SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
Baixar para ler offline
Agilidade Emocional, competência essencial
para profissionais de projetos
Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP, PMI-SP, ACC, CPCC
Mentor para a Região 13 - BRASIL
Goiânia, 06 de outubro de 2017
Para começar, uma pequena estória...
2
Rigidez emocional
"Ficar preso a pensamentos, sentimentos e comportamentos que não nos
atendem." Susan David, “Emotional Agility”
3
A raiva do jeito “certo”
• "Ficar com raiva é
fácil. Mas ficar com
raiva com a pessoa
certa, no momento
certo, pela razão
certa, do jeito certo -
isso não é nada fácil.“
(Aristóteles)
4
• Nosso cérebro é dividido em três partes principais, a
saber (por ordem de evolução):
1. Cérebro reptiliano (mais primitivo)
2. Cérebro (ou sistema) límbico
3. Neocórtex (foco do raciocínio)
*Cérebro e emoções
*Fonte primária: http://conciencialuzvioleta.blogspot.com.br/2013/03/los-tres-cerebros-reptiliano-limbico-y.html
5
Inteligência Emocional
• A nossa IE (Inteligência Emocional) é composta de
duas dimensões, interpessoal e intrapessoal, assim
detalhadas por Daniel Goleman:
InterpessoalIntrapessoal
6
• Anthony Mersino afirma que se tornou capaz de gerenciar melhor
seus projetos e ser um líder melhor de pessoas após:
– Reconhecer o valor das emoções e dos relacionamentos no local
de trabalho.
– Ter se tornado consciente das emoções e aprendido a confiar
nelas como fonte de informação.
– Passar a prestar atenção naquilo que as pessoas à sua volta
estavam sentindo e a considerar esta informação ao tomar
decisões.
Inteligência Emocional
7
Controle emocional
• Estória: de manhã cedo, pouco antes de sair, Marcos diz a sua esposa
Júlia pouco antes dos dois saírem para o trabalho que hoje surgiu um
imprevisto e ele não poderá buscar Sofia, filha deles, na escola. Ela,
Júlia, precisará fazer isto hoje. Júlia responde, em tom nervoso e com a
voz alterada:
• - Por que você não me avisou antes? Hoje à tarde eu tenho uma reunião
importante com o meu supervisor!
• Júlia não pensou antes de falar, e não escolhe ficar aborrecida com o
ocorrido. Mas ficou, e provocou uma reação em Marcos, que responde:
• - Porque você ficou com raiva por causa disto?! Eu não te contei antes
porque só me ligaram do escritório avisando de uma reunião de
emergência com nosso diretor há 5 minutos, e minha presença é
obrigatória!
8
Controle emocional
Dicas para controle emocional segundo Paul Ekman
• O “Período Refratário” (PR) (ou como prefiro dizer, a “Burrice
Temporária”)
• O “Confirmation Bias”, ou “Viés de Confirmação”
• Mas por que entramos no PR e, mais importante ainda, por que
às vezes custamos tanto a sair dele?
• >>> Nosso sistema límbico, devido ao acúmulo de emoções,
toma conta da nossa mente!
9
Controle emocional
Dicas para controle emocional segundo Paul Ekman
• Ok, entendi, mas e como faço para quebrar este ciclo e evitar uma
briga com meu cônjuge ou outro ente querido?
1. (Ação corretiva) Peça ajuda ao neocórtex!
2. (Ação corretiva) Coloque-se no lugar do outro, ou melhor ainda,
coloque-se na posição de uma terceira pessoa observando a
situação.
3. (Ação corretiva) Pare o que quer que esteja fazendo, olhe para a
palma de uma das mãos e respire fundo por pelo menos três vezes.
10
Controle emocional
Dicas para controle emocional segundo Paul Ekman
• Ok, entendi, mas e como faço para quebrar este ciclo e evitar uma
briga com meu cônjuge, um colega de projeto ou um amigo?
4. (Ação preventiva) Mantenha um diário de emoções.
5. (Ação preventiva) Procure se tornar uma pessoa mais calma e tranquila,
praticando meditação, Yôga ou outra atividade que ajude a manter o seu
equilíbrio emocional.
6. (Ação preventiva) Ao acordar, procure se colocar em um “humor” (mood)
positivo.
7. (Ação preventiva) E por último, no caso de importação de um script, procure
ajuda de um terapeuta!
11
Além do Controle - Agilidade Emocional
Agilidade emocional: "Ser flexível com seus pensamentos e sentimentos de forma que
