SlideShare uma empresa Scribd logo
Janaíra Dantas da Silva França
Mestranda em Comunicação na Contemporaneidade
Faculdade Cásper Líbero – São Paulo (SP)
Novembro - 2011
O artigo visa analisar a presença da mulher no Twitter e as
   premissas que envolvem a construção de sua identidade digital
   e a busca do reconhecimento social dentro da rede.

   Apresenta uma introdução ao tema, em seguida, trabalha-se as
   particularidades da Twitosfera e a apropriação da rede social
   pelas mulheres. Depois articula-se com os autores escolhidos e
   desenvolve-se a primeira análise.

   Ao final, temos as primeiras considerações resultantes da
   reflexão.

@JanairaFranca                                                      2
 Início: o grupo de mulheres e a dinâmica do uso da rede
                                                              social.

      Os primeiros passos: baseada na leitura de alguns autores, as
     primeiras articulações foram realizadas e as primeiras hipóteses
                                                          levantadas.

                               O processo: continuar investigando...



@JanairaFranca                                                          3
A construção da “bio” da usuária

                                   Identidade digital

                 A preocupação com o olhar do outro

                       A apropriação da plataforma

                      Particularidades da rede social



@JanairaFranca                                          4
Dick Costolo – 200 milhões   Língua Portuguesa é a
   de usuários ativos           segunda mais usada, a
   mensuráveis e 110 milhões    terceira é o japonês.
   de tweets diários.           (Web2Engage 2011)
   (10/2011 – Web 2.0 Summit)


                  Com 26% o Brasil é o
                  terceiro país em número
                  de usuários.
                  Segundo país mais ativo.
                  (Web2Engage 2011)

   42% dos usuários                           Brasileiros + influentes:
   brasileiros gastam em                      Rafinha Bastos e
   média 6h diárias.                          Luciano Huck.
   (E-Life 2011)                              (New York Times 2011)

@JanairaFranca                                                            5
39 horas semanas
                                                                   dedicadas à mídia on-
                                                                                    line.
                        Representam 39% dos                         Twitter: 7h semanais,
                        usuários brasileiros.                    (E-Life e IDGNow, 2011)
                        (Web2Engage 2011)
                        * Excluindo os perfis de personagens e
                        empresas..


                        57% dos usuários, segundo
                        outros dados.             Usam a rede social para
                        (e-Marketer 2010)           manter contatos com:
 As mulheres lideram no                                        1. Amigos
 Facebook, Orkut e                                       2. Celebridades
 Twitter.                                                      3. Família
 (IGDNow 2011)                                      4. Marcas e Empresa
                                                       (Sophia Mind 2011)

@JanairaFranca                                                                          6
@JanairaFranca   7
Foram os pensadores que
                  estimularam ainda mais a
                 busca por respostas e essas
                 ainda não estão fechadas,
                     continuam abertas.




@JanairaFranca                                 8
Turkle (2005), a forma como
                 os adultos se relacionam
                 com computadores
                 conectados pode influenciar
                 a concepção que tem de si
                 mesmos, do seu trabalho,
                 das suas relações com
                 outros e com suas formas
                 de pensar acerca de
                 processos sociais.



@JanairaFranca                                 9
O professor canadense afirmava que a
                 tecnologia ressaltava o estilo narcisista
                 de alguém que se sente hipnotizado pela
                 extensão do seu próprio corpo numa
                 forma técnica, ou seja, para ele, os meios
                 de comunicação são extensão do próprio
                 indivíduo e portanto, não precisam ser
                 encarados como algo bom ou ruim, a sua
                 valoração se dá pela maneira como são
                 utilizados.(MCLUHAN, 2007)



@JanairaFranca                                                10
“O sujeito deve ser visto como alguém
                 que, por meio da aceitação (pelos outros)
                 de suas capacidades e qualidades, sente-
                 se reconhecido e em comunhão com seus
                 pares, possibilitando sua disposição de
                 também querer reconhecer o outro em
                 sua originalidade e singularidade”.
                 (HONNETH, 2003)




@JanairaFranca                                               11
Baumann (2005) comenta sobre as atuais formas de interação social na
  Internet não conseguem “substanciar” uma identidade pessoal, elas não
  substituem os contatos pessoais físicos. As redes sociais também contribuem
  para que o filósofo chama de “sociedades de consumidores”, onde o indivíduo
  se torna o próprio objeto de desejo, ou seja, torna-se mercadoria “atraente e
  desejável”. A invisibilidade na era da informação é encarada como morte, por
  isso, ele afirma que “é a vez de comprar e vender símbolos empregados na
  construção da identidade”. (BAUMANN, 2008)



