEACCH - Organização
joaquim.coloa@gmail.com
Lazer
Modelo TEACCH - Organização
joaquim.coloa@gmail.com
Computador
Modelo TEACCH - Organização
joaquim.coloa@gmail.com
Horário
diário
Modelo TEACCH - Calendários
joaquim.coloa@gmail.com
Área de transição
Modelo TEACCH - Calendários
joaquim.coloa@gmail.com
Horário semanal
Modelo TEACCH - Calendários
joaquim.coloa@gmail.com
Bem-Hajam
“A única forma de o autismo ser
modificado é pela interacção
com a vida e pelo uso mais
...
joaquim.coloa@gmail.com
Bem-Hajam
Joaquim Colôa
Novembro de 2010
Apresentação disponível:
http://www.slideshare.net/jcoloa
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Espectro do Autismo Intervenção - ispa

2.546 visualizações

Publicada em

Autismo

Publicada em: Educação
0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.546
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
153
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Espectro do Autismo Intervenção - ispa

  1. 1. joaquim.coloa@gmail.com Espectro do Autismo Intervenção Joaquim Colôa Aula de Mestrado Novembro de 2010
  2. 2. joaquim.coloa@gmail.com Desenvolvimento atípico que se manifesta, normalmente, antes dos 3 anos de idade. Autismo – o que é?
  3. 3. joaquim.coloa@gmail.com Autismo – o que é? Um transtorno que compromete todo o desenvolvimento psiconeurológico.
  4. 4. joaquim.coloa@gmail.com Autismo – o que é? Afecta a comunicação, (expressiva – sobretudo a fala - e compreensiva).
  5. 5. joaquim.coloa@gmail.com Autismo – o que é? Afecta a interacção social, apresentando em muitos casos um atraso cognitivo.
  6. 6. joaquim.coloa@gmail.com Síndroma do Autismo – o que é? Por ainda não ter uma causa específica definida, é chamado de Síndroma (= conjunto de sintomas).
  7. 7. joaquim.coloa@gmail.com Etiologia – Multicausalidade? Componentes: genéticos neurológicos cerebrais de tipo orgânico relativos a transtornos psíquicos secundários bio e neuroquimicos
  8. 8. joaquim.coloa@gmail.com Etiologia Todas as crianças têm uma disfunção cerebral ainda que por vezes súbtil.
  9. 9. joaquim.coloa@gmail.com Áreas mais afectadas Lobo fontal planeamento, controle e tomada de decisão
  10. 10. joaquim.coloa@gmail.com Áreas mais afectadas Cerebelo coordenação motora
  11. 11. joaquim.coloa@gmail.com Áreas mais afectadas Sístema límbico emoções
  12. 12. joaquim.coloa@gmail.com O cérebro de uma criança com autismo apresenta alterações no corpo caloso, amígdala e cerebelo. Áreas mais afectadas
  13. 13. joaquim.coloa@gmail.com O termo Autismo, vem do grego “Autros” que significa Próprio/Eu e como que traduz um estado ou orientação. Do nome Autismo
  14. 14. joaquim.coloa@gmail.com Do nome Espectro do Autismo Por ainda não ter uma causa específica definida, é chamado de Síndroma (= conjunto de sintomas).
  15. 15. joaquim.coloa@gmail.com Do nome Espectro do Autismo Pode ser definido como uma condição ou estado de alguém que se encontra absorvido em si próprio de forma invulgar e que não se interessa pelo mundo exterior.
  16. 16. joaquim.coloa@gmail.com Foi no final dos anos 70 que Wing avançou com a existência de um problema central caracterizado pela chamada tríade de incapacidades. Do nome Espectro do Autismo
  17. 17. joaquim.coloa@gmail.com Caracteristícas Gerais •Indiferença aparente aos outros ou isolamento •Falha na empatia Interacção social
  18. 18. joaquim.coloa@gmail.com Caracteristícas Gerais Comunicação Dificuldades em usar a comunicação verbal e não verbal
  19. 19. joaquim.coloa@gmail.com Caracteristícas Gerais Imaginação •Falha no jogo simbólico •Falta de criatividade no brincar
  20. 20. joaquim.coloa@gmail.com Caracteristícas Gerais
  21. 21. joaquim.coloa@gmail.com Caracteristícas Gerais
  22. 22. joaquim.coloa@gmail.com Caracteristícas Gerais
  23. 23. joaquim.coloa@gmail.com Caracteristícas Gerais
  24. 24. joaquim.coloa@gmail.com Caracteristícas Gerais
  25. 25. joaquim.coloa@gmail.com Caracteristícas Gerais
  26. 26. joaquim.coloa@gmail.com Caracteristícas Gerais
  27. 27. joaquim.coloa@gmail.com Caracteristícas Gerais
  28. 28. joaquim.coloa@gmail.com Caracteristícas Gerais
  29. 29. joaquim.coloa@gmail.com Caracteristícas Gerais
  30. 30. joaquim.coloa@gmail.com Tipos de Programas O foco da intervenção é colocado em teorias desenvolvimentistas e em competências de desenvolvimento. Exemplo: análise e mudança de comportamentos (ABA). Intervenções de cariz eminentemente comportamentalista
  31. 31. joaquim.coloa@gmail.com Tipos de Programas O foco é colocado nas interacções e no desenvolvimento social e emocional. Exemplo: intervenção no desenvolvimento de interacções (RDI). Intervenções de cariz eminentemente desenvolvimental
  32. 32. joaquim.coloa@gmail.com Tipos de Programas O foco é colocado na comunicação, desenvolvimento social e desenvolvimento sensório motor. Exemplo: Sistema de comunicação baseado na troca de imagens (PECS), treino de integração auditiva (AIT). Intervenções de cariz eminentemente terapêutico
