Liderança de Equipes de Projetos

1.812 visualizações

Publicada em

Palestra sobre liderança de equipes de projetos - ago/13.

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.812
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
59
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Liderança de Equipes de Projetos

  1. 1. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível Liderança de Equipes de Projetos Belo Horizonte, 22 de agosto de 2013 1Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 1 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 1 Facilitador: Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP®, PMI-SP®
  2. 2. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível Profissional de gerenciamento de projetos e coaching, com certificações PMP® e PMI- SP® do PMI (Project Management Institute). Formação em liderança pelo LIMC (Leadership Institute Master Class) do PMI e em coaching pelo CTI (The Coaches Training Institute), ambas nos Estados Unidos. Bacharel e mestre em Ciência da Computação pelo DCC/UFMG, com atuação por mais de 25 anos em projetos de setores como energia, defesa, mineração, saúde, logística e telecomunicações, no Brasil e no exterior. Professor e coordenador de cursos de gerenciamento de projetos (curta duração e Pós-Graduação) no IETEC, sócio-diretor da M2 Coaching & Consulting, ex- Presidente e atual integrante do Conselho Consultivo do PMI-MG, seção mineira do Project Management Institute. Palestrante e autor de vários artigos no Brasil e exterior, foi colaborador dos livros "Projetos Brasileiros - Casos Reais de Gerenciamento" Facilitador 2Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 2 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 2 foi colaborador dos livros "Projetos Brasileiros - Casos Reais de Gerenciamento" (Brasport, 2007), e "Gestão de Projetos Brasil" (IETEC, 2012). Casado com a Luiza há 11 anos, pai da Bianca (4 anos) e da Alice (11 meses), mineiro de Bom Despacho, vive e trabalha a maior parte do tempo no Vila da Serra/Nova Lima. Torce para o América, foi criado na região de Santa Teresa, é caseiro e adora cinema, música e literatura. Por gostar de escrever, participa de vários na Internet e mantém um blog no qual fala (dentre outras coisas) sobre “Gente em Projetos”: http://ivomichalick.blogspot.com.br/
  3. 3. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível Por que projetos falham? Gestão Moderna (anos 90): por causa de aspectos mais comportamentais do que quantitativos (planejamento, controle, estimativas, técnica). Aspectos Comportamentais: 3Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 3 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP Aspectos Comportamentais: – Moral baixo – Desinteresse dos funcionários – Desinteresse em nível funcional – Baixa produtividade – Problemas de relacionamento 3
  4. 4. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível • A gestão de pessoas em projetos possui muitos pontos em comum com a gestão de pessoas nas organizações, e com isto se beneficia de boa parte dos conceitos das ciências da Administração em geral e da Gestão de Pessoas em particular. • Porém, existem duas características que introduzem neste tipo de gestão alguns componentes específicos, a saber: Particularidades da gestão de pessoas em projetos 4Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 4 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 4 de gestão alguns componentes específicos, a saber: – O caráter temporário dos projetos: projetos são, por definição, entidades transitórias, e muitas vezes não existe segurança sobre quando a equipe do projeto irá se desfazer; – O nível de autoridade do gerente projetos: nós sabemos que, dependendo da estrutura funcional adotada para um projeto, o nível de autoridade de seu gerente pode variar bastante, e no caso de estruturas matriciais esta autoridade precisa ser compartilhada entre gerentes de projeto e funcionais.
