SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
XIII SEMANA DA GEOGRAFIA E
VIII ENCONTRO DE ESTUDANTES DE
LICENCIATURA E GEOGRAFIA
RELATORIO

Jessica Amaral

Presidente Prudente
Agosto de 2012
1.

INTRODUÇÃO
O Curso de Geografia da UNESP de Presidente Prudente estará realizando a

XIII Semana de Geografia e VIII Encontro de Estudante de Licenciatura em Geografia,
no período de 20 a 24 de agosto de 2012. O tema do evento - "O desafio de desvendar o
Brasil" - tem como objetivo refletir a respeito das mudanças que estão sendo revelado
pelos últimos resultados censitários e, ao mesmo tempo, fazer uma homenagem ao Prof.
Aziz Ab Saber, falecido em março deste ano.
O pensamento geográfico brasileiro é resultado deste duplo movimento
(técnico e científico). Muitas teorias, desenvolvidas em continentes muito distintos, não
se aplicavam adequadamente ao Brasil. Da mesma forma, era preciso escrever uma
geografia do ponto de vista dos povos silenciados pela violenta colonização e, ao
mesmo tempo, considerar a rapidez das transformações provocadas pelo crescimento
das cidades, pela expulsão dos trabalhadores do campo e pela ocupação desenfreada das
florestas e dos cerrados. Tamanha tarefa exigiu enorme esforço coletivo, que foi
abraçado por diversos cursos de geografia, assim como pela Associação dos Geógrafos
Brasileiros (AGB).

2.

PROGRAMAÇÃO
A semana pode contar com a presença de quatro palestrantes convidados para

as mesas redondas, que se submeteram a acolher as discussões sobre cidades médias,
com a convidada Profª Carmen Bellet da Espanha. Este tema foi um convite para
perceber como são construídas visões correntes sobre as cidades médias,
proporcionando uma percepção mais ampla de seu espaço e de sua historia.
Sobre a teoria e método em Geografia Física, com o convidado Prof. José
Manuel Mateo Rodrigues de Cuba, diante do tema proposto, procurou-se tecer algumas
considerações de ordem teórico metodológica da Geografia neste início do século XXI,
enfatizando o problema da dicotomia entre a Geografia Física e a Geografia Humana.
Esta problemática tem marcado toda a Geografia Moderna.
A palestra com a convidada Profª Regina Araujo da editora Ática, Descobrindo
o Brasil, onde os dos dados do censo de 2010 vem confirmando as principais tendências
e hipóteses sobre o crescimento populacional do Brasil, ou seja, a principal tendência
Presidente Prudente
Agosto de 2012
que esses dados apontam é de que intensificou-se o ritmo de declínio do crescimento
demográfico. Essa redução do índice de crescimento é determinada pela queda dos
níveis de fecundidade feminina que acarreta uma redução em escala dos nascimentos,
de tal forma que a população começa a reduzir seu ritmo de crescimento. Isso vem
ocorrendo em todas as regiões do Brasil e em todas as classes, e tem repercussões sobre
o índice de crescimento sobre algumas regiões brasileiras. Além disso, as correntes
migratórias são diferentes entre as regiões e o tamanho das cidades. Portanto, os dados
iniciais mostraram que as regiões do Norte e Centro-Oeste do Brasil ainda têm os
maiores níveis de crescimento demográfico em termos de taxas, que ainda atraem
populações do Nordeste, Sul e do Sudeste, que buscam oportunidades principalmente
nos grandes centros urbanos. A região Nordeste vem consolidando um crescimento
mais estável em relação a media nacional: fruto de uma redução do ritmo de saída dos
nordestinos para outras regiões do Brasil. No sudeste, a região paulista vem mudando a
sua configuração: a região metropolitana cresce um pouco menos e outras áreas
importantes, a região que se estende pro oeste do Estado vem apresentando ritmo de
crescimento bem acentuado. O Estado do Rio de Janeiro vem diminuindo o seu estado
demográfico com maior acumulação na região petrolífera, Minas Gerais tem
crescimento na região metropolitana e na região sul do Estado. Em relação o
crescimento no Sul do Brasil, um crescimento mais nítido é de Santa Catarina que atrai
imigrante, sobretudo na região litorânea e o Vale do Itajaí; Paraná e Rio Grande do Sul
têm estruturas mais estáveis e suas populações crescem menos.
A palestra sobre “Alternativa á neoliberalização da natureza” teve a presença
do convidado Prof. Antonio Ioris do Reino Unido. A discussão explorou algumas das
conseqüências de curto e longo prazo da crise econômica em relação aos processos da
neoliberalização e propõe referências teóricas para uma compreensão adequada da
natureza desse modelo político e socioeconômico e de suas manifestações e
desenvolvimentos socioespaciais sobre uma ética eco-socialista.
Além das palestras, a semana também ofereceu minicursos e trabalhos em
campo. Dentre muitos outros, o minicurso sobre Microbacias Hidrográficas ofereceu
um conhecimento sobre as Microbacias e suas problemáticas da região do Pontal do
Paranapanema e suas respectivas alternativas de melhorias e o que já foi feito. A turma
participou de uma recreação de simulação de dialogo entre os produtores e agentes das
microbacias e os técnicos.