@JanairaFranca                                                                12
“A identidade de alguém é formada na intersecção de inúmeros fatores, às
  vezes paralelos, às vezes contrários, dentro de tempos de duração variável. É
  um processo contínuo no qual oportunidades de escolha se alternam com
  obrigações sociais ou determinações psíquicas. A decisão individual e a pressão
  social nem sempre encontram fronteiras definidas – aliás, decidir quem você é
  implica igualmente escolher quais serão suas fronteiras”.
  (MARTINO, 2010)

@JanairaFranca                                                                      13
@JanairaFranca   14
@JanairaFranca   15
@JanairaFranca   16
Sempre que se propõe analisar as redes sociais conectadas não apenas como
  mídia, mas como um suporte técnico para a comunicação humana, os
  horizontes se ampliam e podem ficar inatingíveis.

  Este ser “feminino” mantém a complexidade histórica que conhecemos por
  autores que dedicaram anos de estudos sobre a mulher.

  O desafio não é simples, envolve a identidade em constante mutação de uma
  mulher que está presente nas redes sociais e na galáxia da internet,
  apropriando-se delas não apenas para comunicação, mas, como produtora e
  consumidoras de conteúdo, enquanto busca o reconhecimento social que só é
  validado pelo olhar de tantos “outros” internautas.



@JanairaFranca                                                           17
E-mail: janaira.franca@terra.com.br
      Twitter: @janairafranca
     Facebook: Janaíra França
    Slide Share: Janaíra França
           (11) 8596-9780




                                      18

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Master Dissertation
Master DissertationMaster Dissertation
Master DissertationNuno Matias
 
Gustavo Rosa Gameiro - Experiência da Revista de Medicina
Gustavo Rosa Gameiro - Experiência da Revista de MedicinaGustavo Rosa Gameiro - Experiência da Revista de Medicina
Gustavo Rosa Gameiro - Experiência da Revista de MedicinaSIBiUSP
 
André Serradas - Programa de Apoio às Publicações Científicas Periódicas da USP
André Serradas - Programa de Apoio às Publicações Científicas Periódicas da USPAndré Serradas - Programa de Apoio às Publicações Científicas Periódicas da USP
André Serradas - Programa de Apoio às Publicações Científicas Periódicas da USPSIBiUSP
 
Seminário Mitos - Mestrado em Comunicação.
Seminário Mitos - Mestrado em Comunicação.Seminário Mitos - Mestrado em Comunicação.
Seminário Mitos - Mestrado em Comunicação.Profa. Janaíra França
 
Parte V Planejamento de Mkt Janaira Franca
Parte V   Planejamento de Mkt Janaira FrancaParte V   Planejamento de Mkt Janaira Franca
Parte V Planejamento de Mkt Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 
O que atrai as mulheres no Twitter Pesquisa Sophia Mind
O que atrai as mulheres no Twitter Pesquisa Sophia MindO que atrai as mulheres no Twitter Pesquisa Sophia Mind
O que atrai as mulheres no Twitter Pesquisa Sophia MindProfa. Janaíra França
 
Consumo Narrado The Joneses Janaira Franca
Consumo Narrado The Joneses Janaira FrancaConsumo Narrado The Joneses Janaira Franca
Consumo Narrado The Joneses Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 
As mulheres e a internet móvel Pesquisa Sophia Mind
As mulheres e a internet móvel Pesquisa Sophia MindAs mulheres e a internet móvel Pesquisa Sophia Mind
As mulheres e a internet móvel Pesquisa Sophia MindProfa. Janaíra França
 
