SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
Baixar para ler offline
Talentos Parte 2
O que são talentos? 
“Uma aptidão ou capacidade natural especial”. 
Talento é qualquer padrão recorrente de pensamento, sensação, ou comportamento que possa ser usado produtivamente.
(A)Explica (B) 
O que cria em vocês esses padrões recorrentes? 
Se você não gosta muitos de seus padrões, pode esboçar um novo desenho? 
a) seus padrões recorrentes são criados pelas conexões em seu cérebro; 
b) não, além de uma certa idade você não será capaz de esboçar um desenho completamente novo – seus talentos são permantes.
Sinapse: é a conexão entre duas células do cérebro (neurônios) que as habilita a comunicarem entre si. 
Comportamento: “resultado da formação de interconexões apropriadas entre neurônios do cérebro.”
42º dia (após a concepção) seu cérebro experimenta um surto de crescimento que dura 4 meses. Ou seja: 
Cria-se um centena de bilhões de nerônios; 
9.500 neurônios a cada segundo. 
72 antes seu nascimento os neurônios começam pela primeira vez a tentarem se comunicar uns com os outros. 
Até os 3 anos de idade, cada neurônio formou 15.000 conexões para CADA UM de um centena de bilhões. 
Formando o PADRÃO de filamentos, extenso, intricado e único, está tecido.
Sua inteligência e sua eficiência dependem de seu sucesso em tirar proveito das conexões mais fortes.
A natureza o obriga a paralizar bilhões de conexões precisamente para que você possa ficar livre para explorar as restantes. 
Se a natureza não reduzisse gradualmente sua rede mental (conexões neuronais) a um número de conexões intensamente trabalhadas, você jamais se tornaria adulto. Permaneceria eternamente uma crinaça, imobilizado por um sobrecarga sensorial.
“Nosso senso, nosso padrão recorrente de pensamento, sensação ou conduta, é engendrado por nosso singular rede mental. Essa rede serve como filtro, recortando e classificando o mundo que encontramos, levando-nos a nos concentrar em certos estímulos enquanto outros nos escapam por completo.”
Porque os talentos são tão importantes para o desenvolvimentos dos pontos fortes?
Técnicas determinam se você pode fazer alguma coisa, enquanto seus talentos revelam algo mais importante: com que qualidade e com que frequência você a faz.
Os três modos de aprendizado como adultos: 
Continuar a reforçar suas conexões sinápticas existes; 
Continuar perdendo um maior números de conexões irrelevantes; 
Desenvolver algumas conexões sinápticas a mais.
Como identificar seus próprios talentos? 
Monitore suas reações espontâneas, imediatas; 
Desejos; 
Seus desejos refletem a realizadade física de que algumas de suas conexões mentais são mais fortes que outras. 
Aprendizado rápido; 
Satisfação; 
Presente (quando isso vai acabar?) e passado (quando posso fazer isso de novo?)
Quais os obstáculos para o desenvolvimento de meus pontos fortes? 
Medo das fraquezas; 
Medo do fracasso; 
Medo do seu verdadeiro eu;
Como podemos administrar nossos pontos fracos: 
Torne-se um pouco melhor na tarefa 
Encontre truques de apoio 
Use um dos seus talentos mais fortes para dominar sua fraqueza 
Encontre um parceiro 
Simplesmente pare de fazer

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Desenvolvimento Acelerado de Líderes
Desenvolvimento Acelerado de LíderesDesenvolvimento Acelerado de Líderes
Desenvolvimento Acelerado de Líderesguest4c80b9
 
Programa de formação de lideranças
Programa de formação de liderançasPrograma de formação de lideranças
Programa de formação de liderançasEdson Carli
 
Academia de Lideranças | Programa de Desenvolvimento de Líderes
Academia de Lideranças | Programa de Desenvolvimento de LíderesAcademia de Lideranças | Programa de Desenvolvimento de Líderes
Academia de Lideranças | Programa de Desenvolvimento de LíderesDMT Palestras
 
