TEMA 7: O CONCEITO DE BIOMA DEVE
SER MODIFICADO PARA OS SISTEMAS
DE ÁGUA DOCE
•
BIOMAS ÁQUATICOS
• Água doce: Córregos, Rios, Lagos, Alagados,
riachos.
• Água Salgada: Estuários, litorais, recifes de co...
• Ecossistemas Lênticos:
Águas Paradas. Exemplos:
lagos, lagoas, charcos e
pântanos.
• Ecossistemas Lóticos:
Águas Corrent...
ÁGUA QUE FLUI: CÓRREGOS E RIOS
• Os córregos formam-se sempre que a
precipitação excede a evaporação e
as drenagens de águ...
ÁGUAS PARADAS: LAGOS E POÇAS
• Denominados Sistemas Lênticos;
• Formam-se em qualquer tipo de depressão;
• Variam de taman...
• Subdividem-se :
 Zona Litorânea: zona rasa em torno da borda de um
lago ou poça na qual possui vegetação enraizada. Ex:...
ALAGADOS
• Áreas de terra consistindo em solo saturado
com água e que sustentam uma vegetação
especificamente adaptada a e...
ESTUÁRIOS
• Mistura de água doce e salgada;
• Encontrado na foz dos rios,
especialmente onde o fluxo é
parcialmente bloque...
AS INTERVENÇÕES HUMANAS NOS
BIOMAS DE ÁGUA DOCE
• Chuvas ácidas: Formam-se pela produção de gases pela
combustão de combus...
TEMA 8: OS SISTEMAS ÁQUATICOS MARINHOS SÃO
CLASSIFICADOS PRINCIPALMENTE PELA
PROFUNDIDADE DA ÁGUA
• Zona litoral: níveis m...
• Outros biomas marinhos: o polar, as plataformas e
mares temperados, a ressurgência temperada, a
ressurgência tropical e ...
• Grupo 5:
 André de Lima
 Janaina Alves
 Josilene Danielsson
 Júlia Costa
 Maria Cherlene
 Terezinha Souza
Apresentação - O Conceito de Bioma Deve Ser Modificado - Economia da Natureza (Parte VI)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação - O Conceito de Bioma Deve Ser Modificado - Economia da Natureza (Parte VI)

569 visualizações

Publicada em

Disciplina: Ecologia (UFAC)

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
569
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação - O Conceito de Bioma Deve Ser Modificado - Economia da Natureza (Parte VI)

