SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
LEITURA 2
MORAES, A. C. R. Geografia: Pequena Historia Critica. Pag. 73-86. Capitulo VII
OS DESDOBRAMENTOS DA PROPOSTA LABLACHIANA
Com um trabalho executado por La Blache e seus discípulos, o conceito da região pode ser
explicitado. Conceito que viria ser a base central da Geografia francesa.
Região
- denominação dada a uma unidade de analise geográfica, que exprimia a própria forma de os
homens organizarem o espaço terrestre;
- não mais seria um instrumento teórico de pesquisa, mas um dado da própria realidade;
- cabe ao geografo delimita-las, descreve-las e explica-las;
- seria uma escala de analise, uma unidade espacial, dotada de uma individualidade, em
relação as suas áreas limítrofes.
Assim, pela observação, seria possível estabelecer a dimensão territorial de uma região,
localiza-la e traçar seus limites.
Desta forma, a Geografia seria prioritariamente um trabalho de identificação das regiões do
globo.
Gallois entendia a região no aspecto geológico, e com La Blache, de forma progressiva, o
conceito de região foi humanizado; cada vez mais, buscava-se sua individualidade nos dados
humanos, logo, na historia.
A ideia de região propiciou o pensamento geográfico da Geografia Regional, o principal
desdobramento da proposta vidaliana que, no geral, obedecia a um modelo de exposição:
Introdução (área estudada, projeções cartográficas, enquadramento zonal e coordenadas);“as
bases físicas”; “fases da ocupação”; “quadro agrário”; “quadro urbano”; estrutura industrial”;
Conclusão.
O acumulo de estudos regionais propiciou o aparecimento de especializações, desenvolvendo
a Geografia Agraria, Urbana, Geografia das Indústrias, da População, ou do Comercio. Dessas
especializações dos estudos regionais, a que manteve a perspectiva mais globalizante foi a
Geografia Econômica.
Esta privilegiou a vida econômica de uma região discutindo e articulando variados elementos
do quadro regional (fluxos, trabalho, produção, população, comercio, indústria, agricultura,
transportes, etc.).
Desdobrou-se também, da proposta vidaliana a Geografia Histórica, que se dedicou a temas
como a organização de espaço, vias comerciais, gênero de via entre outros relacionados a
determinadas fases da população na historia.
Max Sorre foi o autor que mais avançou nas formulações de La Blache. Manteve os
fundamentos da proposta vidaliana, porém desenvolveu-a bastante. Foi a reciclagem da
Geografia Humana concebida por Vidal de La Blache. Representou uma retomada e um
enriquecimento das suas teorias, mantendo-lhe a essência. Representou a segunda grande
formulação da Geografia francesa.
Seu conceito central desenvolvido foi o de habitat: uma construção humana, uma
humanização do meio, que expressa as múltiplas relações entre homem e o meio ambiente
que o envolve.
A Geografia de Sorre pode ser entendida como estudo da Ecologia do Homem. Isto é, da
relação dos agrupamentos com o meio em que estão inseridos, processo no qual o homem
transforma o meio.
Le Lannou concebeu a Geografia como eminentemente regional. Estendeu a questão das
formas de ocupação, exploração do solo, estudo dos sistemas de trabalho e das instalações
humanas. Privilegiou a organização social, criticando o naturalismo, reforçou o caráter humano
do estudo geográfico. Porém, em ultima instancia, vai concebê-lo como um estudo dos
agrupamentos e dos estabelecimentos humanos no planeta.
Cholley concebeu a geografia como uma ciência dos complexos, tentando, em sua proposta,
restaurar a unidade entre Geografia Física e a Humana.
Essa sequencia mostrou uma continuidade de fundamentos e concepções, desenvolvimento
de uma mesma proposta no pensamento geográfico tradicional, e que teve, na Geografia
Regional, sua principal objetivação. No geral, tratou-se do estabelecimento de uma Geografia
Humana, explicitamente dedicada ao estudo de fenômenos humanos, que teve, porém, sua
ótica orientada para ação humana.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Introdução ao estudo da geografia
Introdução ao estudo da geografiaIntrodução ao estudo da geografia
Introdução ao estudo da geografiaDaniel Montarroyos
 
ANTROPOCENO, MEIO AMBIENTE E RELAÇÕES INTERNACIONAIS
ANTROPOCENO, MEIO AMBIENTE E RELAÇÕES INTERNACIONAISANTROPOCENO, MEIO AMBIENTE E RELAÇÕES INTERNACIONAIS
ANTROPOCENO, MEIO AMBIENTE E RELAÇÕES INTERNACIONAISIsabela Espíndola
 
O que é geografia slide
O que é geografia   slideO que é geografia   slide
O que é geografia slideMónica Sousa
 
Metodologia do ensino de geografia nas séries iniciais3paisagem
Metodologia do ensino de geografia nas séries iniciais3paisagemMetodologia do ensino de geografia nas séries iniciais3paisagem
Metodologia do ensino de geografia nas séries iniciais3paisagemSilmara Vedoveli
 
educação em geografia
educação em geografiaeducação em geografia
educação em geografiaNilton Goulart
 
