MURO ARRIMO DE CONCRETO

ALUNOS:
LEANDRO ALBERTO DE LIMA
GLAUBER
JOSE BRASILEIRO
ADENILSON M. DE FRANÇA
AMANDA BATISTA
LUC...
MURO ARRIMO DE CONCRETO
Muro de Arrimo
MURO ARRIMO DE CONCRETO COM
OU SEM CONTRAFORTE
MURO ARRIMO DE CONCRETO COM
OU SEM CONTRAFORTE
MURO ARRIMO DE CONCRETO COM
OU SEM CONTRAFORTE
URO ARRIMO DE CONCRETO COM
CONTRAFORTE
PROJETO DE MURO DE ARRIMO
(CONCRETO ARMADO)
ELEMENTOS DE PROJETO

• Altura do mudo

• Taxa do terreno de fundação

• Inclinação do terreno adjacente

• Tensão admissí...
PROJETO DE MURO DE ARRIMO
(CONCRETO ARMADO)
PROJETO DE MURO DE ARRIMO
(CONCRETO ARMADO)
PROJETO DE MURO DE ARRIMO
(CONCRETO ARMADO)
PROJETO DE MURO DE ARRIMO
(CONCRETO ARMADO)
ETAPAS DE PROJETO MURO DE ARRIMO

Estudo Preliminar
 Reconhecimento, aerofotos, mapas geológicos, projetos existentes e e...
MATERIAIS E
DISPOSIÇÕES
CONSTRUTIVAS
Concreto Armado





Concreto estrutural: classe C25 – fck ≥25 MPa;
Concreto magr...
MATERIAIS E
DISPOSIÇÕES
CONSTRUTIVAS
Aterros
 Devem constituir-se de solos e materiais granulares do tipo: areia, brita e...
A MECÂNICA DOS SOLOS É FUNDAMENTAL EM 2
PROCESSOS IMPORTANTES PARA O CÁLCULO DA
ESTRUTURA DE CONTENÇÃO

1 - AVA L I A Ç Ã ...
AÇÕES ATUANTES SOBRE AS
ESTRUTURAS DE CONTENÇÃO:

Empuxo de terra ( ativo e passivo)
Empuxo em função da água
Empuxo em fu...
TEORIA DE COULOMB PARA EMPUXO
CONDIÇÕES DE ESTABILIDADE

Segurança contra
o Tombamento
o Escorregamento
a Deformação (ruptura) excessiva do terreno de f...
SEGURANÇA CONTRA O
TOMBAMENTO
O momento do peso do muro deve ser maior que o momento do empuxo total, ambos tomados em rel...
SEGURANÇA CONTRA O
ESCORREGAMENTO
ΣRF = somatório das forças que resistem ao deslizamento
ΣSF = somatório das forças solic...
DEFORMAÇÃO (RUPTURA) EXCESSIVA
DO TERRENO DE FUNDAÇÃO
Esta condição é satisfeita quando a maior das
pressões é menor do qu...
RUPTURA TOTAL DO CONJUNTO
MURO – SOLO
Analisada a possibilidade de
ruptura total por cisalhamento
do terreno (camada mais
...
MURO DE ARRIMO ELASTICO
CONCRETO ARMADO CORRIDO OU
CONTÍNUO
MURO DE ARRIMO ELÁSTICO EM
CONCRETO ARMADO COM GIGANTES
OU CONTRAFORTES
Contrafortes são utilizados para enrijecer
as placas de contenção.
ELEMENTOS DE PROJETO
•Altura do mudo

• Taxa do terreno de fundação

•Inclinação do terreno adjacente

• Tensão admissível...
MARCHA DOS CÁLCULOS

1º Fixação das Dimensões
2º Verificação da estabilidade do conjunto

3º Cálc. esforços internos do mu...
EXECUÇÃO
NORMAS APLICADAS PARA PROJETO E
EXECUÇÃO
NBR-6118: ____ - Projeto e construção de obras de concreto armado
NBR-6122: ____ ...
REFERÊNCIAS
- http://www.tijol-eco.com.br/comparacao.htmlParcelas:

- http://www.casaaqua.com.br/materiais-da-casa
- http:...
Apresentação mec solos 2
Apresentação mec solos 2
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação mec solos 2

3.541 visualizações

Publicada em

apresentação mecânica dos solos
muro de arrimo em concreto com e sem contrafortes

