Trabalho de história 1896 - 1921

3.490 visualizações

Publicada em

Trabalho de História 1896 - 1921

1859 - Perfuração do Primeiro Poço de Petróleo nos EUA
1868 - Inicio da Era Meiji no Japão
1876 1 telefone é patenteado por gran bell
1884 – 1885 Conferencia de Berlim
1889 - Proclamação da Republica no Brasil
1891 - Promulgada a Primeira Constituição Republicana no Brasil
1895 - Os irmãos Lumiere inventam o Cinema

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.490
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho de história 1896 - 1921

  1. 1. Linha do Tempo 1896 - 1924
  2. 2. Guerra de Canudos 1896 - 1897
  3. 3. A Guerra de canudos significou a luta e resistência das populações marginalizadas do sertão nordestino no final do século XIX.Embora derrotados, mostraram que não aceitavam a situação de injustiça social que reinava na região.
  4. 4. Situação do Nordeste no final do século XIX (contexto histórico)
  5. 5. FOME Desemprego e baixíssimorendimento das famílias deixavam muitos sem ter o que comer.
  6. 6. SECA A região do agreste ficava muitos mesese até anos sem receber chuvas. Este fatordificultava a agricultura e matava o gado.
  7. 7. FALTA DE APOIO POLÍTICO Os governantes e políticos da região nãodavam a mínima atenção para as populações carentes.
  8. 8. VIOLÊNCIAEra comum a existência de grupos armados que trabalhavam para latifundiários. Estes espalhavam a violência pela região.
  9. 9. DESEMPREGO Grande parte da população pobre estava sem emprego em função da seca e da falta de oportunidades em outras áreas da economia. FANATISMO RELIGIOSOEra comum a existência de beatos que arrebanhavam seguidores prometendo uma vida melhor.
  10. 10. Dados da Guerra de Canudos
  11. 11. Período: De novembro de 1896 a outubro de 1897. Local: Interior do sertão da Bahia Envolvidos:De um lado os habitantes do Arraial de Canudos (jagunços, sertanejos pobres e miseráveis, fanáticos religiosos) liderados pelo beatoAntônio Conselheiro. Do outro lado as tropas do governo da Bahia com apoio de militares enviados pelo governo federal.
  12. 12. Causas da Guerra: O governo da Bahia, com apoio dos latifundiários, não concordavam com o fato dos habitantes de Canudos nãopagarem impostos e viverem sem seguiras leis estabelecidas. Afirmavam tambémque Antônio Conselheiro defendia a volta da Monarquia.
  13. 13. Por outro lado, Antônio Conselheirodefendia o fim da cobrança dos impostos eera contrário ao casamento civil. Ele afirmaser um enviado de Deus que deveria liderar o movimento contra as diferenças e injustiças sociais. Era também um crítico do sistema republicano, como ele funcionava no período.
  14. 14. Os conflitos militares Nas três primeiras tentativas das tropas governistas em combater o arraialde Canudos nenhuma foi bem sucedida. Os sertanejos e jagunços se armaram eresistiram com força contra os militares. Na quarta tentativa, o governo da Bahia solicitou apoio das tropas federais.
  15. 15. Militares de várias regiões do Brasil, usando armas pesadas, foram enviados para o sertãobaiano. Massacraram os habitantes do arraial deCanudos de forma brutal e até injusta. Crianças, mulheres e idosos foram mortos sem piedade. Antônio Conselheiro foi assassinado em 22 de setembro de 1897.
  16. 16. REVOLTA DA VACINA - 1903
  17. 17. O início do período republicado da História do Brasil foi marcado porvários conflitos e revoltas populares. O Rio de Janeiro não escapou desta situação.
  18. 18. No ano de 1904, estourou um movimento de caráter popular na cidade do Rio de Janeiro. O motivo que desencadeou a revolta foi a campanha de vacinação obrigatória,imposta pelo governo federal, contra a varíola.
  19. 19. Situação do Rio de Janeiro no início do século XX
  20. 20. A situação do Rio de Janeiro, no início doséculo XX, era precária. A população sofria com a falta de um sistema eficiente de saneamento básico. Este fatodesencadeava constantes epidemias, entre elas, febre amarela, peste bubônica e varíola. A população de baixa renda, que morava em habitações precárias, era a principal vítima deste contexto.
  21. 21. Preocupado com esta situação, o então presidente Rodrigues Alves colocou emprática um projeto de saneamento básico e reurbanização do centro da cidade. O médico e sanitarista Oswaldo Cruz foidesignado pelo presidente para ser o chefe do Departamento Nacional de Saúde Pública, com o objetivo de melhorar as condições sanitárias da cidade.
