Tram Train

365 visualizações

Publicada em

Formação em Promoção da Intermodalidade

Publicada em: Indústria automotiva
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
365
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tram Train

  1. 1. TRAM TRAINS NA PROMOÇÃO DA INTERMODALIDADE FIGUEIRA DA FOZ, 26 DE ABRIL, 2014 IVAN SIMÃO 1
  2. 2. AGENDA 1. OBJECTIVOS 2. CONCEITOS 3. ENQUADRAMENTO HISTÓRICO 4. O MODELO DE KARLSRUHE 5. AS VANTAGENS 6. AS DESVANTAGENS 7. SÍNTESE 2
  3. 3. 1. OBJECTIVOS • OBJECTIVO GERAL: • Identificar as vantagens e desvantagens dos Tram Trains na promoção da intermodalidade. • OBJECTIVOS PEDAGÓGICOS: • No final da sessão os formandos deverão ser capazes de: • Identificar o conceito de Tram Train, sem recurso a materiais de apoio e sem erros. • Indicar as três permissas fundamentais do Modelo de Karlshue, recorrendo ao conceito, sem erros. • Identificar, no mínimo, 3 vantagens da utilização dos Tram Trains, correctamente. • Identificar, no mínimo 3 desvantagens da utilização dos Tram Trains, correctamente. 3
  4. 4. AGENDA 1. OBJECTIVOS 2. CONCEITOS 3. ENQUADRAMENTO HISTÓRICO 4. O MODELO DE KARLSRUHE 5. AS VANTAGENS 6. AS DESVANTAGENS 7. SÍNTESE 4
  5. 5. 2. CONCEITOS • TRAM TRAIN: “São Eléctricos que são projectados para circular quer as vias férreas de carácter urbano, quer nas vias férreas tradicionais já existentes de carácter mais pesado, obtendo-se assim uma maior flexibilidade e conveniência” – Van der Bjil R. & Kuehn A. 5
  6. 6. 2.1 EXEMPLOS 6
  7. 7. AGENDA 1. OBJECTIVOS 2. CONCEITOS 3. ENQUADRAMENTO HISTÓRICO 4. O MODELO DE KARLSRUHE 5. AS VANTAGENS 6. AS DESVANTAGENS 7. SÍNTESE 7
  8. 8. 3. ENQUADRAMENTO HISTÓRICO “O MODELO DE KARLSRUHE” 1º sistema de Tram-Train. Objectivo: promover intermodalidade Ideia partiu de um problema de mobilidade da cidade: o facto da estação de caminhos de ferro se situar na periferia da cidade fazia com que quem circulasse de ou para os subúrbios tivesse que tmudar de meio de transporte, fazendo com que o transporte público não constituísse uma verdadeira alternativa ao transporte individual, por duas razões principais: a. as viagens eram morosas b. os passageiros tinham que pagar dois bilhetes 8
  9. 9. AGENDA 1. OBJECTIVOS 2. CONCEITOS 3. ENQUADRAMENTO HISTÓRICO 4. O MODELO DE KARLSRUHE 5. AS VANTAGENS 6. AS DESVANTAGENS 7. SÍNTESE 9
  10. 10. 4. O Modelo de Karlsruhe • Três premissas fundamentais do modelo de Karlsruhe: - O modelo teria que usar veículos preparados para percorrer os railes do eléctrico (centro da cidade) e ferrovia (a nível regional) - As diferentes redes de transporte ferroviário teriam que estar interligadas - Devem ser construídas novas paragens/estações ao longo da rede ferroviária (os veículos possuem grande capacidade de aceleração, não reduzindo, portanto, o tempo de viagem) 10
  11. 11. 4. O Modelo de Karlsruhe Números…. Após a conversão da linha ferroviária Karlsruhe-Bretten para Tram-Train, a procura aumentou 400% - ganhou-se 15min de tempo de viagem (1992). Hoje, o número de utilizadores é seis vezes superior ao que se verificava antes da conversão da linha. 11
  12. 12. AGENDA 1. OBJECTIVOS 2. CONCEITOS 3. ENQUADRAMENTO HISTÓRICO 4. O MODELO DE KARLSRUHE 5. AS VANTAGENS 6. AS DESVANTAGENS 7. SÍNTESE 12
