O slideshow foi denunciado.
Congresso Científico
Internacional de Fútbol
Salamanca 2002
Palácio de Congressos e Exposições de Castela e Leão
17 e 18 d...
INTELIGÊNCIA E
CONHECIMENTO ESPECÍFICO EM
JOVENS FUTEBOLISTAS DE
DIFERENTES NÍVEIS COMPETITIVOS
UNIVERSIDADE DO PORTO
Facu...
Inteligência e Conhecimento Específico no Futebol
CARACTERIZAÇÃO DO FUTEBOL
CONHECIMENTO
ESPECÍFICO
RELAÇÃO
INTELIGÊNCIA
Lógica interna;
Relação de cooperação- oposição;
Dinâmica de movimento global;
Preponderancia táctica;
Actividade cognitiv...
Vários autores têm relacionado a natureza do conhecimento
dos praticantes com a sua performance desportiva, avaliado a
par...
A relação da inteligência com a complexidade do contexto.
"O Futebol caminha para a etapa mais nobre: a Inteligência."
(Ve...
"los jugadores más inteligentes en otras áreas del
conocimiento lo son tambiém en el deporte?" (Sampedro, 1999).
INTELIGÊN...
“El futbol es un juego que se juega con el cerebro. Debes
estar en el lugar adecuado, en el momento adecuado, ni
demasiado...
Os futebolistas que revelam melhor Inteligência geral (IG) são
também os que revelam melhor conhecimento específico do
jog...
44 jogadores federados de Futebol de 11, com níveis
competitivos diferenciados no escalão etário Sub-16 e Sub-17.
Constitu...
Idade Anos de prática Horas treino semanal
Grupo sup
(n=22)
Xdp
16.000.53 6.132.12 6.000.0
Grupo inf
(n=22)
Xdp
16.13...
INTELIGÊNCIA GERAL
 Matrizes Progressivas
de Raven PM 38 (RAVEN)
METODOLOGIA
INTELIGÊNCIA GERAL
 Teste de Figuras
Idênticas de Thurstone (FI)
INTELIGÊNCIA GERAL
 Teste de Barragem de
Toulose Pierón (BATP)
CONHECÍMENTO ESPECÍFICO DO JOGO
 Protocolo de Avaliação do Conhecimento
(Mangas, 1999 e Correia, 2000).
Rematar à baliza Colocar a bola num colega dentro da área.
Tentar o drible sobre o adversário Passar para trás para o cole...
Estatística descritiva.
O t-teste para comparar diferenças de médias entre os grupos.
O teste de Mann-Whitney para compara...
SEGUNDO O NÍVEL COMPETITIVO
Inteligência Geral Conhecimento específico do jogo
Grupo Rav Fi Atvel Atexact Correctas Errada...
SEGUNDO O ESTATUTO POSICIONAL
Inteligência Geral Conhecimento específico do jogo
Rav Fi Atvel Atexact Correctas Erradas Te...
i. os jogadores do mesmo nível competitivo diferem, entre eles,
nas classificações obtidas em cada uma das avaliações
real...
iii. ao contrário do postulado pelas nossas hipóteses, os grupos
em estudo diferem quanto aos resultados obtidos nos teste...
v. os jogadores que desempenham funções de organização no
jogo (MD e MO), quando comparados globalmente com os
demais esta...
Grácias por
Vuestra Atencion
Apresentação congresso cientifico internacional de futbol salamanca 2002 inteligencia e conhecimento especifico em jovens ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação congresso cientifico internacional de futbol salamanca 2002 inteligencia e conhecimento especifico em jovens futebolistas joão carlos costa

601 visualizações

Publicada em

Congresso Futebol Salamanca 2002

Publicada em: Esportes
  • Seja o primeiro a comentar

Apresentação congresso cientifico internacional de futbol salamanca 2002 inteligencia e conhecimento especifico em jovens futebolistas joão carlos costa