Presidente Prudente
Agosto de 2012
Os trabalhos de campo expostos foram basicamente uma extensão dos
minicursos, por mais que isso não foi divulgado anteriormente, os participantes tiveram
sucesso, uma vez que cada um dos trabalhos recorria ao seu interesse. Dentre eles havia
a visita em um “lixão”, que corresponde á vertente Geografia da Saúde que foi extensão
do minicurso sobre insetos como agente indicativo do meio ambiente; a visita a uma
propriedade agrícola, correspondente ao minicurso sobre microbacias hidrográficas e
por fim, uma visita a uma propriedade que sofre de erosões, extensão do minicurso
sobre processos de erosão linear acelerada em áreas Peri-urbanas para propostas de
recuperação dessas áreas.

3.

CONCLUSÃO
A XIII Semana de Geografia e VIII Encontro de Estudante de Licenciatura em

Geografia teve basicamente, em suas palestras e aulas, uma temática bastante relativa.
Ou seja, apesar de a temática ser “O desafio de desvendar o Brasil”, que foi
propriamente abordado pelas palestras, a discussão e aprofundamento das temáticas que
envolvem a educação, tanto no plano teórico como prático, que foram as propostas
Mesas Redondas com professores e especialistas da educação, tendo como público alvo
os professores da rede de ensino e alunos de graduação.
O encontro dos alunos foi basicamente para discutir sobre as problemáticas regionais
que, com intuito de formar um espaço de debate permanente sobre a Geografia e seu
Ensino foi pensado esses encontros, através de uma parceria entre o Centro de Estudos
da Geografia do Trabalho (CEGET), Centro de Estudos e Mapeamento da Exclusão
Social para Políticas Públicas (CEMESP), Grupo Acadêmico Gestão Ambiental e
Dinâmica Socioespacial (GADIS), Grupo de Estudos Dinâmica Regional e
Agropecuária (GEDRA), Grupo de Pesquisa Interações na Superfície Terrestre, Água e
Atmosfera (GAIA), Grupo de Pesquisa Produção do Espaço e Redefinições Regionais
(GAsPERR), Núcleo de Estudos, Pesquisas e Projetos de Reforma Agrária (NERA),
Centro Acadêmico de Geologia (CAGEO) e a Seção de Apoio ao Ensino, Pesquisa e
Extensão (SAEPE).

Presidente Prudente
Agosto de 2012
4.

REFERENCIAS

FACULDADE DE CIENCIAS DE TECNOLOGIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL
PAULISTA. Site do evento. Disponível em: www.fct.unesp.br/php#54,2358. Acesso em: 24 de
agosto de 2012.

Jessica Amaral
Disciplina de Antropologia Cultural
Docente Ruth Künzli

Presidente Prudente
Agosto de 2012

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Antropologia - Relatorio XIII SEMANA DA GEOGRAFIA E VIII ENCONTRO DE ESTUDANTES DE LICENCIATURA E GEOGRAFIA

GEOGRAFIA GERAL e do BRASIL VOL 3 - EUSTÁQUIO DE SENE.pdf
GEOGRAFIA GERAL e do BRASIL VOL 3 - EUSTÁQUIO DE SENE.pdfGEOGRAFIA GERAL e do BRASIL VOL 3 - EUSTÁQUIO DE SENE.pdf
GEOGRAFIA GERAL e do BRASIL VOL 3 - EUSTÁQUIO DE SENE.pdfdudamaiaf
 
Desnaturalizando: a instituição histórico-social e geográfica
Desnaturalizando: a instituição histórico-social e geográficaDesnaturalizando: a instituição histórico-social e geográfica
Desnaturalizando: a instituição histórico-social e geográficaajr_tyler
 
Caderno atividades geografia_7_anola
Caderno atividades geografia_7_anolaCaderno atividades geografia_7_anola
Caderno atividades geografia_7_anolaAluisiane Kraisch
 
Desafios da produção agrícola camponesa nos assentamentos de reforma agrária
Desafios da produção agrícola camponesa nos assentamentos de reforma agráriaDesafios da produção agrícola camponesa nos assentamentos de reforma agrária
Desafios da produção agrícola camponesa nos assentamentos de reforma agráriaJohn Herbert Badi Zappala
 
Desenvolvimento sustentavel
Desenvolvimento sustentavelDesenvolvimento sustentavel
Desenvolvimento sustentavelAdeildo Caboclo
 
história do ambientalismo
história do ambientalismohistória do ambientalismo
história do ambientalismopedro_s
 
Plano de ensino geografia
Plano de ensino   geografiaPlano de ensino   geografia
Plano de ensino geografiaelianegeraldo
 
Água e Gênero: perspectivas e experiências - Volume 2
Água e Gênero: perspectivas e experiências - Volume 2Água e Gênero: perspectivas e experiências - Volume 2
Água e Gênero: perspectivas e experiências - Volume 2fcmatosbh
 
DIÁRIO DE CAMPO: UMA AULA PARA ENTENDER A LUTA CAMPESINA E O PROJETO DO AGRON...
DIÁRIO DE CAMPO: UMA AULA PARA ENTENDER A LUTA CAMPESINA E O PROJETO DO AGRON...DIÁRIO DE CAMPO: UMA AULA PARA ENTENDER A LUTA CAMPESINA E O PROJETO DO AGRON...
DIÁRIO DE CAMPO: UMA AULA PARA ENTENDER A LUTA CAMPESINA E O PROJETO DO AGRON...Linconly Jesus
 