  5. 5. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível DEFINIÇÕES Liderança: • “Processo de influenciar as atividades de indivíduos ou grupos para a consecução de um objetivo numa dada situação.” (Hersey & Blanchard, 1977). • “Liderar é influenciar pessoas para que consigam a realização de objetivo comum.“ (Koontz & O´Donnel, 5Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 5 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP realização de objetivo comum.“ (Koontz & O´Donnel, 1959). Liderança Situacional: “É o estilo de liderança que uma pessoa deve adotar com indivíduos ou grupos dependendo do nível de maturidade das pessoas que o líder deseja influenciar.” (Paul Hersey e Kenneth Blanchard, 1967) 5
  6. 6. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível O fato de exercer a liderança, de forma satisfatória, em determinada situação, não significa ser sempre líder com êxito. A efetividade de uma liderança depende da Critério de Efetividade 6Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 6 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP A efetividade de uma liderança depende da situação, dos seguidores e do líder. Líderes e seguidores precisam uns dos outros para atingir os objetivos traçados. 6
  7. 7. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível Objetivos de um líder de equipe Entender a diversidade da equipe para evitar conflitos entre pessoas com personalidades diferentes e transformá-la em um grupo harmônico e de alta produtividade. Conhecer melhor os seus pontos fortes e de melhoria, buscando aperfeiçoá-los. Aprimorar a comunicação da equipe e promover a solução de conflitos internos e externos. Melhorar a motivação da equipe para alcançar metas e resultados. 7Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 7 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP Melhorar a motivação da equipe para alcançar metas e resultados. Colocar a pessoa certa no lugar certo dentro da equipe. Produzir resultados de acordo com a expectativa da organização! 7 "Um bom líder faz com que pessoas comuns façam coisas incomuns." (Peter Drucker)
  8. 8. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível Prioridades básicas: • Inspirar a equipe a ser mais produtiva, a se tornarem pessoas melhores, de modo a atingir postos mais elevados, inclusive como líderes. • Servir e motivar as pessoas a servir e ter um objetivo comum. • Ajudar a equipe a tomar decisões efetivas. • Assumir responsabilidade pelas decisões e avaliar seus efeitos. Como liderar 8Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 8 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Assumir responsabilidade pelas decisões e avaliar seus efeitos. • Estimular a equipe a realizar trabalhos mais eficazes. • Motivar pelo exemplo. • Reconhecer seus erros, se desculpar e seguir em frente! 8
  9. 9. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível Liderança e trabalho em equipe • Não há fórmula pronta que leve alguém a ser um líder eficaz; o processo não é uma ciência exata, é algo inteiramente humano e partilhado de ações intuitivas, erros e vitórias! 9Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 9 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Outro ponto importante: por ser uma habilidade interpessoal/comportamental, liderança pode ser aprendida e aperfeiçoada! 9
  10. 10. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível Teorias tradicionais de liderança As pesquisas e teorias sobre a liderança podem ser agrupadas em três categorias básicas: – Teoria de traços de personalidade (inata, não latente) – Teoria dos estilos de liderança: • Tirano: abuso de autoridade; excesso de poder. • Autocrático: centralização do poder de decisão no chefe. 10Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 10 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Autocrático: centralização do poder de decisão no chefe. • Democrático: divisão dos poderes de decisão entre chefe e grupo. • Demagogo: busca da popularidade com os liderados. – Teorias contingenciais ou situacionais: não há melhor forma de liderar, depende da situação! 10
  11. 11. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível O LÍDER, A SITUAÇÃO E A EQUIPE A liderança é uma função da situação tanto quanto é função dos atributos pessoais do líder e das características do grupo. “Quanto melhor o administrador adaptar seu estilo de 11Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 11 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP “Quanto melhor o administrador adaptar seu estilo de comportamento de líder para atender à dada situação e às necessidades e características dos seus seguidores, mais eficaz tenderá a ser para atingir seus objetivos pessoais e os da organização.” (Paul Hersey, 1967). 11
  12. 12. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível *COMPORTAMENTO DO LÍDER • Hersey e Blanchard estabeleceram quatro quadrantes básicos de comportamento do líder, em função da ênfase dada aos aspectos da produção (tarefa) e do subordinado (relacionamento). • Surgiram, assim, quatro combinações: tarefa alta (muita ênfase na tarefa) e relacionamento baixo (pouca ênfase no relacionamento); tarefa alta e relacionamento alto; tarefa baixa e relacionamento baixo; tarefa baixa e relacionamento alto. 12Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 12 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 12 • No modelo de Hersey-Blanchard, a maturidade da equipe é a principal característica da situação que o líder enfrenta. • Esta maturidade depende da tarefa específica a ser executada e nunca é absoluta. • Quanto mais madura a equipe, menos intenso deve ser o uso de autoridade pelo líder. *Baseado no modelo de Liderança Situacional de Hersey e Blanchard.
