Informativo 7ª cre maio pag10 a 14 (1)

1.347 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Informativo 7ª cre maio pag10 a 14 (1)

  1. 1. I N F O R A T I V VIROUACONTECEU MANCHETE PROJETO NOTA10 A cultura indígena Projeto “Na era da tecnologia, a Rádio Maluzinhamarcou as atividades do encanta os nossos dias”mês de abril no CIEP Pablo C. M. Tia MaluNeruda. Os alunos do EDIvivenciaram esta cultura, O projeto pedagógico que norteia os trabalhos da C. M. Tiapresente no PPP da UE Malu, durante esse ano, está sendo conduzido pela “Rádioatravés de livros infantis Maluzinha”, que desde 2011 encanta os alunos da creche àscomo: “Menino Poti”, “Terra quintas-feiras, quinzenalmente. A reestreia da Rádio, emsem Males”, “Curumim março, deu início à Semana da Alimentação Saudável. Abaré Imitando os “Maluzinha”, personagem bem conhecida dos alunos, falou, Animais”, entre muitos de forma alegre, numa linguagem acessível a todos, sobre o outros. valor dos alimentos e a necessidade de comermos, Para finalizar as atividades diariamente, frutas, legumes, verduras, carnes, ovos, leite, com a cultura indígena, as etc. A partir do tema iniciado pela Rádio, as educadoras turmas do EDI participaram exploraram o assunto, confeccionando cartazes, blocões, de um grande circuito manuseando os alimentos, visitando a despensa, e ainda indígena onde puderam lendo livros do acervo da creche. No final da quinzena, participar da pescaria no realizaram um piquenique e, como culminância da rádio, rio, contação de história cantaram músicas como:dramatizada, passeio no rio com canoas, dança da chuva e “Sopa”, do grupo Palavrado sol, passeio na floresta Cantada, e “Seu Melão”, docom obstáculos e danças Trem da Alegria,indígenas diversas. dramatizando ainda comOs alunos curtiram muito fantoches a história “Aas brincadeiras e Cesta de Dona Maricota”,aprenderam a respeitar a da autora Tatian Belinky.importante cultura Foi um show!indígena! Projeto “Contando e encantando com as fábulas” EDI Professora Ruth Cardoso Pensando em estimular o gosto pela leitura e fomentar a aprendizagem significativa dos alunos, o EDI Profª Ruth Cardoso desenvolveu o projeto “Contando e encantando com as fábulas”. Neste rico cenário, as crianças mergulharam no mundo da imaginação e criatividade, cheio de cores e alegrias. Sonharam e elaboraram caminhos para que o mundo se transformasse num lugar do bem, onde tudo de bom é possível, com um final feliz.Enviem ao Gabinete da 7ª CRE informações e fotos de EVENTOS dasua UE para serem divulgados nesta seção. As crianças ficaram super envolvidas com a fábula “Festa no céu”. Decidiram que nenhum animal ficaria de fora da festa, 10
  2. 2. I N F O R A T I VPROJETO NOTA10 de jeito nenhum, e imaginaram soluções para curiosidades e informando sobre as utilidades da água e que todos pudessem seu processo de tratamento, chegar ao céu. As turmas numa comparação entre um rio da Creche e da Pré-escola sujo e outro limpo. O alunos deram uma “mãozinha”: as ainda escolheram um mascote aranhas subiram pelas para salvar a água do planeta: o “Capitão Água”.teias, os peixes pela Os alunos da turma 1101 ecachoeira, as tartarugas 1102, das professoras Cláudia eforam dentro do violão, unsentraram na cestinha do Andrea, trabalharam aBalão Mágico ou foram de questão da preservaçãocarona com os urubus, dos peixes através dosalguns viajaram no cuidados que devemos teraviãozinho de papel, com a água. Nestaoutros foram de barco à vela, impulsionado pelo vento, ufa! atividade, as professorasCom tantos bichos querendo se divertir, as crianças abordaram a temática,decidiram produzir uma “Festa na Terra”. Prepararam o utilizando uma paródia dacenário, confeccionaram as personagens, elaboraram o cantiga de roda "Como pode um peixe vivo".convite, convidaram animais de outras fábulas e se As turmas 1302 e 1303, da professora Marize, fizeram umempenharam para que tudo desse certo. E, assim, através da varal de poesias onde cada peça de roupa continha um trecholudicidade e imaginação da literatura foram oportunizadas da poesia "Água, é preciso economizar" ilustrada pelossituações de aprendizagem recheadas de muita criatividade, alunos.sonhos, fantasias e imaginação: aspectos importantes para aformação das crianças. Projeto “Água e Nutrição” E. E. M. MARIA THEREZINHA DE CARVALHO Projeto “Água” MACHADO E. M. Augusto Magne Com a participação deNo dia 28/03, a escola realizou o projeto “Água”, cujo objetivo todas as turmas eera divulgar os cuidados que todos devemos ter com este funcionários, a escolaelemento vital. As turmas 1101, 1102, 1201, 1202 e 1203, das desenvolveu, desde oprofessoras Claudia, Rosemary e Andréa, abordaram a primeiro mês de aula, oquestão da importância da projeto “Água e Nutrição”,chuva, escrevendo em quando tiveramgotinhas diversos oportunidade de articular várias áreas de conhecimento econselhos para a água não trabalhar muitas questões importantes para a comunidadeterminar. escolar: alimentação e saúde, utilização e preservação daA turma 1301, da profª água, água e saúde e combate à Dengue. Através deBárbara, produziu atividades lúdicas, os alunos foram sujeitos ativos de suacartazes, mostrando aprendizagem: viraram “fiscais” da natureza na área escolar, 11