Como estudar geografia para o enem 2013
Como estudar geografia para o enem 2013Como estudar geografia para o enem 2013
Como estudar geografia para o enem 2013Wilacy Campos
 
O crédito fundiário e a linha nossa primeira terra em debate no brasil
O crédito fundiário e a linha nossa primeira terra em debate no brasilO crédito fundiário e a linha nossa primeira terra em debate no brasil
O crédito fundiário e a linha nossa primeira terra em debate no brasilUFPB
 
Livro05 2-historia-geografia (30 fls 6 reais)
Livro05 2-historia-geografia (30 fls 6 reais)Livro05 2-historia-geografia (30 fls 6 reais)
Livro05 2-historia-geografia (30 fls 6 reais)Manim Edições
 
Qurhruv ta ezlq19mmjvbc21ttle1t1hvtjvdztjbuxljbkttswdltc1in0hgrkv1ulfanetovmt...
Qurhruv ta ezlq19mmjvbc21ttle1t1hvtjvdztjbuxljbkttswdltc1in0hgrkv1ulfanetovmt...Qurhruv ta ezlq19mmjvbc21ttle1t1hvtjvdztjbuxljbkttswdltc1in0hgrkv1ulfanetovmt...
Qurhruv ta ezlq19mmjvbc21ttle1t1hvtjvdztjbuxljbkttswdltc1in0hgrkv1ulfanetovmt...Eduardo Santos
 
Artigo completo enieduc marina hneda (1)
Artigo completo enieduc   marina hneda (1)Artigo completo enieduc   marina hneda (1)
Artigo completo enieduc marina hneda (1)Gisele Ramos Onofre
 
Geografia - noções conceituais para a contemporaneidade
Geografia - noções conceituais para a contemporaneidadeGeografia - noções conceituais para a contemporaneidade
Geografia - noções conceituais para a contemporaneidadePatrícia Éderson Dias
 
Mudanças climáticas e suas implicações para o Nordeste
Mudanças climáticas e suas implicações para o NordesteMudanças climáticas e suas implicações para o Nordeste
Mudanças climáticas e suas implicações para o Nordesteiicabrasil
 
Geografia - Geral e do Brasil - V1-2016.pdf
Geografia - Geral e do Brasil - V1-2016.pdfGeografia - Geral e do Brasil - V1-2016.pdf
Geografia - Geral e do Brasil - V1-2016.pdfLgia17
 

Semelhante a Antropologia - Relatorio XIII SEMANA DA GEOGRAFIA E VIII ENCONTRO DE ESTUDANTES DE LICENCIATURA E GEOGRAFIA (20)

GEOGRAFIA GERAL e do BRASIL VOL 3 - EUSTÁQUIO DE SENE.pdf
GEOGRAFIA GERAL e do BRASIL VOL 3 - EUSTÁQUIO DE SENE.pdfGEOGRAFIA GERAL e do BRASIL VOL 3 - EUSTÁQUIO DE SENE.pdf
GEOGRAFIA GERAL e do BRASIL VOL 3 - EUSTÁQUIO DE SENE.pdf
 
Desnaturalizando: a instituição histórico-social e geográfica
Desnaturalizando: a instituição histórico-social e geográficaDesnaturalizando: a instituição histórico-social e geográfica
Desnaturalizando: a instituição histórico-social e geográfica
 
Caderno atividades geografia_7_anola
Caderno atividades geografia_7_anolaCaderno atividades geografia_7_anola
Caderno atividades geografia_7_anola
 
Desafios da produção agrícola camponesa nos assentamentos de reforma agrária
Desafios da produção agrícola camponesa nos assentamentos de reforma agráriaDesafios da produção agrícola camponesa nos assentamentos de reforma agrária
Desafios da produção agrícola camponesa nos assentamentos de reforma agrária
 
Desenvolvimento sustentavel
Desenvolvimento sustentavelDesenvolvimento sustentavel
Desenvolvimento sustentavel
 
história do ambientalismo
história do ambientalismohistória do ambientalismo
história do ambientalismo
 
Plano de ensino geografia
Plano de ensino   geografiaPlano de ensino   geografia
Plano de ensino geografia
 
Água e Gênero: perspectivas e experiências - Volume 2
Água e Gênero: perspectivas e experiências - Volume 2Água e Gênero: perspectivas e experiências - Volume 2
Água e Gênero: perspectivas e experiências - Volume 2
 
DIÁRIO DE CAMPO: UMA AULA PARA ENTENDER A LUTA CAMPESINA E O PROJETO DO AGRON...
DIÁRIO DE CAMPO: UMA AULA PARA ENTENDER A LUTA CAMPESINA E O PROJETO DO AGRON...DIÁRIO DE CAMPO: UMA AULA PARA ENTENDER A LUTA CAMPESINA E O PROJETO DO AGRON...
DIÁRIO DE CAMPO: UMA AULA PARA ENTENDER A LUTA CAMPESINA E O PROJETO DO AGRON...
 