  22. 22. Campanha de Vacinação Obrigatória
  23. 23. A campanha de vacinação obrigatória é colocada em prática em novembro de 1904. Embora seu objetivo fosse positivo, ela foi aplicada de forma autoritária e violenta. Em alguns casos, os agentes sanitários invadiam as casas e vacinavam as pessoas à força,provocando revolta nas pessoas. Essa recusa em ser vacinado acontecia, pois grande parte das pessoas não conhecia o que era uma vacina e tinham medo de seus efeitos
  24. 24. Revolta popular A revolta popular aumentava a cada dia, impulsionada também pela crise econômica (desemprego, inflação e alto custo de vida) e areforma urbana que retirou a população pobredo centro da cidade, derrubando vários cortiços e outros tipos de habitações mais simples.
  25. 25. As manifestações populares e conflitos espalham-se pelas ruas da capital brasileira.Populares destroem bondes, apedrejam prédios públicos e espalham a desordem pela cidade.
  26. 26. Em 16 de novembro de 1904, o presidente Rodrigues Alves revoga a lei da vacinaçãoobrigatória, colocando nas ruas o exército, a marinha e a polícia para acabar com ostumultos. Em poucos dias a cidade voltava a calma e a ordem.
  27. 27. Charge da época retrata Oswaldo Cruz em campanha e a insatisfação popular.
  28. 28. Inicio da Revolução Mexicana - 1910
  29. 29. A Revolução Mexicana foi um conflitoarmado que teve lugar no México, com início em 20 de novembro de 1910. Historicamente, costuma ser descritacomo o acontecimento político e social mais importante do século XX no México.
  30. 30. Do ponto de vista institucional, oficial,considera-se a revolução como o movimento que derrubou a ditadura e possibilitou a ascensão de Francisco Madero em junho1911. Apesar de originário de uma família de latifundiários, Madero passou a liderar apequena burguesia urbana, nacionalista, queorganizou o movimento "Anti Reeleicionista"Perseguido, foi forçado a exilar-se e tornou-se o símbolo da luta contra a ditadura para as camadas urbanas, inclusive o proletariado.
  31. 31. No entanto, o movimento revolucionário possuía outra dimensão: os camponeses do sul, liderados por Emiliano Zapata, invadiam e incendiavam fazendas e refinarias de açúcar, e ao mesmo tempo organizavam um exército popular. Aonorte, o movimento camponês foi liderado por Pancho Villa , também defendendo a reforma agrária.
  32. 32. Os exércitos camponeses ao longo de 1910 e 1911 ampliaram sua atuação, combateram o exércitofederal e os grandes proprietários, conquistando vilas e cidades em sua marcha em direção à capital.
  33. 33. Monumento à Revolução Mexicanaserviu de mausoléu para heróis do período.
  34. 34. Porfírio DiazGraças às reformas feitas à Constituição de 1857,manteve-se no poder de 1884 a 1911 no períodoconhecido como Porfirismo.Governou o país ajudado por um grupo depolíticos e intelectuais, aos quais o povodenominou "científicos", por apoiar-se, segundoeles, em métodos científicos para aadministração do governo.Tumulo no Cemitério do Montparnasse, Paris.
  35. 35. REVOLTA DA CHIBATA - 1910
  36. 36. A exato 100 anos Lideradospor João Cândido, o "Almirante Negro", dois mil marujos daMarinha Brasileira revoltaram- se contra os castigos físicos, má alimentação e soldos miseráveis.
  37. 37. O estopim para a importante revolta foi a execução de 250chibatadas ao cabo MarcelinoRodrigues condenado por ferir um marinheiro de Minas Gerais a caminho da Guanabara.
  38. 38. Os revoltosos tomaram o comando do navio encouraçado MinasGerais, depois o controle dos navios São Paulo, Bahia e Deodoro, apontaram os canhões para o Riode Janeiro e ameaçaram o governo, caso não aceitasse suas reivindicações.
  39. 39. O governo prometeu atender as exigências, os marujosdesmobilizaram-se, porém, cessado o perigo o governo não cumpre o prometido. João Cândido foi preso e deportado para a Amazônia. Anos mais tarde foi absolvido, morrendoanônimo e pobre como carregador de peixes no centro do RJ.
  40. 40. Marinheiros do encouraçado São Paulo
  41. 41. Fim da Revolta!Manchete do jornal Correio da Manhã, em 27 de novembro de 1910.
  42. 42. João Cândido
  43. 43. INICIO DA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL - (1914-1918)
  44. 44. Qual foi a causa da Primeira Guerra Mundial?O fato que deflagrou a Primeira Guerra foi o assassinato do arquiduque Francisco Ferdinando, herdeiro dotrono austríaco, e sua esposa no dia 28de junho de 1914. O arquiduque e sua esposa foram mortos a tiros em Sarajevo, capital da Bósnia