você consiga responder da melhor maneira a situações cotidianas.” Susan David,
“Emotional Agility”
>>> Nada de tentar controlar pensamentos ou te forçar a pensar de forma mais
positiva! Isto não só não funciona como muitas vezes pode piorar as coisas...
12
Agilidade Emocional
• Fato x opinião: nosso “narrador interno” é muitas vezes preguiçoso e
não confiável, e com frequência confunde os dois!
• Exemplo:
Eu não passei no concurso.
X
Eu sou burro.
13
>>> FATO
>>> OPINIÃO
Agilidade Emocional
• Como podemos começar a melhorar nossa agilidade emocional?
• Use o seu neocórtex (lembram-se do conselho #1 do Paul Ekman
para controle emocional?) para ficar atento à conexão entre
sentimentos, pensamentos, palavras, ações e emoções!
• Aém disto, Susan David sugere trabalharmos com “pequenos
ajustes” (“tiny tweaks”) focados em três áreas de nossas vidas:
1. Sistema de crenças (“mindset”)
2. Motivações
3. Hábitos
14
Agilidade Emocional
• Sistema de crenças (Mindset): fixed x growth
(Carol S. Dweck)
Ao invés de...
• Eu não sou bom nisto
• Eu desisto
• Isto é muito difícil
• Eu nunca vou conseguir
• Plano A não funcionou
Experimente pensar...
• O que estou deixando de lado?
• Eu vou tentar fazer de outro jeito
• Isto deve demorar
• Eu vou trabalhar para aprender
• Sempre temos o Plano B
• >>> Use e abuse do seu neocórtex, afinal ele é a nossa maior de
todas as vantagens evolutivas com relação aos outros animais!
15
Agilidade Emocional
Motivações
• “Eu tenho que” x “Eu quero”
• Qual dos dois acima é mais eficaz para nos motivar, e por quê?
• A estória de Ted e Alex
• Pense nos pequenos ajustes que você pode fazer AGORA em sua
vida para alcançar algo que você queira mas não vem conseguindo.
16
Agilidade Emocional
Motivações
• Exemplo pessoal: Reboot e reeducação alimentar
17
17
Agilidade Emocional
Hábitos
• Hábitos são comportamentos automáticos (lembram-se do sistema
límbico?), portanto o primeiro passo para mudarmos um hábito que
nos seja nocivo é tomarmos consciência dele.
• Ok, identifiquei um hábito nocivo e decidi que quero (MOTIVAÇÃO)
deixá-lo, ou trocá-lo por outro que me seja benéfico. Como faço isto?
18
Agilidade Emocional
Como eliminar um hábito nocivo, segundo
Susan David:
1. Faça alterações em seu ambiente de forma que quando você se
sentir cansado, faminto, estressado ou com pressa a escolha mais
de acordo com sua decisão de mudar seja também a mais fácil.
Exemplo: copo com água ao lado da tela do computador.
2. Adicione um “bom” comportamento a um hábito pré-existente.
Exemplo: celular na gaveta x brincar com os filhos
19
Agilidade Emocional
Como eliminar um hábito nocivo, segundo
Susan David:
3. Procure se antecipar a obstáculos e defina estratégias para superá-
los. A Júlia poderia ter evitado a briga com Marcos se tivesse usado
isto!
4. Mudar um hábito é difícil, não se deixe enganar pelo sentimento de
“já ganhei” e pratique “contraste mental”, que consiste em usar
tanto otimismo (“eu consigo”) quanto realismo (“tenho pela frente
tais e tais desafios”) para formar uma conexão entre a situação atual
e a desejada.
20
Agilidade Emocional
• Pessoalmente considero que dos três (mindset, motivação
e hábitos) os últimos são os mais difíceis de serem
trabalhados.
• Esta é uma referência que me ajudou muito nesta frente:
21
Agilidade Emocional - O que tem me ajudado
• “Aqui dentro (da minha mente e corpo) mando eu!”
22
• Reflexão interior:
“Tudo pode ser tirado de uma
pessoa, exceto uma coisa: a
liberdade de escolher sua
atitude em qualquer
circunstância da vida.” (Viktor
Frankl)
Agilidade Emocional - O que tem me ajudado
23
E para terminar, outra pequena estória...
Fonte: http://ivomichalick.blogspot.com.br/2015/07/triggers-e-uma-parabola-budista.html
24
Muito obrigado!
Ivo M. Michalick Vasconcelos, PMP, PMI-SP
Region 13 – Brazil Mentor
Project Management Institute
ivo.michalick@mentor.pmi.org
www.pmi.org
Skype: ivomichalick
PMI Region Mentor Program Project: Qualitative Research Results 25

