Clima, vegetação e hidrografia do Amazonas

10.834 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.834
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
77
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Clima, vegetação e hidrografia do Amazonas

  1. 1. O Amazonas no contexto Regional e Nacional
  2. 2. HIDROGRAFIA DO AMAZONAS  O Território amazonense é formado pelo Rio Amazonas     e seus afluentes. Considerado o maior rio do mundo . (6.885 Km de extensão) Em volume de água ( 190 metros cúbicos por segundo) O Rio Amazonas e seus afluentes são alimentados por dois regimes : O pluvial (chuvas) e o Nival (derretimento gelo dos andes) Encontro das águas – encontro das águas do Rio Negro e do Rio Solimões
  3. 3. HIDROGRAFIA  PEQUENOS CURSOS D´ÁGUA  FUROS- Unem os rios entre si ou rios aos lagos  IGARAPÉS – Ligam-se aos rios e possuem nascente próprias PARANÁS – Braços de rios que contornam as ilhas
  4. 4. HIDROGRAFIA ENCONTRO DAS ÁGUAS – Por mais de 6 Km as águas dos dois rios correm lado a lado misturando-se aos poucos. Os Rios negro e Solimões possuem temperaturas diferente, Negro 22 C e o Solimões 28 C. No Amazonas existem lagos temporários que só aparecem no inverno (chuvas), a grande maioria é permanente. A maior ilha fluvial é a Tupinambarana , em Parintins. Maiores arquipélagos do mundo , o de Anavilhanas no município de Novo Airão.
  5. 5. HIDROGRAFIA  Os Afluentes do Rio Amazonas em nosso Estado são:  Margem Direita – Javari, Jutaí, Juruá, Tefé, Coari, Purus e Madeira  Margem esquerda – Içá, Japurá, Negro, Nhamundá, Uatumã e Urubu
  6. 6. CLIMA DO AMAZONAS  Equatorial quente e úmido  Está localizado entre os trópicos de Câncer e     Capricórnio Cortado pela linha do Equador Meses mais quentes ( Agosto , Setembro e Outubro) Marcados pelas altas temperaturas, devido da radiação solar nesta área, que é a mais quente do Planeta. Temperaturas média 25 a 27 graus
  7. 7. FLORESTA EQUATORIAL  Floresta amazônica é do tipo pluvial, depende das chuvas.  Grande biodiversidade de plantas e animais  Matas de Igapós- vegetação de terras baixas, sempre inundadas, predominando plantas aquáticas.  Podemos encontrar as orquídeas, bromélias e a famosa vitória-régia
  8. 8. FLORESTA EQUATORIAL  Matas de várzea – é a vegetação alagada durante o período das cheias, área boas para as plantações. Localizadas ao longo dos rios, presença de arbustos e cipós que tornam difícil a penetração no seu interior.
  9. 9. FLORESTA EQUATORIAL
  10. 10. FLORESTA EQUATORIAL  Matas de Terra Firme – são terras não atingidas pelas cheias. Apresenta árvores de grande porte, seu símbolo é a castanheira.  São consideradas a maior do gênero no mundo , suas folhas são grandes e largas (latifoliadas), estão sempre verdes, nunca perdendo as folhas.
  11. 11. Solo O solo da floresta amazônica é em geral bastante arenoso. Possui uma fina camada de nutrientes que se forma a partir da decomposição de folhas, frutos e animais mortos. Esta camada é rica em húmus, matéria orgânica muito importante para algumas espécies de plantas da região. Em áreas desmatadas, as fortes chuvas "lavam" o solo, carregando seus nutrientes. É o chamado processo de lixiviação, que deixa os solos amazônicos ainda mais pobres. Apenas 14% de todo o território pode ser considerado fértil para a agricultura. Mas se apenas essa pequena parte é fértil, como existem tantas árvores? Aqui está um dos pontos essenciais para o equilíbrio do ecossistema. Neste processo a camada de húmus tem um papel fundamental. Além disso, os poucos nutrientes presentes no solo são rapidamente absorvidos pelas raízes das árvores, e estas plantas, por sua vez, tornam a liberar nutrientes para enriquecimento do solo. Trata-se de uma constante reciclagem de nutrientes.
  12. 12. ESTADOS DA REGIÃO NORTE  AMAZONAS – MANAUS – AM  PARÁ – BELÉM – PA  AMAPÁ – MACAPÁ – AP  TOCANTINS – PALMAS – TO  RORAIMA – BOAVISTA – RR  RONDÔNIA – PORTO VELHO – RO  ACRE- BOAVISTA - AC

×