  1. 1. TEMA 7: O CONCEITO DE BIOMA DEVE SER MODIFICADO PARA OS SISTEMAS DE ÁGUA DOCE
  2. 2.
  3. 3. BIOMAS ÁQUATICOS • Água doce: Córregos, Rios, Lagos, Alagados, riachos. • Água Salgada: Estuários, litorais, recifes de corais, pântanos costeiros, mangues e Oceanos. • Características: Turbidez Gases (O2 e CO2) Movimentos da Água Salinidade Profundidade Temperatura Luminosidade
  4. 4. • Ecossistemas Lênticos: Águas Paradas. Exemplos: lagos, lagoas, charcos e pântanos. • Ecossistemas Lóticos: Águas Correntes. Exemplos: Rios, Nascentes, Ribeiras e Riachos. SISTEMAS DE ÁGUA DOCE
  5. 5. ÁGUA QUE FLUI: CÓRREGOS E RIOS • Os córregos formam-se sempre que a precipitação excede a evaporação e as drenagens de água da terra. • Possuem áreas de corredeiras e poças. • Em geral não possuem riquezas e diversidade de vidas. São margeados por uma zona ripária. • Alóctones: A que não é originária da região, que veio de fora. • Autóctone: Originário do próprio local onde ocorre atualmente. • Continuum de rio: Á medida que nos movemos corrente abaixo, a água flui lentamente e se torna mais quente e rica em nutrientes.
  6. 6. ÁGUAS PARADAS: LAGOS E POÇAS • Denominados Sistemas Lênticos; • Formam-se em qualquer tipo de depressão; • Variam de tamanho; • A maioria formam-se devido a retração de geleiras, que deixam para trás bacias cheias de blocos de gelo enterrados em depósitos glaciais, que logo derretem- se. • Os lagos são também formados em regiões geologicamente ativas, onde o deslocamento vertical de blocos da crosta da terra criou bacias nas quais a água se acumulou.
  7. 7. • Subdividem-se :  Zona Litorânea: zona rasa em torno da borda de um lago ou poça na qual possui vegetação enraizada. Ex: Lírios-de-água, pontederiáceas.  Zona Limnética: possuem os produtores que são as algas unicelulares flutuantes ou fitoplâncton.  Zona Bêntica: constituídos por sedimentos do fundo de lagos e poças, proporcionando o habitat para animais que se enterram e microorganismos.
  8. 8. ALAGADOS • Áreas de terra consistindo em solo saturado com água e que sustentam uma vegetação especificamente adaptada a estas condições; • Incluem pântanos, brejos (de água salgada ou não), lamaçal e manguezais quando associados a ambientes marinhos; • Variam de tamanho desde poças vernais até grandes áreas de deltas de rios. Ex: Pantanal do Brasil, Bolívia e Paraguai. • As plantas presentes toleram baixas concentrações de oxigênio no solo; • Proporcionam habitats para vários animais, como aves aquáticas e estágios larvais de alguns peixes e invertebrados; • Lei da Água Limpa (EUA,1977).
  9. 9. ESTUÁRIOS • Mistura de água doce e salgada; • Encontrado na foz dos rios, especialmente onde o fluxo é parcialmente bloqueado por terra ou barreiras insulares; • Supridos com nutrientes e sedimentos carregados corrente abaixo pelos rios – produtividade biológica. • São margeados por pântanos (latitude) e manguezais(trópicos). • Os pântanos contribuem com matéria orgânica para os ecossistemas de estuários, que por sua vez sustentam populações de ostras, caranguejos, peixes etc.
  10. 10. AS INTERVENÇÕES HUMANAS NOS BIOMAS DE ÁGUA DOCE • Chuvas ácidas: Formam-se pela produção de gases pela combustão de combustíveis fósseis. O dióxido de enxofre e óxidos de nitrogênio se dissolvem na umidade da atmosfera para formar os ácidos sulfúrico e nítrico. Quando entram nos lagos e córregos, reduz o pH perdendo a vida vegetal e algas, rompendo a reprodução dos peixes e outros animais aquáticos. • Eutroficação: É a adição de nutrientes limitantes, como o fósforo. Esses nutrientes podem vir do escoamento superficial que carregou o esgoto, rejeitos industriais ou fertilizantes ou de rejeitos animais. A abundância de nutrientes, aumenta a produção e rompe o funcionamento normal do ecossistema, além de estimular o crescimento de bactérias decompositoras.
  11. 11. TEMA 8: OS SISTEMAS ÁQUATICOS MARINHOS SÃO CLASSIFICADOS PRINCIPALMENTE PELA PROFUNDIDADE DA ÁGUA • Zona litoral: níveis mais altos e baixos da maré. Consequência é a aguda zonação de organismos. • Zona nerítica: se estende até a profundidade de cerca de 200m. Corresponde a borda da plataforma continental. Região de produtividade. • Zona oceânica: para além da zona nerítica, o fundo do mar cai rapidamente para as grandes profundezas. Possui nutrientes escassos e a produção é limitada. • Zona bêntica: fundo do mar abaixo da zona oceânica. • As zonas neríticas e oceânicas subdividem-se em: Zona fótica e Zona afótica.
  12. 12. • Outros biomas marinhos: o polar, as plataformas e mares temperados, a ressurgência temperada, a ressurgência tropical e os recifes de corais. • Regiões polares – possuem mares rasos. • Plataformas – são altamente produtivas, porque os nutrientes dos sedimentos do fundo não estão muito longe das águas superficiais. • Zonas de ressurgência – são também altamente produtivas, porque as correntes para cima arrastam nutrientes das profundezas do oceano para as águas superficiais iluminadas. • Recifes de corais – são como florestas pluviais tropicais, tanto na riqueza de sua produção biológica quanto na diversidade de seus habitantes. São encontrados nas águas dos oceanos quentes, frequentemente circundam ilhas vulcânicas.
  13. 13. • Grupo 5:  André de Lima  Janaina Alves  Josilene Danielsson  Júlia Costa  Maria Cherlene  Terezinha Souza

×