SlideShare uma empresa Scribd logo
HISTÓRIA DO RELÓGIO Nem sempre foram assim os relógios, como os conhecemos hoje, ao longo dos tempos  existiram as mais diversas formas de contar e controlar o tempo. Escola Básica 2,3 de Taveiro
Relógio de Sol 1 - Relógio de Sol portátil 2 - Relógio de Sol (Gnomon), no campo de Marte em  Roma, imperador Augusto, 27 a. C. 1 2
Relógio de Água 1 -1500 a.C. – relógio de água, construído para o rei Amenophis I 2 - Foi feito no ano 1745. Relógio de água era o relógio tradicional na China. A técnica tem uma história de mais de 3.000 anos.  1 2
Relógio de Areia A  ampulheta  é um dos meios mais antigos Formas de medir o tempo. É constituída por duas âmbulas (recipientes  cónicos ou cilíndricos)  transparentes que comunicam entre si por um pequeno orifício que deixa passar uma quantidade determinada de areia de uma para a outra
Relógio de bolso Por volta de 1500, Pedro Henlein, na cidade de Nuremberg, fabricou o primeiro  relógio de bolso , denominado pela forma, tamanho e procedência, de "Ovo de Nuremberg". Era todo de ferro, com corda para quarenta horas e precursor da "Mola Espiral. Era constituído por um indicador e por um complexo mecanismo para badalar.
1 - Durante os últimos três séculos, o pêndulo foi o mais confiável medidor de tempo, sendo substituído apenas nas  últimas décadas 2 - O quartzo é o mais abundante mineral da Terra, é usado como osciladores em aparelhos electrónicos tais como relógios. 3 -  Cronógrafo  é um instrumento que mede o tempo e conserva a unidade, na maioria dos modelos até centésimos de segundo. 4 – O  relógio atómico  é um tipo de relógio que usa um padrão ressonante de frequência como contador. Como o próprio nome diz, é um medidor de tempo que funciona baseado numa propriedade do átomo 1 2 3 4

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Reforço de Ciências (Respostas)
Reforço de Ciências (Respostas)Reforço de Ciências (Respostas)
Reforço de Ciências (Respostas)
joana71
 
Atividade sobre a evolução do homem 6º ano
Atividade sobre a evolução do homem 6º anoAtividade sobre a evolução do homem 6º ano
Atividade sobre a evolução do homem 6º ano
Prefeitura Municipal de São Leopoldo
 
Astronomia 3 - SISTEMA SOLAR E SUA FORMAÇÃO
Astronomia 3 - SISTEMA SOLAR E SUA FORMAÇÃOAstronomia 3 - SISTEMA SOLAR E SUA FORMAÇÃO
Astronomia 3 - SISTEMA SOLAR E SUA FORMAÇÃO
Nuricel Aguilera
 
História da escrita - Timeline
História da escrita - TimelineHistória da escrita - Timeline
História da escrita - Timeline
Ian Costansi
 
Números decimais
Números decimais Números decimais
Números decimais
Mary Alvarenga
 
Exercicios de Frações
Exercicios de FraçõesExercicios de Frações
Relógios
RelógiosRelógios
Apostila de atividades adaptadas para autistas Vol. 5
Apostila de atividades adaptadas para autistas Vol. 5Apostila de atividades adaptadas para autistas Vol. 5
Apostila de atividades adaptadas para autistas Vol. 5
Lucilene Rocha
 
Prova de-hist-3-ano-lu
Prova de-hist-3-ano-luProva de-hist-3-ano-lu
Prova de-hist-3-ano-lu
Eliane Lima
 
Prova do 5 e 6 ano
Prova do 5 e 6 anoProva do 5 e 6 ano
Prova do 5 e 6 ano
Kristyna Figueiredo
 
AVALIAÇÃO DISCURSIVA DE PORTUGUÊS - 2º ANO DO Ensino Fundamental 1. 2º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DISCURSIVA DE PORTUGUÊS - 2º ANO DO Ensino Fundamental 1. 2º BIMESTREAVALIAÇÃO DISCURSIVA DE PORTUGUÊS - 2º ANO DO Ensino Fundamental 1. 2º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DISCURSIVA DE PORTUGUÊS - 2º ANO DO Ensino Fundamental 1. 2º BIMESTRE
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Avaliação de língua portuguesa sistema solar
Avaliação de língua portuguesa sistema solarAvaliação de língua portuguesa sistema solar
Avaliação de língua portuguesa sistema solar
Atividades Diversas Cláudia
 