Aula de Filosofia - 3ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 3ª Série do Ensino MédioAula de Filosofia - 3ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 3ª Série do Ensino MédioProfessor Liniker Santana
 
Princípios da ciência geográfica
Princípios da ciência geográficaPrincípios da ciência geográfica
Princípios da ciência geográficaCarminha
 
Alfabetização cartográfica
Alfabetização cartográficaAlfabetização cartográfica
Alfabetização cartográficaEliana Zati
 
geografia-3-ano-medio.docx
geografia-3-ano-medio.docxgeografia-3-ano-medio.docx
geografia-3-ano-medio.docxAmanda Morato
 
Espaço geográfico
Espaço geográficoEspaço geográfico
Espaço geográficoCarminha
 
Geografia - Geral e do Brasil - V1-2016.pdf
Geografia - Geral e do Brasil - V1-2016.pdfGeografia - Geral e do Brasil - V1-2016.pdf
Geografia - Geral e do Brasil - V1-2016.pdfLgia17
 
Aula 1 - geografia 1
Aula 1 - geografia 1Aula 1 - geografia 1
Aula 1 - geografia 1Palloma Luana
 

Mais procurados (20)

Território e Poder
Território e PoderTerritório e Poder
Território e Poder
 
Introdução ao estudo da geografia
Introdução ao estudo da geografiaIntrodução ao estudo da geografia
Introdução ao estudo da geografia
 
ANTROPOCENO, MEIO AMBIENTE E RELAÇÕES INTERNACIONAIS
ANTROPOCENO, MEIO AMBIENTE E RELAÇÕES INTERNACIONAISANTROPOCENO, MEIO AMBIENTE E RELAÇÕES INTERNACIONAIS
ANTROPOCENO, MEIO AMBIENTE E RELAÇÕES INTERNACIONAIS
 
A questão agrária no brasil
A questão agrária no brasilA questão agrária no brasil
A questão agrária no brasil
 
O que é geografia slide
O que é geografia   slideO que é geografia   slide
O que é geografia slide
 
Espaço geográfico
Espaço geográficoEspaço geográfico
Espaço geográfico
 
Norbert Elias E Pierre Bourdieu
Norbert Elias E Pierre BourdieuNorbert Elias E Pierre Bourdieu
Norbert Elias E Pierre Bourdieu
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
 
Metodologia do ensino de geografia nas séries iniciais3paisagem
Metodologia do ensino de geografia nas séries iniciais3paisagemMetodologia do ensino de geografia nas séries iniciais3paisagem
Metodologia do ensino de geografia nas séries iniciais3paisagem
 
Impactos ambientais
Impactos ambientaisImpactos ambientais
Impactos ambientais
 
Geografia nos anos iniciais
Geografia nos anos iniciaisGeografia nos anos iniciais
Geografia nos anos iniciais
 
educação em geografia
educação em geografiaeducação em geografia
educação em geografia
 
Aula de Filosofia - 3ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 3ª Série do Ensino MédioAula de Filosofia - 3ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 3ª Série do Ensino Médio
 
Princípios da ciência geográfica
Princípios da ciência geográficaPrincípios da ciência geográfica
Princípios da ciência geográfica
 
Alfabetização cartográfica
Alfabetização cartográficaAlfabetização cartográfica
Alfabetização cartográfica
 
Concepções de mundo e geografia
Concepções de mundo e geografiaConcepções de mundo e geografia
Concepções de mundo e geografia
 
geografia-3-ano-medio.docx
geografia-3-ano-medio.docxgeografia-3-ano-medio.docx
geografia-3-ano-medio.docx
 
Espaço geográfico
Espaço geográficoEspaço geográfico
Espaço geográfico
 
Geografia - Geral e do Brasil - V1-2016.pdf
Geografia - Geral e do Brasil - V1-2016.pdfGeografia - Geral e do Brasil - V1-2016.pdf
Geografia - Geral e do Brasil - V1-2016.pdf
 
Aula 1 - geografia 1
Aula 1 - geografia 1Aula 1 - geografia 1
Aula 1 - geografia 1
 

Destaque

Geografia do Brasil - 1. O Continente Brasileiro, Jean Demageot. Capitulo III...
Geografia do Brasil - 1. O Continente Brasileiro, Jean Demageot. Capitulo III...Geografia do Brasil - 1. O Continente Brasileiro, Jean Demageot. Capitulo III...
Geografia do Brasil - 1. O Continente Brasileiro, Jean Demageot. Capitulo III...Jessica Amaral
 
Geografia Humana - 8. RESUMO -ELZA BERQUÓ. “Evolução Demográfica” (Capitulo ...
Geografia Humana - 8. RESUMO  -ELZA BERQUÓ. “Evolução Demográfica” (Capitulo ...Geografia Humana - 8. RESUMO  -ELZA BERQUÓ. “Evolução Demográfica” (Capitulo ...
Geografia Humana - 8. RESUMO -ELZA BERQUÓ. “Evolução Demográfica” (Capitulo ...Jessica Amaral
 
Geografia Humana - 5. CARLOS, Ana Fani Alessandri. Os caminhos da geografia h...
Geografia Humana - 5. CARLOS, Ana Fani Alessandri. Os caminhos da geografia h...Geografia Humana - 5. CARLOS, Ana Fani Alessandri. Os caminhos da geografia h...
Geografia Humana - 5. CARLOS, Ana Fani Alessandri. Os caminhos da geografia h...Jessica Amaral
 