  13. 13. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível COMPORTAMENTO DO LÍDER Trocar idéias e facilitar a tomada de decisões (COMPARTILHAR) Explicar suas decisões e oferecer oportunidades para esclarecimentos (PERSUADIR) (ALTO) 13Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 13 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP Fornecer instruções específicas e supervisionar estritamente o seu cumprimento (DETERMINAR) (BAIXO) COMPORTAMENTO DE TAREFA (ALTO) Encarregar da coordenação e da execução (DELEGAR) 13 (ALTA) MATURIDADE DA EQUIPE (BAIXA)
  14. 14. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível • Alta Tarefa e Baixo Relacionamento (AT/BR). • Visto como tendo métodos bem definidos para atingir os objetivos que sejam úteis aos subordinados. • Comunicação unidirecional. • O líder diz o que fazer, como fazer,quando e onde deve ser feito. COMPORTAMENTO DO LÍDER - DETERMINAR 14Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 14 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP ser feito. • Estilo apropriado para equipes mais imaturas, com baixa capacidade técnica ou desmotivadas. 14
  15. 15. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível • Baixa orientação para a tarefa e para as pessoas (BT/BR). • Visto como alguém que delega, adequadamente, aos subordinados as decisões sobre como fazer o trabalho e oferece pouco apoio sócio-emocional quando o grupo não precisa muito disso. COMPORTAMENTO DO LÍDER - DELEGAR 15Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 15 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP não precisa muito disso. • O líder deixa a equipe tomar as decisões e agir dentro de suas próprias áreas de responsabilidade. • Mais adequado para equipes maduras. • A tarefa do líder é de supervisão. 15
  16. 16. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível • Enfatiza o relacionamento mais do que a tarefa (AR/BT). • O líder e a equipe participam do processo decisório em uma comunicação bilateral. • Visto como alguém que tem confiança implícita nas COMPORTAMENTO DO LÍDER - COMPARTILHAR 16Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 16 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Visto como alguém que tem confiança implícita nas pessoas, vistas como maduras, e está interessado, principalmente, em facilitar a consecução dos objetivos destas. • O líder se esforça para motivar, encorajar e apoiar. 16
  17. 17. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível • Altamente dedicado à tarefa e às pessoas (AT/AR). • Visto como alguém que satisfaz às necessidades do grupo estabelecendo objetivos e organizando COMPORTAMENTO DO LÍDER - PERSUADIR 17Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 17 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP o trabalho, mas também oferecendo um alto nível de apoio sócio-emocional. • Apropriado para equipes mais imaturas, motivadas porém com baixo nível de experiência. 17
  18. 18. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível O Papel do Gerente de Projetos • Analogias possíveis: treinador de futebol (ou outro esporte coletivo) e maestro de orquestra. 18Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 18 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 18 • Em ambos os casos a pessoa que desempenha a função de liderança coordena o trabalho de um grupo de especialistas em busca de um objetivo comum.
  19. 19. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível Conhecimentos do Gerente de Projetos Conjunto de Conhecimento em Gerenciamento de Projetos Guia PMBOK® Habilidades interpessoais Conhecimento, normas e regulamentos da área de 19Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 19 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 19 Esta figura é uma visão conceitual desses relacionamentos. As sobreposições mostradas não são proporcionais. Habilidades interpessoais regulamentos da área de aplicação
  20. 20. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível Habilidades Interpessoais do Gerente de Projetos segundo o Guia PMBOK® • Liderança • Desenvolvimento da equipe • Motivação • Comunicação • Conhecimento político e cultural • Negociação • Construção da confiança • Gerenciamento de conflitos 20Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 20 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 20 • Comunicação • Influência • Processo decisório • Gerenciamento de conflitos • Coaching
  21. 21. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível Como ter equipes de sucesso? Equipe: grupo de pessoas trabalhando juntas para um objetivo comum. – Pessoas diferentes, com expectativas diferentes. • Equipe x grupo! • Equipe ~ time! 21Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 21 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Equipe ~ time! O sucesso de um líder implica em ser capaz de CONDUZIR PESSOAS na busca de um objetivo comum! 21
  22. 22. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível Como ter equipes de sucesso? 22Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 22 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 22 O somatório dos esforços de toda a equipe é maior do que a soma dos esforços individuais: 1 + 1 > 2 EQUIPE
  23. 23. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível Construção de Equipes • Objetivo: – Processo de melhoria de competência, interação e ambiente global da equipe para aprimorar o desempenho do projeto. Contempla: • Desenvolvimento individual • Atividades de formação de equipe • Premiação e reconhecimento • Agrupamento 23Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 23 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 23 • Agrupamento • Capacitação do Gerente de Projetos em liderança – Formação da equipe – Motivação – Delegação – Gerenciamento de conflitos • O desenvolvimento da equipe é fator crítico para o sucesso do projeto.