Atividade de português: Orações coordenadas sindéticas – 8º ou 9º ano ...
   Atividade de português: Orações coordenadas sindéticas – 8º ou 9º ano     ...   Atividade de português: Orações coordenadas sindéticas – 8º ou 9º ano     ...
Atividade de português: Orações coordenadas sindéticas – 8º ou 9º ano ...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Prova de historia
Prova de historiaProva de historia
Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013
Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013
Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013
Angela Maria
 
Simulado 02 (ciências 5º ano)
Simulado 02  (ciências 5º ano)Simulado 02  (ciências 5º ano)
Simulado 02 (ciências 5º ano)
Cidinha Paulo
 
Ii atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdf
Ii atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdfIi atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdf
Ii atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdf
André Moraes
 
7º ano minerais
7º ano  minerais7º ano  minerais
7º ano minerais
Andreia Margarido
 
Óptica geométrica 3º ano 2014
Óptica geométrica 3º ano 2014Óptica geométrica 3º ano 2014
Óptica geométrica 3º ano 2014
LEAM DELGADO
 
Coletânea de ciências 4º ano do aluno anual 2015 (1)
Coletânea de ciências 4º ano do aluno anual 2015 (1)Coletânea de ciências 4º ano do aluno anual 2015 (1)
Coletânea de ciências 4º ano do aluno anual 2015 (1)
Raquel Becker
 

Mais procurados (20)

Reforço de Ciências (Respostas)
Reforço de Ciências (Respostas)Reforço de Ciências (Respostas)
Reforço de Ciências (Respostas)
 
Atividade sobre a evolução do homem 6º ano
Atividade sobre a evolução do homem 6º anoAtividade sobre a evolução do homem 6º ano
Atividade sobre a evolução do homem 6º ano
 
Astronomia 3 - SISTEMA SOLAR E SUA FORMAÇÃO
Astronomia 3 - SISTEMA SOLAR E SUA FORMAÇÃOAstronomia 3 - SISTEMA SOLAR E SUA FORMAÇÃO
Astronomia 3 - SISTEMA SOLAR E SUA FORMAÇÃO
 
História da escrita - Timeline
História da escrita - TimelineHistória da escrita - Timeline
História da escrita - Timeline
 
Números decimais
Números decimais Números decimais
Números decimais
 
Exercicios de Frações
Exercicios de FraçõesExercicios de Frações
Exercicios de Frações
 
Relógios
RelógiosRelógios
Relógios
 
Apostila de atividades adaptadas para autistas Vol. 5
Apostila de atividades adaptadas para autistas Vol. 5Apostila de atividades adaptadas para autistas Vol. 5
Apostila de atividades adaptadas para autistas Vol. 5
 
Prova de-hist-3-ano-lu
Prova de-hist-3-ano-luProva de-hist-3-ano-lu
Prova de-hist-3-ano-lu
 
Prova do 5 e 6 ano
Prova do 5 e 6 anoProva do 5 e 6 ano
Prova do 5 e 6 ano
 
AVALIAÇÃO DISCURSIVA DE PORTUGUÊS - 2º ANO DO Ensino Fundamental 1. 2º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DISCURSIVA DE PORTUGUÊS - 2º ANO DO Ensino Fundamental 1. 2º BIMESTREAVALIAÇÃO DISCURSIVA DE PORTUGUÊS - 2º ANO DO Ensino Fundamental 1. 2º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DISCURSIVA DE PORTUGUÊS - 2º ANO DO Ensino Fundamental 1. 2º BIMESTRE
 
Avaliação de língua portuguesa sistema solar
Avaliação de língua portuguesa sistema solarAvaliação de língua portuguesa sistema solar
Avaliação de língua portuguesa sistema solar
 
Atividade de português: Orações coordenadas sindéticas – 8º ou 9º ano ...
   Atividade de português: Orações coordenadas sindéticas – 8º ou 9º ano     ...   Atividade de português: Orações coordenadas sindéticas – 8º ou 9º ano     ...
Atividade de português: Orações coordenadas sindéticas – 8º ou 9º ano ...
 