Apresentação de Serviços em Métodos Ágeis - Hiflex Consultoria
Apresentação de Serviços em Métodos Ágeis - Hiflex ConsultoriaApresentação de Serviços em Métodos Ágeis - Hiflex Consultoria
Apresentação de Serviços em Métodos Ágeis - Hiflex ConsultoriaVitor Massari
 
Como melhorar seu desempenho com técnicas de coaching slide share
Como melhorar seu desempenho com técnicas de coaching   slide shareComo melhorar seu desempenho com técnicas de coaching   slide share
Como melhorar seu desempenho com técnicas de coaching slide shareJoel Moraes
 
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégiasTreinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégiasRicardo Silva Coqueiro
 

Destaque (7)

Desenvolvimento Acelerado de Líderes
Desenvolvimento Acelerado de LíderesDesenvolvimento Acelerado de Líderes
Desenvolvimento Acelerado de Líderes
 
Programa de formação de lideranças
Programa de formação de liderançasPrograma de formação de lideranças
Programa de formação de lideranças
 
Academia de Lideranças | Programa de Desenvolvimento de Líderes
Academia de Lideranças | Programa de Desenvolvimento de LíderesAcademia de Lideranças | Programa de Desenvolvimento de Líderes
Academia de Lideranças | Programa de Desenvolvimento de Líderes
 
Apresentação de Serviços em Métodos Ágeis - Hiflex Consultoria
Apresentação de Serviços em Métodos Ágeis - Hiflex ConsultoriaApresentação de Serviços em Métodos Ágeis - Hiflex Consultoria
Apresentação de Serviços em Métodos Ágeis - Hiflex Consultoria
 
Coaching
CoachingCoaching
Coaching
 
Como melhorar seu desempenho com técnicas de coaching slide share
Como melhorar seu desempenho com técnicas de coaching   slide shareComo melhorar seu desempenho com técnicas de coaching   slide share
Como melhorar seu desempenho com técnicas de coaching slide share
 
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégiasTreinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
 

Semelhante a Curso de Formação em Coaching - Talentos - Aula 2

Cérebro e mente 2
Cérebro e mente 2Cérebro e mente 2
Cérebro e mente 2Milton Moura
 
Como o nosso cérebro aprende. Apresentaçãopdf
Como o nosso cérebro aprende. ApresentaçãopdfComo o nosso cérebro aprende. Apresentaçãopdf
Como o nosso cérebro aprende. ApresentaçãopdfSuellenHelena3
 
Aula 4 Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHC
Aula 4   Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHCAula 4   Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHC
Aula 4 Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHCAndré Constantino da Silva
 
Casimiro Ramos - Liderança e gestão de talento
Casimiro Ramos - Liderança e gestão de talentoCasimiro Ramos - Liderança e gestão de talento
Casimiro Ramos - Liderança e gestão de talentoJoão Tàtá dos Anjos
 
Como seu cérebro aprende
Como seu cérebro aprendeComo seu cérebro aprende
Como seu cérebro aprendeRegssa Salvador
 
Fundamentos psic aplicados a educação
Fundamentos psic aplicados a educaçãoFundamentos psic aplicados a educação
Fundamentos psic aplicados a educaçãoSimoneHelenDrumond
 
O que é virtual? (Pierre Lévy) (Capitúlos 7 e 8)
O que é virtual? (Pierre Lévy)  (Capitúlos 7 e 8)O que é virtual? (Pierre Lévy)  (Capitúlos 7 e 8)
O que é virtual? (Pierre Lévy) (Capitúlos 7 e 8)Edenilton Santos
 
Explicando A Mente2
Explicando A Mente2Explicando A Mente2
Explicando A Mente2HOME
 
Salud mental y redes sociales - uma questão de saúde
Salud mental y redes sociales - uma questão de saúdeSalud mental y redes sociales - uma questão de saúde
Salud mental y redes sociales - uma questão de saúdedasilvamoraispedro
 