Geografia do Brasil - 3. Território e Historia no Brasil, Antônio Carlos Robe...
Geografia do Brasil - 3. Território e Historia no Brasil, Antônio Carlos Robe...Geografia do Brasil - 3. Território e Historia no Brasil, Antônio Carlos Robe...
Geografia do Brasil - 3. Território e Historia no Brasil, Antônio Carlos Robe...Jessica Amaral
 
Geografia do Brasil - 2. Território e Historia no Brasil, Antônio Carlos Robe...
Geografia do Brasil - 2. Território e Historia no Brasil, Antônio Carlos Robe...Geografia do Brasil - 2. Território e Historia no Brasil, Antônio Carlos Robe...
Geografia do Brasil - 2. Território e Historia no Brasil, Antônio Carlos Robe...Jessica Amaral
 
Gografia do Brasil - 5. Brasil – Território e Sociedade no Inicio do Século X...
Gografia do Brasil - 5. Brasil – Território e Sociedade no Inicio do Século X...Gografia do Brasil - 5. Brasil – Território e Sociedade no Inicio do Século X...
Gografia do Brasil - 5. Brasil – Território e Sociedade no Inicio do Século X...Jessica Amaral
 
Geografia do Brasil - 4. Brasil – Território e Sociedade no Inicio do Século ...
Geografia do Brasil - 4. Brasil – Território e Sociedade no Inicio do Século ...Geografia do Brasil - 4. Brasil – Território e Sociedade no Inicio do Século ...
Geografia do Brasil - 4. Brasil – Território e Sociedade no Inicio do Século ...Jessica Amaral
 
7 população, meio ambiente e desenvolvimento
7   população, meio ambiente e desenvolvimento7   população, meio ambiente e desenvolvimento
7 população, meio ambiente e desenvolvimentoJessica Amaral
 
Geografia Humana - 10. RESUMO - PATARRA, Neide. “Tendências e Modalidades R...
Geografia Humana - 10. RESUMO   - PATARRA, Neide. “Tendências e Modalidades R...Geografia Humana - 10. RESUMO   - PATARRA, Neide. “Tendências e Modalidades R...
Geografia Humana - 10. RESUMO - PATARRA, Neide. “Tendências e Modalidades R...Jessica Amaral
 
Sociologia - Relatorio ASSENTAMENTOS PRIMAVERA E TUPÃCIRETÃ. Unesp, 2012.
Sociologia - Relatorio ASSENTAMENTOS PRIMAVERA E TUPÃCIRETÃ. Unesp, 2012.Sociologia - Relatorio ASSENTAMENTOS PRIMAVERA E TUPÃCIRETÃ. Unesp, 2012.
Sociologia - Relatorio ASSENTAMENTOS PRIMAVERA E TUPÃCIRETÃ. Unesp, 2012.Jessica Amaral
 
Geografia Humana - 6. DAMIANI, Amélia. População e Geografia. Resumo do livro
Geografia Humana - 6. DAMIANI, Amélia. População e Geografia.  Resumo do livroGeografia Humana - 6. DAMIANI, Amélia. População e Geografia.  Resumo do livro
Geografia Humana - 6. DAMIANI, Amélia. População e Geografia. Resumo do livroJessica Amaral
 
Relatorio regras e normas de segurança
Relatorio   regras e normas de segurançaRelatorio   regras e normas de segurança
Relatorio regras e normas de segurançaJessica Amaral
 
Sociologia - MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. “A ideologia em geral e particula...
Sociologia - MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. “A ideologia em geral e particula...Sociologia - MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. “A ideologia em geral e particula...
Sociologia - MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. “A ideologia em geral e particula...Jessica Amaral
 
Sociologia - Fichamento MARX, Karl. “A Mercadoria” (Capitulo I). IN: O Capital
Sociologia - Fichamento MARX, Karl. “A Mercadoria” (Capitulo I). IN: O CapitalSociologia - Fichamento MARX, Karl. “A Mercadoria” (Capitulo I). IN: O Capital
Sociologia - Fichamento MARX, Karl. “A Mercadoria” (Capitulo I). IN: O CapitalJessica Amaral
 
Geografia pequena historia critica antonio carlos robert moraes
Geografia pequena historia critica antonio carlos robert moraesGeografia pequena historia critica antonio carlos robert moraes
Geografia pequena historia critica antonio carlos robert moraesGildecelle Araujo Silva
 

Destaque (17)

Moraes
MoraesMoraes
Moraes
 
Geografia do Brasil - 1. O Continente Brasileiro, Jean Demageot. Capitulo III...
Geografia do Brasil - 1. O Continente Brasileiro, Jean Demageot. Capitulo III...Geografia do Brasil - 1. O Continente Brasileiro, Jean Demageot. Capitulo III...
Geografia do Brasil - 1. O Continente Brasileiro, Jean Demageot. Capitulo III...
 