Jornal 202011
Jornal 202011Jornal 202011
Jornal 202011
 
Como estudar geografia para o enem 2013
Como estudar geografia para o enem 2013Como estudar geografia para o enem 2013
Como estudar geografia para o enem 2013
 
Geografia Crítica
Geografia CríticaGeografia Crítica
Geografia Crítica
 
O crédito fundiário e a linha nossa primeira terra em debate no brasil
O crédito fundiário e a linha nossa primeira terra em debate no brasilO crédito fundiário e a linha nossa primeira terra em debate no brasil
O crédito fundiário e a linha nossa primeira terra em debate no brasil
 
Livro05 2-historia-geografia (30 fls 6 reais)
Livro05 2-historia-geografia (30 fls 6 reais)Livro05 2-historia-geografia (30 fls 6 reais)
Livro05 2-historia-geografia (30 fls 6 reais)
 
Qurhruv ta ezlq19mmjvbc21ttle1t1hvtjvdztjbuxljbkttswdltc1in0hgrkv1ulfanetovmt...
Qurhruv ta ezlq19mmjvbc21ttle1t1hvtjvdztjbuxljbkttswdltc1in0hgrkv1ulfanetovmt...Qurhruv ta ezlq19mmjvbc21ttle1t1hvtjvdztjbuxljbkttswdltc1in0hgrkv1ulfanetovmt...
Qurhruv ta ezlq19mmjvbc21ttle1t1hvtjvdztjbuxljbkttswdltc1in0hgrkv1ulfanetovmt...
 
Artigo completo enieduc marina hneda (1)
Artigo completo enieduc   marina hneda (1)Artigo completo enieduc   marina hneda (1)
Artigo completo enieduc marina hneda (1)
 
Geografia - noções conceituais para a contemporaneidade
Geografia - noções conceituais para a contemporaneidadeGeografia - noções conceituais para a contemporaneidade
Geografia - noções conceituais para a contemporaneidade
 
Mudanças climáticas e suas implicações para o Nordeste
Mudanças climáticas e suas implicações para o NordesteMudanças climáticas e suas implicações para o Nordeste
Mudanças climáticas e suas implicações para o Nordeste
 
Dialogus 2011 . v7. n2 (
Dialogus 2011 . v7. n2 (Dialogus 2011 . v7. n2 (
Dialogus 2011 . v7. n2 (
 
Geografia - Geral e do Brasil - V1-2016.pdf
Geografia - Geral e do Brasil - V1-2016.pdfGeografia - Geral e do Brasil - V1-2016.pdf
Geografia - Geral e do Brasil - V1-2016.pdf
 

Mais de Jessica Amaral

Sociologia - Fichamento MARX, Karl. “A Mercadoria” (Capitulo I). IN: O Capital
Sociologia - Fichamento MARX, Karl. “A Mercadoria” (Capitulo I). IN: O CapitalSociologia - Fichamento MARX, Karl. “A Mercadoria” (Capitulo I). IN: O Capital
Sociologia - Fichamento MARX, Karl. “A Mercadoria” (Capitulo I). IN: O CapitalJessica Amaral
 
Sociologia - MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. “A ideologia em geral e particula...
Sociologia - MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. “A ideologia em geral e particula...Sociologia - MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. “A ideologia em geral e particula...
Sociologia - MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. “A ideologia em geral e particula...Jessica Amaral
 
Sociologia - Fichamento DURKHEIM, Émile. “As Regras do Método Sociológico” (p...
Sociologia - Fichamento DURKHEIM, Émile. “As Regras do Método Sociológico” (p...Sociologia - Fichamento DURKHEIM, Émile. “As Regras do Método Sociológico” (p...
Sociologia - Fichamento DURKHEIM, Émile. “As Regras do Método Sociológico” (p...Jessica Amaral
 
Sociologia - Fichamento de artigo - MARX, Karl Heinrich; ENGELS, Friedrich. ...
Sociologia - Fichamento de artigo  - MARX, Karl Heinrich; ENGELS, Friedrich. ...Sociologia - Fichamento de artigo  - MARX, Karl Heinrich; ENGELS, Friedrich. ...
Sociologia - Fichamento de artigo - MARX, Karl Heinrich; ENGELS, Friedrich. ...Jessica Amaral
 
Sociologia - Relatorio ASSENTAMENTOS PRIMAVERA E TUPÃCIRETÃ. Unesp, 2012.
Sociologia - Relatorio ASSENTAMENTOS PRIMAVERA E TUPÃCIRETÃ. Unesp, 2012.Sociologia - Relatorio ASSENTAMENTOS PRIMAVERA E TUPÃCIRETÃ. Unesp, 2012.
Sociologia - Relatorio ASSENTAMENTOS PRIMAVERA E TUPÃCIRETÃ. Unesp, 2012.Jessica Amaral
 
Relatorio regras e normas de segurança
Relatorio   regras e normas de segurançaRelatorio   regras e normas de segurança
Relatorio regras e normas de segurançaJessica Amaral
 
Quimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES QUIMÍCAS E FÍSICAS
Quimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES  QUIMÍCAS E FÍSICASQuimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES  QUIMÍCAS E FÍSICAS
Quimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES QUIMÍCAS E FÍSICASJessica Amaral
 
Quimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAIS
Quimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAISQuimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAIS
Quimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAISJessica Amaral
 
Quimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE SOLUÇÕES
Quimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO  E PADRONIZAÇÃO  DE SOLUÇÕESQuimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO  E PADRONIZAÇÃO  DE SOLUÇÕES
Quimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE SOLUÇÕESJessica Amaral
 
Antropologia - Relatorio RELAÇÕES ENTRE ANTROPOLOGIA E BIOLOGIA
Antropologia - Relatorio RELAÇÕES ENTRE ANTROPOLOGIA  E BIOLOGIAAntropologia - Relatorio RELAÇÕES ENTRE ANTROPOLOGIA  E BIOLOGIA
Antropologia - Relatorio RELAÇÕES ENTRE ANTROPOLOGIA E BIOLOGIAJessica Amaral
 
Pesquisas arqueológicas
Pesquisas arqueológicasPesquisas arqueológicas
Pesquisas arqueológicasJessica Amaral
 
Antropologia - Relatorio HABITAÇÕES DO PRÉ-HISTORICO AO CONTEMPORÂNEO
Antropologia - Relatorio HABITAÇÕES  DO PRÉ-HISTORICO  AO CONTEMPORÂNEOAntropologia - Relatorio HABITAÇÕES  DO PRÉ-HISTORICO  AO CONTEMPORÂNEO
Antropologia - Relatorio HABITAÇÕES DO PRÉ-HISTORICO AO CONTEMPORÂNEOJessica Amaral
 
Antropologia - Relatório CHARLES ROBERT DARWIN: BIOGRAFIA E A SELEÇÃO NATURAL
Antropologia - Relatório CHARLES ROBERT DARWIN: BIOGRAFIA E A SELEÇÃO NATURALAntropologia - Relatório CHARLES ROBERT DARWIN: BIOGRAFIA E A SELEÇÃO NATURAL
Antropologia - Relatório CHARLES ROBERT DARWIN: BIOGRAFIA E A SELEÇÃO NATURALJessica Amaral
 
CENTRO DE MUSEOLOGIA, ANTROPOLOGIA E ARQUEOLOGIA / CEMAARQ DA FCT/UNESP DE PR...
CENTRO DE MUSEOLOGIA, ANTROPOLOGIA E ARQUEOLOGIA / CEMAARQ DA FCT/UNESP DE PR...CENTRO DE MUSEOLOGIA, ANTROPOLOGIA E ARQUEOLOGIA / CEMAARQ DA FCT/UNESP DE PR...
CENTRO DE MUSEOLOGIA, ANTROPOLOGIA E ARQUEOLOGIA / CEMAARQ DA FCT/UNESP DE PR...Jessica Amaral
 
Geografia Humana - 10. RESUMO - PATARRA, Neide. “Tendências e Modalidades R...
Geografia Humana - 10. RESUMO   - PATARRA, Neide. “Tendências e Modalidades R...Geografia Humana - 10. RESUMO   - PATARRA, Neide. “Tendências e Modalidades R...
Geografia Humana - 10. RESUMO - PATARRA, Neide. “Tendências e Modalidades R...Jessica Amaral
 
Geografia Humana - 8. RESUMO -ELZA BERQUÓ. “Evolução Demográfica” (Capitulo ...
Geografia Humana - 8. RESUMO  -ELZA BERQUÓ. “Evolução Demográfica” (Capitulo ...Geografia Humana - 8. RESUMO  -ELZA BERQUÓ. “Evolução Demográfica” (Capitulo ...
Geografia Humana - 8. RESUMO -ELZA BERQUÓ. “Evolução Demográfica” (Capitulo ...Jessica Amaral
 
7 população, meio ambiente e desenvolvimento
7   população, meio ambiente e desenvolvimento7   população, meio ambiente e desenvolvimento
7 população, meio ambiente e desenvolvimentoJessica Amaral
 
Geografia Humana - 6. DAMIANI, Amélia. População e Geografia. Resumo do livro
Geografia Humana - 6. DAMIANI, Amélia. População e Geografia.  Resumo do livroGeografia Humana - 6. DAMIANI, Amélia. População e Geografia.  Resumo do livro
Geografia Humana - 6. DAMIANI, Amélia. População e Geografia. Resumo do livroJessica Amaral
 
Geografia Humana - 5. CARLOS, Ana Fani Alessandri. Os caminhos da geografia h...
Geografia Humana - 5. CARLOS, Ana Fani Alessandri. Os caminhos da geografia h...Geografia Humana - 5. CARLOS, Ana Fani Alessandri. Os caminhos da geografia h...
Geografia Humana - 5. CARLOS, Ana Fani Alessandri. Os caminhos da geografia h...Jessica Amaral
 
Geografia Humana - 2. MORAES, A. C. R. Geografia: Pequena Historia Critica. P...
Geografia Humana - 2. MORAES, A. C. R. Geografia: Pequena Historia Critica. P...Geografia Humana - 2. MORAES, A. C. R. Geografia: Pequena Historia Critica. P...
Geografia Humana - 2. MORAES, A. C. R. Geografia: Pequena Historia Critica. P...Jessica Amaral
 

Mais de Jessica Amaral (20)

Sociologia - Fichamento MARX, Karl. “A Mercadoria” (Capitulo I). IN: O Capital
Sociologia - Fichamento MARX, Karl. “A Mercadoria” (Capitulo I). IN: O CapitalSociologia - Fichamento MARX, Karl. “A Mercadoria” (Capitulo I). IN: O Capital
Sociologia - Fichamento MARX, Karl. “A Mercadoria” (Capitulo I). IN: O Capital
 
Sociologia - MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. “A ideologia em geral e particula...
Sociologia - MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. “A ideologia em geral e particula...Sociologia - MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. “A ideologia em geral e particula...
Sociologia - MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. “A ideologia em geral e particula...
 