Prova de historia
Prova de historiaProva de historia
Prova de historia
 
Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013
Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013
Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013
 
Simulado 02 (ciências 5º ano)
Simulado 02  (ciências 5º ano)Simulado 02  (ciências 5º ano)
Simulado 02 (ciências 5º ano)
 
Ii atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdf
Ii atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdfIi atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdf
Ii atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdf
 
7º ano minerais
7º ano  minerais7º ano  minerais
7º ano minerais
 
Óptica geométrica 3º ano 2014
Óptica geométrica 3º ano 2014Óptica geométrica 3º ano 2014
Óptica geométrica 3º ano 2014
 
Coletânea de ciências 4º ano do aluno anual 2015 (1)
Coletânea de ciências 4º ano do aluno anual 2015 (1)Coletânea de ciências 4º ano do aluno anual 2015 (1)
Coletânea de ciências 4º ano do aluno anual 2015 (1)
 

Destaque

Tipos de relógios
Tipos de relógiosTipos de relógios
Tipos de relógios
Neuzely Mariola
 
Relógio Mecânico
Relógio Mecânico Relógio Mecânico
Relógio Mecânico
scostaalbino
 
O+relógio..[1](1
O+relógio..[1](1O+relógio..[1](1
O+relógio..[1](1
Maria
 
Manual do relojoeiro aprendiz
Manual do relojoeiro aprendizManual do relojoeiro aprendiz
Manual do relojoeiro aprendiz
edson pedroso
 
Introdução a história
Introdução a históriaIntrodução a história
Introdução a história
jfernandesaquino
 
O Tempo e a História - 6o ano
O Tempo e a História - 6o anoO Tempo e a História - 6o ano
O Tempo e a História - 6o ano
Lucas Degiovani
 
Tipos de relógio
Tipos de relógioTipos de relógio
Tipos de relógio
mvss1102009
 
Como funciona uma Estação Meteorológica?
Como funciona uma Estação Meteorológica?Como funciona uma Estação Meteorológica?
Como funciona uma Estação Meteorológica?
Samantha Martins
 
Maira história - notação de tempo
Maira   história - notação de tempoMaira   história - notação de tempo
Maira história - notação de tempo
Maira Conde
 
HistóRia E Conhecimento
HistóRia E Conhecimento HistóRia E Conhecimento
HistóRia E Conhecimento
Carlos Teles de Menezes Junior
 
Instrumentos de medição do tempo
Instrumentos de medição do tempoInstrumentos de medição do tempo
Instrumentos de medição do tempo
Kelly Delfino
 
Ppt 2º ppm
Ppt 2º ppmPpt 2º ppm
Ppt 2º ppm
GinaDuarte
 
Comunicação por gêneros textuais
Comunicação por gêneros textuaisComunicação por gêneros textuais
Comunicação por gêneros textuais
Daniel L. P. Soares
 
Controle e Prevenção dos Processos de Poluição Ambiental
Controle e Prevenção dos Processos de Poluição AmbientalControle e Prevenção dos Processos de Poluição Ambiental
Controle e Prevenção dos Processos de Poluição Ambiental
UN Joint Office of UNDP, UNFPA and UNICEF (Environment Energy and Disaster Prevention Unit)
 
Relógio de sol
Relógio de solRelógio de sol
Relógio de sol
Leticiaschneidersantana
 
Estados de agregação da matéria
Estados de agregação da matériaEstados de agregação da matéria
Estados de agregação da matéria
Marcos Franco
 
Projeto Água
Projeto ÁguaProjeto Água
Projeto Água
Igor Augusto Garcia
 
Contando o tempo
Contando o tempoContando o tempo
Contando o tempo
Aprender com prazer
 
Ficheiro lp casos leitur
Ficheiro lp casos leiturFicheiro lp casos leitur
Ficheiro lp casos leitur
Isa Crowe
 
O príncipe sapo
O príncipe sapoO príncipe sapo
O príncipe sapo
escolajoseaniceto
 

Destaque (20)

Tipos de relógios
Tipos de relógiosTipos de relógios
Tipos de relógios
 
Relógio Mecânico
Relógio Mecânico Relógio Mecânico
Relógio Mecânico
 
O+relógio..[1](1
O+relógio..[1](1O+relógio..[1](1
O+relógio..[1](1
 
Manual do relojoeiro aprendiz
Manual do relojoeiro aprendizManual do relojoeiro aprendiz
Manual do relojoeiro aprendiz
 
Introdução a história
Introdução a históriaIntrodução a história
Introdução a história
 
O Tempo e a História - 6o ano
O Tempo e a História - 6o anoO Tempo e a História - 6o ano
O Tempo e a História - 6o ano
 
Tipos de relógio
Tipos de relógioTipos de relógio
Tipos de relógio
 
Como funciona uma Estação Meteorológica?
Como funciona uma Estação Meteorológica?Como funciona uma Estação Meteorológica?
Como funciona uma Estação Meteorológica?
 
