PRINCE2

4.560 visualizações

Publicada em

Apresentação de PRINCE2.
Autores: Jander Cerqueira e Edgar Cardoso

1 comentário
5 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.560
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
259
Comentários
1
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PRINCE2

  1. 1. Edgar CardosoJander Cerqueira Disciplina: Gestão de Projetos Professor: Marcio Magalhães 1
  2. 2.  Surgiu em 1975 o PROMPTII; Em 1979 o PROMPTII é adotado pelo governo britânico; Em 1989 criado o PRINCE2 a partir do PROMPTII; Em 1996 o PRINCE2 é lançado como método de gerenciamento de projetos pelo governo britânico; Em 2002 é lançado a terceira edição da metodologia e em 2005 a quarta edição. Atualmente é o mais utilizado no mundo inteiro. 2
  3. 3.  Mais de 250 mil profissionais certificados no mundo; Cerca de 1500 pessoas realizam os exames de certificação mensalmente; Mais de 120 centros de treinamentos credenciados pelo mundo; Em 17 idiomas diferentes; *Dados de 2009 3
  4. 4.  Controle e organização do início ao fim; Regular revisão de progressos baseada nos planos e no business case; Pontos de decisão flexíveis; Gerenciamento efetivo de qual-quer desvio do plano; Envolvimento da gerência e das partes interessadas em momentos-chave durante toda a execução do projeto; Um bom canal de comunicação entre o time do projeto e o res-tante da organização. 4
  5. 5.  Gerenciamento controlado das mudanças em termos de investimento e retorno; Ativo envolvimento dos usuários e das partes interessadas durante todo o ciclo de vida do projeto; Pode ser aplicada na elaboração de projetos de qualquer segmento de mercado. 5
  6. 6.  Guia PMBOK® é uma base de conhecimentos sobre Gerenciamento de Projetos; Método de Gerenciamento de Projetos baseado em processos; O uso de um não dispensa o outro; Os temas são o ambiente no qual este ciclo de vida acontece (estágios). 6
  7. 7.  Foundation ◦ Destinada às pessoas que participam ou que dão apoio à equipe de um projeto que use PRINCE2. Practitioner ◦ Habilita às pessoas a implementar a metodologia PRINCE2 em um ambiente que suporte a mesma. É necessário já possuir a PRINCE2™ Foundation. 7
  8. 8. 8
  9. 9. 9
  10. 10.  A metodologia PRINCE2 é constituído por processos, componentes e técnicas. É composta por cerca de oito processos gerenciais, oito componentes e três técnicas. 10
  11. 11. 11
  12. 12. Componetes e técnicas nos processos da PRINCE2 12
  13. 13.  Criando um projeto (SU-Starting up a Project). Designar equipe do projeto; Descrever o projeto; Expectativas dos clientes referente a qualidade; Lista de Risco; Plano de estagio de iniciação. É recomendado que tenha um documento autorizando o inicio do projeto. 13
  14. 14.  Dirigindo um projeto (DP-Directing a Project). Autorização de iniciação do projeto; Monitoramento do progresso do projeto; Definições de diretrizes do projeto; Ações referente a ameaças de riscos; Encerramento do projeto. 14
  15. 15.  Iniciando um projeto (DP-Initiating a Project). Definir o nível do produto a ser gerado; Planejamento do projeto e custo; Revisar o caso do negocio; Justificar o prazo do projeto referente a ameaças de riscos;O termo de abertura do projeto é o principal produtodeste processo. 15
  16. 16.  Gerenciando as fronteiras de um estágio (SB-Managing Stage Boundaries). Garantir que os produtos planejados no plano estágio atual foram completados; Fornecer informação para o Comitê do Projeto analisar a viabilidade do projeto; Fornecer informação para o Comitê do Projeto aprovar o estágio atual e autorizar o proximo estágio; Guardar informações sobre as medidas adotadas que possa ajudar no proximo estágio ou em outro projeto; 16
  17. 17.  Controlando um estágio (CS - Controlling Stage ). Autorização de execução do trabalho planejado; Adquirir informações sobre o progresso do projeto; Análise de mudanças; Revisão do projeto; Comunicação sobre o projeto; Tomada de ações corretivas referente aos desvios. 17
  18. 18.  Gerenciamento a entrega do produto (MP – Managing product delivery). Ajustar com o gerente do projeto a realização dos produtos do trabalho conforme planejado; Avaliar o progresso do projeto;, Garantir que os produtos atendam as especificações de qualidade; Obter a homologação ou aprovação dos produtos completados. 18
