Brazil automotive market analysis and forecast

918 visualizações

Publicada em

published by carcon automotive

Publicada em: Indústria automotiva
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
918
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Brazil automotive market analysis and forecast

  1. 1. Previsões para a Indústria Automobilística América do Sul 18 de Agosto de 2014
  2. 2. 2 Agosto 2014 • Indicadores Econômicos Relevantes • Maiores problemas que afetam a produção no Brasil ▫ Exportações para a Argentina ▫ Declínio das vendas no primeiro semestre de 2014 • Mudanças de Segmentação • Previsão de Vendas e Produção de Veículos Leves • Previsão de Capacidade Utilizada • Considerações sobre o Mercado de Caminhões • Previsão de Vendas de Caminhões Agenda
  3. 3. Indicadores Econômicos Relevantes Brasil Fonte: Relatório Focus BCB, FGV 3 Agosto 2014 2014 2015 •Previsão do PIB descendente ao longo dos últimos meses •Taxas de juros crescentes para financiamento de veículos •Índice de Confiança do Consumidor abaixo da média de 5 anos (linha verde)
  4. 4. Importação e Exportação de Veículos Argentina and Brasil Fonte: ADEFA and ANFAVEA 4 Agosto 2014 • A produção de veículos no Brasil cresceu 10% em 2013, alavancado pelas exportações à Argentina e menor importação. • Em 2014, a redução no ritmo de produção é decorrente principalmente de uma redução em ambos mercados, particularmente na redução de exportações do Brasil para a Argentina.
  5. 5. Principais items que afetaram as vendas no primeiro semestre de 2014 – Veículos Leves Brasil Fonte: ANEF, FENAUTO, Ministério da Fazenda e Carcon 5 Agosto 2014 • Redução na concessão de crédito – cerca de 50% dos pedidos de financiamento foram reprovadas pelos bancos. (50% das vendas de veículos novos são financiadas, 38% à vista, 2% leasing e 8% por consórcio) • Baixa confiança do consumidor – como mostrado anteriormente ,mostra uma ligeira recuperação. • Aumento no IPI em Janeiro de 2014. • Aumento nos preços dos veículos em geral com a introdução de Air-bag frontal e freios ABS • Menor oferta de veículos com preços entre R$ 24.000 e R$ 27.000 com a retirada de produção do Fiat Uno Mille, VW Gol G4 e Ford Ka. • Muitos consumidores de veículos de entrada migraram para o mercado de veículos usados, que cresceu em torno de 4% nos sete primeiros meses de 2014 com relação a igual período de 2013.
  6. 6. Comportamento de Vendas de algumas marcas Brasil Fonte: FENABRAVE 6 Agosto 2014
  7. 7. Economia Argentina e Brasil – PIB • A situação econômica na Argentina enfraquece a confiança de investidores e ameaça o crescimento do pais. Fonte: Oxford Economics 7 Agosto 2014
  8. 8. Economia Argentina e Brasil Consumo Fonte: Oxford Economics • Perigo da Inflação • Políticas de protecionismo • Crescimento da divida • Declínio de consumo e desaceleração da economia no Brasil • Crise econômica na Argentina 8 Agosto 2014
  9. 9. Veículos Leves – Vendas na América do Sul Médio Prazo 0.89 3.57 1.08 0.64 3.38 1.04 0.66 3.48 1.13 0.71 3.68 1.21 0.76 3.88 1.29 - 0.50 1.00 1.50 2.00 2.50 3.00 3.50 4.00 4.50 Argentina Brazil 2013 2014 2015 2016 2017 Chile-Colombia-Equador Peru-Uruguai -Venezuela Milhões Crescimento moderado de vendas na região Fonte: LMC Automotive, Oxford Economics Embora as vendas de veículos leves devam voltar a subir após a Copa do Mundo, a LMC revisou a previsão de vendas para o Brasil. (-5.4% ) e na Argentina (-29% ), contra 2013. 9 Agosto 2014
  10. 10. Produção de Veículos Leves Brasil e Argentina 0,78 0,59 0,67 0,73 0,78 0,76 3,49 3,22 3,42 3,67 3,80 4,05 0 1 2 3 4 5 2013 2014 2015 2016 2017 2018 Milhões Argentina Brasil Source: LMC Automotive Projeção de declínio de produção, 8% no Brasil e 24% na Argentina em 2014. Crescimento gradual nos anos seguintes. -8% -24% +6% +12% +9% +7% -4% +7% +4% +6% 10 Agosto 2014
  11. 11. Vendas de Veículos Leves - Brasil Evolução da Segmentação Source: LMC Automotive, Forte crescimento relativo na categoria de SUVs 11 Agosto 2014
  12. 12. Segmento SUV Taigun Fonte: LMC Automotive Jeep Renegade Duster 2008 Captur EcoSport HB SUV HR-V; CR-V Segmento altamente competitivo com vários novos lançamentos esperados nos próximos meses Q3GLAX1 12 Agosto 2014
