Biografia Mario de Sá-Carneiro

1.110 visualizações

Publicada em

Vida e obras de Mario de Sá-Carneiro.

Copyright 2015 - Todos dos Direitos Reservados.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.110
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Biografia Mario de Sá-Carneiro

  1. 1. Mário de Sá-Carneiro nasceu em Lisboa, Portugal, no dia 19 de maio de 1890. Aos dois anos de idade, perdeu a mãe, e a dor da ausência materna acompanhou-o ao longo de sua breve vida.
  2. 2. Aos vinte e um anos, Mário transferiu-se para Coimbra, onde ingressou na tradicional Faculdade de Direito, não tendo completado sequer o primeiro ano da graduação. Foi nessa época, em 1912, que conheceu aquele que seria seu melhor amigo e confidente, Fernando Pessoa.
  3. 3. Em 1915, ao lado de Fernando Pessoa, Raul Leal, Luís de Montalvor, Almada Negreiros e o brasileiro Ronald de Carvalho, Mário de Sá-Carneiro ajudou a fundar a revista Orpheu
  4. 4. No dia 26 de abril de 1926, hospedado em um hotel na cidade francesa de Nice, Mário de Sá-Carneiro comete suicídio. Dias antes, já atormentado pela ideia suicida, escreveu aquela que foi a sua última carta para Fernando Pessoa.
  5. 5. Entre suas principais obras, estão “Loucura...” e “A confissão de Lúcio”. Loucura... é uma das novelas publicadas no livro Princípio. A Confissão de Lúcio é um conto que integra o livro homônimo de Mário de Sá-Carneiro.
  6. 6. POEMA Trecho do poema Dispersão escrito por Mário de Sá-Carneiro, cujo, é um dos poemas mais conhecidos. Dispersão Perdi-me dentro de mim Porque eu era labirinto, E hoje, quando me sinto, É com saudades de mim. Passei pela minha vida Um astro doido a sonhar. Na ânsia de ultrapassar, Nem dei pela minha vida... Para mim é sempre ontem, Não tenho amanhã nem hoje: O tempo que aos outros foge Cai sobre mim feito ontem.
  7. 7. VIDA E OBRA OBRIGADO PELA ATENÇÃO!

×