  24. 24. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível • O Gerente de Projeto deve estar sempre atento ao desenvolvimento do trabalho da equipe e manter sempre a boa comunicação com os membros da equipe. • Neste item temos outra fonte de informações importante para o gerente de um projeto. • Para isto ele precisa trabalhar em seu poder de observação, que exige Observação e conversas 24Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 24 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 24 • Para isto ele precisa trabalhar em seu poder de observação, que exige que ele fique atento à chamada “comunicação não-verbal”.
  25. 25. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível • Diz respeito a mensagens codificadas sem uso de palavras. • Inclui gestos, tons vocais, expressões faciais e linguagem corporal. • Em geral, a interpretação de uma mensagem pelo receptor não se baseia somente nas palavras expressas na mensagem, mas também no comportamento não-verbal do emissor. • Em uma situação de comunicação interpessoal em um projeto, fatores Comunicação Não-verbal 25Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 25 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 25 • Em uma situação de comunicação interpessoal em um projeto, fatores não-verbais geralmente possuem maior influência no impacto total da mensagem do que fatores verbais.
  26. 26. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível – Em suas observações e conversas: pratique a escuta ativa: Olhe atentamente. Balance a cabeça. Não interrompa. Incentive o outro a continuar. Escuta ativa 26Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 26 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP Incentive o outro a continuar. Confirme que está entendendo. Faça perguntas pertinentes, dando preferência a perguntas abertas (que não podem ser respondidas com SIM ou NÃO). De tempos em tempos resuma o que ouviu. 26
  27. 27. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível “Feedback é um processo de ajuda para mudanças de comportamento; é comunicação a uma pessoa, ou grupo, no sentido de fornecer-lhe informações sobre como sua atuação está afetando outras pessoas. Feedback eficaz ajuda o indivíduo (ou o grupo) a melhorar seu desempenho e, assim, alcançar seus objetivos.” (Moscovici, 2001) Feedback 27Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 27 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 27 – Processo de ajuda para mudanças de comportamento, aumento de criatividade, melhorias de desempenho e para o desenvolvimento pessoal. – Quando se dá feedback para outra pessoa, se fala do que é observado com relação a seu comportamento positivo e negativo e os efeitos deste comportamento.
  28. 28. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível Dicas para dar feedback 01. Realize o feedback em ambiente adequado. Se for dar feedback negativo, procure fazê-lo de forma privada. 02. Explique o propósito do seu feedback: deixe claro para o colaborador o Feedback 28Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 28 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 28 objetivo do feedback de ajudá-lo no seu desenvolvimento profissional. 03. Estabeleça a confiança: deixe claro o que esperar de um processo de feedback e priorize os interesses do colaborador. 04. Trabalhe de forma a realmente conhecer a pessoa: preste real atenção ao que o colaborador fala e como ele fala.
  29. 29. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível Dicas para dar feedback 05. Convide o colaborador a dividir o processo de feedback com você. 06. Seja genuíno: deixe que sua própria personalidade, insights e observações adicionem riqueza nas informações fornecidas durante o feedback 07. Trate o feedback como uma informação e não um julgamento de valor, Feedback 29Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 29 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 29 07. Trate o feedback como uma informação e não um julgamento de valor, procurando ser claro e objetivo. 08. Baseie o feedback em exemplos práticos: deixe bem claro o motivo de sua opinião, exemplificando situações em que foi baseada. 09. Quando se tratar de uma sessão formal, procure registrar a conversa, incluindo comentários feitos pelo analisado.
