SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 41
SOCIEDADES
PRÉ-
COLOMBIANAS
www.portaldovestibulando.com
SOCIEDADES PRÉ-COLOMBIANAS
DA MESOAMÉRICA
1. OLMECAS
• Civilização-mãe.
• Origem: entre ano 1500 a 400 a.C.
• Litoral do Golfo do México;
• Civilização-mãe;
• População: 350 mil pessoas
• O nome “Olmeca” significa “povo de borracha” > candidatos ao
título de inventores do TLACHTLI.
www.portaldovestibulando.com
• Organização política centralizada,
hierarquizada;
• Podem ter sido a primeira civilização do
hemisfério ocidental a desenvolver um
sistema de escrita
•Organização social: minoria (artificies de
elite e sacerdotes) e uma maioria do povo
(camponeses);
•Cabeças colossais e outras esculturas são
representações de governantes
•Núcleos urbanos principais: San Lorenzo e
La Venta
1.1.OLMECAS: ORGANIZAÇÃO POLÍTICA E SOCIAL
www.portaldovestibulando.com
1.2.OLMECAS: ECONOMIA
• Agricultura (coivara) era a base da economia: milho, feijão,
abóbora e chili.
• A caça e pesca complementava a dieta.
• As práticas comerciais tornaram a sociedade hierarquizada,
com sofisticada organização política e social.
• Havia migração entre as cidades.
www.portaldovestibulando.com
1.3. OLMECAS: RELIGIÃO
• Sacerdotes/Governantes: mais
importantes figuras religiosas >
poder.
• Xamãs: "aquele que enxerga no
escuro“.
• Quetzalcóatl ("serpente
emplumada“): representa as
energias telúricas que ascendem >
representa a vida, a abundância da
vegetação, o alimento físico e
espiritual para o povo que a cultua
ou o indivíduo que tenta uma
ascese espiritual.
www.portaldovestibulando.com
2. TOLTECAS
• Dominaram grande parte do México central entre
os séculos X e XII.
• Chichimecas, povo bárbaro que deu origem
posteriormente ao Império Asteca, provocou a queda
do Império Tolteca (séc. XII).
• Cidade principal: Tollan-Xicocotitlan > Tula
www.portaldovestibulando.com
2.1. ARQUITETURA
E ESCULTURA
Pirâmide B: "Atlantis",
4,60m > Esculturas
antropomórficas: teto
(Tollan-Xicocotitlan).
Decorados com penas e
mosaicos de joias >
representava o guerreiro
Mixcoatl (pai de
Quetzalcoatl).
Áreas residenciais: diferentes
bairros.
Residências palacianas.
www.portaldovestibulando.com
• Dominada por dois grandes orixás:
 Quetzalcoatl: serpente emplumada > divindade de
aprendizagem, cultura, filosofia, fertilidade, santidade e
gentileza
 Tezcatlipoca (rival de Quetzalcoatl): conhecido por sua
natureza guerreira e da tirania.
2.2. RELIGIÃO
• O maior governante dos toltecas era
Ce Acatl Topiltzin: líder e sumo
sacerdote de Quetzacoatl > Lenda
• Astecas atribuíam a chegada dos
espanhóis como o retorno do
Topiltzin, um evento que temiam
grandemente.
Quetzalcoatl e Tezcatlipoca
www.portaldovestibulando.com
2.3. CULTURA
•Conhecimentos sobre Medicina e Astronomia; Criaram o
primeiro o primeiro sistema de correios da região.
OS QUATRO
COMPROMISSOS
TOLTECAS
1º > Seja Impecável Com Sua
Palavra.
2º Compromisso: Não Leve Nada Para o Lado Pessoal
3º Compromisso: Não Tire Conclusões
4º Compromisso: Dê Sempre o Melhor de Si
www.portaldovestibulando.com
2.4. TOLTECAS: ORGANIZAÇÃO
SOCIOPOLÍTICA
 Governo sacerdotal > Militarista
 Guerreiros enfeitados como deuses: grupo social
dominante.
 Sociedade foi dividida em duas classes:
 Os hierarcas integrados militares, funcionários, o
governante supremo e os sacerdotes.
 A classe mais baixa ou explorado foi composta por
trabalhadores agrícolas e artesãos.
 Por volta de 1160, a cidade estava quase completamente
despovoada: secas, guerras e conflitos internos.
 A chegada dos chichimecas: queda do império.
www.portaldovestibulando.com
3. ASTECAS
 Localizava-se na Mesoamérica, onde hoje se localiza
grande parte do México.
 Região era muito marcada por abalos sísmicos.
 O Império Asteca não tinha uma formação homogênea.
www.portaldovestibulando.com
3.1. ECONOMIA
 A economia baseada na agricultura e no comércio;
 Povo guerreiro: cobravam tributos dos dominados;
 Culturas: milho, pimenta, cacau, tomate e feijão;
 Técnica de plantio mais utilizada: chinampas;
 Domesticavam animais: peru e cães;
 A caça e a pesca tinham menor importância;
 Os poderosos mercadores, pochtecas (detinham o
monopólio do comércio exterior de luxo);
 Utilizavam o cacau como moeda
corrente.
 Entre os produtos artesanais
destacavam-se: tecidos,
cerâmicas, objetos de ouro, prata
e cobre.
www.portaldovestibulando.com
Chinampa
3.2. Cultura
 Espanhóis: tentaram dizimar a cultura asteca;
 Os artistas > base: religião;
 As artes: principal meio de comunicação/ relato histórico;
 A pintura foi utilizada principalmente nos códices
(pequenos livros, semelhantes aos livros europeus),
responsáveis pela transmissão do conhecimento.
 No artesanato destacava-se e confecção de tecidos, objetos
de ouro e prata e artigos com pinturas.
 Religião politeísta > cultuavam
deuses da natureza (deus Sol,
Lua, Trovão, Chuva) e uma
deusa representada por uma
serpente emplumada.
www.portaldovestibulando.com
Cultura
 Escrita era representada por desenhos e símbolos;
 O calendário maia foi utilizado, mas com adaptações: tinha
um ciclo de 52 anos e se baseava no movimento do sol.
 Destacava-se também e sacrifícios humanos (com a
existência da antropofagia).
Calendário
(Tonalpohualli)
www.portaldovestibulando.com
Cultura
 Os deuses se sacrificavam todos os dias para manter o mundo