  45. 45. O assassino foi um estudante nacionalista sérvio. A Áustria apresentou um ultimato à Sérvia e exigiu uma resposta dentro de 48horas. Os termos desse ultimato eram tão humilhantes que era quase impossível a Sérvia aceitá-los.
  46. 46. Assim, a Áustria, que era aliada da Alemanha, declarou guerra à Sérvia, que era aliada da Rússia, essa por sua vez, era aliada daFrança e da Inglaterra. Na verdade,o assassinato do arquiduque serviu de pretexto para que os países entrassem em guerra.
  47. 47. Desde 1871, as potências européiasestavam em paz umas com as outras,mas todas estavam envolvidas numa corrida armamentista, isto é, todas estavam investindo em gastos militares, cada uma procurando superar as outras em armamentos.
  48. 48. Novas armas, como o avião, forammarca daPrimeira GuerraMundial.
  49. 49. Fim do conflito Em 1917 ocorreu um fato histórico de extrema importância: a entrada dos Estados Unidos no conflito. Os EUAentraram ao lado da Tríplice Entente, pois havia acordos comerciais a defender, principalmente com Inglaterra e França. Este fato marcou a vitória da Entente,forçando os países da Aliança a assinarem a rendição.
  50. 50. A Alemanha teve seu exército reduzido, sua indústria bélica controlada, perdeu a região do corredor polonês, teve que devolver à França a região da AlsáciaLorena, além de ter que pagar os prejuízos da guerra dos países vencedores.
  51. 51. CURIOSIDADE A guerra gerou aproximadamente 10 milhões de mortos, o triplo de feridos, arrasou campos agrícolas, destruiuindústrias, além de gerar grandes prejuízos econômicos
  52. 52. Europa antes da Guerra
  53. 53. Europa após a Guerra
  54. 54. GREVE GERAL EM SÃO PAULO - 1917
  55. 55. Greve Geral de 1917 é o nome pela qual ficouconhecida a paralisação geral da indústria e do comércio do Brasil, em Julho de 1917, como resultado da constituição de organizações operárias de inspiração anarquista aliada à imprensa libertária.
  56. 56. Trabalhadores em manifestação no Praça daConcórdia, no Brás, no dia 16 de julho de 1917
  57. 57. Operário falando aos grevistas numamanifestação realizada no Largo da Sé.
  58. 58. O bonde-correio, que foi liberado da greve por bombeiros devidamente armados, o único que circulou na capital no dia 13 de julho de 1917.
  59. 59. Tomada do bonde da Light durante as agitações operárias.
  60. 60. Enterro do operário Francisco Martinez, morto em choque com a polícia num dos conflitos dos manifestantes. Esta fotografia foi tirada para arevista "A Cigarra" no instante em que a enorme massa de grevistas conduzia o corpo do trabalhador pela rua Quinze de Novembro, a caminho do cemitério
  61. 61. Multidão de operários grevistas, apóster percorrido as ruas do centro de SãoPaulo, descendo a Ladeira do Carmo, a caminho do Brás, empunhando bandeiras vermelhas
  62. 62. Grevistas, a maioria de mulheres operárias, dirigindo-se ao largo do Palácio, a fim de dialogar com o secretário da Justiça e Segurança Pública, para quem pediram providência contra a carestia dos gêneros alimentícios.
  63. 63. Contigente do 1º batalhão da ForçaPública, de armas em punho, dispersando os grevistas, na Praça Antônio Prado,vendo-se, ao fundo, os estabelecimentos comerciais completamente fechados.
  64. 64. Como reação a fábrica foi fechada por tempo indeterminado. Os operários faziam comícios no centro da cidade e ganhavam a adesão de operários da Antarctica. das fábricas Jafet. de empresas do grupo Matarazzo e outras. O movimento grevista se alastrou.
  65. 65. A greve iniciada em junho de 1917 no Cotonifício Crespi, localizado no bairro da Mooca, na cidade de São Paulo, propagou-se e tornou-se uma greve geral de abrangência nacional De forma geral os operários reivindicavam aumento salarial em tonto de 20%, jornada de oito horas de trabalho, assistência médico-hospitalar, regulamentaçãodo trabalho das mulheres e menores, segurança do trabalho, semana de cinco dias e meio, pontualidade no pagamento.
  66. 66. Os conflitos entre grevistas e policiais tornaram-se comuns. Num dessesconfrontos a polícia matou um jovem sapateiro anarquista — de 21 anos.A morte do jovem operário marcou o recrudescimento das agitações
  67. 67. CURIOSIDADEEsta mobilização operária foi uma das maisabrangentes e longas da história do Brasil.
