O slideshow foi denunciado.

01 colônia - expansão da colonização

9.110 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

01 colônia - expansão da colonização

  1. 1. Expansão daColonização
  2. 2. Expansão da Colonização Durante a União Ibérica, a colonização portuguesa naAmérica foi alvo de constantes investidas de holandeses,franceses, e ingleses. A investida mais importante eduradoura foi a dos holandeses que ocuparam Pernambuco– principal região açucareira. Já os ingleses e francesesvoltaram-se para o comércio do pau-brasil no litoral, mastambém realizaram expedições à Amazônia, na esperançade alcançar minas ricas peruanas. As autoridades ibéricasforam obrigadas a reagir e daí o movimento de conquista deterritório.
  3. 3. Batalha dos Guararapes: A vitoria das forças fiéis a CoroaPortuguesa foi um momento decisivo naguerra contra os holandeses no nordesteda América Portuguesa
  4. 4. Defesa do Território  União Ibérica Em 1580, encerrou-se um importante ciclo da históriaportuguesa com a morte de D. Henrique, o último monarcada dinastia Avis. Nesse mesmo ano, Filipe II apoderou-sedo trono Português, e durante 60 anos o território dePortugal e de todas as suas colônias foram reunidos aoImpério espanhol formando a União Ibérica.
  5. 5.  Holandeses na América Portuguesa A principal consequência da União Ibérica para a AméricaPortuguesa foi invasão Holandesa. Eles desembarcaram primeiroem Salvador, sede do governo geral, mas no ano seguinte foramexpulsos.A Holanda em guerracom a Espanha queria ainvasão da AméricaPortuguesa pra voltar aparticipar do lucrativonegócio do açúcar. Nemmesmo o fim da UniãoIbérica fez osholandeses abandonar ocontrole sobre o negócioaçucareiro.
  6. 6.  A ameaça francesaEm 1555 uma esquadrafrancesa liderada por Nicolaude Villegaignon invadiu a baíada Guanabara com objetivo deestabelecer ali uma colônia depovoamento - a FrançaAntártica. Depois de 12 anosde luta, as forças invasorasforam expulsas pelas tropaslideradas por Manoel de Sá.Anos mais tarde fizeram novainvestida, dessa vez noMaranhão; passados 3 anosforam expulsos pelas tropasportuguesas.
  7. 7. Conquista do norte-nordeste Guerras de Conquista no norte da colôniaNa década de 1580, as primeiras iniciativas das autoridadesIbéricas voltaram-se para a conquista de uma importante região:uma faixa de terra que fica entre Salvador e Pernambuco.Na década de 1590, a ocupação doterritório da colônia prosseguiu pelacosta nordestina em direção ao norte.Na esteira das vitórias portuguesasforam criadas fortificações que deramorigem a núcleos urbanos: NossaSenhora das Neves deu origem acidade de Paraíba; Forte dos ReisMagos a cidade de Natal; NossaSenhora de Assunções a atual capital Índios Caetésdo Ceará.
  8. 8.  O controle do vele amazônicoO vale amazônico foi alvo da última etapa do movimento deconquista da época da União Ibérica. O controle da Amazôniainteressava particularmente aos Espanhóis, pois seria uma formade criar barreiras e impedir os aventureiros europeus de alcançaras ricas minas peruanas. Tendo como início o Forte do Presépio,as tropas coloniais realizaram várias expedições militares contraos invasores, além de enfrentar a hostilidade dos Tupinambás. Expedição de Pedro Teixeira
  9. 9. As missões na região amazônica e a expedição de Pedro Teixeira
  10. 10. A Ação Bandeirante Rumo ao interior da ColôniaNo séc. XVII, enquanto sertanistas e missionários avançavam pela costa nordestina, no interior amazônico esse papel desbravador coube aos bandeirantes paulistas. O centro do movimento bandeirante foi o povoamento de São Paulo. As bandeiras dos paulistas saiam em busca dos sonhados metais preciosos, mas enquanto não achavam o Eldorado, o bandeirantismo caracterizou-se pelo apresamento indígena.
  11. 11. Ataques às Missões JesuítasO principal alvo dosbandeirantes foram asmissões dos jesuítasespanhóis onde seconcentrava um grandenúmero de índios. Um marcodo processo foi a grandebandeira comandada porManoel Preto e AntonioRaposo, formadas por 900mamelucos e 2 mil índios. Aexperiência adquirida na caçaaos índios passou a servalorizada no combate aosrebeldes e aos quilombos .
  12. 12. Domingos Jorge Velho- comandou a luta contra o Quilombo dos Palmares (1690 a 1695).
  13. 13. Caminhos do GadoA criação do gado também foi outro vetor de grandeimportância para a expansão do território da AméricaPortuguesa. Essa atividade econômica era voltada pra oabastecimento do interior da colônia.Nos caminhos do gado foramsurgindo feiras, povoados euma sociedade sertanejacom uma cultura própria. Nosul, o primeiro caminho dogado seguiu o litoral entreSão Vicente e Laguna. Depoisavançou pra Curitiba.
  14. 14. Expedições e Guerras de Conquista1. A composição de uma bandeira paulista: o grupo tem sempre organização militar. Formam-no um chefe (capitão arraial),um ou mais lugar-tenente, e o grosso da tropa que são maioria índios.2. Os bandeirantes e as missões paraguaias:o movimento paulista para o sertão do continente chocou-se com o paraguaio à procura do mar.3. Conquista da Paraíba: Servindo Pernambuco de base é que se desenvolve e progride a conquista (da Paraíba aos franceses) e aí patenteia-se bem a participação espanhola, pois a conquista da Paraíba será efetivada com uma força metade espanhola e metade portuguesa.
  15. 15. 4. A expedição de Pedro Teixeira: foi a principal entrada do séc.XVII pelo rio Amazonas. Pedro Teixeira organizou a expedição de 1637 , objetivando definir a rota Pará-Peru há décadas ambicionadas.
  16. 16. Presença holandesa Recife holandesaMulher Tapuia Cartografia holandesa
  17. 17. Referência:Freire,Américo História em curso: o Brasil e suas relações com o mundo ocidental/Américo Freire, Marly Silvada Motta, Dora Rocha.-2 ed.-São Paulo: editora do Brasil;Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 2008-(Coleção Aprender).

×