funcionando: agradecimento;
 Além de pessoas, eram sacrificados no mesmo dia muitos
coelhos, jaguares, águias e cachorros
 Acompanhado pela população: gritavam e dançavam,
estimuladas por músicas e uma bebida feita a base de cipó.
 Alguns ofereciam como sacrifício;
 As vítimas variavam de acordo
com o deus agradado
 Tlaloc, da chuva e da
plantação, eram afogadas
crianças chorando.
 Teteoinnan, deusa mãe da
Terra: mulheres jovens.
www.portaldovestibulando.com
3.3. SOCIEDADE
Estava dividida em sete partes:
 Tlatocan: 3 maiores sacerdotes e 2 governantes;
 Altos sacerdotes
 Elites dos Calpulli (bairros formados por membros do
mesmo clã)
 Duas castas Pochtecas (comerciantes) e os Toltecas
(artesãos)
 Macehualtin: moradores livres e proprietários de terras
dos Calpullis
 Tlatlacotlin: Servos (pessoas livres que trabalhavam por
dinheiro após ter perdido suas terras por dívida) - eram
destinados ao sacrifício.
www.portaldovestibulando.com
 A tríplice aliança: Texcoco, Tlacopan e Tenochtitlán.
 Tlatocan - junta governativa formada por apenas quatro
membros, geralmente todos parentes do Tlatoani e do Ciuacoatl.
 Tlatoani - chefe supremo militar e religioso.
 Ciuacoatl - dividia o poder com o Tlatoani > governava
Tenochtitlán.
 Uey Calpixqui - Magistrado importante > braço direito do
Ciuacoatl: encarregado de perambular pelos Calpulli recolhendo
impostos.
 Tlacateccatl - Magistrado, era um dos quatro componentes do
Tlatocan: general dos exércitos nas batalhas.
 Grande Conselho - indivíduos de muita importância na cidade
> Decisões eram a instância máxima nos assuntos econômicos,
políticos e militares, só não respondiam por poder judiciário.
 Guerreiros-Águia > Guerreiros-Jaguar
3.4. POLÍTICA www.portaldovestibulando.com
3.5. FIM DO IMPÉRIO
Em 1519 Hernán Cortés partiu de Cuba com o
objetivo de saquear a civilização asteca
 Os astecas imaginaram que Cortés era um Deus;
 Presentearam-no com vestimentas,
joias e ouro;
 Cortés aliou-se aos povos odiados e
dominados pelos astecas:
“libertadores”.
 Motecuhzoma Xocoyotzin
(Montezuma II) – foi morto, acusado
de traição.
 Explorados: cuatéquil.
www.portaldovestibulando.com
4. MAIAS
 Foi uma civilização que ocupou a América Central
(Mesoamericana Pré-Colombiana);
 Desenvolveram a escrita, arquitetura, etc.
 Uma das mais importantes e desenvolvidas;
 Nunca formaram um império unificado: cidade-estado.
www.portaldovestibulando.com
 A sociedade era extremamente hierarquizada.
 Organizada em clãs familiares separados (integrados por
linhagens de hierarquia distinta).
 Dividiam o poder político entre as diversas cidades-Estado,
de maneira descentralizada: cada cidade tendo sua
autoridade máxima política, junto a um conselho de sábios e
um chefe militar.
 Classes sociais: nobres, sacerdotes, chefes, militares e
administradores de impostos, população e escravos.
 Para construção de templos e manutenção de estradas, o
governo cobrava impostos em espécie (mercadorias).
4.1. ORGANIZAÇÃO SOCIAL E POLÍTICA
www.portaldovestibulando.com
4.2. ECONOMIA
Principal atividade: agricultura (milho, cacau, algodão, tomate,
batata e etc.) > Camponeses: servidão coletiva.
Técnicas de irrigação (terraços, rotação de culturas).
Não cunharam moedas > base de trocas.
A cobra representa o nível máximo de energia que um ser vivo
pode ter para fornecer aos homens.
Para a construção e manutenção de estradas (Sacbé) e templos, o
governo cobrava impostos em espécie (mercadorias).
4.3. ARQUITETURA
 A arquitetura tinha caráter cerimonial
 Ergueram pirâmides, templos, palácios, plataformas
cerimoniais.
 Os exteriores de palácios e pirâmides apresentavam
esculturas em suas decorações.
 Construções notáveis > os observatórios astronômicos e as
quadras.
4.4. MITOLOGIA
 São só três textos maias completos que sobreviveram através
dos anos.
 O Popol Vuh (ou Livro do Conselho dos Indianos quiché)
relata os mitos da criação da Terra e a criação do primeiro
homem (lama, madeira e milho).
o Os três primeiros Deuses criadores -> Gucumatz,
Huracán e Tepeu.
 Os livros de “Chilam Balam”: descrevem tradições
culturais.
 As crônicas de Chacxulubchen: mitologia.
www.portaldovestibulando.com
 Astronomia: eclipses solares e movimentos dos planetas;
 Matemática: calendário cíclico de notável precisão > são
dois calendários sobrepostos: o tzolkin, de 260 dias, e o
haab de 365 dias.
 Eles determinaram com
exatidão incrível a trajetória
de Vênus e o ano solar (365
dias, 5 hs, 48 min. e 45 seg.).
 Sistema de numeração:
tinham noção do número
zero.
 Os maias utilizavam uma
escrita hieroglífica.
4.5. CIÊNCIA E TECNOLOGIA
Alfabeto
Maia- Diego
de Landa
5. NAZCA
 A Civilização de Nazca é uma cultura pré-incaica que se
desenvolveu no sul do Peru entre 300 a.C e 800 d.C
 Conhecida pelos gigantescos geoglifos que produziu nos
desérticos altiplanos próximos a atual cidade de Nazca.
 Pré-incaica
 Posteriores aos Paracas
 A sociedade nazca era teocrática (governada pelo poder
religioso).
 Mulheres: importantes na hierarquia social > na capital
religiosa > trajes cerimoniais femininos;
 Instabilidade climática os Nazca tenderam a ser uma
sociedade seminômade.
 Cidade de Cahuachi,
considerado centro
religioso e político
5.1. SOCIEDADE
 Hábitos de sepultamento – Cahuachi: “ lugar onde vivem os
videntes”(sítio arqueológico > centro de peregrinação);