  1. 1. Congresso Científico Internacional de Fútbol Salamanca 2002 Palácio de Congressos e Exposições de Castela e Leão 17 e 18 de Maio 2002 Salamanca, Espanha
  2. 2. INTELIGÊNCIA E CONHECIMENTO ESPECÍFICO EM JOVENS FUTEBOLISTAS DE DIFERENTES NÍVEIS COMPETITIVOS UNIVERSIDADE DO PORTO Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física João Carlos Costa Júlio Garganta António M. Fonseca Manuel Botelho Salamanca, 17 Maio de 2002
  3. 3. Inteligência e Conhecimento Específico no Futebol CARACTERIZAÇÃO DO FUTEBOL CONHECIMENTO ESPECÍFICO RELAÇÃO INTELIGÊNCIA
  4. 4. Lógica interna; Relação de cooperação- oposição; Dinâmica de movimento global; Preponderancia táctica; Actividade cognitiva; FUTEBOL
  5. 5. Vários autores têm relacionado a natureza do conhecimento dos praticantes com a sua performance desportiva, avaliado a partir do conhecimento declarativo e da tomada de decisão. A natureza do conhecimento declarativo caracteriza-se pelo conhecimento: - do regulamento da modalidade; - dos aspectos posicionais e das movimentações dos jogadores; - das estratégias básicas de ataque e defesa. Conhecimento Específico do Jogo
  6. 6. A relação da inteligência com a complexidade do contexto. "O Futebol caminha para a etapa mais nobre: a Inteligência." (Venglos, 2001). "El jugador está para pensar." (Valdano, 1996). Inteligência
  7. 7. "los jugadores más inteligentes en otras áreas del conocimiento lo son tambiém en el deporte?" (Sampedro, 1999). INTELIGÊNCIA - aprender e compreender; - capacidade de resolver equações diferenciais; - memorizar; - conceito multidimensional, resultante da confluência de outras variáveis.
  8. 8. “El futbol es un juego que se juega con el cerebro. Debes estar en el lugar adecuado, en el momento adecuado, ni demasiado pronto ni demasiado tarde." (Johan Cruyff, s/d). “Em síntese, mais rápido e melhor, a perceber, a pensar e a agir." (Garganta, 1999).
  9. 9. Os futebolistas que revelam melhor Inteligência geral (IG) são também os que revelam melhor conhecimento específico do jogo (CE)? Analisar e comparar a forma como a IG dos jogadores de Futebol e o seu CE se relacionam e se complementam.  Avaliar a e comparar a IG e o CE de jovens praticantes de Futebol e compará-los em função do estatuto posicional de cada jogador e do seu nível competitivo;
  10. 10. 44 jogadores federados de Futebol de 11, com níveis competitivos diferenciados no escalão etário Sub-16 e Sub-17. Constituímos dois grupos: G sup, participante no Campeonato Nacional de Juniores B; G inf, participante no Campeonato Distrital de Juniores B. Constituímos vários grupos, segundo o estatuto posicional: GR – guarda-redes; DL – defesa lateral; DC – defesa central; MD – médio defensivo; MO – médio ofensivo; PL – ponta de lança. AMOSTRA
  11. 11. Idade Anos de prática Horas treino semanal Grupo sup (n=22) Xdp 16.000.53 6.132.12 6.000.0 Grupo inf (n=22) Xdp 16.130.63 5.722.45 4.500.0 t-teste t= -0.767; p= 0.141 t= 0.592; p= 0.641 CARACTERÍSTICAS DA AMOSTRA
  12. 12. INTELIGÊNCIA GERAL  Matrizes Progressivas de Raven PM 38 (RAVEN) METODOLOGIA
  13. 13. INTELIGÊNCIA GERAL  Teste de Figuras Idênticas de Thurstone (FI)
  14. 14. INTELIGÊNCIA GERAL  Teste de Barragem de Toulose Pierón (BATP)