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.541
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
97
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação mec solos 2

  1. 1. MURO ARRIMO DE CONCRETO ALUNOS: LEANDRO ALBERTO DE LIMA GLAUBER JOSE BRASILEIRO ADENILSON M. DE FRANÇA AMANDA BATISTA LUCAS SILVA DOMINGUES 5120584 5014244 5116428 5109316 XXXXXX 5112436
  2. 2. MURO ARRIMO DE CONCRETO Muro de Arrimo
  3. 3. MURO ARRIMO DE CONCRETO COM OU SEM CONTRAFORTE
  4. 4. MURO ARRIMO DE CONCRETO COM OU SEM CONTRAFORTE
  5. 5. MURO ARRIMO DE CONCRETO COM OU SEM CONTRAFORTE
  6. 6. URO ARRIMO DE CONCRETO COM CONTRAFORTE
  7. 7. PROJETO DE MURO DE ARRIMO (CONCRETO ARMADO)
  8. 8. ELEMENTOS DE PROJETO • Altura do mudo • Taxa do terreno de fundação • Inclinação do terreno adjacente • Tensão admissível do concreto • Carga aplicada no topo • Coeficiente de atrito • Sobrecarga no terreno junto ao muro • Coeficientes de segurança • Ângulo do talude natural • Paramento interno (tardoz) vertical • Massa especifica aparente do concreto • Elementos de drenagem
  9. 9. PROJETO DE MURO DE ARRIMO (CONCRETO ARMADO)
  10. 10. PROJETO DE MURO DE ARRIMO (CONCRETO ARMADO)
  11. 11. PROJETO DE MURO DE ARRIMO (CONCRETO ARMADO)
  12. 12. PROJETO DE MURO DE ARRIMO (CONCRETO ARMADO)
  13. 13. ETAPAS DE PROJETO MURO DE ARRIMO Estudo Preliminar  Reconhecimento, aerofotos, mapas geológicos, projetos existentes e etc; Projeto Básico  Memoriais descritivos, pré-dimensionamentos estruturais, desenhos, cronograma de obra, planilhas de quantidades e de orçamento; Projeto Executivo  Desenhos de implantação, forma, armadura e detalhes construtivos juntamente com memorial de cálculo;
  14. 14. MATERIAIS E DISPOSIÇÕES CONSTRUTIVAS Concreto Armado     Concreto estrutural: classe C25 – fck ≥25 MPa; Concreto magro: classe C10 – fck ≥10 Mpa; Cobrimento da armadura: conforme classe de agressividade ambiental; Controle da fissuração e proteção da armadura. Aço de Armadura Passiva  Utilizar aços do tipo CA-25, CA-50 ou CA-60; Juntas  Devem ser espaçadas em intervalos de no máximo 30 m;
  15. 15. MATERIAIS E DISPOSIÇÕES CONSTRUTIVAS Aterros  Devem constituir-se de solos e materiais granulares do tipo: areia, brita e enrocamento ou rochas, com controle de compactação; Investigações Geológico-Geotécnicas  Percussão até a camada do impenetrável, limitada entretanto, a 40 m;
  16. 16. A MECÂNICA DOS SOLOS É FUNDAMENTAL EM 2 PROCESSOS IMPORTANTES PARA O CÁLCULO DA ESTRUTURA DE CONTENÇÃO 1 - AVA L I A Ç Ã O D A P R E S S A O D A T E R R A AT U A N D O S O B R E A ESTRUTURA 2 - V E R I F I C A Ç Ã O D A C A PA C I D A D E D E S U P O RT E D O S O L O PA R A A S FUNDAÇÕES
  17. 17. AÇÕES ATUANTES SOBRE AS ESTRUTURAS DE CONTENÇÃO: Empuxo de terra ( ativo e passivo) Empuxo em função da água Empuxo em função das sobrecargas externas. Obs: empuxo de terra passivo – exercido pela contenção sobre o terreno Empuxo de terra ativo – exercido pelo terreno sobre a contenção Sobrecargas ações externas fora o peso da terra agua maciço e próprio, edifícios próximos , veículos e cargas acidentais.
  18. 18. TEORIA DE COULOMB PARA EMPUXO
  19. 19. CONDIÇÕES DE ESTABILIDADE Segurança contra o Tombamento o Escorregamento a Deformação (ruptura) excessiva do terreno de fundação a Ruptura total do conjunto muro – solo
