Jornaldecristalina (16)

747 visualizações

Publicada em

Jornal de Cristalina, mês de dezembro/2014

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
747
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornaldecristalina (16)

  1. 1. JORNAL DE CRISTALINA 1Dezembro de 2014 ANO V - Nº 42 - DEZEMBRO DE 2014 O consultor imobiliário Marcelo Felipe da Silveira, proprietá- rio da Marcelo Imóveis, fala ao Jornal de Cristalina sobre as tendências do mercado imobiliário. Página 11 A Imagem e Propaganda rea- lizou evento para condecorar empresas e profissionais que se destacaram em 2014. O Labo- ratório Prontanálise, do Dr. As- trogildo Estanislau, foi um dos premiados. Páginas 8 e 9 As empresárias Natália e Ca- rolina estão alegres com Malwee, marca que terá exclu- sividade da loja Rosa e Choque. O espaço está cada vez mais aconchegante. Página 14 Inovações imobiliárias em Cristalina Ângela e sua competente equipe da L’acqua di Fiori, bem como todo o comércio de Cris- talina, se prepararam para mais um final de ano. Comprar no comércio da cidade é valorizar quem emprega e gera desenvol- vimento para o município. O vereadorWellington Caixe- ta (PSDB) vai comandar as ações do Poder Legislativo em 2015. Página 5 Expectativa de vendas de fim de ano Caixeta é eleito presidente da Câmara Malwee e Rosa Choque fecham parceria Melhores de 2014
  2. 2. JORNAL DE CRISTALINA2 Dezembro de 2014 uvimos diariamente, em nossa amada Cristalina, reclamações acerca da falta de abastecimento d'água potável para o consumo da população. De acordo com o levanta- mento elaborado a partir dos dados do Sistema de Informa- ção da Atenção Básica (SIAB) do Ministério da Saú- de, cujos dados são gerados a partir do trabalho das equipes de Saúde da Família e Agen- tes Comunitários de Saúde, que fazem o cadastramento das famílias e identificam a situação de saneamento e moradia, no ano de 2013 Cris- talina possuía 67,1% dos do- micílios com rede de abaste- cimento de água. Além da óbvia incapacida- de de armazenamento e dis- tribuição de água pela Sanea- go e da também óbvia inca- pacidade do prefeito em ten- tar resolver essas questões, temos um assunto da maior importância a ser tratado com responsabilidade pelos próxi- mos anos, que é, justamente, o planejamento e execução de políticas públicas para a pro- teção dos nossos mananciais e recursos hídricos em solos cristalinenses. Nosso município possui registros de 256 rios, riachos, ribeirões, veredas e nascentes. Vários ribeirões e córregos nascem na cidade e correm para a periferia do município. Esse potencial hídrico é fun- damental ao desenvolvimen- to da agricultura irrigada, seg- mento que tem contribuído decisivamente para o impul- so econômico do município, e dentre os principais rios e Cachoeiras estão o Rio São Marcos; o Rio São Bartolo- meu; a Cachoeira do Arroja- do; a Cachoeira dos Borela e o Balneário das Lajes. A água é um recurso natu- ral insubstituível para a manu- tenção da vida saudável e bem estar do homem, além de ga- rantir auto suficiência econô- micadapropriedaderural.Nas últimas décadas, o desmata- mento de encostas e das matas ciliares,alémdousoinadequa- do dos solos, vêm contribuin- do para a diminuição da quan- tidade e qualidade da água em todo o Brasil e o que vemos, ao se somarem a estes fatos a longa estiagem, como a deste ano de 2014, é a estagnação da capacidade de armazenamen- to e distribuição de água. Para a recuperação e preser- vação das nascentes e manan- ciais em propriedades rurais, podem-se adotar algumas me- didas de proteção do solo e da vegetação que englobam des- de a eliminação das práticas de queimadas até o enriqueci- mento das matas nativas. O uso excessivo e descon- trolado de defensivos agríco- las nas lavouras são grandes agentes de contaminação do solo e da água, principalmen- te do lençol freático. Por isso seu uso deve ser controlado e feito sob a orientação de um técnico responsável. Também é necessária a construção de locais apropriados para o des- carte das embalagens, que ja- mais devem ser jogadas em rios e córregos ou junto ao lixo comum da fazenda. A construção de cercas, fe- chando as áreas de