Resíduos do serviço de saúde

641 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
641
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resíduos do serviço de saúde

  1. 1. Profª Jamile Silveira
  2. 2. Lixo hospitalar Administração hospitalar; Gerenciar corretamente; Representa 2% de todo o lixo produzido; Deve ser devidamente separado; Manuseio correto.
  3. 3. Classificação do lixo GRUPO A GRUPO B GRUPO C GRUPO D GRUPO E
  4. 4. EXPOSIÇÃO A MATERIALBIOLÓGICO Tipos de materiais biológicos; Principal profissional de risco; OMS estima 3 milhões de acidentes percutâneos; Risco ocupacional; HIV, Hepatite B e C; Medidas preventivas;
  5. 5. Tipos de exposição Percutânea; Mucosas; Cutâneas; Por mordeduras humanas;
  6. 6. Em caso de acidente Pare; Chame um substituto; Lavar o local; Comunicar a chefia; Identificar o paciente; Colher termo pré-teste; Coleta de sangue; Quimioprofilaxia.
  7. 7. Contaminação ionizante Radiação; Fonte natural ou artificial; Efeitos físico-químicos; Efeitos biológicos; Efeitos orgânicos.
  8. 8. Exposição interna e externa A exposição externa é resultante de fontes externas ao corpo,proveniente dos raios X ou fontes radioativas. A exposição interna, resulta da entrada de material radioativono organismo por inalação, ingestão, ferimentos ou absorçãopela pele. O tempo de manifestação dos efeitos causados porestas exposições pode ser tardio, os quais manifestam-se após60 dias, ou imediatos, que ocorrem num período de poucashoras até 60 dias. Quanto ao nível de dano, os efeitos podem ser somáticos, queacontecem na própria pessoa irradiada ou hereditários, osquais se manifestam na prole do indivíduo como resultado dedanos causados nas células dos órgãos reprodutores.
  9. 9. Efeito celular Os efeitos biológicos das radiações ionizantes podem serestocásticos ou determinísticos.
  10. 10. Observações Os trabalhadores devem receber aventais, protetoresde glândulas, e monitores individuais (dosímetro). Ter a saúde avaliada de 6 em 6 meses.
  11. 11. Higiêne e Profilaxiao Higiêne: limpeza; asseio; inter-relação entre o homeme o meio ambiente, no sentido da preservação dasaúde.o Profilaxia: é a aplicação de meios que tendem evitardoenças ou contágios. As medidas profiláticasinterrompem a interação entre o agente causador dadoença e o organismo.
  12. 12. Higiêne e Profilaxia Higiene e profilaxia estão intimamente ligadas, pois ahigienização, em todas as suas formas, evita atransmissão e/ou contágio por agentes infecto-contagiosos, logo é uma medida profilática.
  13. 13. Higiêne Tipos de higiêne: individual, coletiva, mental, dotrabalho e ambiental; Habitação higiênica; Quando falamos em higiene, falamos em um conjuntode ações que visam proteger o indivíduo ou todapopulação em geral; Higiêne corporal: banho, cabelos, unhas, lavagem dasmãos, vestuário e saúde bucal;

×