Comunicon Brasoes do Consumo Janaira Franca
Comunicon Brasoes do Consumo Janaira FrancaComunicon Brasoes do Consumo Janaira Franca
Comunicon Brasoes do Consumo Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 
Parte II Planejamento e Controle Mkt Janaira Franca
Parte II Planejamento e Controle  Mkt Janaira FrancaParte II Planejamento e Controle  Mkt Janaira Franca
Parte II Planejamento e Controle Mkt Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 
Parte III Comp. Consumidor Janaira Franca
Parte III  Comp. Consumidor Janaira FrancaParte III  Comp. Consumidor Janaira Franca
Parte III Comp. Consumidor Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 
Parte VIII Planejamento de Mkt Janaira Franca
Parte VIII Planejamento de Mkt Janaira FrancaParte VIII Planejamento de Mkt Janaira Franca
Parte VIII Planejamento de Mkt Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 
Marketing: conceituação Janaira Franca
Marketing: conceituação Janaira FrancaMarketing: conceituação Janaira Franca
Marketing: conceituação Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 
Parte VI Planejamento de Mkt Janaira Franca
Parte VI   Planejamento de Mkt Janaira FrancaParte VI   Planejamento de Mkt Janaira Franca
Parte VI Planejamento de Mkt Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 
Parte IV Planejamento de Mkt Janaira Franca
Parte IV  Planejamento de Mkt Janaira FrancaParte IV  Planejamento de Mkt Janaira Franca
Parte IV Planejamento de Mkt Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 
Economia - Introdução para Publicitários by Janaira Franca
Economia - Introdução para Publicitários by Janaira FrancaEconomia - Introdução para Publicitários by Janaira Franca
Economia - Introdução para Publicitários by Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 
InstanYourCity Artigo Comunicon 2013 Janaira Franca
InstanYourCity Artigo Comunicon 2013 Janaira FrancaInstanYourCity Artigo Comunicon 2013 Janaira Franca
InstanYourCity Artigo Comunicon 2013 Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 

Destaque (20)

Master Dissertation
Master DissertationMaster Dissertation
Master Dissertation
 
Pesquisa sobre o uso de IHC e Métodos Ágeis
Pesquisa sobre o uso de IHC e Métodos ÁgeisPesquisa sobre o uso de IHC e Métodos Ágeis
Pesquisa sobre o uso de IHC e Métodos Ágeis
 
Gustavo Rosa Gameiro - Experiência da Revista de Medicina
Gustavo Rosa Gameiro - Experiência da Revista de MedicinaGustavo Rosa Gameiro - Experiência da Revista de Medicina
Gustavo Rosa Gameiro - Experiência da Revista de Medicina
 
André Serradas - Programa de Apoio às Publicações Científicas Periódicas da USP
André Serradas - Programa de Apoio às Publicações Científicas Periódicas da USPAndré Serradas - Programa de Apoio às Publicações Científicas Periódicas da USP
André Serradas - Programa de Apoio às Publicações Científicas Periódicas da USP
 
Pesquisa Mestrado Janaira Franca
Pesquisa Mestrado Janaira FrancaPesquisa Mestrado Janaira Franca
Pesquisa Mestrado Janaira Franca
 
Seminário Mitos - Mestrado em Comunicação.
Seminário Mitos - Mestrado em Comunicação.Seminário Mitos - Mestrado em Comunicação.
Seminário Mitos - Mestrado em Comunicação.
 
Parte V Planejamento de Mkt Janaira Franca
Parte V   Planejamento de Mkt Janaira FrancaParte V   Planejamento de Mkt Janaira Franca
Parte V Planejamento de Mkt Janaira Franca
 
O que atrai as mulheres no Twitter Pesquisa Sophia Mind
O que atrai as mulheres no Twitter Pesquisa Sophia MindO que atrai as mulheres no Twitter Pesquisa Sophia Mind
O que atrai as mulheres no Twitter Pesquisa Sophia Mind
 
Consumo Narrado The Joneses Janaira Franca
Consumo Narrado The Joneses Janaira FrancaConsumo Narrado The Joneses Janaira Franca
Consumo Narrado The Joneses Janaira Franca
 
As mulheres e a internet móvel Pesquisa Sophia Mind
As mulheres e a internet móvel Pesquisa Sophia MindAs mulheres e a internet móvel Pesquisa Sophia Mind
As mulheres e a internet móvel Pesquisa Sophia Mind
 
Comunicon Brasoes do Consumo Janaira Franca
Comunicon Brasoes do Consumo Janaira FrancaComunicon Brasoes do Consumo Janaira Franca
Comunicon Brasoes do Consumo Janaira Franca
 
Parte II Planejamento e Controle Mkt Janaira Franca
Parte II Planejamento e Controle  Mkt Janaira FrancaParte II Planejamento e Controle  Mkt Janaira Franca
Parte II Planejamento e Controle Mkt Janaira Franca
 
Parte III Comp. Consumidor Janaira Franca
Parte III  Comp. Consumidor Janaira FrancaParte III  Comp. Consumidor Janaira Franca
Parte III Comp. Consumidor Janaira Franca
 
Parte VIII Planejamento de Mkt Janaira Franca
Parte VIII Planejamento de Mkt Janaira FrancaParte VIII Planejamento de Mkt Janaira Franca
Parte VIII Planejamento de Mkt Janaira Franca
 
