O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Asturia mithology in portuguese

464 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Asturia mithology in portuguese

  1. 1. Mitologia asturiana
  2. 2. Índice• Introdução• Seres da casa• Creaturas do mar• Seres da floresta• Seres do Além• Amuletos
  3. 3. Trasgu• É um pequeno duende que se veste com uma camiseta e um boné vermelho. Ele pode ser coxo e com um buraco na mão izquerda. Ele chateia e joga, e faz brincadeiras chatas aos habitantes da casa, assustando o gado nos estábulos e fazendo barulhos durante a noite no sótão.
  4. 4. É muito difícil se escapar dele: ele seguea familia cuando eles mudam.A única manera de se desfazer dele édesafiando-o a tarefas impossíveis, comorecolher agua dentro de um cesto, lavaruma pele de ovelha preta até que fiquebranco o enviar ele a recolher umpunhado de grãos jogados no chão (quevai pra abaixo, no buraco que ele tem namão izquerda).
  5. 5. Malinos • Do tamanho do dedo da unha do mindinho, pode fazer cualquer coisa, ainda mais destrutiva, mais também ajuda no trabalho ao seus mestres, que mantém numa caixa de madera.Tem que mantê-los ocupados pra que não pertubem. Quando eles nao tem sono, vagam pela floresta cometendo crimes.Podem entrar num corpo de uma pessoa pela a boca e lhe deixa doente, mudar o caráter o controlar sua vontade.
  6. 6. Sumiciu• De tamanho muito pequeno e invisível, vive nas casas e faz desaparecer objetos, especialmente os que se tem na mão e se acabou de usar. Para se livrar dele e recuperar o perdido precisa orar a São Antonio sem cometer nenhuma falta
  7. 7. Papón• O Papón é um gigante que entra nas casas pela noite para devorar os meninos que nao querem dormir. Ele é gordo, ruivo e leva tamancos. Seus olhos são vermelhos e a boca enorme. Cheira mal e nunca se lava. Os únicos animais que ele gosta é as ratas com as que convive e as que alimenta.
  8. 8. ZamparrampaMuito temida, é umamulherona morta defome, velha, pernascurtas e em ruínas, queanda em busca de carnemacia, descabelada emostrando ums dentescheios de lodo dedevorar crianças quenão come, o que nãodorme, o quedesobedecem.
  9. 9. O home do saco• Gigante que se leva num saco, nao se sabe a dónde, as crianças que são desobedientes e andão pela rua quando ja é de noite.
  10. 10. Pesadiellu• Ser invisível e maligno que sofoca e esprime as pessoas com a sensação de um inmenso peso. Aparece pelas noites quando a sua vítima está dormindo, fazendo pressão sobre ela e afogando-a, o dificultando a respiração e provocando pesadelos. A veces se forma num cão preto o uma mão que vôa e cabeluda. Quem sofre isso tem que orar pra livrarse dele.
  11. 11. Guaxa• A Guaxa é um sinistro, uma mulher velha, seca e feia, com os olhos como o fogo e um só dente que usa para chupar a sangue das crianças.Aparece de noite no quarto delas, preferendo as crianças mais gordinhas e saudável, chupando a sangue delas e robando a saúde.
  12. 12. Sereias• Jóvens que suas mães amaldiçoa por não fazer o que tem que fazer. O canto delas provocava o sono tripulação dos barcos que terminava de navegar e batía contra as rochas.
  13. 13. Pataricu• Ser gigante com um só olho no meio da frente. Vive nos pedreros e falésias perto do mar. Se alimenta de pexe, marisco e pulpos, mais o que ele mais gosta é de navegantes crú, os que quando ele sabe dónde esta com seu olfato, nao tem como fugir. Guarda grandes tesoros
  14. 14. Espumeru • Pequeno duende que vive nas covas perto do mar e se veste com algas. Ele desliza sobre as ondas ou sobre as cordas dos navíos. Quando o tempo é mal e tem nevoeiro, toca sua caracola para avisar os barcos do perigro.
  15. 15. XanasLindas meninas que vivem em fontes e fluxos. Aparecen pocas veces, peitiando o cabelocom um peite de oro. Tem grandesriquezas que deixão para quem as desembrujam, mais tem que fazer asinstrução dela como ela mandar.
  16. 16. Nuberu• Condutor da nuve e a tormenta, com grande poder de distruir. Leva a agua nos campos dos amigos dele y o granizo ao seus enemigos. Se pode chamar ele para impedir que descargue nas casas e plantaçoes e enviar- o dónde não faz maldades.
  17. 17. • É um homem barbudo, sua roupa queimada e com um chapéu preto de assa larga, que às vezes desce na terra no nevoeiro e pede alimentos ou ajuda aos pastores. Agradece a hospitalidade dos agricultores livrando deles a tempestade, ou dizendo-lhes para colher a colheita antes que ele descargue chuva da nuvem.
  18. 18. Diañu Burlón• Genio que gosta de fazer rir das pessoas com suas brincadeiras e piadas chatas. Pequeno, com pernas e chifres de um bode, cabeludo, cavanhaque, aparece nos matos ou estradas quase desertas. Pode assumir a forma de cavalo, vaca, ovelhas ou outro, incluindo bebê humano, e faz a sua actividade pela noite, assustando o viajante, procurando enganar o agricultor que perdeu gado,criticando os rapaz que retornam tarde de farra.
  19. 19. BusgosuGuardião e protetor dasflorestas.Meio humano deaparência, cabeludo,pernas e chifres de umbode. Ele seqüestramulheres e sente umgrande desagrado aoscaçadores emadeireiros,aos quetenta assustar ouenganar se eles semetem em seu domínio.
  20. 20. Cuélebre• O Cuélebre é uma cobra alada que guarda tesouros e personagens embrujados. Ela vive em cavernas e fontes profundas, sua respiração é suja, venenosa e assobios são ouvidos de longe. Ataca e devora pessoas e animais, e suas escamas são tão duras que é impossível atravessá-los.
  21. 21. Llavandera• Uma mulher velha e arrugada que durante a noite lava as roupas nos rios e nas fontes quebrando suas pá. Não gosta de ser vista, ela pode afogar no rio os curiosos que cheguem perto, mas também ajuda no combate de incêndios e ajuda as pessoas malhores que precisam
  22. 22. Ventolín• Leva as últimas palavras dos que morrem longe até os parentes ou as almas dos mortos, quando dão o último suspiro. Leva os suspiros dos amantes, inspira os poetas, faz dormir os bebes em seus berços ou espalha o orvalho da manhã. Também alivia o viajante com a sua brisa nos dias de verão. Apenas as crianças podem ver.
  23. 23. Güestia• Procissão dos Mortos.• Eles vêm à noite com o caixão à casa dos moribundos. Então, se perdem no escuro. Outras veces eles rouba árvores e portões.
  24. 24. Amuletos• Pedra do raio: pretege contras as tempestades.• Pedra da cobra: poderes contra picaduras e infeçao.• As ervas e plantas com poderes mágicos -Ruda: protege as mulheres e gado de bruxas• Os Ciguas: punhos fechados sobre o polegar, de azabache, protegendo as crianças contra o mau-olhado.

×