  3. 3. I N F O R A T I VPROJETO NOTA10 estabeleceram regras para manuseio e preservação contribui para um ambiente mais harmonioso e possui, da água, vivenciaram de forma espontânea, oficina de alimentos e habilidades sociais receberam a visita do desenvolvidas e adequa- Corpo de Bombeiros, das. Gentileza é generosi- encerrando o projeto. dade, altruísmo, solidari- Assim, descobriram que a edade, interesse pelo outro, oferecer amizade, retribuirágua é fonte de vida e responsabilidade nossa! gentilezas, promover cortesia, conjugar o ensinar, o sorrir e contribuir para o sorrir do outro. Projeto “Eu e o outro Considerando que são os pais, educadores, adultos em somos o Rio - geral, que desempenham o papel de modelos na criação e a gentileza começa educação das crianças, visando fortalecer os valores morais, comigo” a responsabilidade e generosidade para com todos os CIEP João Batista dos envolvidos neste processo. É nesse sentido que o projeto “Eu Santos e o outro somos o Rio: a gentileza começa comigo” buscaAs grandes manifestações resgatar atitudes diárias, gestos simples, que implicam nasde gentileza são colocadas em prática através de simples transformações de mentalidades e comportamentos de todaatitudes. A gentileza deve ser uma tarefa diária e um exercício uma sociedade. Compreendendo que a falta de gentileza e aem todas as esferas nas relações humanas. Conforme os hostilidade nas relações podem contribuir para um ambientePCNs: “O enfoque a ser dado ao tema solidariedade é muito estressante, na medida em que essas atitudes sãopróximo da ideia de generosidade: doar-se a alguém, ajudar contagiosas e que violência gera violência, hostilidade geradesinteressadamente. A rigor, se todos fossem solidários, hostilidade, raiva gera raiva, o foco deste projeto énesse sentido, talvez nem se precisasse pensar em justiça: GENTILEZA GERA GENTILEZA.cada um daria o melhor de si para os outros”. O projeto permite fazer observações sobre a realidade dos No espaço escolar alunos e estimular, através de trabalhos didáticos e diálogos, percebemos a indisciplina, o desenvolvimento das posturas necessárias para a falta de limite, violência, as preservação de bons relacionamentos no dia-a-dia escolar e relações intrapessoais e familiar. interpessoais. Verifica-se Projeto “Visitando” que os discursos sobre CIEP Pablo Neruda valores morais, antes delegados somente às O CIEP Pablo Neruda destaca em seu Projeto Pedagógico a participação da comunidade escolar, ao abrirem seus portõesfamílias, precisam ser para visitação dos responsáveis e familiares dos alunos emretomados no âmbito momentos que aproximam os grupos, mostrando como sãoescolar como uma prática desenvolvidas as atividades e os seus resultados. É fazerconstante, abordando a com que a comunidade perceba, de perto, a sua importânciaafetividade, solidariedade, no processo de desenvolvimento dos alunos. Umaas regras morais e de experiência tão importante que é impossível não registrar...convivência. Enviem ao Gabinete da 7ª CRE informações e fotos de PROJETOS daGentil é aquele que sua UE para serem divulgados nesta seção. 12
  4. 4. I N F O R A T I VPESSOA NOTA10 Funcionários Tio Gomes e Tio Júlio EDI Jardim do Amanhã Na campanha contra a obesidade infantil, ofereceram aos alunos aNo ano passado, houve a oportunidade de conhecerchegada da firma Masan e aprender a importâncianos EDIs, um ganho de uma alimentaçãoimportante de funcionários saudável e da prática dena área de cozinha e atividades físicas.limpeza. O EDI Jardim do Contaram com a parceria dosAmanhã ficou ainda mais dentistas do Projeto Dente Escola,contente quando conheceu que ajudaram as professoras namelhor as pessoas que receberam para cuidar da cozinha: a orientação da higiene bucal dosdupla Tio Gomes e Tio Júlio, que estão dando um show no alunos, na escolha de alimentospreparo da comidinha. Tio Gomes, o primeiro a chegar, com saudáveis, visando ainda asua capacidade culinária e disposição constante em ajudar, redução do consumo de doces eque acolheu de maneira incrível o alegre e brincalhão tio refrigerantes para diminuição daJúlio, que se dispôs a aprender e cozinhar muito. Tudo é um cárie. Durante as semanas que osucesso com essa dupla. Obrigado e parabéns de toda a assunto foi