  13. 13. • Durante a Copa do Mundo da Fifa no Brasil, o país praticamente parou. Como esperado, as vendas de veículos leves caíram 17% em Julho, comparados com Julho de 2013. A produção também sofreram e apresentaram uma queda de 32%, contra o mesmo período de 2013. • Apesar dos incentivos e da extensão do IPI reduzido como iniciativas para impulsionar as vendas, os efeitos serão de curto prazo. A previsão é de uma queda de 8% na produção de veículos leves no Brasil em 2014, com relação a 2013. CapacityUtilization Tendências de Mercado – Capacidade e Produção América do Sul Fonte: LMC Automotive 3.6 3.8 3.7 4.2 4.3 4.3 4.5 4.0 4.3 4.7 4.9 5.1 5.3 5.5 5.6 1.0 1.2 1.6 1.2 1.1 1.4 1.6 2.5 2.8 2.8 2.7 2.4 2.4 2.3 2.2 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 2021 Million Production Excess Capacity Utilization 13 Agosto 2014
  14. 14. 14 Agosto 2014 Comercialização e Vendas de Caminhões no Mercado Interno Mensagem Inicial Só se compra caminhão se houver demanda de carga
  15. 15. 15 Agosto 2014 Emplacamentos e o Mercado
  16. 16. 16 Agosto 2014 Principais Fatores que Afetaram Período entre 2008 e 2010: 2008 - Primeiro ano em que o setor recebeu incentivos do IPI e vantagens no BNDES 2009 - Ano afetado pela crise econômica global precipitada pela falência do Lehman Brothers 2010 - O melhor ano de atividades econômicas registrado entre 2005 a 2013 2011 - Ano anterior ao lançamento dos Veículos com motorização Euro 5. Ano marcado pela antecipação de compras de modelos Euro 3 que não seriam produzidos mais em 2012 2012 - Primeiro ano da motorização Euro 5. Mercado em transição de vendas e estoques 2013 – Marcado por efeitos positivos sobre o mercado: • Manutenção da redução do IPI à taxas zero • Definição de prazos de um ano para financiamentos via BNDES - Finame/PSI com taxas altamente favoráveis 2014 – Marcado por efeitos negativos sobre o mercado: • Aumento das taxas do BNDES-Finame/PSI e os financiamentos sendo liberados somente a partir de Fevereiro • Número de dias úteis do primeiro semestre afetado por feriados e copa do mundo • Expectativas de diminuição das atividades econômicas com efeitos sobre o PIB
  17. 17. 17 Agosto 2014 Sete Anos na Renovação das Frotas 2005 a 2011 – média de 105 mil unidades/ano 2008 a 2014 – média de 140 mil unidades/ano Delta de 33% ou 4,2% ao ano
  18. 18. 18 Agosto 2014 Sete Anos na Renovação das Frotas Desconsiderando os anos comuns aos dois conjuntos de dados temos: 2005 a 2007 – média de 84 mil unidades/ano 2012 a 2014 – média de 141 mil unidades/ano Delta de 68% ou 7,7% ao ano
  19. 19. 19 Agosto 2014 Segmentação Realizado até Julho de 2014 é equivalente ao Total dos anos de 2005 e 2006
  20. 20. 20 Agosto 2014 Comparação com o PIB – Últimos Sete Anos Com tendência de Baixa 13% de participação nos emplacamentos Com tendência de Alta 87% de participação nos emplacamentos
  21. 21. 21 Agosto 2014 Prós, Contras, Oportunidades e Riscos Prós e Oportunidades: • Renovação da frota; • Ações governamentais; • Retomada do PIB; • Melhoria da infraestrutura modal; • Aumento das exportações brasileiras; • Investimentos em infraestrutura do país. Contras e Riscos: • Altos preços dos caminhões usados; • Corte de incentivos governamentais; • Agravamento da crise mundial; • Taxa de juros; • Grande dependência de financiamentos do Finame; • Desenvolvimento de outros modais de transporte.
  22. 22. 22 Agosto 2014 Projeções de Emplacamentos - 2015 e 2016 2015 140.327un. 2016 143.215un.
  23. 23. 23 Agosto 2014 Mensagens Finais • Para um bom planejamento em caminhões, devemos ter uma visão muito clara do mercado e dos fatores que o influenciam; • Num país como o Brasil devemos estar prevenidos e munidos das melhores informações que possível; • O mercado interno de caminhões tem muito a crescer; • A capacidade de produção de caminhões e suas tecnologias embarcadas nunca foram tão altas como hoje.
  24. 24. www.carcon.com.br carlos@carcon.com.br jgsemple@carcon.com.br jomar@carcon.com.br ronaldo@carcon.com.br www.lmc-auto.com cjanz@lmc-auto.com 24 Agosto 2014 CONTATOS OBRIGADO

×