Laços de amor - Uma história de adoção

1.025 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.025
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Laços de amor - Uma história de adoção

  1. 1. Há questões formais, legais e jurídicas, que demandam tem-po específico para sua conclusão. Tratarei rapidamente das mes-mas, já que para melhor esclarecê-las existem grupos de profissi-onais capacitados. Este livro pretende informar sobre o que, em minha opi-nião, é realmente necessário para que a adoção de uma criançaseja feliz e dê (muito) certo. Vamos conversar sobre os aspectosemocionais, afetivos e os humores que circundam os pretenden-tes à adoção durante todo o processo, desde o nascer da ideia atéa sua finalização, com a chegada da criança. Esta obra não é um modelo sobre adoção. O que é ditoaqui não deve ser entendido como a expressão da verdade abso-luta. Tratando-se do universo das emoções humanas, não há umaúnica possibilidade. Mas, devo ressaltar que, realmente, a minhaexperiência de mãe é feliz. No decorrer do romance pretendo falar das particularida-des da filiação por meio do instituto da adoção legal. Vamos “con-versar” sobre as dúvidas comuns aos pretendentes, como porexemplo, revelar ou não revelar a adoção e, em caso afirmativo,quando fazê-lo e como. Mais do que isso, minha pretensão émostrar onde realmente existem diferenças e onde estão as se-melhanças entre filiação por adoção e a filiação biológica. O assunto ADOÇÃO desperta várias emoções, inclusive omedo, porque expõe a delicadeza do vínculo entre pais e filhos.Esse encontro tão especial é tecido artesanalmente, dia a dia,nas atitudes de uns para com os outros. Nada está determinadode antemão, nem nos genes, nem na semelhança física, nem notom da pele. Ao partilhar a minha experiência, meu propósito é fazê-lopensar, e pensar, e pensar mais. Este é um passo necessário e quedeve preceder a decisão de adotar uma criança. Diz-se sempre que adoção é escolha. É preciso entenderessa frase. Trata-se de escolher adotar ou não adotar. É uma10 | JACK SAID
  2. 2. situação completamente diferente daquela advinda de uma gra-videz, porque esta se impõe à vontade dos pais. Por outro lado, embora seja escolha, penso que deva acon-tecer ANTES da adoção. Atenção, porque isso é muito sério! Parece-me inaceitável a hipótese do arrependimento após aadoção: “não era bem isso que eu queria, então eu quero devolvera criança”. Nesse aspecto, a responsabilidade do pretendente à ado-ção é muito maior do que a esperada dos pais biológicos (não exi-mindo estes últimos da responsabilidade por suas atitudes). Se eu pudesse resumir tudo numa única frase, diria: quandovocê (escolher) adotar uma criança, entenda, visceralmente, queELA SERÁ SUA CRIANÇA – SEU FILHO(A)– PARA SEMPRE! Boa leitura. LAÇOS DE AMOR | 11
  3. 3. SUMÁRIOCapítulo 1 – O sonho de ser mãe ............................................... 15Capítulo 2 – Diga adeus ao sonho... Olá realidade! ................ 18Capítulo 3 – Será que agora vai dar tudo certo? ...................... 19Capítulo 4 – O primeiro passo de um novo caminho ............. 20Capítulo 5 – Por que tanta burocracia? ...................................... 22Capítulo 6 – Preconceitos... pré-conceitos................................ 24Capítulo 7 – Sonhando com a minha criança... ........................ 28Capítulo 8 – Sentindo o universo se mexer............................... 30Capítulo 9 – Enfim, grávida! ....................................................... 33Capítulo 10 – A vida nos prega peças........................................ 36Capítulo 11 – Aprendendo a viver ............................................. 38Capítulo 12 – Chegou! .................................................................. 43Capítulo 13 – De frente para o espelho ..................................... 46Capítulo 14 – Êxtase .................................................................... 48Capítulo 15 – Acolhendo a dor da falta .................................... 49Capítulo 16 – Uma família “diferente” ...................................... 51Capítulo 17 - O nascimento de uma família ............................. 55Capítulo 18 – Adoção legal X Adoção Emocional.................. 57Capítulo 19 – Cuidando da minha família................................. 59Capítulo 20 – Definindo a família .............................................. 63Capítulo 21 – Só o amor é real .................................................... 66Capítulo 22 – Uma flor no meu jardim ...................................... 69Capítulo 23 – Acolhendo a dor da falta novamente................ 71Capítulo 24 – Lembre-se: adoção é escolha ............................. 73Capítulo 25 - “Mamãe... eu também nasci da sua barriga?”... 75Capítulo 26 – Ainda não é o fim ................................................. 82
  4. 4. Contato com a autoralacosdeamor.jacksaid@gmail.com

×