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Palestra Inteligência Emocional - do autoconhecimento à auto motivação
Palestra Inteligência Emocional - do autoconhecimento à auto motivaçãoPalestra Inteligência Emocional - do autoconhecimento à auto motivação
Palestra Inteligência Emocional - do autoconhecimento à auto motivaçãoRosana Angelo Branas, MBA
 
Formação de multiplicador.
Formação de multiplicador.Formação de multiplicador.
Formação de multiplicador.Deborah Capell
 
Workshop Autoestima
Workshop Autoestima Workshop Autoestima
Workshop Autoestima Cinara Aline
 
Palestra desafios na formação de multiplicadores internos triunfo
Palestra desafios na formação de multiplicadores internos triunfoPalestra desafios na formação de multiplicadores internos triunfo
Palestra desafios na formação de multiplicadores internos triunfoTriunfo Consultoria E Treinamento
 
Crenças Limitantes: ideias fixas que levam ao fracasso! - Agile Brazil 2014
Crenças Limitantes: ideias fixas que levam ao fracasso! - Agile Brazil 2014Crenças Limitantes: ideias fixas que levam ao fracasso! - Agile Brazil 2014
Crenças Limitantes: ideias fixas que levam ao fracasso! - Agile Brazil 2014Annelise Gripp
 
Psicologia Positiva Forças e Virtudes Pessoais
Psicologia Positiva   Forças e Virtudes Pessoais Psicologia Positiva   Forças e Virtudes Pessoais
Psicologia Positiva Forças e Virtudes Pessoais Fábio Munhoz
 
Organização da Rotina de Trabalho
Organização da Rotina de TrabalhoOrganização da Rotina de Trabalho
Organização da Rotina de TrabalhoGrupo E. Fabris
 
Inteligencia Emocional & Inteligencia Social
Inteligencia Emocional & Inteligencia SocialInteligencia Emocional & Inteligencia Social
Inteligencia Emocional & Inteligencia SocialGustavo Fantin
 
Palestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalho
Palestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalhoPalestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalho
Palestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalhoDoroteiaSouza
 

Mais procurados (20)

PROCRASTINAÇÃO
PROCRASTINAÇÃOPROCRASTINAÇÃO
PROCRASTINAÇÃO
 
Palestra Inteligência Emocional - do autoconhecimento à auto motivação
Palestra Inteligência Emocional - do autoconhecimento à auto motivaçãoPalestra Inteligência Emocional - do autoconhecimento à auto motivação
Palestra Inteligência Emocional - do autoconhecimento à auto motivação
 
Formação de multiplicador.
Formação de multiplicador.Formação de multiplicador.
Formação de multiplicador.
 
Liderança e Gestão do Tempo
Liderança e Gestão do TempoLiderança e Gestão do Tempo
Liderança e Gestão do Tempo
 
As Emoções e a Inteligência Emocional
As Emoções e a Inteligência EmocionalAs Emoções e a Inteligência Emocional
As Emoções e a Inteligência Emocional
 
Workshop Autoestima
Workshop Autoestima Workshop Autoestima
Workshop Autoestima
 
Palestra desafios na formação de multiplicadores internos triunfo
Palestra desafios na formação de multiplicadores internos triunfoPalestra desafios na formação de multiplicadores internos triunfo
Palestra desafios na formação de multiplicadores internos triunfo
 
Inteligencia emocional
Inteligencia emocionalInteligencia emocional
Inteligencia emocional
 
Procrastinação
ProcrastinaçãoProcrastinação
Procrastinação
 
Treinamento Liderança - Embali
Treinamento Liderança - EmbaliTreinamento Liderança - Embali
Treinamento Liderança - Embali
 