Sociologia - Fichamento DURKHEIM, Émile. “As Regras do Método Sociológico” (p...
Sociologia - Fichamento DURKHEIM, Émile. “As Regras do Método Sociológico” (p...Sociologia - Fichamento DURKHEIM, Émile. “As Regras do Método Sociológico” (p...
Sociologia - Fichamento DURKHEIM, Émile. “As Regras do Método Sociológico” (p...
 
Sociologia - Fichamento de artigo - MARX, Karl Heinrich; ENGELS, Friedrich. ...
Sociologia - Fichamento de artigo  - MARX, Karl Heinrich; ENGELS, Friedrich. ...Sociologia - Fichamento de artigo  - MARX, Karl Heinrich; ENGELS, Friedrich. ...
Sociologia - Fichamento de artigo - MARX, Karl Heinrich; ENGELS, Friedrich. ...
 
Sociologia - Relatorio ASSENTAMENTOS PRIMAVERA E TUPÃCIRETÃ. Unesp, 2012.
Sociologia - Relatorio ASSENTAMENTOS PRIMAVERA E TUPÃCIRETÃ. Unesp, 2012.Sociologia - Relatorio ASSENTAMENTOS PRIMAVERA E TUPÃCIRETÃ. Unesp, 2012.
Sociologia - Relatorio ASSENTAMENTOS PRIMAVERA E TUPÃCIRETÃ. Unesp, 2012.
 
Relatorio regras e normas de segurança
Relatorio   regras e normas de segurançaRelatorio   regras e normas de segurança
Relatorio regras e normas de segurança
 
Quimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES QUIMÍCAS E FÍSICAS
Quimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES  QUIMÍCAS E FÍSICASQuimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES  QUIMÍCAS E FÍSICAS
Quimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES QUIMÍCAS E FÍSICAS
 
Quimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAIS
Quimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAISQuimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAIS
Quimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAIS
 
Quimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE SOLUÇÕES
Quimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO  E PADRONIZAÇÃO  DE SOLUÇÕESQuimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO  E PADRONIZAÇÃO  DE SOLUÇÕES
Quimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE SOLUÇÕES
 
Antropologia - Relatorio RELAÇÕES ENTRE ANTROPOLOGIA E BIOLOGIA
Antropologia - Relatorio RELAÇÕES ENTRE ANTROPOLOGIA  E BIOLOGIAAntropologia - Relatorio RELAÇÕES ENTRE ANTROPOLOGIA  E BIOLOGIA
Antropologia - Relatorio RELAÇÕES ENTRE ANTROPOLOGIA E BIOLOGIA
 
Pesquisas arqueológicas
Pesquisas arqueológicasPesquisas arqueológicas
Pesquisas arqueológicas
 
Antropologia - Relatorio HABITAÇÕES DO PRÉ-HISTORICO AO CONTEMPORÂNEO
Antropologia - Relatorio HABITAÇÕES  DO PRÉ-HISTORICO  AO CONTEMPORÂNEOAntropologia - Relatorio HABITAÇÕES  DO PRÉ-HISTORICO  AO CONTEMPORÂNEO
Antropologia - Relatorio HABITAÇÕES DO PRÉ-HISTORICO AO CONTEMPORÂNEO
 
Antropologia - Relatório CHARLES ROBERT DARWIN: BIOGRAFIA E A SELEÇÃO NATURAL
Antropologia - Relatório CHARLES ROBERT DARWIN: BIOGRAFIA E A SELEÇÃO NATURALAntropologia - Relatório CHARLES ROBERT DARWIN: BIOGRAFIA E A SELEÇÃO NATURAL
Antropologia - Relatório CHARLES ROBERT DARWIN: BIOGRAFIA E A SELEÇÃO NATURAL
 
CENTRO DE MUSEOLOGIA, ANTROPOLOGIA E ARQUEOLOGIA / CEMAARQ DA FCT/UNESP DE PR...
CENTRO DE MUSEOLOGIA, ANTROPOLOGIA E ARQUEOLOGIA / CEMAARQ DA FCT/UNESP DE PR...CENTRO DE MUSEOLOGIA, ANTROPOLOGIA E ARQUEOLOGIA / CEMAARQ DA FCT/UNESP DE PR...
CENTRO DE MUSEOLOGIA, ANTROPOLOGIA E ARQUEOLOGIA / CEMAARQ DA FCT/UNESP DE PR...
 
