Clicar para passagem de slides / ligar o somClicar para passagem de slides / ligar o som
Um rei tinha presenteado sua filha, aUm rei tinha presenteado sua filha, aprincesa, com um belo colar deprincesa, com um b...
Alguém disse que um pássaro poderiaAlguém disse que um pássaro poderiatê-lo levado, fascinado pelo brilho. O reitê-lo leva...
Um dia, um rapaz caminhava de voltaUm dia, um rapaz caminhava de voltapara casa ao longo de um lago ao ladopara casa ao lo...
Decidiu tentar pegá-lo, de forma queDecidiu tentar pegá-lo, de forma quepudesse receber os $ 50.000 depudesse receber os $...
Tirou a mão para fora e olhou outra vez ,Tirou a mão para fora e olhou outra vez ,e o colar estava lá, imóvel. Recomeçou.e...
Mas, estranhamente, ele perdeu o colarMas, estranhamente, ele perdeu o colarnovamente! Saiu e começou a ir embora,novament...
Decidiu mergulhar no lago, embora fosseDecidiu mergulhar no lago, embora fossealgo repugnante de fazer, tal a sujeira eraa...
Mergulhou e mergulhou e procurou porMergulhou e mergulhou e procurou portoda parte pelo colar, mas fracassoutoda parte pel...
Um velho que passava por ali o viu, eUm velho que passava por ali o viu, eperguntou-lhe sobre o que estavaperguntou-lhe so...
Mas o velho pôde perceber que oMas o velho pôde perceber que orapazinho estava incomodado e, sendorapazinho estava incomod...
O rapaz reuniu alguma coragem e, como jáO rapaz reuniu alguma coragem e, como jádava o colar como perdido, decidiu pordava...
O velho então lhe disse que talvez eleO velho então lhe disse que talvez eledevesse olhar para cima, em direção aosdevesse...
A felicidade material é exatamente como oA felicidade material é exatamente como olago poluído e imundo; porque é um merol...
Em vez disso, devemos “olhar para cima”,Em vez disso, devemos “olhar para cima”,em direção a Deus, que é a fonte daem dire...
““Com efeito, passa o homem como uma sombra; em vão seCom efeito, passa o homem como uma sombra; em vão seinquieta; amonto...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Olhe para cima... A mensagem é linda.

657 visualizações

Publicada em

Olhe para cima... A mensagem é linda.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
657
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
49
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Olhe para cima... A mensagem é linda.