Auto liderenca (1)
Auto liderenca (1)Auto liderenca (1)
Auto liderenca (1)
 
Palestra Inteligência Emocional
Palestra Inteligência EmocionalPalestra Inteligência Emocional
Palestra Inteligência Emocional
 
Desenvolvimento em equipe
Desenvolvimento em equipeDesenvolvimento em equipe
Desenvolvimento em equipe
 
Crenças Limitantes: ideias fixas que levam ao fracasso! - Agile Brazil 2014
Crenças Limitantes: ideias fixas que levam ao fracasso! - Agile Brazil 2014Crenças Limitantes: ideias fixas que levam ao fracasso! - Agile Brazil 2014
Crenças Limitantes: ideias fixas que levam ao fracasso! - Agile Brazil 2014
 
Psicologia Positiva Forças e Virtudes Pessoais
Psicologia Positiva   Forças e Virtudes Pessoais Psicologia Positiva   Forças e Virtudes Pessoais
Psicologia Positiva Forças e Virtudes Pessoais
 
Organização da Rotina de Trabalho
Organização da Rotina de TrabalhoOrganização da Rotina de Trabalho
Organização da Rotina de Trabalho
 
Inteligencia Emocional & Inteligencia Social
Inteligencia Emocional & Inteligencia SocialInteligencia Emocional & Inteligencia Social
Inteligencia Emocional & Inteligencia Social
 
Palestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalho
Palestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalhoPalestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalho
Palestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalho
 
Autorresponsabilidade
AutorresponsabilidadeAutorresponsabilidade
Autorresponsabilidade
 
Gerir emoções
Gerir emoçõesGerir emoções
Gerir emoções
 

Semelhante a Agilidade Emocional profissionais

Ansiedade - como reconhecer e evitar os gatilhos emocionais
Ansiedade - como reconhecer e evitar os gatilhos emocionaisAnsiedade - como reconhecer e evitar os gatilhos emocionais
Ansiedade - como reconhecer e evitar os gatilhos emocionaisDaniel Motta
 
5 Passos para Você Controlar suas Emoções.
5 Passos para Você Controlar suas Emoções.5 Passos para Você Controlar suas Emoções.
5 Passos para Você Controlar suas Emoções.Eziquiel Ribeiro
 
Como dominar as suas emoçses e torná las positivas - chrisitan h. godefroy
Como dominar as suas emoçses e torná las positivas - chrisitan h. godefroyComo dominar as suas emoçses e torná las positivas - chrisitan h. godefroy
Como dominar as suas emoçses e torná las positivas - chrisitan h. godefroyJanuário Zacarias
 
Ansiedade Medo e Depressao.ppt
Ansiedade Medo e Depressao.pptAnsiedade Medo e Depressao.ppt
Ansiedade Medo e Depressao.pptandrikazi
 
Ebook Inteligência Emocional
Ebook Inteligência EmocionalEbook Inteligência Emocional
Ebook Inteligência EmocionalAlcione Ribeiro
 
Como dominar as suas emoções
Como dominar as suas emoçõesComo dominar as suas emoções
Como dominar as suas emoçõesEmanuel Francisco
 
Palestra Crença de Heroi
Palestra Crença de Heroi Palestra Crença de Heroi
Palestra Crença de Heroi Edhyr Motta
 
Desafio mental
Desafio mentalDesafio mental
Desafio mentalSGC
 
como ter sucesso na vida (2)
como ter sucesso na vida  (2)como ter sucesso na vida  (2)
como ter sucesso na vida (2)hygormacdo
 
A importancia do equilibrio psicologico do individuo
A importancia do equilibrio psicologico do individuoA importancia do equilibrio psicologico do individuo
A importancia do equilibrio psicologico do individuoSoniaMariaTakano
 
A importancia do equilibrio psicologico do individuo
A importancia do equilibrio psicologico do individuoA importancia do equilibrio psicologico do individuo
A importancia do equilibrio psicologico do individuoSoniaMariaTakano
 
Ansiedade face aos testes
Ansiedade face aos testesAnsiedade face aos testes
Ansiedade face aos testesAna Alpuim
 