Geografia Humana - 10. RESUMO - PATARRA, Neide. “Tendências e Modalidades R...
Geografia Humana - 10. RESUMO   - PATARRA, Neide. “Tendências e Modalidades R...Geografia Humana - 10. RESUMO   - PATARRA, Neide. “Tendências e Modalidades R...
Geografia Humana - 10. RESUMO - PATARRA, Neide. “Tendências e Modalidades R...
 
Geografia Humana - 8. RESUMO -ELZA BERQUÓ. “Evolução Demográfica” (Capitulo ...
Geografia Humana - 8. RESUMO  -ELZA BERQUÓ. “Evolução Demográfica” (Capitulo ...Geografia Humana - 8. RESUMO  -ELZA BERQUÓ. “Evolução Demográfica” (Capitulo ...
Geografia Humana - 8. RESUMO -ELZA BERQUÓ. “Evolução Demográfica” (Capitulo ...
 
7 população, meio ambiente e desenvolvimento
7   população, meio ambiente e desenvolvimento7   população, meio ambiente e desenvolvimento
7 população, meio ambiente e desenvolvimento
 
Geografia Humana - 6. DAMIANI, Amélia. População e Geografia. Resumo do livro
Geografia Humana - 6. DAMIANI, Amélia. População e Geografia.  Resumo do livroGeografia Humana - 6. DAMIANI, Amélia. População e Geografia.  Resumo do livro
Geografia Humana - 6. DAMIANI, Amélia. População e Geografia. Resumo do livro
 
Geografia Humana - 5. CARLOS, Ana Fani Alessandri. Os caminhos da geografia h...
Geografia Humana - 5. CARLOS, Ana Fani Alessandri. Os caminhos da geografia h...Geografia Humana - 5. CARLOS, Ana Fani Alessandri. Os caminhos da geografia h...
Geografia Humana - 5. CARLOS, Ana Fani Alessandri. Os caminhos da geografia h...
 
Geografia Humana - 2. MORAES, A. C. R. Geografia: Pequena Historia Critica. P...
Geografia Humana - 2. MORAES, A. C. R. Geografia: Pequena Historia Critica. P...Geografia Humana - 2. MORAES, A. C. R. Geografia: Pequena Historia Critica. P...
Geografia Humana - 2. MORAES, A. C. R. Geografia: Pequena Historia Critica. P...
 

Último

QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.keislayyovera123
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarIedaGoethe
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasRosalina Simão Nunes
 
Regência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdfRegência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdfmirandadudu08
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADOactivIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADOcarolinacespedes23
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 

Último (20)

QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
 
Regência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdfRegência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdf
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADOactivIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 

Antropologia - Relatorio XIII SEMANA DA GEOGRAFIA E VIII ENCONTRO DE ESTUDANTES DE LICENCIATURA E GEOGRAFIA