  33. 33. joaquim.coloa@gmail.com Tipos de Programas O foco da intervenção são as famílias as quais se pretende que desenvolvam competências para poderem intervir com os seus filhos. Exemplo: Programa Hanen. Intervenções centradas na família
  34. 34. joaquim.coloa@gmail.com Tipos de Programas Musicoterapia, dramoterapia, dietas alimentares... Outro tipo de intervenções
  35. 35. joaquim.coloa@gmail.com Incorporam estratégias comportamentais e desenvolvimentais. Podem incluir aspectos sensoriais; o foco da intervenção é intervir de modo a controlar as características do espectro do autismo. Exemplo: Treatment and Education of Autistic and related Communication Handicapped Children (TEACCH). Intervenções de tipo misto Tipos de Programas
  36. 36. joaquim.coloa@gmail.com Programa criado por Eric Schopler e colaboradores (1971) Resposta às necessidades dos pais de pessoas com autismo. Modelo TEACCH
  37. 37. joaquim.coloa@gmail.com Modelo TEACCH Análise de tarefas de modo a reduzir, o mais possível, as ajudas do adulto. Reforço das capacidades Apoio, essencialmente, em inputs visuais.
  38. 38. joaquim.coloa@gmail.com Modelo TEACCH •Gestão dos imprevistos •Capacidade de abstracção e simbolismo •Memória sequencial e generalização
  39. 39. joaquim.coloa@gmail.com Modelo TEACCH Preparar os alunos para interagirem de forma mais autónoma, tanto no contexto escolar como em casa ou em outros contextos de vida.
  40. 40. joaquim.coloa@gmail.com Modelo TEACCH Promover a adaptação (no sentido de melhorar as capacidades adaptativas dos alunos) promovendo a capacidade de comunicação e interacção social bem como promovendo mudanças nos contextos de modo a que o aluno aceda com mais qualidade às aprendizagens;
  41. 41. joaquim.coloa@gmail.com Modelo TEACCH Colaboração entre encarregados de Educação, docentes e outros profissionais – a colaboração dos pais envolve os seguintes níveis: os Encarregados de Educação como formandos, os encarregados de Educação como formadores. Enquanto que o trabalho em colaboração entre profissionais torna a intervenção mais eficaz.
  42. 42. joaquim.coloa@gmail.com Modelo TEACCH Avaliação individualizada para a intervenção – é necessário proceder a uma avaliação formal e informal de cada aluno para implementar e delimitar as acções mais adequadas.
  43. 43. joaquim.coloa@gmail.com Modelo TEACCH Ensino estruturado – a intervenção baseia-se num ensino altamente estruturado com apoio, essencialmente, a inputs visuais.
  44. 44. joaquim.coloa@gmail.com Modelo TEACCH Reforço das capacidades – Deve-se ter em conta as capacidades do aluno, nomeadamente as emergentes de modo a definir-se a intervenção. Muitas vezes recorre-se a uma metodologia de análise de tarefas de modo a reduzir, o mais possível, as ajudas do adulto.
  45. 45. joaquim.coloa@gmail.com Modelo TEACCH INTERNO . EXTERNO Estruturação do ambiente Diminuição de comportamentos problemáticos Previsibilidade do meio
  46. 46. joaquim.coloa@gmail.com Modelo TEACCH Processo de aprendizagem orientado pelas necessidades de estruturas externas
  47. 47. joaquim.coloa@gmail.com Modelo TEACCH baseia-se... •No ensino estruturado •Na visualização
  48. 48. joaquim.coloa@gmail.com Modelo TEACCH baseia-se... Organização do espaço
  49. 49. joaquim.coloa@gmail.com Organização dos materiais Modelo TEACCH baseia-se...
  50. 50. joaquim.coloa@gmail.com Organização das actividades Modelo TEACCH baseia-se...
  51. 51. joaquim.coloa@gmail.com Modelo TEACCH Facilita os processos de aprendizagem e independência
  52. 52. joaquim.coloa@gmail.com Centra-se nas áreas fortes Modelo TEACCH
  53. 53. joaquim.coloa@gmail.com Áreas fortes Processamento visual
  54. 54. joaquim.coloa@gmail.com Áreas fortes Memorização de rotinas
  55. 55. joaquim.coloa@gmail.com Áreas fortes Interesses especiais
  56. 56. joaquim.coloa@gmail.com Deve ser adaptado às necessidades individuais Modelo TEACCH
  57. 57. joaquim.coloa@gmail.com Aprender Trabalho individual (1:1) Modelo TEACCH - Organização
  58. 58. joaquim.coloa@gmail.com Trabalho de grupo Modelo TEACCH - Organização
  59. 59. joaquim.coloa@gmail.com Trabalho autónomo Trabalho independente Modelo TEACCH - Organização
  60. 60. joaquim.coloa@gmail.com Lazer Modelo TEACCH - Organização
  61. 61. joaquim.coloa@gmail.com Computador Modelo TEACCH - Organização
  62. 62. joaquim.coloa@gmail.com Horário diário Modelo TEACCH - Calendários
  63. 63. joaquim.coloa@gmail.com Área de transição Modelo TEACCH - Calendários
  64. 64. joaquim.coloa@gmail.com Horário semanal Modelo TEACCH - Calendários
  65. 65. joaquim.coloa@gmail.com Bem-Hajam “A única forma de o autismo ser modificado é pela interacção com a vida e pelo uso mais espontâneo das suas próprias capacidades inatas.” Tustin (1990 )
  66. 66. joaquim.coloa@gmail.com Bem-Hajam Joaquim Colôa Novembro de 2010 Apresentação disponível: http://www.slideshare.net/jcoloa

×