  30. 30. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível • Segundo o dicionário Houaiss, poder é: verbo transitivo direto 1 ter a faculdade ou a possibilidade de Ex.: <podemos dizer a verdade> <mais pode a fera que a presa> transitivo direto, transitivo indireto e intransitivo 2 possuir força física ou moral; ter influência, valimento Ex.: <ele pode levantar muitos quilos> <ninguém pode com essa criança> Poder 30Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 30 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP Ex.: <ele pode levantar muitos quilos> <ninguém pode com essa criança> <quem é esse homem que tanto pode?> transitivo direto 3 ter autorização para Ex.: os menores não podem tirar carteira de motorista transitivo direto 4 ser capaz de, estar em condições de Ex.: podiam estudar transitivo direto • Sem alguma forma de poder você não consegue liderar ninguém! 30
  31. 31. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível • O poder não é bom ou ruim, ele é como uma faca, pode ser usado como ferramenta ou como arma. • Características do poder: – É instável; Poder 31Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 31 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP – É instável; – Depende da percepção (sua e do outro); – Pode ter origem em nada (poder do “flanelinha”). 31
  32. 32. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível Poder Pessoal • Competência • Motivação • Persistência • Vontade • Compromisso Poder: Pessoal x Externo Poder Externo • Legitimidade • Informação • Competência 32Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 32 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Compromisso • Aparência 32 Estas duas modalidades de poder são determinantes para uma boa gestão de equipe!
  33. 33. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível A credibilidade é uma qualidade importante a ser perseguida por todo líder de equipe. Para alcançá-la, procure: Dizer a verdade a todos, o tempo todo. Não prometa algo que sabe não poder cumprir. Poder Pessoal: Credibilidade do Líder de Equipe 33Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 33 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP Não prometa algo que sabe não poder cumprir. Faça aquilo que declara que vai fazer; se não puder ou não quiser fazer, não diga que fará! Lembre-se: você pode levar um longo tempo para ter credibilidade junto às Partes Interessadas, mas basta um desvio, uma simples mentira, para colocar tudo a perder... 33
  34. 34. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível • Kouzes e Posner consideram a credibilidade do líder como a base da liderança, que enxergam como relacionamento entre líder e seguidores. • Eles afirmam em sua importante obra “O Desafio da Liderança” que, para que as pessoas sigam alguém de forma voluntária, elas devem acreditar que o líder seja: – Honesto Poder Pessoal: Credibilidade do Líder de Equipe 34Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 34 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP – Honesto – Voltado para o futuro (forward looking) – Inspirador – Competente • Tal afirmativa é baseada em várias pesquisas feitas em diferentes partes do mundo, sempre gerando resultados bastante similares (as quatro características acima sempre são apontadas como as mais importantes para um líder). 34
  35. 35. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível “A liderança não constitui reserva particular de uns poucos homens e mulheres dotados de carisma, mas sim um processo que as pessoas comuns utilizam quando recorrem àquilo que há de melhor em si mesmas e nas outras”. (Kouzes e Posner) Poder Pessoal: Credibilidade do Líder de Equipe 35Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 35 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 35
  36. 36. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível • Para que seja possível alcançar minimamente qualidade de vida nas relações pessoais e profissionais, o indivíduo obrigatoriamente precisa da chamada inteligência emocional – IE, a qual é responsável pelo equilíbrio entre razão e emoção. • Ela se divide em duas, conforme GOLEMAN (1995, p. 52): – Inteligência intrapessoal é uma aptidão correlata, voltada para dentro. *Inteligência Emocional 36Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 36 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 36 – Inteligência intrapessoal é uma aptidão correlata, voltada para dentro. É uma capacidade de formar um modelo preciso, verídico, de si mesmo e poder usá-lo para agir eficazmente na vida. • *Fonte primária: “A Relevância da Inteligência Emocional em Projetos” (Ricardo Santos), disponível em http://www.pmisp.org.br/enews/edicao1009/artigo_01.asp