 Possuíam uma visão de mundo xamânica.
 Rituais de sacrifícios de animais e representações
antropomórficas e zoomórficas, e a ingestão de poderosos
alucinógenos, faziam parte dos ritos religiosos da sociedade.
5.2. RELIGIÃO - CRENÇAS
Sacrifício Humano >
cabeças humanas que
serviam de troféus de
guerra.
Sistema de ventilação que
levava o vento até uma rede
de canais subterrâneos.
Fundamentais para o sistema
de irrigação e canalização.
5.3. PUQUIOS
O sistema Puquio
contribuiu para a
agricultura intensiva do
vale em um dos lugares
mais secos do mundo
São várias as
interpretações sobre os
desenhos, desde
religiosas até
alienígenas
42 metros
 São geóglifos e linhas direitas no deserto Peruviano;
 São 50 Km povoados de formas geométricas;
 Somente pode ser visto do alto do céu.
5.4. AS LINHAS DE NAZCA
300 metros
42 metros
 Alienígenas?
 Astrologia: constelações?
 Indicadores de onde se
encontra a água no
subsolo?
 Oferenda para os deuses?
6. O IMPÉRIO INCA
 O Império Inca: Peru, Colômbia,
Equador, Bolívia, Chile e Argentina.
 Consolidou-se em 1438 e 1471: 1533, seu
território foi conquistado pelos espanhóis.
 O nome “Império Inca” > título do
governante recebia: INCA.
 O Inca, o imperador, era considerado filho do deus sol, Inti
(Inti Raymi). Ele concentrava todos os poderes, e era o
guardião dos bens do Estado, especialmente a terra.
 A terra era dividida em três partes:
 Terra do deus-sol, reservada aos sacerdotes
 Terra do Inca, reservada à família Imperial
 Terra para a população: garantia do próprio sustento
 Aristocracia - aqueles chefes militares designados e altos
funcionários (tinham proximidade com o Inca).
 Amautas - eram os sábios e sacerdotes.
 Curacas - eram os chefes dos territórios conquistados.
 Ayllus - eram comunidades tribais formadas por famílias
consanguíneas, cujos membros se casavam e foram
governados por chefes.
6.1. ORGANIZAÇÃO SOCIAL
 O grupo familiar era unido por vários vínculos:
 Totêmico(antepassados comuns)
 Sanguíneo(laços de parentesco)
 Territorial(ocupavam a mesma terra)
 Econômico(realizavam um trabalho
coletivo)
 O grupo familiar era conhecido como
Ayllu, que formava uma comunidade
que tinha a posse coletiva da terra e
era governada pelo curaca (o mais
idoso). Os integrantes dos Ayllu
cuidavam dos trabalhos da terra,
obras públicas e serviço militar.
6.1. ORGANIZAÇÃO SOCIAL
Organização Econômica:
A população: era obrigada a
cultivar os campos do deus-sol e
do imperador.
A base da economia era a
agricultura.
Parte da produção era estocada
para períodos de escassez.
Aumento da produção: irrigação
(tanques e canais) e adubação
(esterco de lhama e de pássaro).
6.2. ORGANIZAÇÃO ECONÔMICA
 A construção de estradas,
pontes e túneis atestam o
notável desenvolvimento inca.
 Povo Inca não conhecia a
escrita.
 Sistema de numeração
decimal chamado Quipu.
 Não dominavam o ferro e
roda;
 Terraços para o plantio;
 Machu Picchu é um dos
conjuntos arquitetônicos mais
famosos do Império Inca.
6.3. ASPECTOS CULTURAIS
QUIPU
 Politeístas: Divindades com atitudes semelhantes às
humanas recebiam oferendas, inclusive sacrifícios
humanos.
 Divindades secundárias: deuses cultuados por cada tribo;
 Havia um monte de sacerdotes liderados por um sacerdote
supremo chamado Wallac Umu.
6.4. RELIGIOSIDADE
Inti: Deus supremo. Era o deus do Sol.
Viracocha: mestre do mundo. Criou o Céu e a Terra.
Mama Quilla: esposa do deus Inti. Mãe do firmamento.
Pacha Mama: Mãe Terra: propiciar fertilidade à agricultura.
Mama Sara: deusa Mãe do Milho, principal alimento.
Wacon: Deus maligno e cruel, era o responsável pela seca na
costa do Peru > devorador de crianças
Supay: habitava as profundezas da Terra e o mundo
subterrâneo dos mortos. Considerado um demônio.
Mama Cocha: Era a deusa Mãe do Mar.
Urcuchillay: adorado por pastores > protetor dos animais.
Catequil: O deus do trovão e do relâmpago
Chasca: deusa da manhã, do crepúsculo e de Vênus. Protetora
das garotas virgens.
6.5. PRINCIPAIS DEUSES INCAS
Inti: Deus supremo. Era o deus do Sol.
Viracocha: mestre do mundo. Criou o Céu e a Terra.
Mama Quilla: esposa do deus Inti. Mãe do firmamento.
Pacha Mama: Mãe Terra: propiciar fertilidade à agricultura.
Mama Sara: deusa Mãe do Milho, principal alimento.
Wacon: Deus maligno e cruel, era o responsável pela seca na
costa do Peru > devorador de crianças
Supay: habitava as profundezas da Terra e o mundo
subterrâneo dos mortos. Considerado um demônio.
Mama Cocha: Era a deusa Mãe do Mar.
Urcuchillay: adorado por pastores > protetor dos animais.
Catequil: O deus do trovão e do relâmpago
Chasca: deusa da manhã, do crepúsculo e de Vênus. Protetora
das garotas virgens.
 Francisco Pizarro (1533) > dominou Cuzco
6.6. DOMÍNIO ESPANHOL
 A guerra civil entre os dois candidatos ao trono Atahualpa e
Huascar;
 Vitória de Atahualpa
 Pizarro preparou uma emboscada a Atahualpa
 Atahualpa ofereceu a Pizarro um quarto cheio de ouro e
outro de prata.
 Os espanhóis se apoderaram do tesouro, mas logo
executaram o Monarca.
Mita: sorteio > trabalhar
compulsoriamente: compensação
financeira de baixo valor.
Encomienda: minérios > terras =
catequese.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula fontes históricas- 6º anos
Aula fontes históricas- 6º anosAula fontes históricas- 6º anos
Aula fontes históricas- 6º anosCarlos Néri
 