Estratégias Cognitivas Aplicadas ao Coaching
Estratégias Cognitivas Aplicadas ao CoachingEstratégias Cognitivas Aplicadas ao Coaching
Estratégias Cognitivas Aplicadas ao Coachingpsimais
 
Saúde mental e o espírito de profecia
Saúde mental e o espírito de profeciaSaúde mental e o espírito de profecia
Saúde mental e o espírito de profeciajmolivros
 
Episodio-1-Material-de-Apoio-Controle-Seu-Cerebro.pdf
Episodio-1-Material-de-Apoio-Controle-Seu-Cerebro.pdfEpisodio-1-Material-de-Apoio-Controle-Seu-Cerebro.pdf
Episodio-1-Material-de-Apoio-Controle-Seu-Cerebro.pdfjospeixoto26
 

Semelhante a Agilidade Emocional profissionais (20)

Ansiedade - como reconhecer e evitar os gatilhos emocionais
Ansiedade - como reconhecer e evitar os gatilhos emocionaisAnsiedade - como reconhecer e evitar os gatilhos emocionais
Ansiedade - como reconhecer e evitar os gatilhos emocionais
 
5 Passos para Você Controlar suas Emoções.
5 Passos para Você Controlar suas Emoções.5 Passos para Você Controlar suas Emoções.
5 Passos para Você Controlar suas Emoções.
 
Como dominar as suas emoçses e torná las positivas - chrisitan h. godefroy
Como dominar as suas emoçses e torná las positivas - chrisitan h. godefroyComo dominar as suas emoçses e torná las positivas - chrisitan h. godefroy
Como dominar as suas emoçses e torná las positivas - chrisitan h. godefroy
 
Homowork
HomoworkHomowork
Homowork
 
Ansiedade Medo e Depressao.ppt
Ansiedade Medo e Depressao.pptAnsiedade Medo e Depressao.ppt
Ansiedade Medo e Depressao.ppt
 
Ebook Inteligência Emocional
Ebook Inteligência EmocionalEbook Inteligência Emocional
Ebook Inteligência Emocional
 
Dominarsuas emocoes
Dominarsuas emocoesDominarsuas emocoes
Dominarsuas emocoes
 
Como dominar as suas emoções
Como dominar as suas emoçõesComo dominar as suas emoções
Como dominar as suas emoções
 
Palestra Crença de Heroi
Palestra Crença de Heroi Palestra Crença de Heroi
Palestra Crença de Heroi
 
Desafio mental
Desafio mentalDesafio mental
Desafio mental
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
 
como ter sucesso na vida (2)
como ter sucesso na vida  (2)como ter sucesso na vida  (2)
como ter sucesso na vida (2)
 
A importancia do equilibrio psicologico do individuo
A importancia do equilibrio psicologico do individuoA importancia do equilibrio psicologico do individuo
A importancia do equilibrio psicologico do individuo
 
A importancia do equilibrio psicologico do individuo
A importancia do equilibrio psicologico do individuoA importancia do equilibrio psicologico do individuo
A importancia do equilibrio psicologico do individuo
 
Resiliência2
Resiliência2Resiliência2
Resiliência2
 
Ansiedade face aos testes
Ansiedade face aos testesAnsiedade face aos testes
Ansiedade face aos testes
 
Estratégias Cognitivas Aplicadas ao Coaching
Estratégias Cognitivas Aplicadas ao CoachingEstratégias Cognitivas Aplicadas ao Coaching
Estratégias Cognitivas Aplicadas ao Coaching
 
Aula 2.pptx
Aula 2.pptxAula 2.pptx
Aula 2.pptx
 
Saúde mental e o espírito de profecia
Saúde mental e o espírito de profeciaSaúde mental e o espírito de profecia
Saúde mental e o espírito de profecia
 
Episodio-1-Material-de-Apoio-Controle-Seu-Cerebro.pdf
Episodio-1-Material-de-Apoio-Controle-Seu-Cerebro.pdfEpisodio-1-Material-de-Apoio-Controle-Seu-Cerebro.pdf
Episodio-1-Material-de-Apoio-Controle-Seu-Cerebro.pdf
 

