Capítulo2- Estatística Aplicada:Professora: Patricia Borges2. Distribuição de Frequências:Para encontrar as respostas de u...
Continuando a completar a tabela do exemplo temos:Além dasfreqüências absolutas e relativas, existem dois outros tipos de ...
Para separar os intervalos de classe, não existem regras, por isso é preciso tomarcuidado, para não criar muitos intervalo...
M Casado Carro EMF Casado Carro ESF SolteiroMotocicletaEFM Casado Carro ESF Solteiro Ônibus EMF Casado Carro EMM SolteiroM...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Estatistica aplicada-2-ano-enfermagem-2-capitulo

7.331 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.331
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
54
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estatistica aplicada-2-ano-enfermagem-2-capitulo

  1. 1. Capítulo2- Estatística Aplicada:Professora: Patricia Borges2. Distribuição de Frequências:Para encontrar as respostas de uma pesquisa, não basta apenas que sejam feitas asentrevistas ou os levantamentos de dados, é necessário também que eles estejamorganizados de forma a facilitar o entendimento do leitor.A primeira etapa após o levantamento dos dados é organizar uma tabela contendotodas as variáveis e suas respostas, mas isso ainda não é o suficiente, é preciso comesses dados todos reunidos, montar uma Tabela de Frequências, ou seja, montaruma tabela para cada variável.Nessa tabela, primeiramente, são contadas as ocorrências de cada um dos valores davariável estudada, o resultado obtido, é chamado de freqüência absoluta, e éindicado pela letra .Observe o exemplo a seguir:No quadro abaixo, está indicado o número de nascimentos diários em umamaternidade, em um determinado mês.5 2 3 1 44 3 2 2 02 4 3 2 13 4 5 3 42 3 1 4 54 2 4 2 2Nesse caso, para montar a Tabela de Frequências, é preciso separar os valores davariável e depois numa outra coluna, colocar sua freqüência absoluta, assim, temos:Ao final da tabela, devem ser somados todos os valores da freqüência absoluta.Depois disso, utilizamos o Total obtido na tabela, para fazer uma razão entre cadafreqüência absoluta e é feita uma nova coluna, a da freqüência relativa, que éindicada pela letra , e possui a seguinte fórmula:Número de FrequênciaNascimentosAbsoluta0 11 32 93 64 85 3Total 30
  2. 2. Continuando a completar a tabela do exemplo temos:Além dasfreqüências absolutas e relativas, existem dois outros tipos de freqüência quetambém são muito utilizados na Estatística, são elas: a freqüência acumulada, que éa soma das freqüências absolutas e a freqüência acumulada relativa, que é a somadas freqüências relativas até certo dado. Então, acrescentando essas novas colunasà tabela do exemplo, temos:Intervalos de Classe:Nem sempre será possível escrever todos os valores que uma variável da pesquisapode assumir, geralmente quando elas são quantitativas. Por isso, esses valores sãoagrupados entre sai, formando o chamado Intervalo de Classes.Número de Frequência FrequênciaNascimentosAbsoluta Relativa0 11 32 93 64 85 3Total 30 100%Número de Frequência Frequência Frequência FrequênciaNascimentosAbsoluta Acumulada Relativa Acumulada Relativa0 1 1 3,3%1 32 93 64 85 3Total 30 100%
  3. 3. Para separar os intervalos de classe, não existem regras, por isso é preciso tomarcuidado, para não criar muitos intervalos de classe, algo que pode prejudicar oresumo das informações da pesquisa.Amplitude Total da distribuição de freqüências é a diferença entre o maior e omenor valor da variável estudada, ou seja:Depois, é preciso encontrar um número que divida a Amplitude Total e tenha comoresultado um número inteiro, esse número será a quantidade de classes que a tabelade distribuição de freqüências terá e o resultado que dividirá a amplitude será ointervalo das classes.Numa pesquisa que possua dentro de uma variável, valores entre 70 e 320, teremos:Então a partir disso, temos:Onde, 50 será o intervalo de classes e 5 será a quantidade de classes:Exercícios:1. Os dados seguintes referem-se ao tempo de espera em minutos de 30 clientesem uma fila de banco, em um dia de movimento:23 – 19 – 7 – 21 – 16 – 13 – 11 – 16 – 33 – 22 – 17 – 15 – 12 – 18 – 25 – 20 – 14 – 16– 12 – 10 – 8 – 20 – 16 – 14 – 19 – 23 – 36 – 30 – 28 – 35.Construa a tabela de freqüência, agrupando as informações em classes apartir do menor tempo encontrado.2. Na tabela abaixo estão representados os dados obtidos em uma pesquisarealizada entre os funcionários de uma determinada empresa:SexoEstadoCivilTransporteEscolaridadeF Casado Carro EMF Solteiro Ônibus EFM Solteiro Ônibus EMF Casado Ônibus EFM SolteiroMotocicletaEFM Solteiro Ônibus EMF Solteiro Ônibus EMF: FemininoM: MasculinoEF: Ensino FundamentalEM: Ensino MédioES:Ensino Superior
  4. 4. M Casado Carro EMF Casado Carro ESF SolteiroMotocicletaEFM Casado Carro ESF Solteiro Ônibus EMF Casado Carro EMM SolteiroMotocicletaEFF Solteiro Ônibus EMF SolteiroMotocicletaEFA partir disso, construa uma tabela de freqüências, para a variável“transporte”.

×