nascentes, num raio de 30 a 50 metros a partir do olho d’água: evita a entrada dos animais e, por conseguinte, o pisoteio e com- pactação do solo. Necessária ainda a manutenção do asseio, ou seja, a limpeza em volta da cerca para evitar que o fogo, em caso de incêndio, atinja a área de nascente. Somando-se a isso é fun- damental o enriquecimento da vegetação em torno das nas- centes, que funciona como uma barreira viva na conten- ção da água proveniente das enxurradas, devendo-se prio- rizar espécies nativas da re- gião, facilitando assim a re- novação natural da área plan- tada. Além disso devem ser construídas fossas assépticas nas residências rurais, evitan- do o lançamento de esgotos nas águas da propriedade e a construção de fossas para os rejeitos animais, principal- mente no caso de criação de suínos e construção de cochos para abastecimento de água para o gado ao longo da pro- priedade, evitando o trânsito de animais junto às nascentes e córregos. São medidas simples e que ajudarão, em muito, na preser- vação dos nossos mananciais e garantirão que no futuro, com planejamento e políticas públicas municipais efetivas na área de meio ambiente, consigamos mapear, catalogar e cuidar de todas as nossas nascentes e cursos d'água. MarquinhoAbrão se confraterniza com as crianças omo acontece todos os anos, em várias datas especiais Marquinho Abrão, com a ajuda de amigos, empresas e familiares, leva alegria para crianças em datas especiais como a Páscoa, o Dia das Crianças e tam- bém no Natal. Este ano não foi diferente, com Marquinho distribuindo 2300 bolas de futebol em escolas municipais e cre- ches, além de bairros como Cidade Nova e Recurso e também no próprio escritório, onde o movimento dos “baixinhos” foi grande enquanto du- raram as bolas. “Natal é uma época de paz, de har- monia e alegria e não há nada melhor do que ver as crianças sorrindo e brin- cando, vivendo o seu mundo. Fico feliz em poder fazer algo por elas, principalmente as mais carentes”, diz Marquinho, que nunca deixou de es- tar próximo das pessoas em todos os momentos. “Naquilo que posso, sem- pre estou pronto para contribuir, aju- dar, orientar”, fala o ex-vereador. Extremamente feliz, Marquinho enviou para o Jornal a lista de seus colaboradores, a quem agradece mui- to, já que não conseguiria fazer o tra- balho sozinho. Os nomes são: Anto- nino Andrade, Iuri Cosac, Rodrigo Cosac, Dr. Castelo Branco, Leandro Faria, Agromaq, Paulo Corazza, Jú- nior do Salão, Maurício de Jesus Ro- mero (Texaco), Vanderlei da Plante- bem , Dario Nardi, Deputado Estadu- al Valcenor Braz , Dr. Célio Silveira, Churrascaria D’Gustt, Super 1,99 do Tchê, Zé Ailton, Kissim, Siscato Transportes, Edu Martini ,Veruza, Maria Eduarda, Heitor Soares, Rainer, Juninho Anicésio , Osman e Omar, Sílvia,Auto Escola do Wadinho, Mar- celo Santin e Cleber Donizete da Cruz, Zeni Artes Gráficas, Dr. George Bor- toli e outros que pediram para que seus nomes não fossem divulgados. Guilherme Castelo Branco é advogado, Suplente de verea- dor e Presidente do Partido Verde (43) NOSSAS ÁGUAS! O C
  3. 3. JORNAL DE CRISTALINA 3Dezembro de 2014 Em carreata em Cristalina, logo após o primeiro turno, Dr. Célio agradeceu os votos e concla- mou os cristalinenses a votarem mais uma vez em Marconi. Deu certo! Experiência a serviço de Goiás médico Célio Silveira (PSDB), que já foi de- putado estadual, presi- dente daAssembleia Legis- lativa do Estado de Goiás, presidente daAgência Goi- ana de Esporte e Lazer e prefeito de Luziânia, foi eleito deputado federal na eleição do dia 05 de outu- bro com 112 mil votos. Político capaz e experi- ente, Dr. Célio será um dos pilares do Governo Marco- ni Perillo (PSDB), já que ele goza de prestígio e é ho- mem da confiança do go- vernador. Com votação ex- pressiva em Cristalina, onde foi o deputado fede- ral mais votado, Dr. Célio será o elo que fará a liga- ção entre o município, suas lideranças e o governo es- tadual. “Quero trabalhar muito por Cristalina, pelo Entor- no e por nosso Estado de Goiás, já que a população me deu essa oportunidade. E a melhor forma de agra- decer aos amigos e cidades como Cristalina, é traba- lhar e trabalhar