Marketing: conceituação Janaira Franca
Marketing: conceituação Janaira FrancaMarketing: conceituação Janaira Franca
Marketing: conceituação Janaira Franca
 
Parte VI Planejamento de Mkt Janaira Franca
Parte VI   Planejamento de Mkt Janaira FrancaParte VI   Planejamento de Mkt Janaira Franca
Parte VI Planejamento de Mkt Janaira Franca
 
Parte IV Planejamento de Mkt Janaira Franca
Parte IV  Planejamento de Mkt Janaira FrancaParte IV  Planejamento de Mkt Janaira Franca
Parte IV Planejamento de Mkt Janaira Franca
 
Economia - Introdução para Publicitários by Janaira Franca
Economia - Introdução para Publicitários by Janaira FrancaEconomia - Introdução para Publicitários by Janaira Franca
Economia - Introdução para Publicitários by Janaira Franca
 
Briefing Exemplo Janaira França
Briefing Exemplo Janaira FrançaBriefing Exemplo Janaira França
Briefing Exemplo Janaira França
 
InstanYourCity Artigo Comunicon 2013 Janaira Franca
InstanYourCity Artigo Comunicon 2013 Janaira FrancaInstanYourCity Artigo Comunicon 2013 Janaira Franca
InstanYourCity Artigo Comunicon 2013 Janaira Franca
 

Semelhante a Mulheres na Twitosfera - Janaira Franca

Análise Comportamental do eu perante o outro no Instagram
Análise Comportamental do eu perante o outro no InstagramAnálise Comportamental do eu perante o outro no Instagram
Análise Comportamental do eu perante o outro no InstagramRaquel Luisi
 
Social Media Influence in Portugal
Social Media Influence in PortugalSocial Media Influence in Portugal
Social Media Influence in PortugalNuno Ferreira
 
Rede sociais
Rede sociaisRede sociais
Rede sociaiseltonfilo
 
Redessociais
RedessociaisRedessociais
Redessociaiseltonfilo
 
Redes Sociais e Geração Y: Mudanças na Comunicação - Faculdade Sumaré - 2014
Redes Sociais e Geração Y: Mudanças na Comunicação - Faculdade Sumaré - 2014Redes Sociais e Geração Y: Mudanças na Comunicação - Faculdade Sumaré - 2014
Redes Sociais e Geração Y: Mudanças na Comunicação - Faculdade Sumaré - 2014Mauro de Oliveira
 
As Mídias Sociais no Processo de Gestão de Relacionamentos Corporativos
As Mídias Sociais no Processo de Gestão de Relacionamentos CorporativosAs Mídias Sociais no Processo de Gestão de Relacionamentos Corporativos
As Mídias Sociais no Processo de Gestão de Relacionamentos CorporativosMarcielly
 
LITERATURA E REDES SOCIAIS: UMA CONVIVÊNCIA HARMONIOSA
LITERATURA E REDES SOCIAIS: UMA CONVIVÊNCIA HARMONIOSALITERATURA E REDES SOCIAIS: UMA CONVIVÊNCIA HARMONIOSA
LITERATURA E REDES SOCIAIS: UMA CONVIVÊNCIA HARMONIOSAJoyce Fettermann
 
Redes sociais: algumas definições
Redes sociais: algumas definiçõesRedes sociais: algumas definições
Redes sociais: algumas definiçõesDaniela Mestriner
 
O papel das mídias sociais na construção da identidade do sujeito pós-moderno
O papel das mídias sociais na construção da identidade do sujeito pós-moderno O papel das mídias sociais na construção da identidade do sujeito pós-moderno
O papel das mídias sociais na construção da identidade do sujeito pós-moderno Larissa Martins
 
Desvendando as Redes Sociais
Desvendando as Redes SociaisDesvendando as Redes Sociais
Desvendando as Redes SociaisIbrahim Cesar
 
Trabalho de Mídias Sociais - Facebook (corrigido)
Trabalho de Mídias Sociais - Facebook (corrigido)Trabalho de Mídias Sociais - Facebook (corrigido)
Trabalho de Mídias Sociais - Facebook (corrigido)raquelmndo
 
Pesquisa o twitter foi mais longe
Pesquisa   o twitter foi mais longePesquisa   o twitter foi mais longe
Pesquisa o twitter foi mais longeJonhnes Carvalho
 
