Expressionismo

1.581 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.581
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Expressionismo

  1. 1. Expressionismo Visita ao Museu Lasar Segall
  2. 2. O que é Expressionismo?  O termo Expressionismo surgiu no Alemão para tentar designar uma série de artistas e tendências que emergiram na Europa no final do século XIX e início do século XX. Tal efervescência cultural, embora esteticamente diversificada, como afirma Sheppard “[...] é melhor pensar o Expressionismo com uma série de explosões” (2006;p.224) tinha em comum entre seus artistas uma argumentação crítica da sociedade burguesa e de suas instituições.(Sheppard; 2006) A crítica expressionista estava assentada sob as suas “intenções destrutivas” dos valores da sociedade européia da época. Num primeiro momento, sua crítica ao positivismo e em seguida a aparente “felicidade” partilhada por uma burguesia “descompromissada” e alheia às contradições sociais, políticas e econômicas na Europa do período. O artista expressionista demonstrava, sua inquietação com o que séculos atrás parecia ser uma ferrenha crítica à idade das trevas, baseada num telos orientado por um projeto de modernidade capaz de promover a superação, melhor, a erradicação das contradições sociais através da razão, o iluminismo. Tal promessa além de não ter se realizado em, plenitude, teria aprisionado o indivíduo no ideal do positivismo enquanto filosofia dominante.(De Micheli, 2004)
  3. 3. Características  Deformação da imagem visual e cores resplandecentes, vibrantes, fundidas ou separadas.  O pintor recusa o aprendizado técnico e pinta conforme as exigências de sua sensibilidade. O pincel (ou a espátula) vai e vem, fazendo e refazendo, empastando ou provocando explosões.  Preferência pelo patético, trágico e sombrio. O artista vive não apenas o drama do homem, mas também da sociedade.  Dinamismo improvisado, abrupto, inesperado.  Pasta grossa, martelada, áspera.  É uma pintura dramática e subjetiva.  Expressa sentimentos humanos e intensas emoções.  Preocupação com as sensações de luz e cor.
  4. 4. EXPRESSIONISMO NO BRASIL Nas artes plásticas, os artistas mais importantes são Candido Portinari, que retrata o êxodo do Nordeste, Anita Malfatti, Lasar Segall e o gravurista Osvaldo Goeldi (1895-1961).
  5. 5. Expressionismo  Preferência pelo patético, trágico e sombrio. O artista vive não apenas o drama do homem, mas também da sociedade  Dinamismo improvisado, abrupto, inesperado  Pasta grossa, martelada, áspera  É uma pintura dramática e subjetiva  Expressa sentimentos humanos e intensas emoções
  6. 6. Expressionismo  EXPRESSIONISMO NO BRASIL – Nas artes plásticas, os artistas mais importantes são Candido Portinari, que retrata o êxodo do Nordeste, Anita Malfatti, Lasar Segall e o gravurista Osvaldo Goeldi (1895-1961).
  7. 7. Candido Portinari
  8. 8. Anita Malfatti
  9. 9. Lasar Segall
  10. 10. Osvaldo Goeldi
  11. 11. Principais artistas:  Paul Gauguin (1848-1903)  Paul Cézanne (1839-1906)  Vicent Van Gogh (1853-1890)  Toulouse-Lautrec (1864-1901)  Munch (1863-1944)  Kirchner (1880-1938)  Paul Klee (1879-1940)  Amadeo Modigliani (1884-1920)  Lasar Segall
  12. 12. Principais Obras Fränzi perante uma cadeira talhada (1910), de Ernst Ludwig Kirchner, Museu Thyssen-Bornemisza, Madrid.
  13. 13. Principais Obras  Ecce homo (1925), de Lovis Corinth, Pinacoteca de Basileia.
  14. 14. Principais Obras  Tirol (1914), de Franz Marc, Staatsgalerie Moderner Kunst, Munique.
  15. 15. Principais Obras  O ginete circense" (1913), de Ernst Ludwig Kirchner, Pinakothek der Moderne, Munique.
  16. 16. Principais Obras Caliban, personagem de "A Tempestade" de Shakespeare (1914), de Franz Marc, Kunstmuseum, Basileia.
  17. 17. Principais Obras Cartaz de apresentação para uma exposição de Die Brücke na Galeria Arnold de Dresde (1910), de Ernst Ludwig Kirchner.
  18. 18. Influencias no dia de hoje Expressionismo
  19. 19. A principal diferença das obras expressionistas é o fato de mostrar um estado de insatisfação, melancolia e paixão. Caracterizando-se por uma constante proximidade ao horror, ao fantástico e ao demoníaco, ao triste, ao melancólico, ao dolorido de estar vivo
  20. 20. O expressionismo defendia a liberdade individual, a primazia da expressão subjetiva, o irracionalismo, o arrebatamento e os temas proibidos, excitante, demoníaco, sexual, fantástico ou pervertido.
  21. 21. Herança deixada pelo expressionista  O desejo de subjetividade constitui a base da Estética Expressionista, concretizando-se na ..
  22. 22. Artes plásticas. As obras não têm preocupação com o padrão de beleza tradicional e exibem enfoque pessimista da vida, marcado por angústia, dor, inadequação do artista diante da realidade e, muitas vezes, necessidade de denunciar problemas sociais
  23. 23. No Cinema Se hoje temos filmes de terror é graças a influencia que o expressionismo exerceu no cinema. Influenciou diretamente o cinema norte- americano, e também os filmes de terror e suspense;
  24. 24. LITERATURA O movimento é marcado por subjetividade do escritor, análise minuciosa do subconsciente dos personagens e metáforas exageradas ou grotescas.  Em geral, a linguagem é direta, com frases curtas. O estilo é abstrato, simbólico e associativa
  25. 25. TEATRO  Com tendência para o extremo e o exagero, as peças são combativas na defesa de transformações sociais. O enredo é muitas vezes metafórico, com tramas bem construídas e lógicas. Em cena há atmosfera de sonho e pesadelo e os atores se movimentam como robôs. Foi na peça expressionista. 
  26. 26. Exposição Visita ao Museu Lasar Segall
  27. 27. Obras na Entrada
  28. 28. Exposição Segall Pinturas
  29. 29. Hall de entrada ( Bibliografia Resumida)
  30. 30. Obras – Figura do homem com o violino
  31. 31. Auto Retrato II
  32. 32. Aldeia Russa
  33. 33. Interior de Pobres II
  34. 34. Rua
  35. 35. Meus Avós
  36. 36. Encontro
  37. 37. Auto Retrato III
  38. 38. Dois Nus
  39. 39. Jovem de cabelo comprido
  40. 40. Maternidade
  41. 41. Pogrom
  42. 42. Paisagem Brasileira
  43. 43. Natureza morta com violão
  44. 44. Figura com resposteiro
  45. 45. Favela I
  46. 46. Floresta Crepuscular
  47. 47. Gado na montanha
  48. 48. Duas casas
  49. 49. Acervo do Museu
  50. 50. Acervo no Museu
  51. 51. Obras no Acervo
  52. 52. Biblioteca do Artista
  53. 53. Acervo de Segall
  54. 54. Acervo de Segall
  55. 55. Acervo de Segall ( Instrumentos )
  56. 56. Biblioteca no Museu
  57. 57. Livros Disponiveis
  58. 58. Área Externa
  59. 59. Atividades no Museu

×