muito”, fa- lou o entusiasmado Dr. Cé- lio, uma liderança forte e promissora do estado. Com o apoio de várias li- deranças de Cristalina, Dr. Célio alcançou 3.148 vo- tos, liderando a disputa no município. Presidente do PSL local, o empresário Vanderlei da Plantebem, que é amigo pessoal do Dr. Celio há vários anos, não esconde a satisfação pela vitória do amigo. “Estou alegre e só tenho a agrade- cer, pois foi muito impor- tante Cristalina participar desta campanha, dando uma votação histórica para o Dr. Célio, pois assim te- remos condições e legitimi- dade para reivindicar ao competente deputado bene- fícios para a comunidade”, disse Vanderlei, que está com a alegria redobrada por causa da grande vota- ção do Daniel do Sindica- to, também do seu partido, que disputou a eleição de deputado estadual em ou- tubro passado. “Quero aproveitar esta oportunidade para parabe- nizar o Daniel pela disputa e pelo belo trabalho que quase redundou em uma vi- tória, pois faltaram poucos votos. Como presidente do PSL, quero também agra- decer a todos os cristalinen- ses que depositaram em Daniel a sua confiança, de- monstrando assim que o povo, quando quer, pode dar um novo direcionamen- to político ao município”, falou o empresário. Outro que também está muito contente com a vitó- ria do Dr. Célio é o ex-pre- sidente da Câmara, Mar- quinho Abrão, que traba- lhou dia e noite durante a campanha. “Foi um soma- tório de forças muito im- portante, com a participa- ção de diversas lideranças, o que redundou nesta gran- de votação. Tenho certeza que o nosso deputado fede- ral vai fazer muito por Cris- talina e pelo nosso povo”, disse Marquinho, destacan- do o apoio de líderes como o presidente do PTB, Edu Martini, do DEM, José de Souza (Duca), da vereado- ra Cirlene Côrtes, da ex- vereadoraAparecida Faria, Professor Nelson, Heitor Soares e dona Elza, dentre outros. Após o primeiro turno, Dr. Célio veio a Cristalina e participou de uma carre- ata, onde teve a oportuni- dade de agradecer os votos e pedir apoio para Marco- ni Perillo, no segundo tur- no. Os companheiros con- tinuaram o trabalho e par- ticiparam da campanha, não só em Cristalina, mas em outros municípios, ga- rantindo mais uma vez grande votação para Mar- coni Perillo. Vanderlei da Plantebem esteve com Dr. Célio e Marconi em vários eventos durante a campanha do segundo turno e vai co- brar o espaço para Cristalina no governo do tucano O Em meu nome e de toda a minha família, expresso às famílias de Cristalina o desejo de que as comemorações e as alegrias do Natal ecoem por todos os dias do ano de 2015. Jesus abençoe a todos. Dr. Célio Silveira Neste período tão especial para a humanidade, quero desejar a todos os meus amigos e amigas de Cristalina as mais profícuas bênçãos de Deus durante os festejos natalinos e no decorrer do novo ano que se aproxima. Valcenôr Braz Deputado Estadual
  4. 4. JORNAL DE CRISTALINA4 Dezembro de 2014 Reforma Administrativa promovida pelo Governa- dor de Goiás, Marconi Perillo, tendo em vista seu novo mandato, está rendendo elogios por parte de setores importantes da sociedade. A Folha de São Paulo, mais im- portante jornal do País, des- tacou o modelo goiano, cita- do como o mais enxuto entre os Estados, com o foco na re- dução de 16 para 10 secreta- rias. Como exemplo de mu- dança positiva, o jornal cita a criação das supersecretarias, como a de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tec- nológico e de Agricultura, Pecuária e Irrigação. “Mais uma vez, somos exemplo para o País. Quem ganha são os goianos”, falou Marconi ao comentar a reportagem. Perillo salientou que Goi- ás está consolidando uma si- tuação de equilíbrio financei- ro e administrativo, com ações inteligentes e corretas para o cumprimento das me- tas fiscais. “Estabelecemos como meta que nosso estado será referência nacional em diversas áreas da gestão pú- blica. E é com esse espírito que iremos trabalhar, colocan- do as pessoas certas nos lo- cais certos”, afirmou o gover- nador, que já nomeou dois nomes para sua equipe. O primeiro nome divulga- do foi o do vice-governador José Eliton, que vai assumir a nova Secretaria de Desenvol- vimento