Antigas civilizações
Antigas civilizações Antigas civilizações
Antigas civilizações Adail Silva
 
Neolítico revolução agrícola e as primeiras cidades
Neolítico   revolução agrícola e as primeiras cidadesNeolítico   revolução agrícola e as primeiras cidades
Neolítico revolução agrícola e as primeiras cidadesDouglas Barraqui
 
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)Nefer19
 
Civilização Maia
Civilização MaiaCivilização Maia
Civilização Maiaeiprofessor
 
Idade média
Idade médiaIdade média
Idade médiaDirair
 
REINOS AFRICANOS
REINOS AFRICANOSREINOS AFRICANOS
REINOS AFRICANOSElvisJohnR
 
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizaçõesDaniel Alves Bronstrup
 
Povoamento da américa
Povoamento da américaPovoamento da américa
Povoamento da américaZé Knust
 

Mais procurados (20)

A origem do homem
A origem do homemA origem do homem
A origem do homem
 
Aula fontes históricas- 6º anos
Aula fontes históricas- 6º anosAula fontes históricas- 6º anos
Aula fontes históricas- 6º anos
 
Pré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino MédioPré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino Médio
 
Antigas civilizações
Antigas civilizações Antigas civilizações
Antigas civilizações
 
Astecas maias e incas
Astecas maias e incasAstecas maias e incas
Astecas maias e incas
 
Neolítico revolução agrícola e as primeiras cidades
Neolítico   revolução agrícola e as primeiras cidadesNeolítico   revolução agrícola e as primeiras cidades
Neolítico revolução agrícola e as primeiras cidades
 
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
 
Índios brasileiros
Índios brasileirosÍndios brasileiros
Índios brasileiros
 
Incas , astecas e maias
Incas , astecas e maiasIncas , astecas e maias
Incas , astecas e maias
 
Civilização Maia
Civilização MaiaCivilização Maia
Civilização Maia
 
Egito Antigo
Egito AntigoEgito Antigo
Egito Antigo
 
1° ano - Grécia Antiga
1° ano -  Grécia Antiga1° ano -  Grécia Antiga
1° ano - Grécia Antiga
 
Mapa Conceitual Revoltas Regenciais
Mapa Conceitual Revoltas Regenciais  Mapa Conceitual Revoltas Regenciais
Mapa Conceitual Revoltas Regenciais
 
O que é historia
O que é historiaO que é historia
O que é historia
 
Idade média
Idade médiaIdade média
Idade média
 
República velha
República velhaRepública velha
República velha
 
1° ano império romano - completo
1° ano    império romano - completo1° ano    império romano - completo
1° ano império romano - completo
 
REINOS AFRICANOS
REINOS AFRICANOSREINOS AFRICANOS
REINOS AFRICANOS
 
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
 
Povoamento da américa
Povoamento da américaPovoamento da américa
Povoamento da américa
 

Semelhante a Sociedades pré-colombianas da Mesoamérica

Povos Pré-colombianos - Incas maias e astecas
Povos Pré-colombianos - Incas maias e astecasPovos Pré-colombianos - Incas maias e astecas
Povos Pré-colombianos - Incas maias e astecasdayvid
 
Os astecas
Os astecasOs astecas
Os astecasedna2
 
Astecas, Maias, Incas e Tupis
Astecas, Maias, Incas e TupisAstecas, Maias, Incas e Tupis
Astecas, Maias, Incas e TupisIsabel Aguiar
 
Astecas, incas e maias texto
Astecas, incas e maias textoAstecas, incas e maias texto
Astecas, incas e maias textoRenata Ramires
 
América antiga
América antigaAmérica antiga
América antigaAlan
 
2014 01-historia-civ-pre-col
2014 01-historia-civ-pre-col2014 01-historia-civ-pre-col
2014 01-historia-civ-pre-colNúcia História
 
Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01
Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01
Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01marceloamoreira
 
150 a grande civilizaçoes da america imperio asteca
150 a grande civilizaçoes da america imperio asteca150 a grande civilizaçoes da america imperio asteca
150 a grande civilizaçoes da america imperio astecacristianoperinpissolato
 
Slides astecas HISTÓRIA para 6º, 7º, 8 º ano .pdf
Slides astecas HISTÓRIA para 6º, 7º, 8 º ano .pdfSlides astecas HISTÓRIA para 6º, 7º, 8 º ano .pdf
Slides astecas HISTÓRIA para 6º, 7º, 8 º ano .pdfFabianaMatos45
 
Texto Introdutório - Os astecas
Texto Introdutório - Os astecasTexto Introdutório - Os astecas
Texto Introdutório - Os astecasLeonardo Lira
 
INCAS, MAIAS e ASTECAS.pptx
INCAS, MAIAS e ASTECAS.pptxINCAS, MAIAS e ASTECAS.pptx
INCAS, MAIAS e ASTECAS.pptxorlando343934
 
AMÉRICA PRÉ COLOMBIANA.pdf
AMÉRICA PRÉ COLOMBIANA.pdfAMÉRICA PRÉ COLOMBIANA.pdf
AMÉRICA PRÉ COLOMBIANA.pdfJULIOCARVALHO47
 

Semelhante a Sociedades pré-colombianas da Mesoamérica (20)

Civilização pre colombiana
Civilização pre colombianaCivilização pre colombiana
Civilização pre colombiana
 
Pré colombianos
Pré colombianosPré colombianos
Pré colombianos
 
Povos Pré-colombianos - Incas maias e astecas
Povos Pré-colombianos - Incas maias e astecasPovos Pré-colombianos - Incas maias e astecas
Povos Pré-colombianos - Incas maias e astecas
 
Os astecas
Os astecasOs astecas
Os astecas
 
Incas e astecas apostila
Incas e astecas apostilaIncas e astecas apostila
Incas e astecas apostila
 