Geografia Humana - 8. RESUMO -ELZA BERQUÓ. “Evolução Demográfica” (Capitulo ...
Geografia Humana - 8. RESUMO  -ELZA BERQUÓ. “Evolução Demográfica” (Capitulo ...Geografia Humana - 8. RESUMO  -ELZA BERQUÓ. “Evolução Demográfica” (Capitulo ...
Geografia Humana - 8. RESUMO -ELZA BERQUÓ. “Evolução Demográfica” (Capitulo ...
 
Geografia Humana - 5. CARLOS, Ana Fani Alessandri. Os caminhos da geografia h...
Geografia Humana - 5. CARLOS, Ana Fani Alessandri. Os caminhos da geografia h...Geografia Humana - 5. CARLOS, Ana Fani Alessandri. Os caminhos da geografia h...
Geografia Humana - 5. CARLOS, Ana Fani Alessandri. Os caminhos da geografia h...
 
Geografia do Brasil - 3. Território e Historia no Brasil, Antônio Carlos Robe...
Geografia do Brasil - 3. Território e Historia no Brasil, Antônio Carlos Robe...Geografia do Brasil - 3. Território e Historia no Brasil, Antônio Carlos Robe...
Geografia do Brasil - 3. Território e Historia no Brasil, Antônio Carlos Robe...
 
Geografia do Brasil - 2. Território e Historia no Brasil, Antônio Carlos Robe...
Geografia do Brasil - 2. Território e Historia no Brasil, Antônio Carlos Robe...Geografia do Brasil - 2. Território e Historia no Brasil, Antônio Carlos Robe...
Geografia do Brasil - 2. Território e Historia no Brasil, Antônio Carlos Robe...
 
Gografia do Brasil - 5. Brasil – Território e Sociedade no Inicio do Século X...
Gografia do Brasil - 5. Brasil – Território e Sociedade no Inicio do Século X...Gografia do Brasil - 5. Brasil – Território e Sociedade no Inicio do Século X...
Gografia do Brasil - 5. Brasil – Território e Sociedade no Inicio do Século X...
 
Geografia do Brasil - 4. Brasil – Território e Sociedade no Inicio do Século ...
Geografia do Brasil - 4. Brasil – Território e Sociedade no Inicio do Século ...Geografia do Brasil - 4. Brasil – Território e Sociedade no Inicio do Século ...
Geografia do Brasil - 4. Brasil – Território e Sociedade no Inicio do Século ...
 
9 somos um pais jovem
9   somos um pais jovem9   somos um pais jovem
9 somos um pais jovem
 
7 população, meio ambiente e desenvolvimento
7   população, meio ambiente e desenvolvimento7   população, meio ambiente e desenvolvimento
7 população, meio ambiente e desenvolvimento
 
Geografia Humana - 10. RESUMO - PATARRA, Neide. “Tendências e Modalidades R...
Geografia Humana - 10. RESUMO   - PATARRA, Neide. “Tendências e Modalidades R...Geografia Humana - 10. RESUMO   - PATARRA, Neide. “Tendências e Modalidades R...
Geografia Humana - 10. RESUMO - PATARRA, Neide. “Tendências e Modalidades R...
 
Sociologia - Relatorio ASSENTAMENTOS PRIMAVERA E TUPÃCIRETÃ. Unesp, 2012.
Sociologia - Relatorio ASSENTAMENTOS PRIMAVERA E TUPÃCIRETÃ. Unesp, 2012.Sociologia - Relatorio ASSENTAMENTOS PRIMAVERA E TUPÃCIRETÃ. Unesp, 2012.
Sociologia - Relatorio ASSENTAMENTOS PRIMAVERA E TUPÃCIRETÃ. Unesp, 2012.
 
Geografia Humana - 6. DAMIANI, Amélia. População e Geografia. Resumo do livro
Geografia Humana - 6. DAMIANI, Amélia. População e Geografia.  Resumo do livroGeografia Humana - 6. DAMIANI, Amélia. População e Geografia.  Resumo do livro
Geografia Humana - 6. DAMIANI, Amélia. População e Geografia. Resumo do livro
 
Relatorio regras e normas de segurança
Relatorio   regras e normas de segurançaRelatorio   regras e normas de segurança
Relatorio regras e normas de segurança
 
Sociologia - MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. “A ideologia em geral e particula...
Sociologia - MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. “A ideologia em geral e particula...Sociologia - MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. “A ideologia em geral e particula...
Sociologia - MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. “A ideologia em geral e particula...
 
Sociologia - Fichamento MARX, Karl. “A Mercadoria” (Capitulo I). IN: O Capital
Sociologia - Fichamento MARX, Karl. “A Mercadoria” (Capitulo I). IN: O CapitalSociologia - Fichamento MARX, Karl. “A Mercadoria” (Capitulo I). IN: O Capital
Sociologia - Fichamento MARX, Karl. “A Mercadoria” (Capitulo I). IN: O Capital
 
Geografia pequena historia critica antonio carlos robert moraes
Geografia pequena historia critica antonio carlos robert moraesGeografia pequena historia critica antonio carlos robert moraes
Geografia pequena historia critica antonio carlos robert moraes
 

Semelhante a Geografia Humana - 2. MORAES, A. C. R. Geografia: Pequena Historia Critica. Pag. 73-86. Capitulo VII OS DESDOBRAMENTOS DA PROPOSTA LABLACHIANA