  37. 37. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível • Inteligência interpessoal é a capacidade de compreender outras pessoas: o que as motiva, como se portam com outros, como trabalhar cooperativamente com elas. As pessoas que trabalham em vendas, políticos, professores, clínicos e líderes religiosos bem- sucedidos provavelmente são todos indivíduos com alto grau de inteligência interpessoal. Seus componentes são: *Inteligência Emocional 37Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 37 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 37 – Organizar grupos: aptidão essencial do líder; – Negociar soluções: talento de mediador, que evita ou resolve conflitos; – Ligação pessoal: talento de empatia e papel de elo entre outras pessoas ou partes; – Análise social: capacidade de detectar e intuir sentimentos, motivos e preocupações alheias. • *Fonte primária: “A Relevância da Inteligência Emocional em Projetos” (Ricardo Santos), disponível em http://www.pmisp.org.br/enews/edicao1009/artigo_01.asp
  38. 38. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível • (Mersino, 2009) mostra que Gerentes de Projetos que dominam a inteligência emocional se destacam de outros GPs. • Eles são capazes de conseguir mais com a mesma equipe, se sobressaem em suas carreiras e se sentem mais satisfeitos consigo mesmos e em seus relacionamentos com outras pessoas. • Quanto mais complexo o projeto, mais significativas tornam-se as habilidades interpessoais do líder para atingir um resultado de Inteligência Emocional 38Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 38 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 38 habilidades interpessoais do líder para atingir um resultado de sucesso. • E a grande notícia é que, como outras habilidades comportamentais, a IE pode ser desenvolvida!
  39. 39. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível Considerações finais Era uma vez um FELIZ técnico que foi nomeado gerente… Esta é a história de Leonardo Flick, um profissional que gosta de seu trabalho e que acaba de ser promovido a 39Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 39 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 39 e que acaba de ser promovido a gerente de projetos. Ele não faz a menor idéia do que vem a ser isso ou mesmo o que é esperado dele. O fato é que ele passa a ter que abandonar o ambiente em que se sentia confortável, para começar na nova função, com novas obrigações, e tendo que lidar com o maior dos mistérios: pessoas... Sua insegurança é tão grande que o leva a fazer humor com si mesmo. (André Barcaui, “Gerente Também é Gente”, Editora Brasport, 2006)
  40. 40. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível ”I am the master of my fate, I am the captain of my soul.” Considerações finais 40Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 40 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 40 (do poema “Invictus”, de William Ernest Henley)
  41. 41. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível Bibliografia 41Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 41 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 41 Bibliografia
  42. 42. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível Bibliografia • GOLEMAN, Daniel. Inteligência Emocional. Rio de Janeiro: Objetiva, 5ª. Edição, 1996. • HERSEY, Paul; BLANCHARD, Kenneth H; JOHNSON, Dewey E.. Management of Organizational Behavior. Prentice Hall, 10th Edition, 2012. • HOUAISS, Instituto Antônio. Dicionário Houaiss da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001. • KOUZES, James M.; POSNER, Berry Z. O Novo Desafio da Liderança. Editora Campus, 4°edição - 2008. • MERSINO, Anthony. Inteligência Emocional para Gerenciamento de Projetos. São Paulo: M.Books, 2009. 42Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 42 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 42 Projetos. São Paulo: M.Books, 2009. • MOSCOVICI, Fela. Desenvolvimento Interpessoal – Treinamento em Grupo. Rio de Janeiro: José Olympio, 19ª. Edição, 2001. • PMI – PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE. A Guide to the Project Management Body of Knowledge. Newtown Square, 5th Edition, PMI, 2013.
  43. 43. Clique para editar o estilo do título mestreClique para editar o estilo do título mestre • Clique para editar os estilos do texto mestre • Segundo nível Ivo.michalick@gmail.com Contato 43Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP • Segundo nível • Terceiro nível • Quarto nível • Quinto nível 43 Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP 43 http://ivomichalick.blogspot.com/ Twitter: @ivomichalick

×