Aula 7 3º cga

680 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
680
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
384
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 7 3º cga

  1. 1. Conflitos separatistas na Europa ● Década de 1920: Estados Nacionais buscam se fortalecer → cultura nacional ● I e II Guerras Mundiais → grandes transformações nas fronteiras da Europa
  2. 2. Conflitos separatistas na Europa ● Década de 1920: Estados Nacionais buscam se fortalecer → cultura nacional ● I e II Guerras Mundiais → grandes transformações nas fronteiras da Europa http://www.revista.vestibular.uerj.br/questao/questao-discursiva.php?seq_questao=981
  3. 3. Conflitos separatistas na Europa ● Década de 1920: Estados Nacionais buscam se fortalecer → cultura nacional ● I e II Guerras Mundiais → grandes transformações nas fronteiras da Europa http://www.revista.vestibular.uerj.br/questao/questao-discursiva.php?seq_questao=981 Incorporação de novos territórios → dominação cultural de seus povos
  4. 4. Conflitos separatistas na Europa ● Década de 1920: Estados Nacionais buscam se fortalecer → cultura nacional ● I e II Guerras Mundiais → grandes transformações nas fronteiras da Europa http://www.revista.vestibular.uerj.br/questao/questao-discursiva.php?seq_questao=981 Incorporação de novos territórios → dominação cultural de seus povos ● Estados Nacionais → imposição de uma cultura única e repressão de manifestações culturais específicas
  5. 5. Décadas de 1970 e 1980: “renascimento” dessas culturas reprimidas no início do século XX. Causas:
  6. 6. Décadas de 1970 e 1980: “renascimento” dessas culturas reprimidas no início do século XX. Causas: Toyotismo como modo de produção hegemônico ● Fordismo: homogeneidade na produção e no consumo ● Toyotismo: produção de acordo com a demanda ● Diferenças culturais são postas no mercado como diferentes padrões de consumo e passam a ser valorizadas.
  7. 7. Décadas de 1970 e 1980: “renascimento” dessas culturas reprimidas no início do século XX. Causas: Toyotismo como modo de produção hegemônico ● Fordismo: homogeneidade na produção e no consumo ● Toyotismo: produção de acordo com a demanda ● Diferenças culturais são postas no mercado como diferentes padrões de consumo e passam a ser valorizadas. Crise do socialismo soviético Dilaceração da URSS → grupos étnicos reunidos em diferentes repúblicas começam a reivindicar autonomia.
  8. 8. Fragmentação nacional: justificativas Cultural Língua Etnia História Religião
  9. 9. Fragmentação nacional: justificativas Cultural Língua Etnia História Religião Desenvolvimento econômico/social Desenvolvimento superior ao conjunto do país Minerais de alto valor econômico (ex.: petróleo)
  10. 10. Escócia e Reino Unido Países tem autonomia política em questões como educação, saúde e sistema prisional. Controle do Reino Unido: impostos, segurança social e relações internacionais. http://viagemreinounido.wordpress.com/2011/10/27/dica-de-roteiro-gales/
  11. 11. Escócia e Reino Unido Países tem autonomia política em questões como educação, saúde e sistema prisional. Controle do Reino Unido: impostos, segurança social e relações internacionais. Partido Nacional Escocês → questiona a divisão das receitas vindas do petróleo explorado no Mar do Norte entre a Escócia e o governo central. http://viagemreinounido.wordpress.com/2011/10/27/dica-de-roteiro-gales/
  12. 12. Independência escocesa: argumentos
  13. 13. Independência escocesa: argumentos Contrários (“não”) ● Boa qualidade de vida no Reino Unido
  14. 14. Independência escocesa: argumentos Contrários (“não”) ● Boa qualidade de vida no Reino Unido ● Dificuldades em entrar na União Europeia (oposição da Espanha)
  15. 15. Independência escocesa: argumentos Contrários (“não”) ● Boa qualidade de vida no Reino Unido ● Dificuldades em entrar na União Europeia (oposição da Espanha) ● Abandono da libra ● Pessimismo e incertezas sobre o futuro (economia e política internacional)
  16. 16. Independência escocesa: argumentos Contrários (“não”) ● Boa qualidade de vida no Reino Unido ● Dificuldades em entrar na União Europeia (oposição da Espanha) ● Abandono da libra ● Pessimismo e incertezas sobre o futuro (economia e política internacional) Favoráveis (“sim”) ● Contribuição superior ao que recebe do R.U.
  17. 17. Independência escocesa: argumentos Contrários (“não”) ● Boa qualidade de vida no Reino Unido ● Dificuldades em entrar na União Europeia (oposição da Espanha) ● Abandono da libra ● Pessimismo e incertezas sobre o futuro (economia e política internacional) Favoráveis (“sim”) ● Contribuição superior ao que recebe do R.U. ● Decisões tomadas por um governo distante
  18. 18. Independência escocesa: argumentos Contrários (“não”) ● Boa qualidade de vida no Reino Unido ● Dificuldades em entrar na União Europeia (oposição da Espanha) ● Abandono da libra ● Pessimismo e incertezas sobre o futuro (economia e política internacional) Favoráveis (“sim”) ● Contribuição superior ao que recebe do R.U. ● Decisões tomadas por um governo distante ● ↑ renda per capita e IDH