Pedro II RJ Semana Acadêmica
Pedro II RJ Semana AcadêmicaPedro II RJ Semana Acadêmica
Pedro II RJ Semana Acadêmicasergiocrespo
 
2011 redes sociais_aplicacoes_diversos_tipos_organizacao
2011 redes sociais_aplicacoes_diversos_tipos_organizacao2011 redes sociais_aplicacoes_diversos_tipos_organizacao
2011 redes sociais_aplicacoes_diversos_tipos_organizacaocamara municipal de ananindeua
 
Projeto tcc
Projeto tccProjeto tcc
Projeto tccediqueli
 
Netnografia no Twitter: algumas proposições de como fazer
Netnografia no Twitter: algumas proposições de como fazerNetnografia no Twitter: algumas proposições de como fazer
Netnografia no Twitter: algumas proposições de como fazerMoisés Costa Pinto
 

Semelhante a Mulheres na Twitosfera - Janaira Franca (20)

Análise Comportamental do eu perante o outro no Instagram
Análise Comportamental do eu perante o outro no InstagramAnálise Comportamental do eu perante o outro no Instagram
Análise Comportamental do eu perante o outro no Instagram
 
Social Media Influence in Portugal
Social Media Influence in PortugalSocial Media Influence in Portugal
Social Media Influence in Portugal
 
Rede sociais
Rede sociaisRede sociais
Rede sociais
 
Redessociais
RedessociaisRedessociais
Redessociais
 
Redes Sociais e Geração Y: Mudanças na Comunicação - Faculdade Sumaré - 2014
Redes Sociais e Geração Y: Mudanças na Comunicação - Faculdade Sumaré - 2014Redes Sociais e Geração Y: Mudanças na Comunicação - Faculdade Sumaré - 2014
Redes Sociais e Geração Y: Mudanças na Comunicação - Faculdade Sumaré - 2014
 
As Mídias Sociais no Processo de Gestão de Relacionamentos Corporativos
As Mídias Sociais no Processo de Gestão de Relacionamentos CorporativosAs Mídias Sociais no Processo de Gestão de Relacionamentos Corporativos
As Mídias Sociais no Processo de Gestão de Relacionamentos Corporativos
 
LITERATURA E REDES SOCIAIS: UMA CONVIVÊNCIA HARMONIOSA
LITERATURA E REDES SOCIAIS: UMA CONVIVÊNCIA HARMONIOSALITERATURA E REDES SOCIAIS: UMA CONVIVÊNCIA HARMONIOSA
LITERATURA E REDES SOCIAIS: UMA CONVIVÊNCIA HARMONIOSA
 
Nuderg 2012
Nuderg 2012Nuderg 2012
Nuderg 2012
 
Redes sociais: algumas definições
Redes sociais: algumas definiçõesRedes sociais: algumas definições
Redes sociais: algumas definições
 
O papel das mídias sociais na construção da identidade do sujeito pós-moderno
O papel das mídias sociais na construção da identidade do sujeito pós-moderno O papel das mídias sociais na construção da identidade do sujeito pós-moderno
O papel das mídias sociais na construção da identidade do sujeito pós-moderno
 
Interligada (revista)
Interligada (revista)Interligada (revista)
Interligada (revista)
 
Usuário mídia
Usuário mídiaUsuário mídia
Usuário mídia
 
Desvendando as Redes Sociais
Desvendando as Redes SociaisDesvendando as Redes Sociais
Desvendando as Redes Sociais
 
Trabalho de Mídias Sociais - Facebook (corrigido)
Trabalho de Mídias Sociais - Facebook (corrigido)Trabalho de Mídias Sociais - Facebook (corrigido)
Trabalho de Mídias Sociais - Facebook (corrigido)
 
Pesquisa o twitter foi mais longe
Pesquisa   o twitter foi mais longePesquisa   o twitter foi mais longe
Pesquisa o twitter foi mais longe
 
O twitter foi mais longe
O twitter foi mais longeO twitter foi mais longe
O twitter foi mais longe
 
Pedro II RJ Semana Acadêmica
Pedro II RJ Semana AcadêmicaPedro II RJ Semana Acadêmica
Pedro II RJ Semana Acadêmica
 
2011 redes sociais_aplicacoes_diversos_tipos_organizacao
2011 redes sociais_aplicacoes_diversos_tipos_organizacao2011 redes sociais_aplicacoes_diversos_tipos_organizacao
2011 redes sociais_aplicacoes_diversos_tipos_organizacao
 
