Empreendedor- Inovar para destacar

350 visualizações

Publicada em

Texto da edição 30° da revista Gestão & Negócios, da Editora Escala.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
350
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Empreendedor- Inovar para destacar

  1. 1. empreendedor criatividade texto de Jaqueline Frizon inovar paradestacarCom uma boaideia na cabeça emuita disposição,empresários saem àfrente e elevam asvendas no competitivomundo dos negóciosM anter-se ativo nos negó- shutterstock cios não é tarefa das mais fáceis. Com um mercado acirrado e concorrido, asempresas veem a necessidade de buscarconstantes mudanças cercadas de boas ses. “Temos que fortalecer a via da ino- algo diferente. “O risco é ainda maior seideias e pessoal qualificado para inovar. vação e construir reconhecimento nesse não inovarmos e ficarmos parados noO que se deve ter em mente é que o pro- campo”, salienta. tempo”, assegura o empresário.duto precisa ter um diferencial, um ge- Ainda de acordo com Pieracciani, é Mas, como preparar a empresa pa-renciamento de qualidade e sugestões preciso olhar para todos da equipe co- ra essa inovação? Primeiro é preciso in-criativas que tornem o negócio um mer- mo potenciais inventores e fomentar vestir no que hoje é chamado de “Capitalcado de sucesso. condições para a inovação. Precisam Intelectual”. Isso nada mais é do que vol- Seja qual for o ramo da companhia, mudar a cultura, olhar para o erro como tar os olhos para a antiga mão de obra ea palavra que dita ordem nas grandes aprendizado e passar a conviver melhor passar a reconhecer a capacidade gera-empresas é a inovação. E o Brasil, co- com a incerteza e o risco. Acabou a era dora de novas ideias de todos os mem-nhecido pelo potencial e capacidade de de “quem inova é o patrão”. O motivo bros do grupo. Um bom exemplo dissoinovar, é, de acordo com o sócio-dire- maior para que eles aceitem isso é a pró- são as empresas que investem na qualifi-tor da Pieracciani Desenvolvimento de pria sobrevivência de suas empresas. cação de seus empregados. Todos têm aEmpresas, Valter Pieracciani, um pa- Essa visão é compartilhada com um ganhar quando a maioria, senão a equi-ís propício para atrair investimentos, dos sócios da Enox, Rafael Cordeiro. Para pe inteira, tem na bagagem conheci-pois os engenheiros brasileiros são rápi- ele, o que mais vale é errar em uma ten- mento, experiência e especialização.dos, criativos, flexíveis e ainda baratos – tativa de inovar do que fazer o mesmo Exemplos de boas ideais que repercu-quando comparados aos de outros paí- trabalho de sempre, sem nunca arriscar tiram em lucratividade para suas empre-34
  2. 2. sas podem ser vistos no livro “Usina de e metodologias”, ressalta o grupo repre-Inovações”, de Valter Pieracciani que, no sentado por ele.decorrer de suas páginas, garante que ainovação é uma arma eficaz no merca- inovação teCnológiCado. Para garantir o sucesso e o aumen- A comida japonesa sempre foi muitoto das vendas, faz-se necessária a cons- apreciada. De uns tempos para cá o nú-tante atualização no mercado e é aí que mero de restaurantes especializados nes-entram as empresas visionárias, que sa culinária cresceu, e as pessoas passa-sonham e idealizam, mas que tiram as ram a desfrutar mais o rico uni-ideias do papel e as colocam em práti- verso gastronômico oriental.ca. A obra mostra que inovação deve fa-zer parte da rotina das empresas e traz Com uma decoração típica, os restaurantes orientais tendem a com o cardápioexemplos dos projetos introduzidos que seguir um padrão e, mais uma 100% via iPad,resultaram no livro. vez, a inovação conta pontos na preferência da exigente clientela. muitas pessoas vieram ConheCimento, transFormação, Foi pensando em ganhar des- taque que Juliano Mendes, só- ao restaurante não resultados Esse é o lema da Pieracciani Desen- cio-proprietário do Sushi Yuzu em Blumenau, Santa Catarina, apenas para conhecê-lo,volvimento de Empresas, que se dedica quis diferenciar e criou o primei- mas também para ver oà pesquisa, ao desenvolvimento e à téc-nicas de gestão. Há 17 anos no mercado, ro restaurante com o cardápio 100% via IPad. O tablet, sensa- tablet pela primeira vez”ela coleciona cases de sucesso. Além de ção de vendas em todo o mun- Juliano mendes, do SuShi Yuzuprestar consultoria para grandes mar- do, conquistou os clientes, quecas como Adidas Brasil, Senai, Tetra Park, aprovaram a interatividade comentre outras, criaram o I-Belt, certificado o bom serviço prestado no local. Além de passar a abranger uma áreade inovação para empresários de alto es- Com o uso da tecnologia aliada a uma maior de cobertura, Elídio Biazini, pro-calão, que já tiveram empresas como a ideia inovadora, o local passou a receber prietário da rede, adotou outras técnicas,Nestlé e a Conspar dentre os nomes que mais clientes e a economizar com a im- tanto de abordagem do cliente como dereceberam a certificação. “A Nestlé no pressão de cardápios, uma vez que no entrega do produto. As estratégias sãoBrasil é uma organização extremamente Ipad a atualização é toda digital. A em- simples, bem pensadas e criadas com oinovadora, que lança dezenas de produ- presa economiza em tempo, em vez de objetivo de aumentar as vendas, atrairtos por ano. A Conspar decidiu implan- ficar reformulando todo o menu e, ain- um número maior de clientes e, conse-tar a gestão da inovação capacitando seu da, ajuda a preservar o meio ambiente, já quentemente, contribuir para o cresci-grupo de gerentes. Eles inovaram e cria- que não gastam mais papel. Os clientes mento da rede.ram soluções muito interessantes no seu