ASTECAS.pptx
ASTECAS.pptxASTECAS.pptx
ASTECAS.pptx
 
Astecas, Maias, Incas e Tupis
Astecas, Maias, Incas e TupisAstecas, Maias, Incas e Tupis
Astecas, Maias, Incas e Tupis
 
Astecas
AstecasAstecas
Astecas
 
Astecas, incas e maias texto
Astecas, incas e maias textoAstecas, incas e maias texto
Astecas, incas e maias texto
 
América antiga
América antigaAmérica antiga
América antiga
 
2014 01-historia-civ-pre-col
2014 01-historia-civ-pre-col2014 01-historia-civ-pre-col
2014 01-historia-civ-pre-col
 
Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01
Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01
Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01
 
Apostila 1
Apostila 1Apostila 1
Apostila 1
 
150 a grande civilizaçoes da america imperio asteca
150 a grande civilizaçoes da america imperio asteca150 a grande civilizaçoes da america imperio asteca
150 a grande civilizaçoes da america imperio asteca
 
Slides astecas HISTÓRIA para 6º, 7º, 8 º ano .pdf
Slides astecas HISTÓRIA para 6º, 7º, 8 º ano .pdfSlides astecas HISTÓRIA para 6º, 7º, 8 º ano .pdf
Slides astecas HISTÓRIA para 6º, 7º, 8 º ano .pdf
 
Texto Introdutório - Os astecas
Texto Introdutório - Os astecasTexto Introdutório - Os astecas
Texto Introdutório - Os astecas
 
INCAS, MAIAS e ASTECAS.pptx
INCAS, MAIAS e ASTECAS.pptxINCAS, MAIAS e ASTECAS.pptx
INCAS, MAIAS e ASTECAS.pptx
 
AMÉRICA PRÉ COLOMBIANA.pdf
AMÉRICA PRÉ COLOMBIANA.pdfAMÉRICA PRÉ COLOMBIANA.pdf
AMÉRICA PRÉ COLOMBIANA.pdf
 
Pré colombianos: maias, astecas, incas
Pré colombianos: maias, astecas, incasPré colombianos: maias, astecas, incas
Pré colombianos: maias, astecas, incas
 
Maias e incas
Maias e incasMaias e incas
Maias e incas
 

Mais de Portal do Vestibulando

Idade Média - Feudalismo - Reino Franco
Idade Média - Feudalismo - Reino FrancoIdade Média - Feudalismo - Reino Franco
Idade Média - Feudalismo - Reino FrancoPortal do Vestibulando
 
Ditadura militar anos de chumbo (1964-1985)
Ditadura militar   anos de chumbo (1964-1985)Ditadura militar   anos de chumbo (1964-1985)
Ditadura militar anos de chumbo (1964-1985)Portal do Vestibulando
 
Período entre guerras - crise de 1929 - nazifascismo
Período entre guerras - crise de 1929 - nazifascismoPeríodo entre guerras - crise de 1929 - nazifascismo
Período entre guerras - crise de 1929 - nazifascismoPortal do Vestibulando
 
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoBrasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoPortal do Vestibulando
 
África nos tempos de tráfico atlântico
África nos tempos de tráfico atlânticoÁfrica nos tempos de tráfico atlântico
África nos tempos de tráfico atlânticoPortal do Vestibulando
 
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoBrasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoPortal do Vestibulando
 
Brasil Colônia: revoltas nativistas e separatistas
Brasil Colônia: revoltas nativistas e separatistasBrasil Colônia: revoltas nativistas e separatistas
Brasil Colônia: revoltas nativistas e separatistasPortal do Vestibulando
 
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoBrasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoPortal do Vestibulando
 
Cuca Vestibulares - Maratona PSC 1 - Manaus
Cuca Vestibulares - Maratona PSC 1 - ManausCuca Vestibulares - Maratona PSC 1 - Manaus
Cuca Vestibulares - Maratona PSC 1 - ManausPortal do Vestibulando
 

Mais de Portal do Vestibulando (20)

Idade Média - Feudalismo - Reino Franco
Idade Média - Feudalismo - Reino FrancoIdade Média - Feudalismo - Reino Franco
Idade Média - Feudalismo - Reino Franco
 
Independência dos EUA
Independência dos EUAIndependência dos EUA
Independência dos EUA
 
Ditadura militar anos de chumbo (1964-1985)
Ditadura militar   anos de chumbo (1964-1985)Ditadura militar   anos de chumbo (1964-1985)
Ditadura militar anos de chumbo (1964-1985)
 
07 revolução mexicana
07   revolução mexicana07   revolução mexicana
07 revolução mexicana
 
Período entre guerras - crise de 1929 - nazifascismo
Período entre guerras - crise de 1929 - nazifascismoPeríodo entre guerras - crise de 1929 - nazifascismo
Período entre guerras - crise de 1929 - nazifascismo
 
Guerra Fria - Atualizada
Guerra Fria - AtualizadaGuerra Fria - Atualizada
Guerra Fria - Atualizada
 
Nova República
Nova RepúblicaNova República
Nova República
 
Senhora
SenhoraSenhora
Senhora
 
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoBrasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
 
Questão Palestina
Questão PalestinaQuestão Palestina
Questão Palestina
 
Descolonização afro-asiática
Descolonização afro-asiáticaDescolonização afro-asiática
Descolonização afro-asiática
 
África nos tempos de tráfico atlântico
África nos tempos de tráfico atlânticoÁfrica nos tempos de tráfico atlântico
África nos tempos de tráfico atlântico
 
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoBrasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
 
Brasil Colônia: revoltas nativistas e separatistas
Brasil Colônia: revoltas nativistas e separatistasBrasil Colônia: revoltas nativistas e separatistas
Brasil Colônia: revoltas nativistas e separatistas
 
Brasil: Economia Colonial
Brasil: Economia ColonialBrasil: Economia Colonial
Brasil: Economia Colonial
 
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoBrasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
 
Cuca Vestibulares - Maratona PSC 1 - Manaus
Cuca Vestibulares - Maratona PSC 1 - ManausCuca Vestibulares - Maratona PSC 1 - Manaus
Cuca Vestibulares - Maratona PSC 1 - Manaus
 