Como funcionam as redes humanas
Como funcionam as redes humanasComo funcionam as redes humanas
Como funcionam as redes humanasSergio Spritzer
 
Espiritualidade e saúde no mundo contemporâneo - Salto Veloso 2012
Espiritualidade e saúde no mundo contemporâneo - Salto Veloso 2012Espiritualidade e saúde no mundo contemporâneo - Salto Veloso 2012
Espiritualidade e saúde no mundo contemporâneo - Salto Veloso 2012Antônio Diomário de Queiroz
 
Reportagem sobre o cerebro para a revista
Reportagem sobre o cerebro para a revistaReportagem sobre o cerebro para a revista
Reportagem sobre o cerebro para a revistaIsadora Rodrigues
 

Semelhante a Curso de Formação em Coaching - Talentos - Aula 2 (20)

Cérebro e mente 2
Cérebro e mente 2Cérebro e mente 2
Cérebro e mente 2
 
O jogo do cérebro
O jogo do cérebroO jogo do cérebro
O jogo do cérebro
 
Como o nosso cérebro aprende. Apresentaçãopdf
Como o nosso cérebro aprende. ApresentaçãopdfComo o nosso cérebro aprende. Apresentaçãopdf
Como o nosso cérebro aprende. Apresentaçãopdf
 
Aula 4 Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHC
Aula 4   Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHCAula 4   Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHC
Aula 4 Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHC
 
Casimiro Ramos - Liderança e gestão de talento
Casimiro Ramos - Liderança e gestão de talentoCasimiro Ramos - Liderança e gestão de talento
Casimiro Ramos - Liderança e gestão de talento
 
Slides de neuro
Slides de neuroSlides de neuro
Slides de neuro
 
Como o cérebro funciona
Como o cérebro funcionaComo o cérebro funciona
Como o cérebro funciona
 
Como seu cérebro aprende
Como seu cérebro aprendeComo seu cérebro aprende
Como seu cérebro aprende
 
Darwin vai às compras
Darwin vai às comprasDarwin vai às compras
Darwin vai às compras
 
Fundamentos psic aplicados a educação
Fundamentos psic aplicados a educaçãoFundamentos psic aplicados a educação
Fundamentos psic aplicados a educação
 
O que é virtual? (Pierre Lévy) (Capitúlos 7 e 8)
O que é virtual? (Pierre Lévy)  (Capitúlos 7 e 8)O que é virtual? (Pierre Lévy)  (Capitúlos 7 e 8)
O que é virtual? (Pierre Lévy) (Capitúlos 7 e 8)
 
O cerebro
O cerebroO cerebro
O cerebro
 
Explicando A Mente2
Explicando A Mente2Explicando A Mente2
Explicando A Mente2
 
O cerebro
O cerebroO cerebro
O cerebro
 
Salud mental y redes sociales - uma questão de saúde
Salud mental y redes sociales - uma questão de saúdeSalud mental y redes sociales - uma questão de saúde
Salud mental y redes sociales - uma questão de saúde
 
branding e memes
branding e memesbranding e memes
branding e memes
 
Etapa 5
Etapa 5Etapa 5
Etapa 5
 
Como funcionam as redes humanas
Como funcionam as redes humanasComo funcionam as redes humanas
Como funcionam as redes humanas
 
Espiritualidade e saúde no mundo contemporâneo - Salto Veloso 2012
Espiritualidade e saúde no mundo contemporâneo - Salto Veloso 2012Espiritualidade e saúde no mundo contemporâneo - Salto Veloso 2012
Espiritualidade e saúde no mundo contemporâneo - Salto Veloso 2012
 
Reportagem sobre o cerebro para a revista
Reportagem sobre o cerebro para a revistaReportagem sobre o cerebro para a revista
Reportagem sobre o cerebro para a revista
 