  13. 13. 5. VANTAGENS • Permite uma transferência de veículos entre railes sem problemas. • Transporta as pessoas directamente para o centro das Cidades, ao invés de as levar “estação principal” (que fica em alguns casos longe do centro) • Podem circular em linhas de eléctrico já existentes ou linhas de mercadorias, evitando a necessidade de construção de novas linhas • Geram menos poluição sonora e atmosférica 13
  14. 14. 5 .VANTAGENS • Custos operacionais, de manutenção e de consumo de energia muito inferiores ao transporte ferroviário. • A combinação de menores custos operacionais e receitas mais elevadas ajuda a manter as tarifas baixas. • Novas estações podem ser adicionadas às rotas sem aumentar o tempo de viagem final, os Tram- Trains têm uma melhor aceleração e desaceleração do que ferroviário pesado. 14
  15. 15. AGENDA 1. OBJECTIVOS 2. CONCEITOS 3. ENQUADRAMENTO HISTÓRICO 4. O MODELO DE KARLSRUHE 5. AS VANTAGENS 6. AS DESVANTAGENS 7. SÍNTESE 15
  16. 16. 5 .DESVANTAGENS • As infra-estruturas ocupam espaço urbano no solo. • Apesar da sua “vida” ser mais longa têm um custo operacional mais caro que os autocarros. • Podem causar redução de volocidade a outros meios de transporte. • Quando são operados em vias partilhadas com outros transportes podem sofrer atrasos devido à ocupação da via. 16
  17. 17. 5 .DESVANTAGENS • As linhas dos tram trains podem ser perigosas para os ciclistas, especialmente para as bicicletas que têm pneus muito finos. • Quando molhadas as linhas podem ser perigosas para ciclistas e motociclistas por ficarem escorregadias. • Em caso de acidente na via toda a linha de tram trains pode ficar fechada e gerar inconvenientes aos utilizadores. 17
  18. 18. AGENDA 1. OBJECTIVOS 2. CONCEITOS 3. ENQUADRAMENTO HISTÓRICO 4. O MODELO DE KARLSRUHE 5. AS VANTAGENS 6. AS DESVANTAGENS 7. SÍNTESE 18
  19. 19. SÍNTESE • Os Tram Trains foram construídos com o objectivo de promover a intermodalidade. • O número de utilizadores de Tram Trains tem aumentado bastante ao longo do tempo. • O Modelo de Karlsruhe é composto por 3 permissas fundamentais. • Existem vantagens e desvantagens quanto à utilização dos Tram Trains como meio de promoção da intermodalidade. 19
  20. 20. BIBLIOGRAFIA • Imagem 1 “http://www.railforthevalley.com/latest-news/lies-damn-lies-statistics-and-art/” • Imagem 2 “http://www.alstom.com/Global/Transport/Resources/Images/News%20and%20Events/Pr ess%20releases/20140228---Citadis-Dualis-Nantes-Chateaubriand.jpg” • Imagem 3 “http://www.therailengineer.com/wp-content/uploads/tram2-online1.jpg” • Karlsruhe Model,(2014) http://www.tramtrain.org/en/index.html • O Modelo de Karlsruhe (2014) http://en.wikipedia.org/wiki/Karlsruhe_model • “The Karlsruhe Model – A Successful Approach to an Academic Education in Industrial Product Development”,(2014) “http://scholar.google.pt/scholar_url?hl=pt- PT&q=http://www.researchgate.net/publication/36454099_The_Karlsruhe_model_- _a_successful_approach_to_an_academic_education_in_industrial_product_developme nt/file/72e7e51ecf9c65fdbd.pdf&sa=X&scisig=AAGBfm2MNPavbYuKhtsvVtLK- Y42z76XKQ&oi=scholarr&ei=AwFcU4ffKO-R0QXV24GYCA&ved=0CC0QgAMoADAA” 20
  21. 21. TRAM TRAINS AS SUAS PRINCIPAIS VANTAGENS FIGUEIRA DA FOZ, 26 DE ABRIL, 2014 IVAN SIMÃO 21

×