Maira história - notação de tempo
Maira   história - notação de tempoMaira   história - notação de tempo
Maira história - notação de tempo
 
HistóRia E Conhecimento
HistóRia E Conhecimento HistóRia E Conhecimento
HistóRia E Conhecimento
 
Instrumentos de medição do tempo
Instrumentos de medição do tempoInstrumentos de medição do tempo
Instrumentos de medição do tempo
 
Ppt 2º ppm
Ppt 2º ppmPpt 2º ppm
Ppt 2º ppm
 
Comunicação por gêneros textuais
Comunicação por gêneros textuaisComunicação por gêneros textuais
Comunicação por gêneros textuais
 
Controle e Prevenção dos Processos de Poluição Ambiental
Controle e Prevenção dos Processos de Poluição AmbientalControle e Prevenção dos Processos de Poluição Ambiental
Controle e Prevenção dos Processos de Poluição Ambiental
 
Relógio de sol
Relógio de solRelógio de sol
Relógio de sol
 
Estados de agregação da matéria
Estados de agregação da matériaEstados de agregação da matéria
Estados de agregação da matéria
 
Projeto Água
Projeto ÁguaProjeto Água
Projeto Água
 
Contando o tempo
Contando o tempoContando o tempo
Contando o tempo
 
Ficheiro lp casos leitur
Ficheiro lp casos leiturFicheiro lp casos leitur
Ficheiro lp casos leitur
 
O príncipe sapo
O príncipe sapoO príncipe sapo
O príncipe sapo
 

Semelhante a Trab.9 história do relógio

A medida do tempo
A medida do tempoA medida do tempo
A medida do tempo
Sanclé Porchéra
 
RelóGio
RelóGioRelóGio
Relógio de areia ou ampulheta
Relógio de areia ou ampulhetaRelógio de areia ou ampulheta
Relógio de areia ou ampulheta
scostaalbino
 
Ctsa ciencia uma actividd humana 7ºano
Ctsa   ciencia uma actividd humana 7ºanoCtsa   ciencia uma actividd humana 7ºano
Ctsa ciencia uma actividd humana 7ºano
Bárbara Pereira
 
Modelo geocentrico e heliocentrico
Modelo geocentrico e heliocentricoModelo geocentrico e heliocentrico
Modelo geocentrico e heliocentrico
reneesb
 
Astronomia 1 - A astronomia na Antigüidade
Astronomia 1 - A astronomia na AntigüidadeAstronomia 1 - A astronomia na Antigüidade
Astronomia 1 - A astronomia na Antigüidade
Nuricel Aguilera
 
Exibio as horas
Exibio as horasExibio as horas
Exibio as horas
Ana Paula Santos
 
História da astronomia
História da astronomiaHistória da astronomia
História da astronomia
Alison Martins
 
Relógio de sol
Relógio de solRelógio de sol
Relógio de sol
Karlrabech
 
Fl os relógios
Fl   os relógiosFl   os relógios
Fl os relógios
catarina_306
 
O homem e o universo
O homem e o universoO homem e o universo
O homem e o universo
wilkerfis
 
O homem e o universo
O homem e o universoO homem e o universo
O homem e o universo
wilkerfis
 
A origem do universo
A origem do universoA origem do universo
A origem do universo
Gonçalo Tavares
 
Primeira aula de Astrofísica
Primeira aula de AstrofísicaPrimeira aula de Astrofísica
Primeira aula de Astrofísica
PIBID02FísicaUEL
 
Astronomia antiga
Astronomia antigaAstronomia antiga
Astronomia antiga
Felipe Menegotto
 
Medidas de tempo horas
Medidas de tempo   horasMedidas de tempo   horas
Medidas de tempo horas
Eduk On
 
02 o alargamento do conhecimento do mundo
02 o alargamento do conhecimento do mundo02 o alargamento do conhecimento do mundo
02 o alargamento do conhecimento do mundo
Vítor Santos
 
Via Láctea
Via LácteaVia Láctea
Via Láctea
Wellington Sampaio
 
Madison.pptx
Madison.pptxMadison.pptx
Madison.pptx
MateusMota30
 
Histor 09
Histor 09Histor 09

Semelhante a Trab.9 história do relógio (20)