Econômico, Cientí- fico e Tecnológico e de Agri- cultura, Pecuária e Irrigação, a qual será uma das mais im- portantes na nova estrutura administrativa do Governo Estadual. A nova secretaria absorverá, a partir de primei- ro de janeiro, as atuais secre- tarias de Indústria e Comér- cio (SIC), de Ciência, Tecno- logia e Inovação (Sectec); Agricultura, Pecuária e Irriga- ção (Seagro) e aAgência Goi- ana de Desenvolvimento Re- gional (AGDR). O segundo nome da nova equipe de Governo para 2015 é o da economista Ana Carla Abrão Costa, que vai assumir a Secretaria da Fazenda a par- tir de 1º de janeiro. “A esco- lha que fiz foi baseada no qua- lificado currículo que a dou- tora Carla exibe como econo- mista. Ela está retornando a Goiás, onde nasceu, depois de mais de 25 anos atuando prin- cipalmente em São Paulo, lo- João Fachinello é defensor intransigente das ações do governa- dor Marconi Perillo Referência na gestão pública João Fachinello visita Escola Padrão Século 21 que está sendo construída no bairro Rio de Janeiro Gilsão agradece comunidade Silton empunhou, com orgulho, a bandeira de Dilma durante as eleições O empresário Silton Soares, figura conheci- da da política cristali- nense, apoiou de peito aberto a candidatura à reeleição da presidente Dilma Roussef. Duran- te a campanha Silton trabalhou bastante, ade- sivando seus carros, pe- dindo votos para os ami- gos e argumentando so- bre as qualidades da pre- sidente. “Foi a vitória do povo, da igualdade, das melhores propostas para o Brasil. Dilma se identifica com os brasileiros, basta olhar sua trajetória de mulher tra- balhadora e seu coração valente para enfrentar os desafios de governar o País”, comemora Silton. Silton, que teve cerca de 7000 vo- tos para deputado estadual em 2010, apoiou este ano o candidato do PT ao governo goiano, Antônio Gomide, e opetistaOlavoNoletoparadeputado federal. Participante do debate polí- ticodacidade,Siltoncertamenteserá candidato a prefeito em 2016, já que ele não atua só na teoria ou na pala- vra, mas na prática, na ação. “E nesta data, através do Jornal de Cristalina, aproveito para dese- jar a todas as famílias de Cristalina muita paz e saúde para os festejos natalinos e muito progresso e su- cesso para o Ano novo”, falou Sil- ton Soares. Silton está alegre com vitória de Dilma epois de um ano de muito traba- lho em prol do distrito de Cam- pos Lindos, o vereador Gilson Ferreira de Souza agradece aos ami- gos pela confiança durante 2014. “Es- tou satisfeito pela oportunidade de tra- balhar pela comunidade. Não é fácil, mas estamos tentando, dando atenção às pessoas e procurando resolver as demandas, que são muitas”, fala o vereador, esperançoso de que 2015 será um ano bem melhor. “Temos o compromisso do prefei- to Luiz Attié e do vice João Carlos Fachinello de que em 2015 haverá muitos investimentos em Campos Lindos. E isso não é o que o Gilsão espera, mas é o que a comunidade deseja”, falou o esperançoso vereador, que deposita esperanças no deputado eleito Diego Sorgatto, o qual teve grande votação no distrito e terá mui- to a fazer pela comunidade. “Mas eu quero mesmo é agradecer a comunidade por me ajudar a traba- lhar e compreender a minha luta. Va- mos continuar firmes em 2015, sem- pre junto das pessoas. Aproveito este espaço para desejar a todos os ami- gos de Campos Lindos e Cristalina um feliz Natal e um ótimo Ano Novo”, finalizou o vereador. cal em que desenvolveu sua carreira profissional. “Estou plenamente seguro de que a Sefaz será conduzida por uma profissional extremamente qualificada para a função”, disse Marconi ao anunciar o nome da secretária, que é fi- lha da senadora Lúcia Vânia. Acima da média O vice prefeito de Crista- lina João Carlos Fachinello (PSDB) avalia que o Gover- nador está no caminho cer- to. “Marconi é um político acima da média e seu gover- no já começa dando exem- plo para o Brasil”, disse João, destacando as obras que estão sendo feitas em Goiás e Cristalina. “Marconi é um gestor efi- ciente e equilibrado. Ele cumpre metas e promessas, tanto é assim que vemos em Cristalina construção de es- colas (uma na cidade e ou- tra em Campos Lindos), a ponte sobre o rio São mar- cos na GO 309, asfalto que já veio e que virá, amplia- ção da rede esgoto através da Saneago, instalação do vapt vupt e muitos outros benefí- cios”, falou João, confiante e otimista de que o quarto governo de Marconi será o melhor de todos. A D Desejamos aos amigos e clientes que sempre estiveram ao nosso lado Feliz Natal e um próspero Ano novo