Resenha de georgragia em andamento
Resenha  de georgragia em andamentoResenha  de georgragia em andamento
Resenha de georgragia em andamentoFrancisco de Sousa
 
O pensamento geográfico brasileiro: matrizes clássicas originais.
O pensamento geográfico brasileiro: matrizes clássicas originais.O pensamento geográfico brasileiro: matrizes clássicas originais.
O pensamento geográfico brasileiro: matrizes clássicas originais.Larissa Silva
 
Educação em geografia séries iniciais
Educação em geografia séries iniciaisEducação em geografia séries iniciais
Educação em geografia séries iniciaisNilton Goulart
 
A evolução do conceito de espaço geográfico
A evolução do conceito de espaço geográficoA evolução do conceito de espaço geográfico
A evolução do conceito de espaço geográficoLadislau Reis
 
Corrêa, roberto lobato regi o e organizaç-o espacial
Corrêa, roberto lobato   regi o e organizaç-o espacialCorrêa, roberto lobato   regi o e organizaç-o espacial
Corrêa, roberto lobato regi o e organizaç-o espacialpedro vergasta
 
Conceitos basicos da ciencia geografica
Conceitos basicos da ciencia geograficaConceitos basicos da ciencia geografica
Conceitos basicos da ciencia geograficabruno pedro
 
Introdução a Ciência Geográfica
Introdução a Ciência GeográficaIntrodução a Ciência Geográfica
Introdução a Ciência GeográficaIvanilson Lima
 
1_Teoria e método na geografia humana.pptx
1_Teoria e método na geografia humana.pptx1_Teoria e método na geografia humana.pptx
1_Teoria e método na geografia humana.pptxssuserfa333d
 
Sistematização e Correntes Geográficas
Sistematização e Correntes GeográficasSistematização e Correntes Geográficas
Sistematização e Correntes GeográficasIvanilson Lima
 
Geografia 00 o que é geografia correntes pensamento geográfico
Geografia 00   o que é geografia correntes pensamento geográficoGeografia 00   o que é geografia correntes pensamento geográfico
Geografia 00 o que é geografia correntes pensamento geográficoJakson Raphael Pereira Barbosa
 
Geografia 00 o que é geografia correntes pensamento geográfico
Geografia 00   o que é geografia correntes pensamento geográficoGeografia 00   o que é geografia correntes pensamento geográfico
Geografia 00 o que é geografia correntes pensamento geográficoJakson Raphael Pereira Barbosa
 
DESENVOLVIMENTO Regional - ensino de geografia
DESENVOLVIMENTO Regional - ensino de geografiaDESENVOLVIMENTO Regional - ensino de geografia
DESENVOLVIMENTO Regional - ensino de geografiajonatasoliveira805019
 
DESENVOLVIMENTO Regional - ensino de geografia
DESENVOLVIMENTO Regional - ensino de geografiaDESENVOLVIMENTO Regional - ensino de geografia
DESENVOLVIMENTO Regional - ensino de geografiajonatasoliveira805019
 
Resumo - Introduçao a Geografia
Resumo - Introduçao a GeografiaResumo - Introduçao a Geografia
Resumo - Introduçao a Geografiaguestbb4169
 

Semelhante a Geografia Humana - 2. MORAES, A. C. R. Geografia: Pequena Historia Critica. Pag. 73-86. Capitulo VII OS DESDOBRAMENTOS DA PROPOSTA LABLACHIANA (20)

Resenha de georgragia em andamento
Resenha  de georgragia em andamentoResenha  de georgragia em andamento
Resenha de georgragia em andamento
 
O pensamento geográfico brasileiro: matrizes clássicas originais.
O pensamento geográfico brasileiro: matrizes clássicas originais.O pensamento geográfico brasileiro: matrizes clássicas originais.
O pensamento geográfico brasileiro: matrizes clássicas originais.
 
unisuam_geo_geral2.ppt
unisuam_geo_geral2.pptunisuam_geo_geral2.ppt
unisuam_geo_geral2.ppt
 
5199 (1) henri
5199 (1) henri5199 (1) henri
5199 (1) henri
 
Educação em geografia séries iniciais
Educação em geografia séries iniciaisEducação em geografia séries iniciais
Educação em geografia séries iniciais
 
A evolução do conceito de espaço geográfico
A evolução do conceito de espaço geográficoA evolução do conceito de espaço geográfico
A evolução do conceito de espaço geográfico
 
Corrêa, roberto lobato regi o e organizaç-o espacial
Corrêa, roberto lobato   regi o e organizaç-o espacialCorrêa, roberto lobato   regi o e organizaç-o espacial
Corrêa, roberto lobato regi o e organizaç-o espacial
 
Ciência geográfica
Ciência geográficaCiência geográfica
Ciência geográfica
 
Conceitos basicos da ciencia geografica
Conceitos basicos da ciencia geograficaConceitos basicos da ciencia geografica
Conceitos basicos da ciencia geografica
 
Introdução a Ciência Geográfica
Introdução a Ciência GeográficaIntrodução a Ciência Geográfica
Introdução a Ciência Geográfica
 
