Fichamento aluno

821 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
821
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fichamento aluno

  1. 1. FICHAMENTO DEFINIÇÃO Pode ser uma forma de investigação que se caracteriza pelo ato de fichar (registrar) todo material necessário à compreensão de um texto ou tema. Objetivos 1 Facilitar a execução de trabalhos acadêmicos; Facilitar a assimilação de conteúdos estudados.
  2. 2. CLASSIFICAÇÃO Fichamento de transcrição (Citação); Fichamento de resumo; Fichamento de comentário. (MEDEIROS, 2000). Fichamento de transcrição (citação) Transcrição textual: reprodução fiel (MEDEIROS, 2000). 2 Usa-se aspas
  3. 3. Fichamento de resumo Objetiva resumir o texto às suas ideias principais. Não deve tecer comentários. Engloba duas fases: compreensão do texto e elaboração de um novo (MEDEIROS, 2000). Fichamento de comentários É uma síntese das ideias contidas na obra, tecendo comentários (MEDEIROS, 2000). 3 O Aluno elabora com suas próprias palavras
  4. 4. FORMAS DE APRESENTAÇÃO Cabeçalho: - Assunto - Referência. 4 Papel branco ou ficha; Formato: A4; Espaçamento entre linhas 1,5.; Fonte: Arial ou Times New Roman; Tamanho da fonte:12.
  5. 5. 5 MODELOS Transcrição Transcrição A PEDAGOGIA LIBERAL: IMPLANTAÇÃO PORTO, Maria do Rosário Silveira. Função social da escola. In: FISCHMANN, Roseli (Coord.). Escola brasileira. São Paulo: Atlas, 1987, p. 39-42. “ Conforme dissemos no item anterior, a pedagogia liberal que marca o desenvolvimento das escolas do século passado, e que ainda influencia a prática escolar no Brasil, é consequência de uma doutrina liberal [...].”
  6. 6. Resumo 6 Resumo IMPRESSIONISMO SERULLAZ, Maurice. O impressionismo. São Paulo: Difel: 1965. Define o impressionismo como movimento que ocupado como fugaz. O artista capta as transformações impostas pela luz. Esta característica espontânea inicialmente torna-se, fazendo o movimento posterior diferente do inicial
  7. 7. Comentário Comentário RELAÇÃO LEITOR/OBRA TACCA,Oscar. As vozes do romance. Coimbra: 1983, p. 152-153. Notam-se no texto de Tacca as seguidas transformações por que passa o leitor: inicialmente convidado; depois: participante da família e por fim, transfigurado. A comparação explicita o comportamento do leitor com a obra e a impossibilidade de permanecer distante, amorfo e inerte. A leitura possibilita a transfiguração, a transformação radical que leva a atingir um estado glorioso. 7
  8. 8. REFERÊNCIA MEDEIROS, João Bosco. Fichamento In:_____.Redação científica: a prática de fichamentos, resumos e resenhas. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2004. p. 114-131. Livro disponível na Biblioteca do IFRN 8

×