Simplicidade do engenheiro 1+1=2 (az)1

95 visualizações

Publicada em

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
95
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Simplicidade do engenheiro 1+1=2 (az)1

  1. 1. Elegância Profissional ... Qualquer Engenheiro aprende a notação matemática segundo a qual a soma de dois números reais, como por exemplo, 1 +1 = 2 pode ser escrita de maneira muito simples. Entretanto, esta forma é errada devido à sua banalidade e demonstra uma falta total de estilo .
  2. 2. Desde as primeiras aulas de Matemática sabemos que , 1 = ln (e ) e também que, 1 = s in ( p ) + c o s ( p ) 2 2 Além disso, todos sabem que, 2 = ∞ ∑ n =0 1    2  n
  3. 3. Portanto a expressão, 1 +1 = 2 pode ser reescrita de uma forma mais elegante como, l n (e ) + s i n ( p ) + c o s ( p ) = 2 2 ∞ ∑ n =0 1    2  n a qual, como fácilmente podem observar, é muito mais compreensível e científica.
  4. 4. É sabido que: 1 = co sh (q ) * 1 − ta n h ( q ) 2 e que, 1   e = lim 1 +  z→ ∞ z   z
  5. 5. de onde resulta, l n (e ) + s i n ( p ) + c o s ( p ) = 2 2 ∞ ∑ n =0 n 1    2  que ainda pode ser escrita da seguinte forma clara e transparente, 2  1    ln  lim 1 +   + s in 2 ( p ) + c o s 2 ( p ) =  z→ ∞ z     ∞ ∑ n =0 1 − ta n h 2 ( q ) co sh (q ) * 2 n
  6. 6. Tendo em conta que 0!= 1 e que a matriz invertida da matriz transposta é igual à matriz transposta da matriz invertida (com a hipótese de um espaço unidimensional), conseguimos a seguinte simplificação (devida ao uso de notação X vetorial), (X ) − (X ) T −1 −1 T = 0
  7. 7. Se unificarmos as expressões simplificadas, 0!= 1 e (X ) − (X ) T −1 −1 T = 0 será óbvio que obtenhamos, ( ) − (X )   X  T −1 −1 T  ! = 1 
  8. 8. Aplicando as simplificações descritas anteriormente, resulta que, da equação abaixo… 2  1    ln  lim 1 +   + s in 2 ( p ) + c o s 2 ( p ) =  z→ ∞ z     ∞ ∑ n =0 c o s h ( q ) * 1 − ta n h 2 ( q ) 2n …obtemos finalmente, de forma totalmente elegante, legível, sucinta e compensível para qualquer um, a equação: ( ) − (X )   ln  lim   X  z→ ∞   T −1 −1 T 2  1   2 2 ! +   + s i n ( p ) + c o s ( p ) =  z    ∞ ∑ n =0 c o s h ( q ) * 1 − ta n h 2 ( q ) 2n (que, convenhamos, é muito mais profissional que a vulgaríssima e plebeia equação original ) 1 +1 = 2
  9. 9. Envie esta mensagem a alguma pessoa sábia e inteligente. Envie, também, para os advogados da sua lista para que eles saibam que não são os únicos que sabem complicar as coisas simples em proveito próprio. Envie-a também a seus amigos, que saberão apreciar sua alma sensível e humilde de Engenheiro(a)…
  10. 10. Envie esta mensagem a alguma pessoa sábia e inteligente. Envie, também, para os advogados da sua lista para que eles saibam que não são os únicos que sabem complicar as coisas simples em proveito próprio. Envie-a também a seus amigos, que saberão apreciar sua alma sensível e humilde de Engenheiro(a)…

×