  68. 68. REVOLUÇÃO RUSSA - 1917
  69. 69. AS PRINCIPAIS CAUSAS DAREVOLUÇÃO:- A desastrosa campanha da Rússia naPrimeira Guerra Mundial;- A influência prejudicial do mongeGregório Rasputin (possuía poderessobrenaturais);
  70. 70. - O domingo sangrento (22/01/1905): o padreGappon em uma passeata pacífica junto commilhares de pessoas (inclusive mulheres ecrianças) humildes levava um documentocontendo reivindicações para o Czar (Imperador)Nicolau II, quando foram surpreendidos pelapolícia real, que iniciou um fuzilamento diantePalácio Imperial.- Desigualdade social;- Corrupção e incompetência dos governantes;
  71. 71. No começo do século XX, a Rússia era um país de economia atrasada e dependente daagricultura, pois 80% de sua economia estavaconcentrada no campo (produção de gêneros agrícolas).
  72. 72. A Revolução Russa de outubro de 1917 Com Kerenski no poder pouca coisa havia mudado na Rússia. Os bolcheviques, lideradospor Lênin, organizaram uma nova revolução que ocorreu em outubro de 1917. Prometendo paz,terra, pão, liberdade e trabalho, Lênin assumiu o governo da Rússia e implantou o socialismo. As terras foram redistribuídas para os trabalhadores do campo, os bancos foram nacionalizados e as fábricas passaram para as mãos dos trabalhadores.
  73. 73. TRATADO DE VERSALHES - 1919O local em que esses documentos foram firmados refletem as circunstâncias e o espírito daqueles momentos.
  74. 74. O que foi o Tratado de VersalhesAssinado em 28 de junho de 1919, o Tratado de Versalhes foi um acordo de paz assinado pelospaíses europeus, após o final da Primeira Guerra Mundial (1914-1918).
  75. 75. Neste Tratado, a Alemanha assumiu a responsabilidade pelo conflito mundial, comprometendo-se a cumprir uma série de exigências políticas, econômicas e militares. Estas exigências foram impostas à Alemanha pelas nações vencedoras da Primeira Guerra, principalmente Inglaterra e França. Em 10 dejaneiro de 1920, a recém criada Liga das Nações (futura ONU) ratificou o Tratado de Versalhes.
  76. 76. Consequências As fortes imposições do Tratado de Versalhes à Alemanha, fez nascer neste país um sentimento de revanchismo e revolta entre a população. A indenização absurda enterrou de vez a economia alemã, já abaladapela guerra. As décadas de 1920 e 1930 foram marcadaspor forte crise moral e econômica na Alemanha (inflação, desemprego, desvalorização do marco). Terreno fértilpara o surgimento e crescimento do nazismo que levaria a Alemanha para um outro conflito armado, a Segunda Guerra Mundial.
  77. 77. MORTE DE LÊNIN
  78. 78. Até os dias de hoje ainda é um mistério a causa da morte de Lenin. Mas as "prováveis causas", são: morte por Sífilisou por causa de uma bala no pescoço que ficou incrustrada desde a época em que sofreu uma (das inúmeras); tentativa de assassinato.
  79. 79. Os médicos até hoje estão divididos quanto à causa, porque apesar de se"saber por relatos médicos", que poderiater tido Sífilis, seu corpo não apresentava sintomas da doença.
  80. 80. Lenin sofreu vários acidentes vasculares cerebrais. O primeiro em 26 de maio de 1922, o segundo em 16 de dezembro de1922, o terceiro em 10 de março de 1923,vindo a falecer em 21 de janeiro de 1924.
  81. 81. ASCENÇÃODE STALINNOS URSS
  82. 82. Lênin, o fundador do primeiro Estadosocialista, morreu em janeiro de 1924. Teve início, então, uma grande luta interna pela disputa do poder soviético. Num primeiro momento, entre os principais envolvidosnesta disputa pelo poder figuravam Trotski e Stalin
  83. 83. Trotski defendia a tese da revolução permanente, segundo a qual o socialismo somente seria possível se fosse construído à escala internacional. Ou seja, a revoluçãosocialista deveria ser levada à Europa e ao mundo.
  84. 84. Opondo-se a tese trotskista, Stalindefendia a construção do socialismonum só país. Pregava que os esforços por uma revolução permanente comprometeriam a consolidação interna do socialismo na União Soviética.
  85. 85. A tese de Stalin tornou-se vitoriosa. Foi aceita e aclamada no XIV Congresso do Partido Comunista. Trotski foi destituído das suas funçõescomo comissário de guerra, expulso do Partido e, em 1929, deportado da União Soviética.
  86. 86. Tempos depois, em 1940, foi assassinado no México, a mando de Stalin, por um agente de segurançasoviético, que desferiu no antigo líder do Exército Vermelho golpes de picareta na cabeça.
  87. 87. Jaqueline Vieira

×