  19. 19.  Fechando um projeto (CP – Closing a project). Avaliar se os objetivos foram atendidos; Avaliar se todos produtos foram esntregues e aceitos pelos clientes; Verificar se as manutenções e os treinamentos foram realizados caso haja necessidade; Fazer um relatório de finalização do projeto e arquivar os documentos gerados durante o projeto; Produzir um plano de revisão pós-projeto. 19
  20. 20.  Planejamento (PL – Planning).Faz parte de outros processos: No planejamento do estágio de iniciação do projeto; No planejamento do projeto; No planejamento de cada estágio; Na atualização do plano do projeto; Na aceitação de um pacote de trabalho; Na geração de um plano de exceção. 20
  21. 21.  Business Case (Caso do Negócio) – É um documento que viabiliza a necessidade do projeto. Onde mostra os resultados que serão atendidos no projeto. Organisation (Organização) – Provê uma estrutura para o projeto com a definição de papéis e responsabilidades e o relacionamento entre os diversos papéis atuantes no projeto. Plans (Planos) – Disponibiliza um conjunto de planos que podem ser adaptados às características do projeto. Utiliza uma abordagem baseada no produto. Controls (Controles) – Oferece uma série de controles que ajudam na previsão e nas decisões para a resolução de problemas. Inclui revisões em varios pontos do ciclo de vida do projeto. 21
  22. 22.  Management of Risk (Gestão de Riscos) – Define os momentos-chave onde os riscos devem ser avaliados e revisados, além da abordagem a ser aplicada em sua manutenção. Quality in a Project Environment (Qualidade no Ambiente do Projeto) – Apresenta uma abordagem para o controle de qualidade dos aspectos técnicos e de gerenciamento do projeto durante todo seu ciclo de vida. Configuration Management (Gestão da Configuração) – Define as funções essenciais e informações necessárias para a gerência de configuração do projeto, garantindo o correto versionamento dos produtos a serem entregues. Constitui uma proteção para os produtos do projeto. Change Control (Controle de Mudanças) – Técnica cujo objetivo é controlar as mudanças do projeto, verificando e validando seus impactos.. 22
  23. 23.  Product-based Planning (Planejamento Baseado em Produtos) – Esta técnica tem foco de planejamento nos produtos que o projeto deverá desenvolver e não nas atividades desempenhadas na sua produção. O planejamento e definição do escopo são realizados a partir de uma estrutura denominada PBS (Product Breakdown Structure), na qual o produto final do projeto é quebrado em subprodutos até o menor nível de subprodutos identificáveis. 23
  24. 24. EXEMPLO PBS: 24
  25. 25.  Change Control Technique (Técnica de Controle da Mudança ) – Define os passos para o efetivo tratamento das mudanças solicitadas ao longo do projeto. Visa exclusivamente o controle de mudanças nos produtos desenvolvidos pelo projeto (specialist products), e não dos produtos de gerenciamento (management products). Quality Review Technique (Técnica de Revisão de Qualidade) – Constitui um processo estruturado para a revisão de qualidade, que visa garantir que cada produto entregue atinja o seu propósito conforme a sua especificação de qualidade. 25
  26. 26.  Não abrange a área de conhecimento de gestão de contratos; Não abrange a área de conhecimento de gerenciamento de pessoas. 26
  27. 27. “O PRINCE2 é uma metodologia que vemcrescendo, sendo a mais utilizada no mundoprincipalmente na Europa. Diferente do que sepensa PMBOK e PRINCE2 podem, e devem, serutilizados juntos no mesmo projeto.Para uma organização criar uma metodologia degerenciamento de projetos baseada nas melhorespráticas, interpretando, desenvolvendo eimplementando o “como fazer” seria necessárioum esforço e um custo muito alto, e, o PRINCE2torna essa tarefa extremamente vantajosa, alémde se tratar de um método maduro econceituado.” 27
  28. 28. GERENCIAMENTO DE PROJETOS: muito além da certificação. Disponível em:http://www.ihm.com.br/seminario/ABM-2009-64-GP.pdf Acesso em: 23de abr. 2012.FERNANDES, A. A.; ABREU, V. F. Implantando a Governança de TI: daestratégia à gestão dos processos e serviços. 2 ed. Rio de Janeiro: Brasport,2008. 439 p.RIBEIRO, R. L. O.; Gerenciando Projetos com PRINCE2. Rio de Janeiro:Brasport, 2011.<www.prince2.com> Acesso em: 23 de abr. 2012<http://www.mundopm.com.br/download/posicionamento_prince2.pdf>Acesso em: 25 de abr. 2012. 28

×