Boca informativo especial 2012 2

62 visualizações

Publicada em

Fanzine produzido pelos Jovens do Grupo Boca no Trombone, na cidade de Santarém-PA...

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
62
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Boca informativo especial 2012 2

  1. 1. Santarém, Amazônia - Pará. Outubro de 2012 - Ano 3 - Edição 11ª Informativo - Programa Juventude, Participação e Autonomia - JPA. Visão da Juventude sobre o direito à Cidade Realização Oficina de vídeo Noticia.. Aconteceu Grupo Boca no Trom- Patrocínio Galera aprendendo a Avaliação e Planeja- bone participa da manipular equipamen- mento 2012 JPA- XXII Mostra de Tea- tos de filmagens. STM. Pag. 06 tro de Santarém. Pag. 03 Pag. 0708
  2. 2. Editorial Aconteceu a XXII MOSTRA DE TEATRO DE SANTARÉMNesta edição, mostraremos os “Olhares” da juventude sobre os direi-tos básicos à Cidade. Busca por melhorias para toda a sociedade. A Associação de Atores, AutoresAlém disso, abordaremos os resultados da aplicação de uma enquete, e Técnicos de Teatro Amador de Santarém (ATAS) promoveu nona qual os jovens tiveram a oportunidade de expressar suas insatisfa- período de 12 a 21 de outubro deções sobre os serviços ofertados no município, e apontaram os três 2012, a XXII Mostra de Teatro depiores problemas na cidade. Também apresentaremos a participação Santarém, na qual participaramdo Grupo na XXII Mostra de Teatro de Santarém. Destacaremos a nove Companhias de Teatro, a-participação dos jovens na Oficina de Vídeo, fundamental para o pro- bordando em suas peças gêne- ros como, drama, comédia e in-cesso de produção de materiais e vivência para a Campanha. O gru- fantil. A Mostra ocorre desde 1991 e tem como objetivo trazer entre-po “assumiu” a câmera e saiu em busca de depoimentos de morado- tenimento para a cidade de Santarém, além de fazer a população re-res quanto a situação da Cidade e seus direitos básicos. fletir sobre diversos assuntos que contribuem com o crescimento cul- tural. O Grupo Boca no Trombone – JPA participou do encerramento Expediente da Mostra, como participação especial, apresentando a performance “O Decreto”. Convidado pela Associação de Teatro Amador de San-Grupo Boca no Trombone: Adriane Inácio, Adryanne Araújo, Aline tarém - ATAS, através da Coordenadora Suelen Santos, esse foi umNogueira, Alda Nascimento, Barbara Nascimento, Eduan Caio, Fre- momento muito importante para esse grupo, possibilitando mostrarderico Jati, Iara Esteves, Janaína Braga, Leandro Santos, Maicon Ba- seu desempenho e seu trabalho/ação enquanto UNIPOP para a soci-tista, Manoel Junior, Yvo Saito. Equipe de Pauta: Janaína Braga edade santarena.Repórteres: Boca no Trombone blog: bocanotrombonesanta- Ao final do espetáculo, conseguimos observar que o teatro in-rem.blogspot.com Fone: (93) 3524-6767 / 9211-7751 Email: bocano- fluência sim, na vida dos indivíduos. Esse momento foi mágico para os jovens que estavam atuando na performance, pois a peça possibi-trombonesantarem@gmail.com Endereço: Travessa Francisco Cor- lita aos expectadores uma visão critica e política dos direitos básicosrea, n° 200, Bairro: Centro. Entre a Rua Galdino Veloso e Floriano da população, refletindo sobre a busca por melhorias, em relação aoPeixoto. meio em que vivemos. 02 07
  3. 3. Em setembro, aconteceu em San- A oficina audiovisual, reali- tarém, a Avaliação e Planejamen- zada pelo facilitador Edilson to para o 2º semestre 2012, na qual tivemos a presença da Coor- Freitas, com objetivo de incenti- denadora Selli Rosa, ouvindo a ju- var os jovens do Boca/JPA a ventude envolvida no projeto, refle- compreender a dinâmica e o tindo sobre o que ocorreu durante o primeiro semestre, e ainda, re- funcionamento de equipamen- trospectiva sobre os 2 anos ante- tos de filmagens, através des- riores. Os jovens compartilharam sas ferramentas, podemos analisar diversas formas, tendo um olhar as experiências adquiridas, “o que foi bom e o que falta melhorar” contribuíram na construção coletiva do mais crítico, mostrando à sociedade “A cidade que queremos pra planejamento para o 2o semestre. Ações propostas e elaboradas pelos viver”, através dos vídeos produzidos. próprios jovens para/com outros jovens, sendo momento importante e Todos os jovens foram capacitados a usar os equipamentos e enriquecedor para o grupo, dividindo e somando ações e expectativas. realizar a captura do material, construir um roteiro, compor cenas. Além disso, os participantes realizaram exercícios de filmagens. To- Dia 17 de outubro de 2012, o Grupo do esse aprendizado contribuiu para o crescimento do grupo, funda- Boca no Trombone - JPA/UNIPOP, co- mental para o processo de vivência, no qual o grupo assumiu a câ- memorou 03 anos de existência. A evo- mera e saiu em busca de depoimen- lução do grupo, nesses anos, mostra o tos de moradores para saber quais amadurecimento em suas concepções, os problemas que existem nos seus entendendo e definindo o seu projeto bairros e na cidade de Santarém. de vida, sabendo construir a sua pró- Boca no Trombone pria história, conquistando a cada passo sua autonomia, importância de sua participação e o seu protagonismo, conseguindo definir, aos poucos, seus planos para o presente e futuro. Parabéns à todos/as!!!06 03
  4. 4. Visão da Juventude sobre o direito à cidade O instituto Universidade Popular - UNIPOP, por meio do Pro- Os três piores problemas identifica- grama Juventude, Participação e Autonomia – JPA e o Grupo Boca dos foram, Violência/ no Trombone, realizaram ação da campanha “Que Cidade Queremos Criminalidade, o Lixo e a Saúde para Viver?” em três escolas esta- Precária, sendo que essa consulta duais no município de Santarém pública foi desenvolvida em apenas (Madre Imaculada, Rio Tapajós e 03 áreas do município. A identifica- Rodrigues dos Santos) e na Praça ção desses problemas só mostram pública de São Sebastião. A en- o quanto os direitos básicos do ser humano não vem sendo atendido. quete pretendia identificar quais Uma situação social agride e se soma a outra, quando em muitas si- os três maiores problemas que a tuações de violações de direitos, a saúde pública, que deveria ser cidade possui na visão da juventu- prioridade, não atende a grande demanda e todos sofremos com os de. descasos do governo. Os resultados mostram que a gestão munici- Através da enquete, uma parte da juventude santarena (200 pal, tanto a atual quanto a anterior, tiveram e ainda tem jovens entrevistados) teve a oportunidade de expressar suas insatis- “dificuldades” para reverter esses problemas sociais. fações sobre os serviços básicos no município, com objetivo de con- tribuir para o emponderamento da juventude amazônica, fortalecendo e ampliando ações individuas e co- letivas pela promoção e garantia de seus direitos. A enquete mostrou que, na cidade de Santarém, a juventude está bem ciente das problemáticas- da cidade e pedi por melhorias.04 05

×