Aula 03 ecologia do solo

3.746 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.746
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
131
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 03 ecologia do solo

  1. 1. Ecologia do solo
  2. 2. Ecologia do solo • “ Estuda a estrutura e função do ecossistema solo” • Estrutura: composição da comunidade biológica e componentes abióticos • Função: fluxo de energia, ciclagem biogeoquímica e regulação mútua dos organismos e ambiente • Odum (1971)
  3. 3. Conceitos gerais • Ordem hierárquica • Genes -> Células -> órgãos -> organismos -> Populações -> comunidades -> ecossistemas • Redundância funcional
  4. 4. Conceitos gerais • Sistema em equilíbrio • Dogmas da ecologia • Comunidade reflete seu habitat • Populações se desenvolvem ate um limite biológico ou abiótico • Quanto maior a complexidade, maior a estabilidade • Qualquer mudança é benéfica para um tipo de individuo
  5. 5. Conceitos gerais • Componentes bióticos: • Heterogêneos: organismos com metabolismo diversos convivendo lado a lado, interagindo em equilíbrio dinâmico muitas vezes com dependência associada e gerando alta biodiversidade
  6. 6. Componentes abióticos Matéria Orgânica 5% Minerais 45% Água 25% Ar 25%
  7. 7. Profundidade x diversidade 0,0 2,0 4,0 6,0 8,0 10,0 12,0 14,0 16,0 18,0 5 15 25 45 75 105 Profundidade (cm) Nomédiodeorganismosporgsolo(x10 7 )
  8. 8. 2.845372 2.350849 3.274143 -75042 2.746340 2.436134 2.846026 2.145320 1.721318 1.426216 0.68312 0.6436 (%)(mg C kg solo-1)(%) Cmicr/CorgBiomassa microbianaTeor de argila 2-Teor de argila sobre a BMS
  9. 9. Microrganismos e a agregação dos solos
  10. 10. Tipos de agregados
  11. 11. Formação dos agregados • Floculação: Quando partículas primárias permanecem íntimamente unidas devido a forças interativas (eletrostática, Van der Waals, e/ou pontes de hidrogênio) • Cimentação: estabilização dos flóculos pela ação de agentes cimentantes (compostos orgânicos, carbonatos, Fe e óxidos de Al)
  12. 12. ExemplosdePolissacarídeosextracelularesderivadosde microrganismoscomação cimentante Polissaca- rídeo Microrganismo Xantanas Xanthomonas campestris Dextrana Aerobacter spp, Streptococcus bovis Curdlan Alcaligenes faecalis Pullullan Aureobasidium pulullans
  13. 13. Localizaçãodos microrganismosem agregados
  14. 14. Interação entre raízes e hifas de fungos
  15. 15. Solo como habitat
  16. 16. Microhabitat ou microsítio: volume do solo onde células, comunidades ou populações microbianas existem e que são afetadas por este microambiente e por sua vez também o afeta  Microambiente: Condição física- química no qual uma célula, população ou comunidade microbiana vivem num dado momento
  17. 17.  Complexidade Biológica: maior diversidade genética  Garante relações diversas: positivas ou negativas  Limita explosão populacional Gera equilíbrio: tampão biológico impede a ação de efeitos externos “Solos com comunidade diversa de organismos se recuperam melhor do stress” Equilíbrio biológico de um ecossistema
  18. 18. 1- Papel dos microrganismos no solo 1- Gênese do solo: espécies fotossintéticas e fixadoras do nitrogêneo (Cianobactérias e lìquens) Anabaena  FBN  Fotossíntese
  19. 19. 2- Intemperismo: através de participação de reações que liberam prótons, nutrientes inorgânicos e ácidos orgânicos 3- Agregação do solo:
  20. 20. 4-Utilizaçãode substratospor microrganismoscomofonte de energia • MO do solo: plantas e outros organismos • Substâncias recalcitrantes: Naturais: ex. húmus Artificiais: xenobióticos
  21. 21. 5-Microrganismose pH do solo
  22. 22. 6-Interaçãoentre microrganismos Micorrizas:AssociaçãoSimbiótica Pinusspp.(Pine) Endomicorrizas arbuscular
  23. 23. Ectomicorrizas
  24. 24. 7-Interação entremicrorganismos Líquens:AssociaçãoSimbiótica • Bioindicadores da qualidade do solo: sensíveis à poluição
  25. 25. 8-Interaçãoentre os microrganismos: Nódulos de Rhizobium:associaçãoSimbiótica Pisum sativum (ervilha) Fixação do nitrogênio no solo
  26. 26. 9- Interação entreos microrganismos: Comensalismo Microrganismo A Microrganismo B Beneficia •Desintoxicando o ambiente •Convertendo substratos ** Super- ComensalismoMas não é prejudicado
  27. 27. 12- Interação entre os microrganismos: Parasitismo Doenças
  28. 28. 13-Interaçãoentre os microrganismos: Competição: Microrganis mo A Microrganis mo B Espaço Nutrientes Água Oxigênio Mesmo Microhabitat Maior habilidade
  29. 29. 14-Interaçãoentre os microrganismos: Predação:
  30. 30. 14-Interaçãoentre os microrganismos: Amensalismo: Microrganismo A Secreção de produtos tóxicos Afeta Microrganismo B
  31. 31. OBRIGADO

×