Teoria da Contingência

3.877 visualizações

Publicada em

Teoria da Contingência

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.877
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
109
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Teoria da Contingência

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS Equipe: Flávia Daniele Izaura Nogueira Larissa Marques Moisés Martins 1
  2. 2. CONTINGÊNCIA A palavra contingência significa algo incerto ou eventual, que pode suceder ou não, dependendo das circunstâncias. Esse termo é empregado para enfatizar como a probabilidade de um evento pode ser afetada ou causada por outros eventos (Catania, 1993, p. 368). 2
  3. 3. se..., então... A administração contingencial pode ser intitulada de abordagem do "se-então", pois o reconhecimento, diagnóstico e adaptação à situação são importantes para a abordagem contingencial. A cláusula “se” pode especificar algum aspecto do comportamento ou do ambiente e a cláusula “então” especifica o evento ambiental conseqüente. 3
  4. 4. PLANO DE CONTINGÊNCIA É uma ação preventiva Quando as vendas são abaixo de sua capacidade de produção, qual seu plano de contingência? Reduzir custos e talvez baixar a qualidade ou produzir outros produtos com os mesmos equipamentos e mão de obra? 4
  5. 5. TEORIA DA CONTINGÊNCIA Por que devemos conhecer a Teoria da Contingência? 5
  6. 6. 6
  7. 7. PESQUISA DE CHANDLER SOBRE ESTRATÉGIA E ESTRUTURA A conclusão de Chandler é que a estrutura organizacional das grandes empresas americanas foi sendo gradativamente determinada pela sua estratégia mercadológica. A estrutura organizacional corresponde ao desenho da organização, isto é, a forma organizacional que ela assumiu para integrar seus recursos, enquanto a estratégia corresponde ao plano global de alocação de recursos para atender as demandas do ambiente. 7
  8. 8. PESQUISA DE BURNS E STALKER SOBRE ORGANIZAÇÕES Organização mecânica Na visão mecanicista, uma organização tem como principais características: divisão bem definidas das tarefas, funcionários altamente especializados em sua função, centralização do poder decisório, baixa flexibilidade estrutural, e como próprio nome revela, o ciclo produtivo funciona como uma máquina. 8
  9. 9. Princípios de uma organização mecânica: •Estrutura burocrática baseada em uma minuciosa divisão do trabalho; •Hierarquia rígida de autoridade baseada no comando único; •Ênfase nas regras e procedimentos formais. 9
  10. 10. Organização orgânica Em uma organização orgânica, todos os membros possuem conhecimento geral do processo produtivo, não são necessariamente especializados, porém o espírito de equipe prevalece na obtenção do resultado com foco no planejamento estratégico. Outra característica é o alto grau de flexibilidade e capacidade de dar continuidade ao processo, caso haja perda de um dos membros ou mudanças externas ao processo. 10
  11. 11. Princípios de uma organização orgânica: •A estrutura é formada por times, e não por hierarquias de poder; •Ela funciona como um organismo vivo, e não como uma máquina; •As pessoas são tratadas como seres humanos, e não como recursos humanos; 11
  12. 12. A Conclusão de Burns e Stalker é que a forma mecanística de organização é apropriada para condições ambientais estáveis, enquanto que a forma orgânica é apropriada para condições ambientais de mudanças e inovação. Em resumo, há um imperativo ambiental, isto é, é o ambiente que determina a estrutura e o funcionamento das organizações. Toffler, em seu livro Choque do Futuro, retoma as conclusões de Burns e Stalker ao salientar que a nova sociedade do futuro será extremamente dinâmica e mutável. Para poderem acompanhar o ambiente turbulento e mutável, as organizações precisarão ser orgânicas, isto é, inovadoras, temporais e 12 antiburocráticas.
  13. 13. BIBLIOGRAFIA Teoria da Contingência Disponível em: http://www.coladaweb.com/administracao/teoria-da-contingencia Acessado em 10 de fevereiro de 2014. Teoria da Contingência Disponível em: http://www.portaladm.adm.br/Tga/tga89.htm Acessado em 10 de fevereiro de 2014. Organizações Orgânica Disponível em: http://www.felicidadesa.com/blog/78-organizacoes-organicas Acessado em 10 de fevereiro de 2014. 13

×