Religiões de matriz africana
Religiões de matriz africanaReligiões de matriz africana
Religiões de matriz africana
 
Morfologia - Classes Gramaticais
Morfologia - Classes GramaticaisMorfologia - Classes Gramaticais
Morfologia - Classes Gramaticais
 

Último

ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamentalgeone480617
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 

Último (20)

ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 

Sociedades pré-colombianas da Mesoamérica

  • 3. 1. OLMECAS • Civilização-mãe. • Origem: entre ano 1500 a 400 a.C. • Litoral do Golfo do México; • Civilização-mãe; • População: 350 mil pessoas • O nome “Olmeca” significa “povo de borracha” > candidatos ao título de inventores do TLACHTLI. www.portaldovestibulando.com
  • 4. • Organização política centralizada, hierarquizada; • Podem ter sido a primeira civilização do hemisfério ocidental a desenvolver um sistema de escrita •Organização social: minoria (artificies de elite e sacerdotes) e uma maioria do povo (camponeses); •Cabeças colossais e outras esculturas são representações de governantes •Núcleos urbanos principais: San Lorenzo e La Venta 1.1.OLMECAS: ORGANIZAÇÃO POLÍTICA E SOCIAL www.portaldovestibulando.com
  • 5. 1.2.OLMECAS: ECONOMIA • Agricultura (coivara) era a base da economia: milho, feijão, abóbora e chili. • A caça e pesca complementava a dieta. • As práticas comerciais tornaram a sociedade hierarquizada, com sofisticada organização política e social. • Havia migração entre as cidades. www.portaldovestibulando.com
  • 6. 1.3. OLMECAS: RELIGIÃO • Sacerdotes/Governantes: mais importantes figuras religiosas > poder. • Xamãs: "aquele que enxerga no escuro“. • Quetzalcóatl ("serpente emplumada“): representa as energias telúricas que ascendem > representa a vida, a abundância da vegetação, o alimento físico e espiritual para o povo que a cultua ou o indivíduo que tenta uma ascese espiritual. www.portaldovestibulando.com
  • 7. 2. TOLTECAS • Dominaram grande parte do México central entre os séculos X e XII. • Chichimecas, povo bárbaro que deu origem posteriormente ao Império Asteca, provocou a queda do Império Tolteca (séc. XII). • Cidade principal: Tollan-Xicocotitlan > Tula www.portaldovestibulando.com
  • 8. 2.1. ARQUITETURA E ESCULTURA Pirâmide B: "Atlantis", 4,60m > Esculturas antropomórficas: teto (Tollan-Xicocotitlan). Decorados com penas e mosaicos de joias > representava o guerreiro Mixcoatl (pai de Quetzalcoatl). Áreas residenciais: diferentes bairros. Residências palacianas. www.portaldovestibulando.com
  • 9. • Dominada por dois grandes orixás:  Quetzalcoatl: serpente emplumada > divindade de aprendizagem, cultura, filosofia, fertilidade, santidade e gentileza  Tezcatlipoca (rival de Quetzalcoatl): conhecido por sua natureza guerreira e da tirania. 2.2. RELIGIÃO • O maior governante dos toltecas era Ce Acatl Topiltzin: líder e sumo sacerdote de Quetzacoatl > Lenda • Astecas atribuíam a chegada dos espanhóis como o retorno do Topiltzin, um evento que temiam grandemente. Quetzalcoatl e Tezcatlipoca www.portaldovestibulando.com
  • 10. 2.3. CULTURA •Conhecimentos sobre Medicina e Astronomia; Criaram o primeiro o primeiro sistema de correios da região. OS QUATRO COMPROMISSOS TOLTECAS 1º > Seja Impecável Com Sua Palavra. 2º Compromisso: Não Leve Nada Para o Lado Pessoal 3º Compromisso: Não Tire Conclusões 4º Compromisso: Dê Sempre o Melhor de Si www.portaldovestibulando.com
  • 11. 2.4. TOLTECAS: ORGANIZAÇÃO SOCIOPOLÍTICA  Governo sacerdotal > Militarista  Guerreiros enfeitados como deuses: grupo social dominante.  Sociedade foi dividida em duas classes:  Os hierarcas integrados militares, funcionários, o governante supremo e os sacerdotes.  A classe mais baixa ou explorado foi composta por trabalhadores agrícolas e artesãos.  Por volta de 1160, a cidade estava quase completamente despovoada: secas, guerras e conflitos internos.  A chegada dos chichimecas: queda do império. www.portaldovestibulando.com
  • 12. 3. ASTECAS  Localizava-se na Mesoamérica, onde hoje se localiza grande parte do México.  Região era muito marcada por abalos sísmicos.  O Império Asteca não tinha uma formação homogênea. www.portaldovestibulando.com
  • 13. 3.1. ECONOMIA  A economia baseada na agricultura e no comércio;  Povo guerreiro: cobravam tributos dos dominados;  Culturas: milho, pimenta, cacau, tomate e feijão;  Técnica de plantio mais utilizada: chinampas;  Domesticavam animais: peru e cães;  A caça e a pesca tinham menor importância;  Os poderosos mercadores, pochtecas (detinham o monopólio do comércio exterior de luxo);  Utilizavam o cacau como moeda corrente.  Entre os produtos artesanais destacavam-se: tecidos, cerâmicas, objetos de ouro, prata e cobre. www.portaldovestibulando.com
  • 15. 3.2. Cultura  Espanhóis: tentaram dizimar a cultura asteca;  Os artistas > base: religião;  As artes: principal meio de comunicação/ relato histórico;  A pintura foi utilizada principalmente nos códices (pequenos livros, semelhantes aos livros europeus), responsáveis pela transmissão do conhecimento.  No artesanato destacava-se e confecção de tecidos, objetos de ouro e prata e artigos com pinturas.  Religião politeísta > cultuavam deuses da natureza (deus Sol, Lua, Trovão, Chuva) e uma deusa representada por uma serpente emplumada. www.portaldovestibulando.com