Mais de Ivo M Michalick Vasconcelos, PMP, PMI-SP, CPCC

"Utilização prática de métodos de seleção e priorização de projetos alinhados...
"Utilização prática de métodos de seleção e priorização de projetos alinhados..."Utilização prática de métodos de seleção e priorização de projetos alinhados...
"Utilização prática de métodos de seleção e priorização de projetos alinhados...Ivo M Michalick Vasconcelos, PMP, PMI-SP, CPCC
 

Mais de Ivo M Michalick Vasconcelos, PMP, PMI-SP, CPCC (13)

Desafios lencioni-out16
Desafios lencioni-out16Desafios lencioni-out16
Desafios lencioni-out16
 
Leadership & Emotional Intelligence: Two Sides of the Same Coin
Leadership & Emotional Intelligence: Two Sides of the Same CoinLeadership & Emotional Intelligence: Two Sides of the Same Coin
Leadership & Emotional Intelligence: Two Sides of the Same Coin
 
Você sabe decidir?
Você sabe decidir?Você sabe decidir?
Você sabe decidir?
 
Liderança de Equipes de Projetos
Liderança de Equipes de ProjetosLiderança de Equipes de Projetos
Liderança de Equipes de Projetos
 
"Utilização prática de métodos de seleção e priorização de projetos alinhados...
"Utilização prática de métodos de seleção e priorização de projetos alinhados..."Utilização prática de métodos de seleção e priorização de projetos alinhados...
"Utilização prática de métodos de seleção e priorização de projetos alinhados...
 
O Gerenciamento de Projetos de Software Desenvolvidos à Luz das Metodologias ...
O Gerenciamento de Projetos de Software Desenvolvidos à Luz das Metodologias ...O Gerenciamento de Projetos de Software Desenvolvidos à Luz das Metodologias ...
O Gerenciamento de Projetos de Software Desenvolvidos à Luz das Metodologias ...
 
O Processo de Desenvolvimento de uma Célula Operacional do SIVAM
O Processo de Desenvolvimento de uma Célula Operacional do SIVAMO Processo de Desenvolvimento de uma Célula Operacional do SIVAM
O Processo de Desenvolvimento de uma Célula Operacional do SIVAM
 
Managing Change in Software Development Projects with a Virtual CCB
Managing Change in Software Development Projects with a Virtual CCBManaging Change in Software Development Projects with a Virtual CCB
Managing Change in Software Development Projects with a Virtual CCB
 
Aperfeiçoando o gerenciamento de projetos em uma instituição de P&D
Aperfeiçoando o gerenciamento de projetos em uma instituição de P&DAperfeiçoando o gerenciamento de projetos em uma instituição de P&D
Aperfeiçoando o gerenciamento de projetos em uma instituição de P&D
 
Gerenciamento de Tempo em Ambientes de Múltiplos Projetos
Gerenciamento de Tempo em Ambientes de Múltiplos ProjetosGerenciamento de Tempo em Ambientes de Múltiplos Projetos
Gerenciamento de Tempo em Ambientes de Múltiplos Projetos
 
Negociação ivo michalick - ago12
Negociação   ivo michalick - ago12Negociação   ivo michalick - ago12
Negociação ivo michalick - ago12
 
Motivation ivo michalick - 03-24-2012
Motivation   ivo michalick - 03-24-2012Motivation   ivo michalick - 03-24-2012
Motivation ivo michalick - 03-24-2012
 
Competencias ivo - mar13
Competencias   ivo - mar13Competencias   ivo - mar13
Competencias ivo - mar13
 

Último

Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º BimestreProfaCintiaDosSantos
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTEJoaquim Colôa
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesGilbraz Aragão
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...MANUELJESUSVENTURASA
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 

Último (20)

Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das Religiões
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 