abordado, foramequipe e, principalmente, das crianças que pedem e repetem! realizadas ações que tornaram o processo ensino aprendizagem prazeroso e rico. Os alunos Professoras da Educação Infantil: Adriana, Danielle, compartilharam e degustaram frutas e sucos naturais que,Leila, Michele, Nilma, Rosecler, Rubiana, Thais e Vilene além de alimentar, serviram de mote para o trabalho com E. M. Honduras cores, músicas, contagem, pintura, nomes de frutas, letras... A UE ficou linda e colorida.A escola deseja destacar o Aproveitaram a Páscoagrupo de professoras que para trabalhar valoresabraçaram a Educação como doação, partilha,Infantil. “Não poderíamos fraternidade, e o Dia doter um grupo melhor. Índio para estudar aNossas meninas são história e cultura indígena.maravilhosas, como As professorasprofissionais, educadoras, companheiras de trabalho e, promoveram: turminhas, na hora da saída, com viseirasmuitas vezes, verdadeiras mães dos seus alunos”. pintadas com frutas pelos alunos; preocupação com oAs professoras deram um show neste 1º bimestre, preparo da salada de frutas; organização na espera paraprometendo ainda mais para os outros que virão. Mostraram- receber sua porção dese competentes na elaboração do Planejamento, salada, numa verdadeiraparticipativas na semana de Capacitação Interna, atenciosas integração no processona acolhida às crianças e aos responsáveis, interessadas na ensino aprendizagemintegração das datas festivas com ações que possibilitam a (conhecimento/lúdico/vivêalfabetização e na aprendizagem de valores como: doação, ncia); homenagem da EIpartilha, respeito ao próximo, cuidado com si, com o outro e com apresentação decom o ambiente e valorização da sua herança cultural. 13
  5. 5. I N F O R A T I VPESSOA NOTA10 de formação do solo, a profª Katarina Galhardo realizou uma experiência, contida na apostila de músicas sobre a Páscoa no ciências do 6º ano dia da festa de aniversário experimental, para da escola; confecção de diferenciar os tipos de solos existentes. O recurso utilizado colares e cocares coloridos para a realização da experiência foi a webcam instalada no pelos alunos, a descoberta netbook, conectada ao projetor da sala. Todos estes da origem das palavras do instrumentos, unidos ao planejamento detalhado da nosso vocabulário (jacaré, professora, possibilitaram a realização da experiência em umpaçoca, jibóia, jaca) e a degustação de alimentos (mandioca, local, o registro pela câmera e a transmissão ao mesmomilho, banana, batata doce, pipoca), deixando os alunos tempo pelo projetor, na sala de aula, para que todos os alunosmuito interessados na herança cultural indígena. pudessem acompanhar o resultado da experiência juntos.A direção da escola não pode deixar de relatar o Através da vivência realizada, os alunos conseguiramcompanheirismo entre as professoras. Uma ajuda a outra nas compreender a diferença na composição de cada um dosnecessidades, conhecem os alunos de cada turma, valendo tipos de solo. E a aula não terminou. A profª Katarina dáaté ficar com aluno de outra colega para ajudar na adaptação continuidade aos temas trabalhados em sala de aula nodo mesmo ou acalmar alguns mais inseguros ou chorosos. grupo do Facebook,“Professoras, vocês nos enchem de orgulho...” (Equipe da E. esclarecendo dúvidas eM. Honduras) respondendo aos comentários de seus Profª Katarina Galhardo alunos, disponibilizando CIEP Pablo Neruda informações mesmo fora do horário de aula. No CIEP Pablo Neruda a Esta é mesmo uma tecnologia faz parte do dia professora nota 10! a dia de professores e alunos. Após a Enviem ao Gabinete da 7ª CRE informações e fotos identificação do processo de PESSOAS da sua UE que merecem destaque nesta seção.RECADO DA UE NÃO PERCAM:A C. M. Vitorino Freire já tem seu blog: FESTA JUNINA DA 7ª CRE 2012!cmvitorinofreire.blogspot.com A cada mês, estaremostrabalhando com poesias de um determinado poeta. No mês A festa de 2011 foi tão boade março, as crianças estiveram de mãos dadas com Clarice que choveram pedidosLispector. Em abril, as crianças trabalharam Cecília Meireles, pela dobradinha neste ano...mergulhando numa atmosfera de encantamento. Entrem eacompanhem o dia a dia da creche. Mas não esqueçam de Aguardem!deixar o seu recado! Em Julho!Vejam as atividades do EDI Jardim do Amanhã, seucotidiano e suas sugestões no blog: Publicação mensal da 7ª CRE - Coordenadoria Regional de Educaçãoedijamanha.blogspot.com Sigam, aproveitem e comentem! SME - Prefeitura do RIO E.mail: informativo.cre07@gmail.comMais um blog imperdível, da C. M. Maria da Conceição End: Av Ayrton Senna, nº 2001 - bl A - Barra da TijucaS i l v e i r a d e C a r v a l h o : Tel./FAX: 3325-9470 / 3325-3228cmmcsilveiradecarvalho.blogspot.com Distribuição via INTRANET 14

×