Materialismo Histórico Dialético
Materialismo Histórico DialéticoMaterialismo Histórico Dialético
Materialismo Histórico Dialético
 
Tres brasis lobato_correa
Tres brasis lobato_correaTres brasis lobato_correa
Tres brasis lobato_correa
 
1_Teoria e método na geografia humana.pptx
1_Teoria e método na geografia humana.pptx1_Teoria e método na geografia humana.pptx
1_Teoria e método na geografia humana.pptx
 
Sistematização e Correntes Geográficas
Sistematização e Correntes GeográficasSistematização e Correntes Geográficas
Sistematização e Correntes Geográficas
 
Geografia 00 o que é geografia correntes pensamento geográfico
Geografia 00   o que é geografia correntes pensamento geográficoGeografia 00   o que é geografia correntes pensamento geográfico
Geografia 00 o que é geografia correntes pensamento geográfico
 
Geografia 00 o que é geografia correntes pensamento geográfico
Geografia 00   o que é geografia correntes pensamento geográficoGeografia 00   o que é geografia correntes pensamento geográfico
Geografia 00 o que é geografia correntes pensamento geográfico
 
Regiao
RegiaoRegiao
Regiao
 
DESENVOLVIMENTO Regional - ensino de geografia
DESENVOLVIMENTO Regional - ensino de geografiaDESENVOLVIMENTO Regional - ensino de geografia
DESENVOLVIMENTO Regional - ensino de geografia
 
DESENVOLVIMENTO Regional - ensino de geografia
DESENVOLVIMENTO Regional - ensino de geografiaDESENVOLVIMENTO Regional - ensino de geografia
DESENVOLVIMENTO Regional - ensino de geografia
 
Resumo - Introduçao a Geografia
Resumo - Introduçao a GeografiaResumo - Introduçao a Geografia
Resumo - Introduçao a Geografia
 

Mais de Jessica Amaral

Sociologia - Fichamento DURKHEIM, Émile. “As Regras do Método Sociológico” (p...
Sociologia - Fichamento DURKHEIM, Émile. “As Regras do Método Sociológico” (p...Sociologia - Fichamento DURKHEIM, Émile. “As Regras do Método Sociológico” (p...
Sociologia - Fichamento DURKHEIM, Émile. “As Regras do Método Sociológico” (p...Jessica Amaral
 
Sociologia - Fichamento de artigo - MARX, Karl Heinrich; ENGELS, Friedrich. ...
Sociologia - Fichamento de artigo  - MARX, Karl Heinrich; ENGELS, Friedrich. ...Sociologia - Fichamento de artigo  - MARX, Karl Heinrich; ENGELS, Friedrich. ...
Sociologia - Fichamento de artigo - MARX, Karl Heinrich; ENGELS, Friedrich. ...Jessica Amaral
 
Quimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES QUIMÍCAS E FÍSICAS
Quimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES  QUIMÍCAS E FÍSICASQuimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES  QUIMÍCAS E FÍSICAS
Quimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES QUIMÍCAS E FÍSICASJessica Amaral
 
Quimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAIS
Quimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAISQuimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAIS
Quimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAISJessica Amaral
 
Quimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE SOLUÇÕES
Quimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO  E PADRONIZAÇÃO  DE SOLUÇÕESQuimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO  E PADRONIZAÇÃO  DE SOLUÇÕES
Quimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE SOLUÇÕESJessica Amaral
 
Antropologia - Relatorio RELAÇÕES ENTRE ANTROPOLOGIA E BIOLOGIA
Antropologia - Relatorio RELAÇÕES ENTRE ANTROPOLOGIA  E BIOLOGIAAntropologia - Relatorio RELAÇÕES ENTRE ANTROPOLOGIA  E BIOLOGIA
Antropologia - Relatorio RELAÇÕES ENTRE ANTROPOLOGIA E BIOLOGIAJessica Amaral
 
Pesquisas arqueológicas
Pesquisas arqueológicasPesquisas arqueológicas
Pesquisas arqueológicasJessica Amaral
 
Antropologia - Relatorio HABITAÇÕES DO PRÉ-HISTORICO AO CONTEMPORÂNEO
Antropologia - Relatorio HABITAÇÕES  DO PRÉ-HISTORICO  AO CONTEMPORÂNEOAntropologia - Relatorio HABITAÇÕES  DO PRÉ-HISTORICO  AO CONTEMPORÂNEO
Antropologia - Relatorio HABITAÇÕES DO PRÉ-HISTORICO AO CONTEMPORÂNEOJessica Amaral
 
Antropologia - Relatório CHARLES ROBERT DARWIN: BIOGRAFIA E A SELEÇÃO NATURAL
Antropologia - Relatório CHARLES ROBERT DARWIN: BIOGRAFIA E A SELEÇÃO NATURALAntropologia - Relatório CHARLES ROBERT DARWIN: BIOGRAFIA E A SELEÇÃO NATURAL
Antropologia - Relatório CHARLES ROBERT DARWIN: BIOGRAFIA E A SELEÇÃO NATURALJessica Amaral
 