  1. 1. Clicar para passagem de slides / ligar o somClicar para passagem de slides / ligar o som
  2. 2. Um rei tinha presenteado sua filha, aUm rei tinha presenteado sua filha, aprincesa, com um belo colar deprincesa, com um belo colar dediamantes. O colar foi roubado e asdiamantes. O colar foi roubado e aspessoas do reino procuraram por toda apessoas do reino procuraram por toda aparte sem conseguir encontrá-lo.parte sem conseguir encontrá-lo.
  3. 3. Alguém disse que um pássaro poderiaAlguém disse que um pássaro poderiatê-lo levado, fascinado pelo brilho. O reitê-lo levado, fascinado pelo brilho. O reientão pediu a todos que voltassem aentão pediu a todos que voltassem aprocurá-lo e anunciou uma recompensaprocurá-lo e anunciou uma recompensade $ 50.000 para quem o encontrasse.de $ 50.000 para quem o encontrasse.
  4. 4. Um dia, um rapaz caminhava de voltaUm dia, um rapaz caminhava de voltapara casa ao longo de um lago ao ladopara casa ao longo de um lago ao ladode uma área industrial. O lago estavade uma área industrial. O lago estavacompletamente poluído, sujo e com umcompletamente poluído, sujo e com ummau cheiro terrível. Enquanto andava, omau cheiro terrível. Enquanto andava, orapaz viu algo brilhar no lago e quandorapaz viu algo brilhar no lago e quandoolhou viu o colar de diamantes.olhou viu o colar de diamantes.
  5. 5. Decidiu tentar pegá-lo, de forma queDecidiu tentar pegá-lo, de forma quepudesse receber os $ 50.000 depudesse receber os $ 50.000 derecompensa. Pôs sua mão no lago imundorecompensa. Pôs sua mão no lago imundoe agarrou o colar, mas de alguma forma oe agarrou o colar, mas de alguma forma operdeu e não o pegou.perdeu e não o pegou.
  6. 6. Tirou a mão para fora e olhou outra vez ,Tirou a mão para fora e olhou outra vez ,e o colar estava lá, imóvel. Recomeçou.e o colar estava lá, imóvel. Recomeçou.Desta vez entrou no lago e,Desta vez entrou no lago e,emporcalhando sua calça no lagoemporcalhando sua calça no lagoimundo, afundou seu braçoimundo, afundou seu braçointeiro para pegar o colar.inteiro para pegar o colar.
  7. 7. Mas, estranhamente, ele perdeu o colarMas, estranhamente, ele perdeu o colarnovamente! Saiu e começou a ir embora,novamente! Saiu e começou a ir embora,sentindo-se deprimido. Então, outra vezsentindo-se deprimido. Então, outra vezele viu o colar, bem ali. Desta vez eleele viu o colar, bem ali. Desta vez eleestava determinado a pegá-lo, nãoestava determinado a pegá-lo, nãoimportava como.importava como.
  8. 8. Decidiu mergulhar no lago, embora fosseDecidiu mergulhar no lago, embora fossealgo repugnante de fazer, tal a sujeira eraalgo repugnante de fazer, tal a sujeira eralama do lago. Seu corpo inteiro tornou-selama do lago. Seu corpo inteiro tornou-seimundo.imundo.
  9. 9. Mergulhou e mergulhou e procurou porMergulhou e mergulhou e procurou portoda parte pelo colar, mas fracassoutoda parte pelo colar, mas fracassounovamente. Desta vez ele ficou realmentenovamente. Desta vez ele ficou realmenteaturdido e saiu, sentindo-se maisaturdido e saiu, sentindo-se maisdeprimido ainda, já que, sem conseguirdeprimido ainda, já que, sem conseguirpegar o colar, não receberia os $ 50.000.pegar o colar, não receberia os $ 50.000.
  10. 10. Um velho que passava por ali o viu, eUm velho que passava por ali o viu, eperguntou-lhe sobre o que estavaperguntou-lhe sobre o que estavahavendo. O rapaz não quis compartilhar ohavendo. O rapaz não quis compartilhar osegredo com o velho, pensando que osegredo com o velho, pensando que ovelho poderia tomar-lhe o colar para si;velho poderia tomar-lhe o colar para si;então recusou-se a explicar a situaçãoentão recusou-se a explicar a situaçãopara o velho.para o velho.
  11. 11. Mas o velho pôde perceber que oMas o velho pôde perceber que orapazinho estava incomodado e, sendorapazinho estava incomodado e, sendocompassivo, outra vez pediu ao rapaz quecompassivo, outra vez pediu ao rapaz quelhe contasse qual o problema, e aindalhe contasse qual o problema, e aindaprometeu que não contaria nada paraprometeu que não contaria nada paraninguém.ninguém.
  12. 12. O rapaz reuniu alguma coragem e, como jáO rapaz reuniu alguma coragem e, como jádava o colar como perdido, decidiu pordava o colar como perdido, decidiu poralguma fé no velho. Contou tudo sobre oalguma fé no velho. Contou tudo sobre ocolar e como ele tentou pegá-lo mascolar e como ele tentou pegá-lo masmantinha-se fracassando.mantinha-se fracassando.
  13. 13. O velho então lhe disse que talvez eleO velho então lhe disse que talvez eledevesse olhar para cima, em direção aosdevesse olhar para cima, em direção aosgalhos da árvore, em vez de olhar para ogalhos da árvore, em vez de olhar para olago imundo. O rapaz olhou para cima e,lago imundo. O rapaz olhou para cima e,para sua surpresa, o colar estavapara sua surpresa, o colar estavapendurado no galho de uma árvore. Tinha,pendurado no galho de uma árvore. Tinha,o tempo todo, tentado capturar um simpleso tempo todo, tentado capturar um simplesreflexo do colar.reflexo do colar.
  14. 14. A felicidade material é exatamente como oA felicidade material é exatamente como olago poluído e imundo; porque é um merolago poluído e imundo; porque é um meroreflexo da felicidade verdadeira no mundoreflexo da felicidade verdadeira no mundoespiritual. Não alcançaremos a felicidadeespiritual. Não alcançaremos a felicidadeplena que procuramos na vida material, nãoplena que procuramos na vida material, nãoimporta o quanto nos esforcemos.importa o quanto nos esforcemos.
  15. 15. Em vez disso, devemos “olhar para cima”,Em vez disso, devemos “olhar para cima”,em direção a Deus, que é a fonte daem direção a Deus, que é a fonte dafelicidade real, e parar de perseguir ofelicidade real, e parar de perseguir oreflexo desta felicidade no mundoreflexo desta felicidade no mundomaterial. Esta felicidade espiritual é amaterial. Esta felicidade espiritual é aúnica coisa que podeúnica coisa que podenos satisfazer completamente.nos satisfazer completamente.
  16. 16. ““Com efeito, passa o homem como uma sombra; em vão seCom efeito, passa o homem como uma sombra; em vão seinquieta; amontoa tesouros e não sabe quem os levará”inquieta; amontoa tesouros e não sabe quem os levará”(Salmo 39:6)(Salmo 39:6)Créditos:Créditos:Texto: desconheço o autorTexto: desconheço o autorImagens: magia gifsImagens: magia gifsMúsica: Dancing waves (interpr.: E.Cortazar)Música: Dancing waves (interpr.: E.Cortazar)Colaboração do amigo Dr. Claudinê Paschoeto

×