Projeto tcc
Projeto tccProjeto tcc
Projeto tcc
 
Netnografia no Twitter: algumas proposições de como fazer
Netnografia no Twitter: algumas proposições de como fazerNetnografia no Twitter: algumas proposições de como fazer
Netnografia no Twitter: algumas proposições de como fazer
 

Mais de Profa. Janaíra França

Ética: cidadania e direitos by Janaira Franca
Ética: cidadania e direitos by Janaira FrancaÉtica: cidadania e direitos by Janaira Franca
Ética: cidadania e direitos by Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 
Tipos de mercados e segmentação by Janaira Franca
Tipos de mercados e segmentação by Janaira FrancaTipos de mercados e segmentação by Janaira Franca
Tipos de mercados e segmentação by Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 
Ecossistema de Marketing by Janaira Franca
Ecossistema de Marketing by Janaira FrancaEcossistema de Marketing by Janaira Franca
Ecossistema de Marketing by Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 
Síntese Histórica da Ética Janaira Franca
Síntese Histórica da Ética Janaira FrancaSíntese Histórica da Ética Janaira Franca
Síntese Histórica da Ética Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 
Reflexões sobre ética e moral Janaira Franca
Reflexões sobre ética e moral Janaira FrancaReflexões sobre ética e moral Janaira Franca
Reflexões sobre ética e moral Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 
Codigo Etica Publicitario by Janaira Franca
Codigo Etica Publicitario by Janaira FrancaCodigo Etica Publicitario by Janaira Franca
Codigo Etica Publicitario by Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 
Digital Branding: identidade e posicionamento by Janaira Franca
Digital Branding: identidade e posicionamento by Janaira FrancaDigital Branding: identidade e posicionamento by Janaira Franca
Digital Branding: identidade e posicionamento by Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 
Content Marketing Transmedia Storytelling by Janaira Franca
Content Marketing Transmedia Storytelling by Janaira FrancaContent Marketing Transmedia Storytelling by Janaira Franca
Content Marketing Transmedia Storytelling by Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 
Mídias Sociais - Varejo by Janaira Franca
Mídias Sociais - Varejo by Janaira FrancaMídias Sociais - Varejo by Janaira Franca
Mídias Sociais - Varejo by Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 
Codigo de ética do profissional de marketing
Codigo de ética do profissional de marketing Codigo de ética do profissional de marketing
Codigo de ética do profissional de marketing Profa. Janaíra França
 
Parte I Liderança e motivação de equipes Janaira Franca
Parte I Liderança e motivação de equipes Janaira FrancaParte I Liderança e motivação de equipes Janaira Franca
Parte I Liderança e motivação de equipes Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 
Interface Homem Computador Janaira Franca Parte II
Interface Homem Computador Janaira Franca Parte IIInterface Homem Computador Janaira Franca Parte II
Interface Homem Computador Janaira Franca Parte IIProfa. Janaíra França
 
Interface Homem Computador - Janaira Franca
Interface Homem Computador - Janaira FrancaInterface Homem Computador - Janaira Franca
Interface Homem Computador - Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 
Comunicacao e o Terceiro Setor Janaira Franca
Comunicacao e o Terceiro Setor Janaira FrancaComunicacao e o Terceiro Setor Janaira Franca
Comunicacao e o Terceiro Setor Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 

Mais de Profa. Janaíra França (20)

Ética & Minorias by Janaira Franca
Ética & Minorias by Janaira FrancaÉtica & Minorias by Janaira Franca
Ética & Minorias by Janaira Franca
 
Ética: cidadania e direitos by Janaira Franca
Ética: cidadania e direitos by Janaira FrancaÉtica: cidadania e direitos by Janaira Franca
Ética: cidadania e direitos by Janaira Franca
 
Tipos de mercados e segmentação by Janaira Franca
Tipos de mercados e segmentação by Janaira FrancaTipos de mercados e segmentação by Janaira Franca
Tipos de mercados e segmentação by Janaira Franca
 
Ecossistema de Marketing by Janaira Franca
Ecossistema de Marketing by Janaira FrancaEcossistema de Marketing by Janaira Franca
Ecossistema de Marketing by Janaira Franca
 
Síntese Histórica da Ética Janaira Franca
Síntese Histórica da Ética Janaira FrancaSíntese Histórica da Ética Janaira Franca
Síntese Histórica da Ética Janaira Franca
 
Reflexões sobre ética e moral Janaira Franca
Reflexões sobre ética e moral Janaira FrancaReflexões sobre ética e moral Janaira Franca
Reflexões sobre ética e moral Janaira Franca
 