Agilidade Emocional profissionais

  • 1. Agilidade Emocional, competência essencial para profissionais de projetos Ivo M. Michalick Vasconcelos, MSc, PMP, PMI-SP, ACC, CPCC Mentor para a Região 13 - BRASIL Goiânia, 06 de outubro de 2017
  • 2. Para começar, uma pequena estória... 2
  • 3. Rigidez emocional "Ficar preso a pensamentos, sentimentos e comportamentos que não nos atendem." Susan David, “Emotional Agility” 3
  • 4. A raiva do jeito “certo” • "Ficar com raiva é fácil. Mas ficar com raiva com a pessoa certa, no momento certo, pela razão certa, do jeito certo - isso não é nada fácil.“ (Aristóteles) 4
  • 5. • Nosso cérebro é dividido em três partes principais, a saber (por ordem de evolução): 1. Cérebro reptiliano (mais primitivo) 2. Cérebro (ou sistema) límbico 3. Neocórtex (foco do raciocínio) *Cérebro e emoções *Fonte primária: http://conciencialuzvioleta.blogspot.com.br/2013/03/los-tres-cerebros-reptiliano-limbico-y.html 5
  • 6. Inteligência Emocional • A nossa IE (Inteligência Emocional) é composta de duas dimensões, interpessoal e intrapessoal, assim detalhadas por Daniel Goleman: InterpessoalIntrapessoal 6
  • 7. • Anthony Mersino afirma que se tornou capaz de gerenciar melhor seus projetos e ser um líder melhor de pessoas após: – Reconhecer o valor das emoções e dos relacionamentos no local de trabalho. – Ter se tornado consciente das emoções e aprendido a confiar nelas como fonte de informação. – Passar a prestar atenção naquilo que as pessoas à sua volta estavam sentindo e a considerar esta informação ao tomar decisões. Inteligência Emocional 7
  • 8. Controle emocional • Estória: de manhã cedo, pouco antes de sair, Marcos diz a sua esposa Júlia pouco antes dos dois saírem para o trabalho que hoje surgiu um imprevisto e ele não poderá buscar Sofia, filha deles, na escola. Ela, Júlia, precisará fazer isto hoje. Júlia responde, em tom nervoso e com a voz alterada: • - Por que você não me avisou antes? Hoje à tarde eu tenho uma reunião importante com o meu supervisor! • Júlia não pensou antes de falar, e não escolhe ficar aborrecida com o ocorrido. Mas ficou, e provocou uma reação em Marcos, que responde: • - Porque você ficou com raiva por causa disto?! Eu não te contei antes porque só me ligaram do escritório avisando de uma reunião de emergência com nosso diretor há 5 minutos, e minha presença é obrigatória! 8
  • 9. Controle emocional Dicas para controle emocional segundo Paul Ekman • O “Período Refratário” (PR) (ou como prefiro dizer, a “Burrice Temporária”) • O “Confirmation Bias”, ou “Viés de Confirmação” • Mas por que entramos no PR e, mais importante ainda, por que às vezes custamos tanto a sair dele? • >>> Nosso sistema límbico, devido ao acúmulo de emoções, toma conta da nossa mente! 9
  • 10. Controle emocional Dicas para controle emocional segundo Paul Ekman • Ok, entendi, mas e como faço para quebrar este ciclo e evitar uma briga com meu cônjuge ou outro ente querido? 1. (Ação corretiva) Peça ajuda ao neocórtex! 2. (Ação corretiva) Coloque-se no lugar do outro, ou melhor ainda, coloque-se na posição de uma terceira pessoa observando a situação. 3. (Ação corretiva) Pare o que quer que esteja fazendo, olhe para a palma de uma das mãos e respire fundo por pelo menos três vezes. 10
  • 11. Controle emocional Dicas para controle emocional segundo Paul Ekman • Ok, entendi, mas e como faço para quebrar este ciclo e evitar uma briga com meu cônjuge, um colega de projeto ou um amigo? 4. (Ação preventiva) Mantenha um diário de emoções. 5. (Ação preventiva) Procure se tornar uma pessoa mais calma e tranquila, praticando meditação, Yôga ou outra atividade que ajude a manter o seu equilíbrio emocional. 6. (Ação preventiva) Ao acordar, procure se colocar em um “humor” (mood) positivo. 7. (Ação preventiva) E por último, no caso de importação de um script, procure ajuda de um terapeuta! 11