  • 16. Cultura  Escrita era representada por desenhos e símbolos;  O calendário maia foi utilizado, mas com adaptações: tinha um ciclo de 52 anos e se baseava no movimento do sol.  Destacava-se também e sacrifícios humanos (com a existência da antropofagia). Calendário (Tonalpohualli) www.portaldovestibulando.com
  • 17. Cultura  Os deuses se sacrificavam todos os dias para manter o mundo funcionando: agradecimento;  Além de pessoas, eram sacrificados no mesmo dia muitos coelhos, jaguares, águias e cachorros  Acompanhado pela população: gritavam e dançavam, estimuladas por músicas e uma bebida feita a base de cipó.  Alguns ofereciam como sacrifício;  As vítimas variavam de acordo com o deus agradado  Tlaloc, da chuva e da plantação, eram afogadas crianças chorando.  Teteoinnan, deusa mãe da Terra: mulheres jovens. www.portaldovestibulando.com
  • 18. 3.3. SOCIEDADE Estava dividida em sete partes:  Tlatocan: 3 maiores sacerdotes e 2 governantes;  Altos sacerdotes  Elites dos Calpulli (bairros formados por membros do mesmo clã)  Duas castas Pochtecas (comerciantes) e os Toltecas (artesãos)  Macehualtin: moradores livres e proprietários de terras dos Calpullis  Tlatlacotlin: Servos (pessoas livres que trabalhavam por dinheiro após ter perdido suas terras por dívida) - eram destinados ao sacrifício. www.portaldovestibulando.com
  • 19.  A tríplice aliança: Texcoco, Tlacopan e Tenochtitlán.  Tlatocan - junta governativa formada por apenas quatro membros, geralmente todos parentes do Tlatoani e do Ciuacoatl.  Tlatoani - chefe supremo militar e religioso.  Ciuacoatl - dividia o poder com o Tlatoani > governava Tenochtitlán.  Uey Calpixqui - Magistrado importante > braço direito do Ciuacoatl: encarregado de perambular pelos Calpulli recolhendo impostos.  Tlacateccatl - Magistrado, era um dos quatro componentes do Tlatocan: general dos exércitos nas batalhas.  Grande Conselho - indivíduos de muita importância na cidade > Decisões eram a instância máxima nos assuntos econômicos, políticos e militares, só não respondiam por poder judiciário.  Guerreiros-Águia > Guerreiros-Jaguar 3.4. POLÍTICA www.portaldovestibulando.com
  • 20. 3.5. FIM DO IMPÉRIO Em 1519 Hernán Cortés partiu de Cuba com o objetivo de saquear a civilização asteca  Os astecas imaginaram que Cortés era um Deus;  Presentearam-no com vestimentas, joias e ouro;  Cortés aliou-se aos povos odiados e dominados pelos astecas: “libertadores”.  Motecuhzoma Xocoyotzin (Montezuma II) – foi morto, acusado de traição.  Explorados: cuatéquil. www.portaldovestibulando.com
  • 21. 4. MAIAS  Foi uma civilização que ocupou a América Central (Mesoamericana Pré-Colombiana);  Desenvolveram a escrita, arquitetura, etc.  Uma das mais importantes e desenvolvidas;  Nunca formaram um império unificado: cidade-estado. www.portaldovestibulando.com
  • 22.  A sociedade era extremamente hierarquizada.  Organizada em clãs familiares separados (integrados por linhagens de hierarquia distinta).  Dividiam o poder político entre as diversas cidades-Estado, de maneira descentralizada: cada cidade tendo sua autoridade máxima política, junto a um conselho de sábios e um chefe militar.  Classes sociais: nobres, sacerdotes, chefes, militares e administradores de impostos, população e escravos.  Para construção de templos e manutenção de estradas, o governo cobrava impostos em espécie (mercadorias). 4.1. ORGANIZAÇÃO SOCIAL E POLÍTICA www.portaldovestibulando.com
  • 23. 4.2. ECONOMIA Principal atividade: agricultura (milho, cacau, algodão, tomate, batata e etc.) > Camponeses: servidão coletiva. Técnicas de irrigação (terraços, rotação de culturas). Não cunharam moedas > base de trocas. A cobra representa o nível máximo de energia que um ser vivo pode ter para fornecer aos homens. Para a construção e manutenção de estradas (Sacbé) e templos, o governo cobrava impostos em espécie (mercadorias).
  • 24. 4.3. ARQUITETURA  A arquitetura tinha caráter cerimonial  Ergueram pirâmides, templos, palácios, plataformas cerimoniais.  Os exteriores de palácios e pirâmides apresentavam esculturas em suas decorações.  Construções notáveis > os observatórios astronômicos e as quadras.
  • 25. 4.4. MITOLOGIA  São só três textos maias completos que sobreviveram através dos anos.  O Popol Vuh (ou Livro do Conselho dos Indianos quiché) relata os mitos da criação da Terra e a criação do primeiro homem (lama, madeira e milho). o Os três primeiros Deuses criadores -> Gucumatz, Huracán e Tepeu.  Os livros de “Chilam Balam”: descrevem tradições culturais.  As crônicas de Chacxulubchen: mitologia. www.portaldovestibulando.com
  • 26.  Astronomia: eclipses solares e movimentos dos planetas;  Matemática: calendário cíclico de notável precisão > são dois calendários sobrepostos: o tzolkin, de 260 dias, e o haab de 365 dias.  Eles determinaram com exatidão incrível a trajetória de Vênus e o ano solar (365 dias, 5 hs, 48 min. e 45 seg.).  Sistema de numeração: tinham noção do número zero.  Os maias utilizavam uma escrita hieroglífica. 4.5. CIÊNCIA E TECNOLOGIA
  • 28. 5. NAZCA  A Civilização de Nazca é uma cultura pré-incaica que se desenvolveu no sul do Peru entre 300 a.C e 800 d.C  Conhecida pelos gigantescos geoglifos que produziu nos desérticos altiplanos próximos a atual cidade de Nazca.
  • 29.  Pré-incaica  Posteriores aos Paracas  A sociedade nazca era teocrática (governada pelo poder religioso).  Mulheres: importantes na hierarquia social > na capital religiosa > trajes cerimoniais femininos;  Instabilidade climática os Nazca tenderam a ser uma sociedade seminômade.  Cidade de Cahuachi, considerado centro religioso e político 5.1. SOCIEDADE