CENTRO DE MUSEOLOGIA, ANTROPOLOGIA E ARQUEOLOGIA / CEMAARQ DA FCT/UNESP DE PR...
CENTRO DE MUSEOLOGIA, ANTROPOLOGIA E ARQUEOLOGIA / CEMAARQ DA FCT/UNESP DE PR...CENTRO DE MUSEOLOGIA, ANTROPOLOGIA E ARQUEOLOGIA / CEMAARQ DA FCT/UNESP DE PR...
CENTRO DE MUSEOLOGIA, ANTROPOLOGIA E ARQUEOLOGIA / CEMAARQ DA FCT/UNESP DE PR...Jessica Amaral
 
Antropologia - Relatorio XIII SEMANA DA GEOGRAFIA E VIII ENCONTRO DE ESTUDAN...
Antropologia - Relatorio XIII SEMANA DA GEOGRAFIA E  VIII ENCONTRO DE ESTUDAN...Antropologia - Relatorio XIII SEMANA DA GEOGRAFIA E  VIII ENCONTRO DE ESTUDAN...
Antropologia - Relatorio XIII SEMANA DA GEOGRAFIA E VIII ENCONTRO DE ESTUDAN...Jessica Amaral
 
Geografia do Brasil - Aula - Brasil integração do território e a articulação ...
Geografia do Brasil - Aula - Brasil integração do território e a articulação ...Geografia do Brasil - Aula - Brasil integração do território e a articulação ...
Geografia do Brasil - Aula - Brasil integração do território e a articulação ...Jessica Amaral
 

Mais de Jessica Amaral (12)

Sociologia - Fichamento DURKHEIM, Émile. “As Regras do Método Sociológico” (p...
Sociologia - Fichamento DURKHEIM, Émile. “As Regras do Método Sociológico” (p...Sociologia - Fichamento DURKHEIM, Émile. “As Regras do Método Sociológico” (p...
Sociologia - Fichamento DURKHEIM, Émile. “As Regras do Método Sociológico” (p...
 
Sociologia - Fichamento de artigo - MARX, Karl Heinrich; ENGELS, Friedrich. ...
Sociologia - Fichamento de artigo  - MARX, Karl Heinrich; ENGELS, Friedrich. ...Sociologia - Fichamento de artigo  - MARX, Karl Heinrich; ENGELS, Friedrich. ...
Sociologia - Fichamento de artigo - MARX, Karl Heinrich; ENGELS, Friedrich. ...
 
Quimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES QUIMÍCAS E FÍSICAS
Quimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES  QUIMÍCAS E FÍSICASQuimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES  QUIMÍCAS E FÍSICAS
Quimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES QUIMÍCAS E FÍSICAS
 
Quimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAIS
Quimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAISQuimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAIS
Quimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAIS
 
Quimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE SOLUÇÕES
Quimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO  E PADRONIZAÇÃO  DE SOLUÇÕESQuimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO  E PADRONIZAÇÃO  DE SOLUÇÕES
Quimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE SOLUÇÕES
 
Antropologia - Relatorio RELAÇÕES ENTRE ANTROPOLOGIA E BIOLOGIA
Antropologia - Relatorio RELAÇÕES ENTRE ANTROPOLOGIA  E BIOLOGIAAntropologia - Relatorio RELAÇÕES ENTRE ANTROPOLOGIA  E BIOLOGIA
Antropologia - Relatorio RELAÇÕES ENTRE ANTROPOLOGIA E BIOLOGIA
 
Pesquisas arqueológicas
Pesquisas arqueológicasPesquisas arqueológicas
Pesquisas arqueológicas
 
Antropologia - Relatorio HABITAÇÕES DO PRÉ-HISTORICO AO CONTEMPORÂNEO
Antropologia - Relatorio HABITAÇÕES  DO PRÉ-HISTORICO  AO CONTEMPORÂNEOAntropologia - Relatorio HABITAÇÕES  DO PRÉ-HISTORICO  AO CONTEMPORÂNEO
Antropologia - Relatorio HABITAÇÕES DO PRÉ-HISTORICO AO CONTEMPORÂNEO
 
Antropologia - Relatório CHARLES ROBERT DARWIN: BIOGRAFIA E A SELEÇÃO NATURAL
Antropologia - Relatório CHARLES ROBERT DARWIN: BIOGRAFIA E A SELEÇÃO NATURALAntropologia - Relatório CHARLES ROBERT DARWIN: BIOGRAFIA E A SELEÇÃO NATURAL
Antropologia - Relatório CHARLES ROBERT DARWIN: BIOGRAFIA E A SELEÇÃO NATURAL
 
CENTRO DE MUSEOLOGIA, ANTROPOLOGIA E ARQUEOLOGIA / CEMAARQ DA FCT/UNESP DE PR...
CENTRO DE MUSEOLOGIA, ANTROPOLOGIA E ARQUEOLOGIA / CEMAARQ DA FCT/UNESP DE PR...CENTRO DE MUSEOLOGIA, ANTROPOLOGIA E ARQUEOLOGIA / CEMAARQ DA FCT/UNESP DE PR...
CENTRO DE MUSEOLOGIA, ANTROPOLOGIA E ARQUEOLOGIA / CEMAARQ DA FCT/UNESP DE PR...
 