A medida do tempo
A medida do tempoA medida do tempo
A medida do tempo
 
RelóGio
RelóGioRelóGio
RelóGio
 
Relógio de areia ou ampulheta
Relógio de areia ou ampulhetaRelógio de areia ou ampulheta
Relógio de areia ou ampulheta
 
Ctsa ciencia uma actividd humana 7ºano
Ctsa   ciencia uma actividd humana 7ºanoCtsa   ciencia uma actividd humana 7ºano
Ctsa ciencia uma actividd humana 7ºano
 
Modelo geocentrico e heliocentrico
Modelo geocentrico e heliocentricoModelo geocentrico e heliocentrico
Modelo geocentrico e heliocentrico
 
Astronomia 1 - A astronomia na Antigüidade
Astronomia 1 - A astronomia na AntigüidadeAstronomia 1 - A astronomia na Antigüidade
Astronomia 1 - A astronomia na Antigüidade
 
Exibio as horas
Exibio as horasExibio as horas
Exibio as horas
 
História da astronomia
História da astronomiaHistória da astronomia
História da astronomia
 
Relógio de sol
Relógio de solRelógio de sol
Relógio de sol
 
Fl os relógios
Fl   os relógiosFl   os relógios
Fl os relógios
 
O homem e o universo
O homem e o universoO homem e o universo
O homem e o universo
 
O homem e o universo
O homem e o universoO homem e o universo
O homem e o universo
 
A origem do universo
A origem do universoA origem do universo
A origem do universo
 
Primeira aula de Astrofísica
Primeira aula de AstrofísicaPrimeira aula de Astrofísica
Primeira aula de Astrofísica
 
Astronomia antiga
Astronomia antigaAstronomia antiga
Astronomia antiga
 
Medidas de tempo horas
Medidas de tempo   horasMedidas de tempo   horas
Medidas de tempo horas
 
02 o alargamento do conhecimento do mundo
02 o alargamento do conhecimento do mundo02 o alargamento do conhecimento do mundo
02 o alargamento do conhecimento do mundo
 
Via Láctea
Via LácteaVia Láctea
Via Láctea
 
Madison.pptx
Madison.pptxMadison.pptx
Madison.pptx
 
Histor 09
Histor 09Histor 09
Histor 09
 

Trab.9 história do relógio

  • 1. HISTÓRIA DO RELÓGIO Nem sempre foram assim os relógios, como os conhecemos hoje, ao longo dos tempos existiram as mais diversas formas de contar e controlar o tempo. Escola Básica 2,3 de Taveiro
  • 2. Relógio de Sol 1 - Relógio de Sol portátil 2 - Relógio de Sol (Gnomon), no campo de Marte em Roma, imperador Augusto, 27 a. C. 1 2
  • 3. Relógio de Água 1 -1500 a.C. – relógio de água, construído para o rei Amenophis I 2 - Foi feito no ano 1745. Relógio de água era o relógio tradicional na China. A técnica tem uma história de mais de 3.000 anos. 1 2
  • 4. Relógio de Areia A  ampulheta  é um dos meios mais antigos Formas de medir o tempo. É constituída por duas âmbulas (recipientes cónicos ou cilíndricos) transparentes que comunicam entre si por um pequeno orifício que deixa passar uma quantidade determinada de areia de uma para a outra
  • 5. Relógio de bolso Por volta de 1500, Pedro Henlein, na cidade de Nuremberg, fabricou o primeiro  relógio de bolso , denominado pela forma, tamanho e procedência, de "Ovo de Nuremberg". Era todo de ferro, com corda para quarenta horas e precursor da "Mola Espiral. Era constituído por um indicador e por um complexo mecanismo para badalar.
  • 6. 1 - Durante os últimos três séculos, o pêndulo foi o mais confiável medidor de tempo, sendo substituído apenas nas  últimas décadas 2 - O quartzo é o mais abundante mineral da Terra, é usado como osciladores em aparelhos electrónicos tais como relógios. 3 - Cronógrafo  é um instrumento que mede o tempo e conserva a unidade, na maioria dos modelos até centésimos de segundo. 4 – O relógio atómico  é um tipo de relógio que usa um padrão ressonante de frequência como contador. Como o próprio nome diz, é um medidor de tempo que funciona baseado numa propriedade do átomo 1 2 3 4