  • 30.  Hábitos de sepultamento – Cahuachi: “ lugar onde vivem os videntes”(sítio arqueológico > centro de peregrinação);  Possuíam uma visão de mundo xamânica.  Rituais de sacrifícios de animais e representações antropomórficas e zoomórficas, e a ingestão de poderosos alucinógenos, faziam parte dos ritos religiosos da sociedade. 5.2. RELIGIÃO - CRENÇAS Sacrifício Humano > cabeças humanas que serviam de troféus de guerra.
  • 31. Sistema de ventilação que levava o vento até uma rede de canais subterrâneos. Fundamentais para o sistema de irrigação e canalização. 5.3. PUQUIOS O sistema Puquio contribuiu para a agricultura intensiva do vale em um dos lugares mais secos do mundo
  • 32. São várias as interpretações sobre os desenhos, desde religiosas até alienígenas 42 metros  São geóglifos e linhas direitas no deserto Peruviano;  São 50 Km povoados de formas geométricas;  Somente pode ser visto do alto do céu. 5.4. AS LINHAS DE NAZCA 300 metros 42 metros  Alienígenas?  Astrologia: constelações?  Indicadores de onde se encontra a água no subsolo?  Oferenda para os deuses?
  • 33. 6. O IMPÉRIO INCA  O Império Inca: Peru, Colômbia, Equador, Bolívia, Chile e Argentina.  Consolidou-se em 1438 e 1471: 1533, seu território foi conquistado pelos espanhóis.  O nome “Império Inca” > título do governante recebia: INCA.
  • 34.  O Inca, o imperador, era considerado filho do deus sol, Inti (Inti Raymi). Ele concentrava todos os poderes, e era o guardião dos bens do Estado, especialmente a terra.  A terra era dividida em três partes:  Terra do deus-sol, reservada aos sacerdotes  Terra do Inca, reservada à família Imperial  Terra para a população: garantia do próprio sustento  Aristocracia - aqueles chefes militares designados e altos funcionários (tinham proximidade com o Inca).  Amautas - eram os sábios e sacerdotes.  Curacas - eram os chefes dos territórios conquistados.  Ayllus - eram comunidades tribais formadas por famílias consanguíneas, cujos membros se casavam e foram governados por chefes. 6.1. ORGANIZAÇÃO SOCIAL
  • 35.  O grupo familiar era unido por vários vínculos:  Totêmico(antepassados comuns)  Sanguíneo(laços de parentesco)  Territorial(ocupavam a mesma terra)  Econômico(realizavam um trabalho coletivo)  O grupo familiar era conhecido como Ayllu, que formava uma comunidade que tinha a posse coletiva da terra e era governada pelo curaca (o mais idoso). Os integrantes dos Ayllu cuidavam dos trabalhos da terra, obras públicas e serviço militar. 6.1. ORGANIZAÇÃO SOCIAL
  • 36. Organização Econômica: A população: era obrigada a cultivar os campos do deus-sol e do imperador. A base da economia era a agricultura. Parte da produção era estocada para períodos de escassez. Aumento da produção: irrigação (tanques e canais) e adubação (esterco de lhama e de pássaro). 6.2. ORGANIZAÇÃO ECONÔMICA
  • 37.  A construção de estradas, pontes e túneis atestam o notável desenvolvimento inca.  Povo Inca não conhecia a escrita.  Sistema de numeração decimal chamado Quipu.  Não dominavam o ferro e roda;  Terraços para o plantio;  Machu Picchu é um dos conjuntos arquitetônicos mais famosos do Império Inca. 6.3. ASPECTOS CULTURAIS
  • 38. QUIPU
  • 39.  Politeístas: Divindades com atitudes semelhantes às humanas recebiam oferendas, inclusive sacrifícios humanos.  Divindades secundárias: deuses cultuados por cada tribo;  Havia um monte de sacerdotes liderados por um sacerdote supremo chamado Wallac Umu. 6.4. RELIGIOSIDADE
  • 40. Inti: Deus supremo. Era o deus do Sol. Viracocha: mestre do mundo. Criou o Céu e a Terra. Mama Quilla: esposa do deus Inti. Mãe do firmamento. Pacha Mama: Mãe Terra: propiciar fertilidade à agricultura. Mama Sara: deusa Mãe do Milho, principal alimento. Wacon: Deus maligno e cruel, era o responsável pela seca na costa do Peru > devorador de crianças Supay: habitava as profundezas da Terra e o mundo subterrâneo dos mortos. Considerado um demônio. Mama Cocha: Era a deusa Mãe do Mar. Urcuchillay: adorado por pastores > protetor dos animais. Catequil: O deus do trovão e do relâmpago Chasca: deusa da manhã, do crepúsculo e de Vênus. Protetora das garotas virgens. 6.5. PRINCIPAIS DEUSES INCAS Inti: Deus supremo. Era o deus do Sol. Viracocha: mestre do mundo. Criou o Céu e a Terra. Mama Quilla: esposa do deus Inti. Mãe do firmamento. Pacha Mama: Mãe Terra: propiciar fertilidade à agricultura. Mama Sara: deusa Mãe do Milho, principal alimento. Wacon: Deus maligno e cruel, era o responsável pela seca na costa do Peru > devorador de crianças Supay: habitava as profundezas da Terra e o mundo subterrâneo dos mortos. Considerado um demônio. Mama Cocha: Era a deusa Mãe do Mar. Urcuchillay: adorado por pastores > protetor dos animais. Catequil: O deus do trovão e do relâmpago Chasca: deusa da manhã, do crepúsculo e de Vênus. Protetora das garotas virgens.
  • 41.  Francisco Pizarro (1533) > dominou Cuzco 6.6. DOMÍNIO ESPANHOL  A guerra civil entre os dois candidatos ao trono Atahualpa e Huascar;  Vitória de Atahualpa  Pizarro preparou uma emboscada a Atahualpa  Atahualpa ofereceu a Pizarro um quarto cheio de ouro e outro de prata.  Os espanhóis se apoderaram do tesouro, mas logo executaram o Monarca. Mita: sorteio > trabalhar compulsoriamente: compensação financeira de baixo valor. Encomienda: minérios > terras = catequese.