  19. 19. Independência escocesa: argumentos Contrários (“não”) ● Boa qualidade de vida no Reino Unido ● Dificuldades em entrar na União Europeia (oposição da Espanha) ● Abandono da libra ● Pessimismo e incertezas sobre o futuro (economia e política internacional) Favoráveis (“sim”) ● Contribuição superior ao que recebe do R.U. ● Decisões tomadas por um governo distante ● ↑ renda per capita e IDH ● Escócia: Bem Estar Social / Inglaterra: liberal → muitos apostam na piora dos serviços com a permanência no RU
  20. 20. Vitória do “não” → consequências para o R.U. Independência escocesa: argumentos ● Prometeu maior autonomia à Escócia Contrários (“não”) ● Boa qualidade de vida no Reino Unido ● Dificuldades em entrar na União Europeia (oposição da Espanha) ● Abandono da libra ● Pessimismo e incertezas sobre o futuro (economia e política internacional) Favoráveis (“sim”) ● Contribuição superior ao que recebe do R.U. ● Decisões tomadas por um governo distante ● ↑ renda per capita e IDH ● Escócia: Bem Estar Social / Inglaterra: liberal → muitos apostam na piora dos serviços com a permanência no RU
  21. 21. Vitória do “não” → consequências para o R.U. Independência escocesa: argumentos ● Prometeu maior autonomia à Escócia Contrários (“não”) ● Discussão sobre maior autonomia aos outros países do R.U. ● Boa qualidade de vida no Reino Unido ● Dificuldades em entrar na União Europeia (oposição da Espanha) ● Abandono da libra ● Pessimismo e incertezas sobre o futuro (economia e política internacional) Favoráveis (“sim”) ● Contribuição superior ao que recebe do R.U. ● Decisões tomadas por um governo distante ● ↑ renda per capita e IDH ● Escócia: Bem Estar Social / Inglaterra: liberal → muitos apostam na piora dos serviços com a permanência no RU
  22. 22. Vitória do “não” → consequências para o R.U. Independência escocesa: argumentos ● Prometeu maior autonomia à Escócia Contrários (“não”) ● Discussão sobre maior autonomia aos outros países do R.U. ● Boa qualidade de vida no Reino Unido ● Possível retomada nacionalista na Irlanda → desejam a unidade das duas Irlandas ● Dificuldades em entrar na União Europeia (oposição da Espanha) ● Abandono da libra ● Pessimismo e incertezas sobre o futuro (economia e política internacional) Favoráveis (“sim”) ● Contribuição superior ao que recebe do R.U. ● Decisões tomadas por um governo distante ● ↑ renda per capita e IDH ● Escócia: Bem Estar Social / Inglaterra: liberal → muitos apostam na piora dos serviços com a permanência no RU
  23. 23. Vitória do “não” → consequências para o R.U. Independência escocesa: argumentos ● Prometeu maior autonomia à Escócia Contrários (“não”) ● Discussão sobre maior autonomia aos outros países do R.U. ● Boa qualidade de vida no Reino Unido ● Possível retomada nacionalista na Irlanda → desejam a unidade das duas Irlandas ● Dificuldades em entrar na União Europeia (oposição da Espanha) ● Fator etário → questão será retomada nas próximas décadas ● Abandono da libra ● Pessimismo e incertezas sobre o futuro (economia e política internacional) Favoráveis (“sim”) ● Contribuição superior ao que recebe do R.U. ● Decisões tomadas por um governo distante ● ↑ renda per capita e IDH ● Escócia: Bem Estar Social / Inglaterra: liberal → muitos apostam na piora dos serviços com a permanência no RU
  24. 24. Vitória do “não” → consequências para o R.U. Independência escocesa: argumentos ● Prometeu maior autonomia à Escócia Contrários (“não”) ● Discussão sobre maior autonomia aos outros países do R.U. ● Boa qualidade de vida no Reino Unido ● Possível retomada nacionalista na Irlanda → desejam a unidade das duas Irlandas ● Dificuldades em entrar na União Europeia (oposição da Espanha) ● Fator etário → questão será retomada nas próximas décadas ● Abandono da libra ● Pessimismo e incertezas sobre o futuro (economia e política internacional) Favoráveis (“sim”) ● Contribuição superior ao que recebe do R.U. ● Decisões tomadas por um governo distante ● ↑ renda per capita e IDH ● Escócia: Bem Estar Social / Inglaterra: liberal → muitos apostam na piora dos serviços com a permanência no RU Consequências na Europa Fortalecimento de movimentos separatistas – Espanha: Catalunha e País Basco – Itália: Padânia (Liga Norte)
  25. 25. Vitória do http://“não” expresso.→ sapo.consequências pt/como-seria-o-mapa-da-europa-se- para o R.U. Independência houvesse-uma-escocesa: vaga-independentista= argumentos f889831#ixzz3DfUCxcfV ● Prometeu maior autonomia à Escócia Contrários (“não”) ● Discussão sobre maior autonomia aos outros países do R.U. ● Boa qualidade de vida no Reino Unido ● Possível retomada nacionalista na Irlanda → desejam a unidade das duas Irlandas ● Dificuldades em entrar na União Europeia (oposição da Espanha) ● Fator etário → questão será retomada nas próximas décadas ● Abandono da libra ● Pessimismo e incertezas sobre o futuro (economia e política internacional) Favoráveis (“sim”) ● Contribuição superior ao que recebe do R.U. ● Decisões tomadas por um governo distante ● ↑ renda per capita e IDH ● Escócia: Bem Estar Social / Inglaterra: liberal → muitos apostam na piora dos serviços com a permanência no RU Consequências na Europa Fortalecimento de movimentos separatistas – Espanha: Catalunha e País Basco – Itália: Padânia (Liga Norte)

×