  • 12. Além do Controle - Agilidade Emocional Agilidade emocional: "Ser flexível com seus pensamentos e sentimentos de forma que você consiga responder da melhor maneira a situações cotidianas.” Susan David, “Emotional Agility” >>> Nada de tentar controlar pensamentos ou te forçar a pensar de forma mais positiva! Isto não só não funciona como muitas vezes pode piorar as coisas... 12
  • 13. Agilidade Emocional • Fato x opinião: nosso “narrador interno” é muitas vezes preguiçoso e não confiável, e com frequência confunde os dois! • Exemplo: Eu não passei no concurso. X Eu sou burro. 13 >>> FATO >>> OPINIÃO
  • 14. Agilidade Emocional • Como podemos começar a melhorar nossa agilidade emocional? • Use o seu neocórtex (lembram-se do conselho #1 do Paul Ekman para controle emocional?) para ficar atento à conexão entre sentimentos, pensamentos, palavras, ações e emoções! • Aém disto, Susan David sugere trabalharmos com “pequenos ajustes” (“tiny tweaks”) focados em três áreas de nossas vidas: 1. Sistema de crenças (“mindset”) 2. Motivações 3. Hábitos 14
  • 15. Agilidade Emocional • Sistema de crenças (Mindset): fixed x growth (Carol S. Dweck) Ao invés de... • Eu não sou bom nisto • Eu desisto • Isto é muito difícil • Eu nunca vou conseguir • Plano A não funcionou Experimente pensar... • O que estou deixando de lado? • Eu vou tentar fazer de outro jeito • Isto deve demorar • Eu vou trabalhar para aprender • Sempre temos o Plano B • >>> Use e abuse do seu neocórtex, afinal ele é a nossa maior de todas as vantagens evolutivas com relação aos outros animais! 15
  • 16. Agilidade Emocional Motivações • “Eu tenho que” x “Eu quero” • Qual dos dois acima é mais eficaz para nos motivar, e por quê? • A estória de Ted e Alex • Pense nos pequenos ajustes que você pode fazer AGORA em sua vida para alcançar algo que você queira mas não vem conseguindo. 16
  • 17. Agilidade Emocional Motivações • Exemplo pessoal: Reboot e reeducação alimentar 17 17
  • 18. Agilidade Emocional Hábitos • Hábitos são comportamentos automáticos (lembram-se do sistema límbico?), portanto o primeiro passo para mudarmos um hábito que nos seja nocivo é tomarmos consciência dele. • Ok, identifiquei um hábito nocivo e decidi que quero (MOTIVAÇÃO) deixá-lo, ou trocá-lo por outro que me seja benéfico. Como faço isto? 18
  • 19. Agilidade Emocional Como eliminar um hábito nocivo, segundo Susan David: 1. Faça alterações em seu ambiente de forma que quando você se sentir cansado, faminto, estressado ou com pressa a escolha mais de acordo com sua decisão de mudar seja também a mais fácil. Exemplo: copo com água ao lado da tela do computador. 2. Adicione um “bom” comportamento a um hábito pré-existente. Exemplo: celular na gaveta x brincar com os filhos 19
  • 20. Agilidade Emocional Como eliminar um hábito nocivo, segundo Susan David: 3. Procure se antecipar a obstáculos e defina estratégias para superá- los. A Júlia poderia ter evitado a briga com Marcos se tivesse usado isto! 4. Mudar um hábito é difícil, não se deixe enganar pelo sentimento de “já ganhei” e pratique “contraste mental”, que consiste em usar tanto otimismo (“eu consigo”) quanto realismo (“tenho pela frente tais e tais desafios”) para formar uma conexão entre a situação atual e a desejada. 20
  • 21. Agilidade Emocional • Pessoalmente considero que dos três (mindset, motivação e hábitos) os últimos são os mais difíceis de serem trabalhados. • Esta é uma referência que me ajudou muito nesta frente: 21
  • 22. Agilidade Emocional - O que tem me ajudado • “Aqui dentro (da minha mente e corpo) mando eu!” 22
  • 23. • Reflexão interior: “Tudo pode ser tirado de uma pessoa, exceto uma coisa: a liberdade de escolher sua atitude em qualquer circunstância da vida.” (Viktor Frankl) Agilidade Emocional - O que tem me ajudado 23
  • 24. E para terminar, outra pequena estória... Fonte: http://ivomichalick.blogspot.com.br/2015/07/triggers-e-uma-parabola-budista.html 24
  • 25. Muito obrigado! Ivo M. Michalick Vasconcelos, PMP, PMI-SP Region 13 – Brazil Mentor Project Management Institute ivo.michalick@mentor.pmi.org www.pmi.org Skype: ivomichalick PMI Region Mentor Program Project: Qualitative Research Results 25