Antropologia - Relatorio XIII SEMANA DA GEOGRAFIA E VIII ENCONTRO DE ESTUDAN...
Antropologia - Relatorio XIII SEMANA DA GEOGRAFIA E  VIII ENCONTRO DE ESTUDAN...Antropologia - Relatorio XIII SEMANA DA GEOGRAFIA E  VIII ENCONTRO DE ESTUDAN...
Antropologia - Relatorio XIII SEMANA DA GEOGRAFIA E VIII ENCONTRO DE ESTUDAN...
 
Geografia do Brasil - Aula - Brasil integração do território e a articulação ...
Geografia do Brasil - Aula - Brasil integração do território e a articulação ...Geografia do Brasil - Aula - Brasil integração do território e a articulação ...
Geografia do Brasil - Aula - Brasil integração do território e a articulação ...
 

Último

Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasRosalina Simão Nunes
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniCassio Meira Jr.
 
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaAula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaaulasgege
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Regência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdfRegência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdfmirandadudu08
 
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBCRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBAline Santana
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinhaMary Alvarenga
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxfabiolalopesmartins1
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
 
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaAula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
Regência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdfRegência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdf
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBCRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinha
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 

Geografia Humana - 2. MORAES, A. C. R. Geografia: Pequena Historia Critica. Pag. 73-86. Capitulo VII OS DESDOBRAMENTOS DA PROPOSTA LABLACHIANA

  • 1. LEITURA 2 MORAES, A. C. R. Geografia: Pequena Historia Critica. Pag. 73-86. Capitulo VII OS DESDOBRAMENTOS DA PROPOSTA LABLACHIANA Com um trabalho executado por La Blache e seus discípulos, o conceito da região pode ser explicitado. Conceito que viria ser a base central da Geografia francesa. Região - denominação dada a uma unidade de analise geográfica, que exprimia a própria forma de os homens organizarem o espaço terrestre; - não mais seria um instrumento teórico de pesquisa, mas um dado da própria realidade; - cabe ao geografo delimita-las, descreve-las e explica-las; - seria uma escala de analise, uma unidade espacial, dotada de uma individualidade, em relação as suas áreas limítrofes. Assim, pela observação, seria possível estabelecer a dimensão territorial de uma região, localiza-la e traçar seus limites. Desta forma, a Geografia seria prioritariamente um trabalho de identificação das regiões do globo. Gallois entendia a região no aspecto geológico, e com La Blache, de forma progressiva, o conceito de região foi humanizado; cada vez mais, buscava-se sua individualidade nos dados humanos, logo, na historia. A ideia de região propiciou o pensamento geográfico da Geografia Regional, o principal desdobramento da proposta vidaliana que, no geral, obedecia a um modelo de exposição: Introdução (área estudada, projeções cartográficas, enquadramento zonal e coordenadas);“as bases físicas”; “fases da ocupação”; “quadro agrário”; “quadro urbano”; estrutura industrial”; Conclusão. O acumulo de estudos regionais propiciou o aparecimento de especializações, desenvolvendo a Geografia Agraria, Urbana, Geografia das Indústrias, da População, ou do Comercio. Dessas especializações dos estudos regionais, a que manteve a perspectiva mais globalizante foi a Geografia Econômica. Esta privilegiou a vida econômica de uma região discutindo e articulando variados elementos do quadro regional (fluxos, trabalho, produção, população, comercio, indústria, agricultura, transportes, etc.). Desdobrou-se também, da proposta vidaliana a Geografia Histórica, que se dedicou a temas como a organização de espaço, vias comerciais, gênero de via entre outros relacionados a determinadas fases da população na historia. Max Sorre foi o autor que mais avançou nas formulações de La Blache. Manteve os fundamentos da proposta vidaliana, porém desenvolveu-a bastante. Foi a reciclagem da Geografia Humana concebida por Vidal de La Blache. Representou uma retomada e um
  • 2. enriquecimento das suas teorias, mantendo-lhe a essência. Representou a segunda grande formulação da Geografia francesa. Seu conceito central desenvolvido foi o de habitat: uma construção humana, uma humanização do meio, que expressa as múltiplas relações entre homem e o meio ambiente que o envolve. A Geografia de Sorre pode ser entendida como estudo da Ecologia do Homem. Isto é, da relação dos agrupamentos com o meio em que estão inseridos, processo no qual o homem transforma o meio. Le Lannou concebeu a Geografia como eminentemente regional. Estendeu a questão das formas de ocupação, exploração do solo, estudo dos sistemas de trabalho e das instalações humanas. Privilegiou a organização social, criticando o naturalismo, reforçou o caráter humano do estudo geográfico. Porém, em ultima instancia, vai concebê-lo como um estudo dos agrupamentos e dos estabelecimentos humanos no planeta. Cholley concebeu a geografia como uma ciência dos complexos, tentando, em sua proposta, restaurar a unidade entre Geografia Física e a Humana. Essa sequencia mostrou uma continuidade de fundamentos e concepções, desenvolvimento de uma mesma proposta no pensamento geográfico tradicional, e que teve, na Geografia Regional, sua principal objetivação. No geral, tratou-se do estabelecimento de uma Geografia Humana, explicitamente dedicada ao estudo de fenômenos humanos, que teve, porém, sua ótica orientada para ação humana.