Jornada 2014 apresentação rosana

7.001 visualizações

Publicada em

Apresentação do tema 150 anos do O Evangelho Segundo o Espiritismo na Jornada Espírita Outubro de 2014

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.001
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5.883
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornada 2014 apresentação rosana

  1. 1. 1
  2. 2. “REVISITANDO O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO” 2
  3. 3. Título inicial: Imitação do Evangelho “O Evangelho Segundo o Espiritismo” Contém a explicação das máximas morais do Cristo,sua concordância com o Espiritismo e sua aplicação às diversas situações da vida. 3
  4. 4. “Fé inabalável é somente aquela que pode encarar a razão, face a face, em todas as épocas da humanidade.” 4
  5. 5. Prefácio: Instrução recebida mediunicamente do Espírito da Verdade. I-Introdução: objetivo desta obra 1- Os atos comuns da vidado Cristo. 2-Os milagres. 3-As profecias. 4-As palavras que serviram para o estabelecimento dos dogmas da igreja. 5-O ensino moral. 5
  6. 6. II- Autoridade da Doutrina Espírita A universalidade do ensino dos Espíritos faz a força do Espiritismo. O Espiritismo é uma verdade, ele não teme nem a má vontade dos homens, nem as revoluções morais, nem as transformações físicas do globo, porque nenhuma dessas coisas pode atingir os Espíritos. 6
  7. 7. O saber dos Espíritos é proporcional à sua depuração. O primeiro controle é , a razão ao qual é necessário submeter, sem exceção tudo o que vem dos espíritos. A única garantia do ensino dos Espíritos está na concordância das revelações feitas espontaneamente, através de um grande número de médiuns, estranhos uns aos outros , e em diversos lugares. 7
  8. 8. III- Notícias Históricas Samaritanos, Nazarenos, Publicanos, Peageiros, Fariseus, Escribas, Sinagoga, Saduceus, Essênios e Terapeutas. IV- Sócrates e Platão, precursores da doutrina Cristã e do Espiritismo. Resumo da doutrina de Sócrates e Platão 8
  9. 9. O EVANGELHO POSSUI 28 CAPÍTULOS I- Não vim destruir a Lei - cumpri-la. II- Meu reino não é deste mundo- vida futura. III- Há muitas moradas na casa de meu pai- (universo) categorias de adiantamento- Terra provas e expiação. IV- Ninguém pode ver o reino de Deus se não nascer de novo- reencarnação. 9
  10. 10. V- Bem-aventurados os aflitos – justiça, causas das aflições. VI- O Cristo consolador- consolador prometido. VII- Bem aventurados os pobres de Espírito- humildade VIII- Bem aventurados os puros de coração- pecar por pensamento. IX- Bem aventurados os mansos e pacíficos- paciência , doçura, moderação, afabilidade. 10
  11. 11. X- Bem aventurados os misericordiosos - perdão. XI- Amar ao próximo como a si mesmo – o maior mandamento XII- Amai os vossos inimigos - pagar o mal com o bem. XIII- Que a mão esquerda não saiba o que faz a direita - o bem sem ostentação. XIV- Honra a teu pai e tua mãe - parentesco corporal e espiritual. 11
  12. 12. XV- Fora da caridade não há salvação- misericórdia para com o próximo. XVI- Servir a Deus e a Mamon- coisas materiais e espirituais. XVII- Sede Perfeitos - homem de bem, os bons espíritas. XVIII - Muitos os chamados e poucos os escolhidos – verdadeiros cristãos. XIX- A fé que transporta montanhas – confiança, poder fluídico, fé humana e divina. 12
  13. 13. XX- Trabalhadores da última hora – missão dos espíritas. XXI- Falsos cristos e falsos profetas – distinguir os bons dos maus espíritos. XXII- Não separar o que Deus juntou – divórcio. XXIII – Moral Estranha- fundo e forma. XXIV – Não por a candeia debaixo do alqueire- sem a luz da razão, a fé enfraquece. 13
  14. 14. XXV- Buscai e Achareis – lei do progresso e do trabalho. XXVI- Dar de graça o que de graça receber –mediunidade gratuita. XXVII- Pedi e Obtereis – condições da prece. XXVIII- Coletânea de Preces Espíritas – a forma não é nada , o pensamento é tudo. 14
  15. 15. O Espiritismo representa o Consolador prometido por Jesus. 15
  16. 16. O Amor resume toda a doutrina de Jesus. No seu ponto de partida, o homem só tem instintos; mais avançado e corrompido, só tem sensações; mais instruído e purificado, tem sentimentos; e o amor é o requinte do sentimento. E.S.E cap.XI 16
  17. 17. “Amar ao próximo como a si mesmo; fazer aos outros como quereríamos que nos fizessem”  Constituição magna para qualquer país - lei perfeita 17
  18. 18.  Em seus 28 capítulos, encontramos no ESE a orientação ética e moral para o maior objetivo do ser humano: a própria evolução espiritual. O desvendar da realidade do ser e sua relação com o Criador, de suas potencialidades individuais e de suas responsabilidades perante si e para com o próximo é de um valor inestimável, que não somente responde as questões existenciais que sempre angustiaram o homem (quem somos, de onde viemos e para onde estamos indo?), assim como oferece um roteiro seguro sobre o que devemos fazer para alcançar a tão sonhada felicidade, pelo amor e pela instrução.  Marco Milani site: http://educadorespirita1.blogspot.com.br/2014/04/o-evangelho-segundo-o-espiritismo.html 18

×