Imigração Japonesa - Brasil e Amazônia

10.036 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.036
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7.687
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
61
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Imigração Japonesa - Brasil e Amazônia

  1. 1. AYUME MATSUI
  2. 2. Imperador Mitsuhito A Era Meiji teve seu marco com a introdução da Carta de Juramentos de Cinco Artigos, em Março de 1868.
  3. 3. A primeira leva de imigrantes chegou ao Brasil no dia 18 de junho de 1908. Kasato Maru
  4. 4. No Japão várias propagandas eram elaboradas, incentivando a vinda dos japoneses para o Brasil, mas muitas informações que eram prometidas não eram verdadeiras.
  5. 5. Chegando no Brasil, as crianças tinham seus documentos renovados, a data de nascimento de crianças com 3 anos ou menos era renovada como se elas tivessem nascido no ano que chegaram no Brasil.
  6. 6. Um acordo no ano de 1926 fez com que o Amazonas e o Pará fossem incluídos como receptores de imigrantes japoneses.
  7. 7. A primeira leva de imigrantes japoneses na Amazônia chegou em 1929. Vieram trabalhar no guaraná, mas o trabalho não era lucrativo e a maioria das famílias que vieram para Belém voltaram para São Paulo.
  8. 8. No dia 21 de junho de 1931, saiu o primeiro navio de Tóquio em direção a Amazônia, com 38 alunos de botânica.
  9. 9. No dia 21 de outubro de 1930, a comunidade que era conhecida como Vila Batista, ficou conhecida como Vila Amazônia.
  10. 10. Existia apenas um hospital na Vila Amazônia e apenas um médico sabia falar a língua japonesa, o Dr. Toda.
  11. 11. Praticamente não existiam lugares onde os japoneses pudessem praticar os hábitos que eram comuns no Japão. Só realizavam algum tipo de comemoração nos casamentos.
  12. 12. O Objetivo era criar um pequeno Japão dentro da Amazônia.
  13. 13. O espaço de tempo entre a vinda dos imigrantes japoneses para a Amazônia era de mais ou menos dois anos. Sete remessas de imigrantes foram feitas entre os anos de 1931 e 1942.
  14. 14. Algumas famílias ganhavam terras dos índios e começavam a cultivar legumes e verduras. Fora da Vila Amazônia alguns japoneses conseguiram se manter e até enriqueceram com a venda de verduras.
  15. 15. Alguns japoneses optaram por ficar na Vila Amazônia, mas outros resolveram migrar para novas terras dentro da Amazônia.
  16. 16. No dia 18 de abril de 1938, o decreto de nº 383 determinou várias proibições aos estrangeiros.
  17. 17. Em São Paulo os japoneses foram expulsos das fazendas e tiveram de ir para lugares desconhecidos.
  18. 18. • Com a explosão da Segunda Guerra Mundial, os japoneses foram perseguidos, muitos foram torturados e milhares foram mortos. Naquela época era proibido qualquer japonês falar a língua japonesa, não podiam haver reuniões entre os japoneses; qualquer tipo de arma, mapa e rádio que fosse encontrado nas casas de qualquer japonês, este seria apreendido e a família sofreria punições, pois o governo acreditava que os japoneses daqui do Brasil estavam passando informações para o Japão.
  19. 19. • Os japoneses passaram praticamente 4 anos escondidos, não podiam se rebelar, mas no final milhares de japoneses acabaram sendo presos, pois eram muito fanáticos em relação ao Japão. Muitos não conseguiram acreditar, aceitar que o Japão havia perdido e com isso muitos japoneses acabaram matando pessoas que falavam que o Japão havia perdido a guerra. A derrota do Japão era humilhante para os japoneses.
  20. 20. • Com o fim da Segunda Guerra Mundial o Brasil, depois de muitas discussões, aceitou novamente a vinda de imigrantes japoneses. Com isso, os japoneses puderam deixar seus esconderijos e voltar para a vida em sociedade.

×