Codigo Etica Publicitario by Janaira Franca
Codigo Etica Publicitario by Janaira FrancaCodigo Etica Publicitario by Janaira Franca
Codigo Etica Publicitario by Janaira Franca
 
Digital Branding: identidade e posicionamento by Janaira Franca
Digital Branding: identidade e posicionamento by Janaira FrancaDigital Branding: identidade e posicionamento by Janaira Franca
Digital Branding: identidade e posicionamento by Janaira Franca
 
Digital Branding by Janaira Franca
Digital Branding by Janaira FrancaDigital Branding by Janaira Franca
Digital Branding by Janaira Franca
 
Branding e Brand Equity Janaira Franca
Branding e Brand Equity Janaira FrancaBranding e Brand Equity Janaira Franca
Branding e Brand Equity Janaira Franca
 
Artigo o que importa é ter fãs
Artigo o que importa é ter fãs Artigo o que importa é ter fãs
Artigo o que importa é ter fãs
 
Content Marketing Transmedia Storytelling by Janaira Franca
Content Marketing Transmedia Storytelling by Janaira FrancaContent Marketing Transmedia Storytelling by Janaira Franca
Content Marketing Transmedia Storytelling by Janaira Franca
 
Mídias Sociais - Varejo by Janaira Franca
Mídias Sociais - Varejo by Janaira FrancaMídias Sociais - Varejo by Janaira Franca
Mídias Sociais - Varejo by Janaira Franca
 
Codigo de ética do profissional de marketing
Codigo de ética do profissional de marketing Codigo de ética do profissional de marketing
Codigo de ética do profissional de marketing
 
Parte I Liderança e motivação de equipes Janaira Franca
Parte I Liderança e motivação de equipes Janaira FrancaParte I Liderança e motivação de equipes Janaira Franca
Parte I Liderança e motivação de equipes Janaira Franca
 
Interface Homem Computador Janaira Franca Parte II
Interface Homem Computador Janaira Franca Parte IIInterface Homem Computador Janaira Franca Parte II
Interface Homem Computador Janaira Franca Parte II
 
Lideranca Janaira Franca - Parte II
Lideranca Janaira Franca - Parte IILideranca Janaira Franca - Parte II
Lideranca Janaira Franca - Parte II
 
Interface Homem Computador - Janaira Franca
Interface Homem Computador - Janaira FrancaInterface Homem Computador - Janaira Franca
Interface Homem Computador - Janaira Franca
 
Twitter Rosa: Janaira Franca
Twitter Rosa: Janaira FrancaTwitter Rosa: Janaira Franca
Twitter Rosa: Janaira Franca
 
Comunicacao e o Terceiro Setor Janaira Franca
Comunicacao e o Terceiro Setor Janaira FrancaComunicacao e o Terceiro Setor Janaira Franca
Comunicacao e o Terceiro Setor Janaira Franca
 

Último

AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfssuserbb4ac2
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaaCarolineFrancielle
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxSolangeWaltre
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfRILTONNOGUEIRADOSSAN
 
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoApresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoPedroFerreira53928
 
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-carloseduardogonalve36
 
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetosLeonardoHenrique931183
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfrarakey779
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados NacionaisAmérica Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados NacionaisValéria Shoujofan
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao AssédioApresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédioifbauab
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....LuizHenriquedeAlmeid6
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assisbrunocali007
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdfedjailmax
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - FalamansaMary Alvarenga
 

Último (20)

AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoApresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
 
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
 
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados NacionaisAmérica Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao AssédioApresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
 