  • 1. XIII SEMANA DA GEOGRAFIA E VIII ENCONTRO DE ESTUDANTES DE LICENCIATURA E GEOGRAFIA RELATORIO Jessica Amaral Presidente Prudente Agosto de 2012
  • 2. 1. INTRODUÇÃO O Curso de Geografia da UNESP de Presidente Prudente estará realizando a XIII Semana de Geografia e VIII Encontro de Estudante de Licenciatura em Geografia, no período de 20 a 24 de agosto de 2012. O tema do evento - "O desafio de desvendar o Brasil" - tem como objetivo refletir a respeito das mudanças que estão sendo revelado pelos últimos resultados censitários e, ao mesmo tempo, fazer uma homenagem ao Prof. Aziz Ab Saber, falecido em março deste ano. O pensamento geográfico brasileiro é resultado deste duplo movimento (técnico e científico). Muitas teorias, desenvolvidas em continentes muito distintos, não se aplicavam adequadamente ao Brasil. Da mesma forma, era preciso escrever uma geografia do ponto de vista dos povos silenciados pela violenta colonização e, ao mesmo tempo, considerar a rapidez das transformações provocadas pelo crescimento das cidades, pela expulsão dos trabalhadores do campo e pela ocupação desenfreada das florestas e dos cerrados. Tamanha tarefa exigiu enorme esforço coletivo, que foi abraçado por diversos cursos de geografia, assim como pela Associação dos Geógrafos Brasileiros (AGB). 2. PROGRAMAÇÃO A semana pode contar com a presença de quatro palestrantes convidados para as mesas redondas, que se submeteram a acolher as discussões sobre cidades médias, com a convidada Profª Carmen Bellet da Espanha. Este tema foi um convite para perceber como são construídas visões correntes sobre as cidades médias, proporcionando uma percepção mais ampla de seu espaço e de sua historia. Sobre a teoria e método em Geografia Física, com o convidado Prof. José Manuel Mateo Rodrigues de Cuba, diante do tema proposto, procurou-se tecer algumas considerações de ordem teórico metodológica da Geografia neste início do século XXI, enfatizando o problema da dicotomia entre a Geografia Física e a Geografia Humana. Esta problemática tem marcado toda a Geografia Moderna. A palestra com a convidada Profª Regina Araujo da editora Ática, Descobrindo o Brasil, onde os dos dados do censo de 2010 vem confirmando as principais tendências e hipóteses sobre o crescimento populacional do Brasil, ou seja, a principal tendência Presidente Prudente Agosto de 2012
  • 3. que esses dados apontam é de que intensificou-se o ritmo de declínio do crescimento demográfico. Essa redução do índice de crescimento é determinada pela queda dos níveis de fecundidade feminina que acarreta uma redução em escala dos nascimentos, de tal forma que a população começa a reduzir seu ritmo de crescimento. Isso vem ocorrendo em todas as regiões do Brasil e em todas as classes, e tem repercussões sobre o índice de crescimento sobre algumas regiões brasileiras. Além disso, as correntes migratórias são diferentes entre as regiões e o tamanho das cidades. Portanto, os dados iniciais mostraram que as regiões do Norte e Centro-Oeste do Brasil ainda têm os maiores níveis de crescimento demográfico em termos de taxas, que ainda atraem populações do Nordeste, Sul e do Sudeste, que buscam oportunidades principalmente nos grandes centros urbanos. A região Nordeste vem consolidando um crescimento mais estável em relação a media nacional: fruto de uma redução do ritmo de saída dos nordestinos para outras regiões do Brasil. No sudeste, a região paulista vem mudando a sua configuração: a região metropolitana cresce um pouco menos e outras áreas importantes, a região que se estende pro oeste do Estado vem apresentando ritmo de crescimento bem acentuado. O Estado do Rio de Janeiro vem diminuindo o seu estado demográfico com maior acumulação na região petrolífera, Minas Gerais tem crescimento na região metropolitana e na região sul do Estado. Em relação o crescimento no Sul do Brasil, um crescimento mais nítido é de Santa Catarina que atrai imigrante, sobretudo na região litorânea e o Vale do Itajaí; Paraná e Rio Grande do Sul têm estruturas mais estáveis e suas populações crescem menos. A palestra sobre “Alternativa á neoliberalização da natureza” teve a presença do convidado Prof. Antonio Ioris do Reino Unido. A discussão explorou algumas das conseqüências de curto e longo prazo da crise econômica em relação aos processos da neoliberalização e propõe referências teóricas para uma compreensão adequada da natureza desse modelo político e socioeconômico e de suas manifestações e desenvolvimentos socioespaciais sobre uma ética eco-socialista. Além das palestras, a semana também ofereceu minicursos e trabalhos em campo. Dentre muitos outros, o minicurso sobre Microbacias Hidrográficas ofereceu um conhecimento sobre as Microbacias e suas problemáticas da região do Pontal do Paranapanema e suas respectivas alternativas de melhorias e o que já foi feito. A turma participou de uma recreação de simulação de dialogo entre os produtores e agentes das microbacias e os técnicos. Presidente Prudente Agosto de 2012
  • 4. Os trabalhos de campo expostos foram basicamente uma extensão dos minicursos, por mais que isso não foi divulgado anteriormente, os participantes tiveram sucesso, uma vez que cada um dos trabalhos recorria ao seu interesse. Dentre eles havia a visita em um “lixão”, que corresponde á vertente Geografia da Saúde que foi extensão do minicurso sobre insetos como agente indicativo do meio ambiente; a visita a uma propriedade agrícola, correspondente ao minicurso sobre microbacias hidrográficas e por fim, uma visita a uma propriedade que sofre de erosões, extensão do minicurso sobre processos de erosão linear acelerada em áreas Peri-urbanas para propostas de recuperação dessas áreas. 3. CONCLUSÃO A XIII Semana de Geografia e VIII Encontro de Estudante de Licenciatura em Geografia teve basicamente, em suas palestras e aulas, uma temática bastante relativa. Ou seja, apesar de a temática ser “O desafio de desvendar o Brasil”, que foi propriamente abordado pelas palestras, a discussão e aprofundamento das temáticas que envolvem a educação, tanto no plano teórico como prático, que foram as propostas Mesas Redondas com professores e especialistas da educação, tendo como público alvo os professores da rede de ensino e alunos de graduação. O encontro dos alunos foi basicamente para discutir sobre as problemáticas regionais que, com intuito de formar um espaço de debate permanente sobre a Geografia e seu Ensino foi pensado esses encontros, através de uma parceria entre o Centro de Estudos da Geografia do Trabalho (CEGET), Centro de Estudos e Mapeamento da Exclusão Social para Políticas Públicas (CEMESP), Grupo Acadêmico Gestão Ambiental e Dinâmica Socioespacial (GADIS), Grupo de Estudos Dinâmica Regional e Agropecuária (GEDRA), Grupo de Pesquisa Interações na Superfície Terrestre, Água e Atmosfera (GAIA), Grupo de Pesquisa Produção do Espaço e Redefinições Regionais (GAsPERR), Núcleo de Estudos, Pesquisas e Projetos de Reforma Agrária (NERA), Centro Acadêmico de Geologia (CAGEO) e a Seção de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão (SAEPE). Presidente Prudente Agosto de 2012
  • 5. 4. REFERENCIAS FACULDADE DE CIENCIAS DE TECNOLOGIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA. Site do evento. Disponível em: www.fct.unesp.br/php#54,2358. Acesso em: 24 de agosto de 2012. Jessica Amaral Disciplina de Antropologia Cultural Docente Ruth Künzli Presidente Prudente Agosto de 2012