  15. 15. CONHECÍMENTO ESPECÍFICO DO JOGO  Protocolo de Avaliação do Conhecimento (Mangas, 1999 e Correia, 2000).
  16. 16. Rematar à baliza Colocar a bola num colega dentro da área. Tentar o drible sobre o adversário Passar para trás para o colega que se encontra fora da área O jogador deve ... 1 2 3 4
  17. 17. Estatística descritiva. O t-teste para comparar diferenças de médias entre os grupos. O teste de Mann-Whitney para comparar diferenças de médias entre os estatutos posicionais. O Coeficiente de Correlação de Spearman para a análise das correlações. O nível de significância foi mantido em 5%. Procedimentos Estatísticos
  18. 18. SEGUNDO O NÍVEL COMPETITIVO Inteligência Geral Conhecimento específico do jogo Grupo Rav Fi Atvel Atexact Correctas Erradas Tempo Sup 40.8612.12 23.455.44 195.4045.43 19.6815.87 6.591.70 0.500.67 42.3214.03 Inf 47.3608.75 26.187.61 209.0051.09 18.8214.37 5.591.73 0.720.70 43.1414.20 RESULTADOS
  19. 19. SEGUNDO O ESTATUTO POSICIONAL Inteligência Geral Conhecimento específico do jogo Rav Fi Atvel Atexact Correctas Erradas Tempo GR (n=6) 43.8310.45 21.0005.09 174.6640.66 17.3308.40 6.161.90 0.830.75 43.1214.14 DL (n=8) 48.6203.33 26.5004.98 207.6237.71 13.2504.80 5.751.83 0.250.46 39.4310.46 DC (n=5) 43.8007.98 22.6002.30 186.8006.05 23.0018.50 4.60 1.14 1.200.83 54.3611.48 MD (n=4) 44.2510.24 27.2506.18 227.7538.86 31.0022.09 7.251.25 0.500.57 42.0025.16 MO (n=12) 44.9011.09 25.9006.32 221.6356.73 17.7220.29 6.631.85 0.450.68 36.8910.36 PL (n=9) 39.9016.29 24.7008.30 192.3059.32 20.3011.56 6.001.76 0.700.67 46.0414.36
  20. 20. i. os jogadores do mesmo nível competitivo diferem, entre eles, nas classificações obtidas em cada uma das avaliações realizadas (IG e CE), i. e., os que revelaram melhor CE não correspondem aos que apresentam melhores resultados nos testes de IG. ii. os jogadores de nível competitivo inferior prevalecem sobre os de nível competitivo superior na velocidade perceptiva e atencional, factor geral de inteligência, capacidade de concentração e exactidão. Logo os indicadores psicológicos gerais não se revelaram bons indicadores da performance desportiva; CONCLUSÕES
  21. 21. iii. ao contrário do postulado pelas nossas hipóteses, os grupos em estudo diferem quanto aos resultados obtidos nos testes de IG, destacando-se neste sentido os sujeitos do grupo de nível competitivo inferior, apesar de apenas no factor geral de inteligência estas diferenças se revelarem estatisticamente significativas; iv. os MD e os DL são os estatutos posicionais que melhor inteligência geral apresentam para o G sup; e os MD e MO para o G inf. Globalmente os MD, MO e DL apresentaram os valores mais elevados;
  22. 22. v. os jogadores que desempenham funções de organização no jogo (MD e MO), quando comparados globalmente com os demais estatutos posicionais, apresentaram melhor CE, e melhor IG, neste aspecto simultaneamente com os DL; vi. os MD e MO apresentaram melhor CE quando analisado o grupo de nível competitivo superior; e os MD e os DL apresentaram melhor CE quando observados os jogadores de nível competitivo inferior; vii. os jogadores com maior experiência e nível competitivo superior apresentam um CE superior;
  23. 23. Grácias por Vuestra Atencion

×