Último

Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja Mary Alvarenga
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptxnelsontobontrujillo
 
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaANNAPAULAAIRESDESOUZ
 
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Centro Jacques Delors
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioWyngDaFelyzitahLamba
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Centro Jacques Delors
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)Centro Jacques Delors
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaREGIANELAURALOUREIRO1
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMary Alvarenga
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdfCarinaSofiaDiasBoteq
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfAnaAugustaLagesZuqui
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxKeslleyAFerreira
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresAna Isabel Correia
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 

Último (20)

Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
 
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundario
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 

Curso de Formação em Coaching - Talentos - Aula 2

  • 2. O que são talentos? “Uma aptidão ou capacidade natural especial”. Talento é qualquer padrão recorrente de pensamento, sensação, ou comportamento que possa ser usado produtivamente.
  • 3. (A)Explica (B) O que cria em vocês esses padrões recorrentes? Se você não gosta muitos de seus padrões, pode esboçar um novo desenho? a) seus padrões recorrentes são criados pelas conexões em seu cérebro; b) não, além de uma certa idade você não será capaz de esboçar um desenho completamente novo – seus talentos são permantes.
  • 4.
  • 5. Sinapse: é a conexão entre duas células do cérebro (neurônios) que as habilita a comunicarem entre si. Comportamento: “resultado da formação de interconexões apropriadas entre neurônios do cérebro.”
  • 6. 42º dia (após a concepção) seu cérebro experimenta um surto de crescimento que dura 4 meses. Ou seja: Cria-se um centena de bilhões de nerônios; 9.500 neurônios a cada segundo. 72 antes seu nascimento os neurônios começam pela primeira vez a tentarem se comunicar uns com os outros. Até os 3 anos de idade, cada neurônio formou 15.000 conexões para CADA UM de um centena de bilhões. Formando o PADRÃO de filamentos, extenso, intricado e único, está tecido.
  • 7. Sua inteligência e sua eficiência dependem de seu sucesso em tirar proveito das conexões mais fortes.
  • 8. A natureza o obriga a paralizar bilhões de conexões precisamente para que você possa ficar livre para explorar as restantes. Se a natureza não reduzisse gradualmente sua rede mental (conexões neuronais) a um número de conexões intensamente trabalhadas, você jamais se tornaria adulto. Permaneceria eternamente uma crinaça, imobilizado por um sobrecarga sensorial.
  • 9. “Nosso senso, nosso padrão recorrente de pensamento, sensação ou conduta, é engendrado por nosso singular rede mental. Essa rede serve como filtro, recortando e classificando o mundo que encontramos, levando-nos a nos concentrar em certos estímulos enquanto outros nos escapam por completo.”
  • 10. Porque os talentos são tão importantes para o desenvolvimentos dos pontos fortes?
  • 11. Técnicas determinam se você pode fazer alguma coisa, enquanto seus talentos revelam algo mais importante: com que qualidade e com que frequência você a faz.
  • 12. Os três modos de aprendizado como adultos: Continuar a reforçar suas conexões sinápticas existes; Continuar perdendo um maior números de conexões irrelevantes; Desenvolver algumas conexões sinápticas a mais.
  • 13. Como identificar seus próprios talentos? Monitore suas reações espontâneas, imediatas; Desejos; Seus desejos refletem a realizadade física de que algumas de suas conexões mentais são mais fortes que outras. Aprendizado rápido; Satisfação; Presente (quando isso vai acabar?) e passado (quando posso fazer isso de novo?)
  • 14. Quais os obstáculos para o desenvolvimento de meus pontos fortes? Medo das fraquezas; Medo do fracasso; Medo do seu verdadeiro eu;
  • 15. Como podemos administrar nossos pontos fracos: Torne-se um pouco melhor na tarefa Encontre truques de apoio Use um dos seus talentos mais fortes para dominar sua fraqueza Encontre um parceiro Simplesmente pare de fazer