Mulheres na Twitosfera - Janaira Franca

  • 1. Janaíra Dantas da Silva França Mestranda em Comunicação na Contemporaneidade Faculdade Cásper Líbero – São Paulo (SP) Novembro - 2011
  • 2. O artigo visa analisar a presença da mulher no Twitter e as premissas que envolvem a construção de sua identidade digital e a busca do reconhecimento social dentro da rede. Apresenta uma introdução ao tema, em seguida, trabalha-se as particularidades da Twitosfera e a apropriação da rede social pelas mulheres. Depois articula-se com os autores escolhidos e desenvolve-se a primeira análise. Ao final, temos as primeiras considerações resultantes da reflexão. @JanairaFranca 2
  • 3.  Início: o grupo de mulheres e a dinâmica do uso da rede social.  Os primeiros passos: baseada na leitura de alguns autores, as primeiras articulações foram realizadas e as primeiras hipóteses levantadas.  O processo: continuar investigando... @JanairaFranca 3
  • 4. A construção da “bio” da usuária Identidade digital A preocupação com o olhar do outro A apropriação da plataforma Particularidades da rede social @JanairaFranca 4
  • 5. Dick Costolo – 200 milhões Língua Portuguesa é a de usuários ativos segunda mais usada, a mensuráveis e 110 milhões terceira é o japonês. de tweets diários. (Web2Engage 2011) (10/2011 – Web 2.0 Summit) Com 26% o Brasil é o terceiro país em número de usuários. Segundo país mais ativo. (Web2Engage 2011) 42% dos usuários Brasileiros + influentes: brasileiros gastam em Rafinha Bastos e média 6h diárias. Luciano Huck. (E-Life 2011) (New York Times 2011) @JanairaFranca 5
  • 6. 39 horas semanas dedicadas à mídia on- line. Representam 39% dos Twitter: 7h semanais, usuários brasileiros. (E-Life e IDGNow, 2011) (Web2Engage 2011) * Excluindo os perfis de personagens e empresas.. 57% dos usuários, segundo outros dados. Usam a rede social para (e-Marketer 2010) manter contatos com: As mulheres lideram no 1. Amigos Facebook, Orkut e 2. Celebridades Twitter. 3. Família (IGDNow 2011) 4. Marcas e Empresa (Sophia Mind 2011) @JanairaFranca 6
  • 8. Foram os pensadores que estimularam ainda mais a busca por respostas e essas ainda não estão fechadas, continuam abertas. @JanairaFranca 8
  • 9. Turkle (2005), a forma como os adultos se relacionam com computadores conectados pode influenciar a concepção que tem de si mesmos, do seu trabalho, das suas relações com outros e com suas formas de pensar acerca de processos sociais. @JanairaFranca 9
  • 10. O professor canadense afirmava que a tecnologia ressaltava o estilo narcisista de alguém que se sente hipnotizado pela extensão do seu próprio corpo numa forma técnica, ou seja, para ele, os meios de comunicação são extensão do próprio indivíduo e portanto, não precisam ser encarados como algo bom ou ruim, a sua valoração se dá pela maneira como são utilizados.(MCLUHAN, 2007) @JanairaFranca 10
  • 11. “O sujeito deve ser visto como alguém que, por meio da aceitação (pelos outros) de suas capacidades e qualidades, sente- se reconhecido e em comunhão com seus pares, possibilitando sua disposição de também querer reconhecer o outro em sua originalidade e singularidade”. (HONNETH, 2003) @JanairaFranca 11
  • 12. Baumann (2005) comenta sobre as atuais formas de interação social na Internet não conseguem “substanciar” uma identidade pessoal, elas não substituem os contatos pessoais físicos. As redes sociais também contribuem para que o filósofo chama de “sociedades de consumidores”, onde o indivíduo se torna o próprio objeto de desejo, ou seja, torna-se mercadoria “atraente e desejável”. A invisibilidade na era da informação é encarada como morte, por isso, ele afirma que “é a vez de comprar e vender símbolos empregados na construção da identidade”. (BAUMANN, 2008) @JanairaFranca 12
  • 13. “A identidade de alguém é formada na intersecção de inúmeros fatores, às vezes paralelos, às vezes contrários, dentro de tempos de duração variável. É um processo contínuo no qual oportunidades de escolha se alternam com obrigações sociais ou determinações psíquicas. A decisão individual e a pressão social nem sempre encontram fronteiras definidas – aliás, decidir quem você é implica igualmente escolher quais serão suas fronteiras”. (MARTINO, 2010) @JanairaFranca 13
  • 17. Sempre que se propõe analisar as redes sociais conectadas não apenas como mídia, mas como um suporte técnico para a comunicação humana, os horizontes se ampliam e podem ficar inatingíveis. Este ser “feminino” mantém a complexidade histórica que conhecemos por autores que dedicaram anos de estudos sobre a mulher. O desafio não é simples, envolve a identidade em constante mutação de uma mulher que está presente nas redes sociais e na galáxia da internet, apropriando-se delas não apenas para comunicação, mas, como produtora e consumidoras de conteúdo, enquanto busca o reconhecimento social que só é validado pelo olhar de tantos “outros” internautas. @JanairaFranca 17
  • 18. E-mail: janaira.franca@terra.com.br Twitter: @janairafranca Facebook: Janaíra França Slide Share: Janaíra França (11) 8596-9780 18