  20. 20. SEGURANÇA CONTRA O TOMBAMENTO O momento do peso do muro deve ser maior que o momento do empuxo total, ambos tomados em relação à extremidade externa C da base. A resultante de todas as forças atuantes deve passar pelo núcleo central (terço médio da seção) da base do muro.
  21. 21. SEGURANÇA CONTRA O ESCORREGAMENTO ΣRF = somatório das forças que resistem ao deslizamento ΣSF = somatório das forças solicitantes Força resistente: R = SA = (tgϕ+C2)(bx) A = área da base do muro (por metro linear de muro) S = tensão de resistência ao cisalhamento na base
  22. 22. DEFORMAÇÃO (RUPTURA) EXCESSIVA DO TERRENO DE FUNDAÇÃO Esta condição é satisfeita quando a maior das pressões é menor do que a pressão admissível do terreno. TIPO DE SOLO TENSAO ADMISSIVEL DE COMPRESSÃO DO SOLO ARENOSO N/3 ARGILO-ARENOSO N/4 ARGILOSO N/5 N = índice de penetração do solo, menor índice encontrado, considerando-se todas as camadas do solo que ficarão abaixo da base do muro.
  23. 23. RUPTURA TOTAL DO CONJUNTO MURO – SOLO Analisada a possibilidade de ruptura total por cisalhamento do terreno (camada mais profunda do conjunto murosolo) segundo uma superfície de escorregamento ABC.
  24. 24. MURO DE ARRIMO ELASTICO CONCRETO ARMADO CORRIDO OU CONTÍNUO
  25. 25. MURO DE ARRIMO ELÁSTICO EM CONCRETO ARMADO COM GIGANTES OU CONTRAFORTES
  26. 26. Contrafortes são utilizados para enrijecer as placas de contenção.
  27. 27. ELEMENTOS DE PROJETO •Altura do mudo • Taxa do terreno de fundação •Inclinação do terreno adjacente • Tensão admissível do concreto •Carga aplicada no topo • Coeficiente de atrito •Sobrecarga no terreno junto ao muro • Coeficientes de segurança •Ângulo do talude natural •Paramento interno (tardoz) vertical •Massa especifica aparente do concreto • Elementos de drenagem
  28. 28. MARCHA DOS CÁLCULOS 1º Fixação das Dimensões 2º Verificação da estabilidade do conjunto 3º Cálc. esforços internos do muro e amaduras 4º Cálc. esforços das sapatas e armaduras
  29. 29. EXECUÇÃO
  30. 30. NORMAS APLICADAS PARA PROJETO E EXECUÇÃO NBR-6118: ____ - Projeto e construção de obras de concreto armado NBR-6122: ____ - Projeto e execução de fundações NBR-6497: ____ - Levantamento geotécnico (AINDA NÃO CITADA) NBR-8044: ____ - Projeto geotécnico NBR-9288: ____ - Emprego de terrenos reforçados NBR-9286: ____ - Terra armada NBR-9285: ____ - Microancoragem NBR-6501: ____ - Rochas e solos NBR-9604: ____ - Abertura de poço e trincheira de inspeção em solo, com retirada de amostras deformadas e indeformadas NBR-9820: ____ - Coleta de amostras indeformadas em solo em furos de sondagem NBR-6484: ____ - Execução de sondagens de simples reconhecimento dos solos NBR-9061: ____ - Segurança de escavações a céu aberto NBR-12589: ____ - Proteção de taludes e fixação de margens em obras portuárias NBR-5629: ____ - Execução de tirantes ancorados no terreno NBR-13896: ____ - Aterros de resíduos não perigosos – critérios para projeto, implantação e operação. NBR-5681: ____ - Controle tecnológico da execução de aterros em obras de edificações NBR-9653: ____ - Guia para avaliação dos efeitos provocados pelo uso de explosivos nas minerações em áreas urbanas – procedimento NBR-13602: ____ - Avaliação de dispersibilidade de solos argilosos pelo ensaio sedimentométrico comparativo
  31. 31. REFERÊNCIAS - http://www.tijol-eco.com.br/comparacao.htmlParcelas: - http://www.casaaqua.com.br/materiais-da-casa - http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/noticias/aprenda-a-ter-uma-casa-sustentavel-semgastar-muito-20111104.htmlm -Caderno de Muros de Arrimo Autor Antonio Moliterno

×