ISA11 - Design Echos: Inovação Social

1.244 visualizações

Publicada em

Entendemos a inovação de impacto social como um conceito de partida para a reconstrução do mundo em que vivemos. Acreditamos que vivemos em uma sociedade em rede, onde não podemos mais agir isoladamente, tudo está conectado e permeado por relações.

O pensamento vigente não deve mais ser o de um especialista, mas sim o pensamento sistêmico onde podemos mapear o mundo e suas relações em constantes mudanças.

Inovação de Impacto Social traz resultados focados no ser humano, aumentando as capacidades do indivíduo e do coletivo, ao mesmo traz retorno e valor para as empresas.

Neste workshop será ensinado uma nova abordagem na busca por inovações que tenham impacto social positivo, mas que também gerem resultados para as empresas através do design.

Serão apresentadas diferentes metodologias como design thinking, psicologia, dramaturgia, cocriação e inovação aberta. O workshop será totalmente prático e mão na massa.

Publicada em: Design
  • Seja o primeiro a comentar

ISA11 - Design Echos: Inovação Social

  1. 1.  INOVAÇÃO SOCIAL- IXDA 2011
  2. 2. @ricardo_ruffo
  3. 3. @ricardo_ruffo@julianapros
  4. 4. A DESIGN ECHOS É UMA CONSULTORIAEM INOVAÇÃO DEIMPACTO SOCIAL.
  5. 5. AJUDAMOS EMPRESAS A Identificamos OPORTUNIDADESCRIAR ESTRATÉGIAS DE NA SOCIEDADE em parceria comIMPACTO E A INOVAR. nossos clientes, possibilitando a geração de soluções que tem RE SSO NÂNC I A C O M A SOCIEDADE e que TRAZEM RESULTADOS PARA AS ORGANIZAÇÕES.
  6. 6.  desenvolvimento de cenários futuros novos produtos, serviços e modelos de negócio com propósito a empresa como catalizadora de transformaçao e propósito
  7. 7.  INOVAÇÃO SOCIAL
  8. 8.  
  9. 9.    eu querofazer o bem!
  10. 10.    eu quero eu querofazer o bem! ganhar $$$!
  11. 11.    eu quero eu querofazer o bem! ganhar $$$!
  12. 12.    eu quero eu querofazer o bem! ganhar $$$!
  13. 13.    eu quero eu querofazer o bem! ganhar $$$!
  14. 14.    eu quero eu quero fazer o bem! ganhar $$$!     
  15. 15.   
  16. 16.     eu querofazer o bem!
  17. 17.     eu quero eu querofazer o bem! ganhar $$$!
  18. 18.     eu quero eu querofazer o bem! ganhar $$$!
  19. 19.     eu quero eu querofazer o bem! ganhar $$$!
  20. 20.     eu quero eu querofazer o bem! ganhar $$$! 
  21. 21.             
  22. 22. as empresas + influentes...
  23. 23. as empresas + influentes...
  24. 24. Ou suaempresa inova,ou ela MORRE!
  25. 25. Inovação virou clichè...
  26. 26. PURIFICADOR DEÁGUA BRASTEMP
  27. 27. provêem água facilita a vida do usuário sistemas inovadores comodidade sistema de purificação
  28. 28.    provêem água facilita a vida do usuário sistemas inovadores comodidade sistema de purificação
  29. 29. VIDEOInovação é algo que causa impactoe transforma a vida das pessoas
  30. 30.              ? LUCRAR? SE DIFERENCIAR? SE TORNAR RELEVANTE?
  31. 31. Qual é o ?
  32. 32. Normalmente o propósito da empresaé a prosperidade e o lucro. Mas deveincluir nessa lógica a necessidade defortalecer o indíviduo e a sociedade.
  33. 33. Quando falamos de 
  34. 34. Quando falamos de 
  35. 35. Quando falamos de 
  36. 36. “purpose is a word meaning an object to be reached; a target; an aim;a goal; a result that is desired; an intention. Purposes basic concept isan individuals voluntary behavior activity awareness. Defining purposeis often relatively vague and almost meaningless; however, the conceptis valuable and therefore retained.[1] Purpose can be operational definedas entity class property which may, but need not have consciousness.[2] (wikipedia)
  37. 37.  >>> 
  38. 38. propósitonao ativa ativa sem propósito
  39. 39. propósitonao ativa ativa  sem propósito
  40. 40. propósitonao ativa ativa   sem propósito
  41. 41. propósito nao ativa ativa   sem propósito
  42. 42. propósito  nao ativa ativa   sem propósito
  43. 43. propósito  nao ativa ativa   sem propósito
  44. 44. COMO???
  45. 45.       
  46. 46. Inovação Social une...
  47. 47. Inovação Social une...  
  48. 48. Inovação Social une...   
  49. 49.    o desenvolvimento e implementação de novas ideias (modelos de negócios, sistemas, serviços, produtos e etc) que atendam às NECESSIDADES SOCIAIS.
  50. 50. A empresa é mais do que instrumento degerador de dinheiro, é também, um veículopara promoção das metas da sociedade e paragarantir um meio de vida relevante para quemnela trabalha.
  51. 51. peq gigante média média micro. grande     
  52. 52. peq gigante média média micro. grande      ?
  53. 53. peq gigante média média micro. grande      ?
  54. 54. INOVAÇÃO SOCIAL
  55. 55. “Our goal is to get Coca-Cola to open up their distributionchannels in developing countries to carry social products,such as oral rehydration salts to save childrens lives.”
  56. 56. Porque inovaçao social comoperspectiva estratégica importa?
  57. 57. Porque inovaçao social comoperspectiva estratégica importa?   
  58. 58. Porque inovaçao social comoperspectiva estratégica importa?      
  59. 59. Porque inovaçao social comoperspectiva estratégica importa?        
  60. 60. Porque inovaçao social comoperspectiva estratégica importa?                  
  61. 61.      + ? INOVAÇÃO SOCIAL
  62. 62. 
  63. 63. ABERTURA (receptividade)
  64. 64. ABERTURA (receptividade)MULTI-STAKEHOLDERS
  65. 65. ABERTURA (receptividade)MULTI-STAKEHOLDERSINTERAÇAO EM REDE
  66. 66. 
  67. 67. 1. 
  68. 68. 2. 
  69. 69. 3. 
  70. 70. INOVAÇÃO SOCIAL
  71. 71.     ?
  72. 72. Como começar? -5 horas -divisao de grupos -trabalho colaborativo
  73. 73.  ! WWW.DESIGNECHOS.COM.BR www.designechos.com.br/blog contato@designechos.com.br TWITTER: /DesignEchosJULIANA PROSERPIO RICARDO RUFFOTWITTER: @julianapros TWITTER: @ricardo_ruffojuliana@designechos.com.br ricardo@designechos.com.br

×