passaram a acompanhar todos os pratos A “Venda Programada” elevou em 30%setor”, comenta Pieracciani. com fotos dos produtos. “Com o cardápio a lucratividade da rede. Ela funciona da A visão global da empresa traz no di- 100% via IPad, muitas pessoas vieram ao seguinte forma: as atendentes entram emferencial a criatividade, a abordagem e restaurante não apenas para conhecê-lo, contato com os clientes e avaliam se háa objetividade. Um fator importante é a mas também para ver o tablet pela pri- o interesse em já adiantar o pedido. Essaagregação de valor, por meio dos quais os meira vez”, confessa Mendes. ideia partiu do proprietário, que pensounovos clientes são indicados por antigos, na facilidade que o cliente teria ao pro-criando, assim, uma rede de efetividade. Buona idea gramar a pizza para chegar exatamente“Daqui a cinco anos, existirão dois tipos A tradicional pizza também ganha es- no horário de intervalo de um jogo, porde empresas: as inovadoras e as mortas”, paço quando o assunto é inovação no exemplo. Inicialmente, esse programa eraenfatiza o empresário quando pensa so- mercado. Como o número de pizzarias feito apenas às quartas, mas com a aceita-bre a condição das empresas hoje em dia. por toda a parte é enorme, as empresas ção, ele foi entendido para as segundas e Pieracciani acredita que a diferença buscam um destaque em meio à concor- terças, dias de baixo movimento.se faz na criação de metas e no compro- rência. A corrida para ganhar o gosto dometimento com os resultados. Deve-se cliente não fica apenas em torno dos sa- Jovem Criatividadeplanejar, focar e reinventar. “Somos pa- bores. O dono da Dídio Pizzas resolveu ir A Enox é uma empresa jovem, forma-gos para acompanhar a evolução da tec- mais longe, literalmente. Há 17 anos no da por jovens, e já conseguiu alcançarnologia de gestão no mundo e criar, tra- mercado e há três como franquia, a piz- prêmios cobiçados por empreendedoreszendo para cada realidade empresarial, zaria conta com dez unidades espalha- que estão há anos no mercado. Líder emo que existe de mais moderno sob forma das por São Paulo, e a proposta é expan- mídia indoor no Brasil, a empresa surgiude mudanças organizacionais aplicadas dir para fora do Estado. de uma ideia que quatro garotos tiveram 35
  3. 3. empreendedor criatividade os emPresários o percentual dão as dicas de clientes Para inovar fechados versus “É necessário sempre pensar em formas de automatizar e melhorar visitas realizadas a eficiência do atendimento.” Juliano mendes, do Sushi Yuzu aumentou após a “As habilidades que devem ser segmentação do potencializadas no profissional são discurso e da área técnicas e comportamentos: no campo técnico, as ferramentas de geração de comercial” ideias e gestão de projeto; no campo comportamental, as atitudes — sentir, gaBrielle teço, sonhar, acreditar e transformar.” da aceSSo digital valter pieracciani, da Pieracciani “A principal habilidade é saber a melhor forma de aproximar marcas e pessoas, ao concluírem a graduação. além do alto comprometimento dos A proposta era ousada e desafiadora, colaboradores da empresa.” e por ser algo diferente para o merca- rafael Cordeiro, da enox do, envolvia riscos. Para o diretor e sócio da Enox, Rafael Cordeiro, a inovação faz “Para ser um diferencial, a inovação precisa fazer parte da cultura da parte do “DNA da empresa”. É um dos empresa, e não somente estar principais valores da companhia, assim concentrada em um departamento como o comprometimento com a quali- responsável por inovar.” dade, dedicação e pró-atividade. gabrielle teco, da Acesso digital O grupo leva a publicidade onde quer que as pessoas estejam. Por meio do mapeamento do público, eles fazem a divulgação “inovar não significa comunicação ou distribuem o próprio descaracterizar, é preciso produto em ambientes que essas pesso- não perder a identidade e as costumam frequentar, gerando expe- focar sempre como principal riências reais de marca e resultados di- so e da área comercial”, afirma a gerente beneficiado o cliente.” retos nas vendas. “Inovamos para gerar de marketing e comunicação da empre- elídio Biazini, da dídio Pizza melhores resultados aos nossos clientes, sa, Gabrielle Teço. seja em vendas ou em reconhecimento Uma das técnicas de maior destaque de marcas. Se não inovarmos e ficarmos é o “try and buy”, que oferece testes sem parados no tempo, o risco é ainda maior. compromisso aos clientes. A gerente afir- Assumimos esses riscos como parte do ma que dessa forma o desempenho do processo de desenvolvimento do nosso produto será testado e comprovado pelo negócio e até agora isso vem rendendo cliente. “Testou, gostou, comprou o pro- bons frutos”, acredita Cordeiro. duto! Caso contrário, o contrato é desfei- to sem multa contratual”, diz Gabrielle. nova impressão A segmentação da equipe também Com ações motivacionais, a Acesso colabora com o aumento da lucrativida- Digital, especializada em impressão de de, pois cada executivo torna-se especia- documentos, busca alavancar as ven- lista em seu setor, isso faz que o trabalho das. A empresa possui metas e objeti- fique dinâmico e praticamente exclusivo vos bem definidos, como popularizar a para cada cliente. “Acreditamos que es- digitalização de documentos, com isso te resultado se deve à especialização do implantou uma solução simples a um executivo de vendas, que aprende a lin- custo acessível. “O percentual de clien- guagem do segmento e consegue falar a divulgação tes fechados versus visitas realizadas au- língua do cliente é isso que faz a diferen- mentou após a segmentação do discur- ça”, garante Gabrielle.36

×