  5. 5. JORNAL DE CRISTALINA 5Dezembro de 2014 vereador Wellington de Oliveira Caixeta (PSDB) vai presidir a Câmara MunicipaldeCristalinanoano de 2015. Ele foi eleito com os votos dos vereadores Daniel do sindicato, Luiz Henrique, Cirlene Côrtes, Rosivaldo Pe- lota, Luciana Cândida e Mar- celo Pezão, além do próprio, claro.Adisputa foi contra Ze- mar da Garagem, que contou com o apoio de Bernardo Fa- chinello,GilsãoFerreira,Jane- te da Marajó, Olivar Caetano e Lúcia Salles. Vão compor a Mesa Dire- tora da Câmara junto com Caixeta Rosivalto Pelota (PSB), que ficou na vice pre- sidência, Marcelo Pezão (PTN), que será o primeiro secretário e Cirlene Côrtes (PMDB), que ocupará a se- gunda secretaria. Simplicidade e humildade Caixeta afirmou a Jornal de cristalina que continuará sen- do a mesma pessoa e que não vai mudar seu estilo de vida por causa da presidência. “Sou cristalinense, conheço quase todas as pessoas da mi- nha cidade e vou continuar do mesmo jeito, agindo com sim- plicidade e humildade”, afir- mou o novo presidente, que tem 40 anos e é filho de Gui- do Caixeta e Leonete de Oli- veira Caixeta. Referência Morador do distrito de Campos Lindos há 15 anos, Caixeta lembra com orgulho e amor da sua saudosa espo- sa, Sandra Maria de Carvalho, que também foi vereadora e com quem foi casado por 12 anos. “Ela foi uma grande companheira, amiga e uma mulher de verdade. Jamais a esquecerei e dedico esta vitó- ria à memória dela, uma pes- soa especial que amei, ainda amo muito e sempre será mi- nha referência”, disse o man- datário do Legislativo a par- tir de 1º de janeiro de 2015. Tratamento igualitário Questionado sobre o rela- cionamento com os vereado- res, Caixeta avisa que vai dar tratamento igualitário a todos. “Compomos uma Casa de Leis e temos compromissos para com a comunidade. Os 13 vereadores serão respeita- dos e terão condições de exe- cutar os seus trabalhos e da mesma maneira será com os funcionários, que terão a mi- nha consideração e o meu res- peito todos os dias destacou. Melhorias e emancipação Quanto ao distrito de Cam- arcelo Henrique Vieira Neves, conhecido como Marcelo Pezão vai trans- mitir a presidência da Câma- ra para Caixeta no próximo dia 1º de janeiro. Antes, po- rém, ele fará a inauguração do Plenário Fritz Mohn, que acontecerá no dia 19, oportu- nidade em que também serão entregues títulos de cidadania e comendas para vários home- nageados. Em discurso na última ses- são ordinária do ano Marcelo agradeceu o apoio que teve e relembrou algumas dificulda- des que teve para realizar o sonho de construir o plenário. “Acredito que temos que ter ousadia, crer que podemos sonhar, ousar, realizar”, falou, lembrando que foi criticado por alguns, inclusive o verea- dor Olivar Caetano, que afir- mou em uma reunião no iní- cio do ano que ele não teria condições de realizar a obra. “Está aí, construímos e vamos inaugurar sem ficar devendo ninguém e todos estarão pre- sentes para testemunhar”, fa- lou Marcelo, salientando que tudo foi feito observando os preceitos legais e que a obra, que recebeu atestado de ido- neidade do Tribunal de Cons- tas dos Municípios, ficou 08% abaixo dos preços prati- cados pela construção civil. O plenário, que terá lugar para 200 pessoas sentadas, é equipado com o que há de mais moderno em termos de funcionalidade e conforto. “Economizamos, mas fize- mos uma obra de alto padrão, porque a população de Cris- talina merece. Esperamos to- dos na inauguração, mas quem não puder comparecer, Marcelo Pezão vai inaugura a maior obra realizada pela Câ- mara em todos os tempos Os sete vereadores que elegeram o presidente da Câmara: Luciana Cândida, Cirlene Côrtes, Marcelo Pezão, Caixeta, Luiz Henrique, Daniel do Sindicato e Rosivaldo Pelota Por 7 votos a 6, vereador tucano ganha do concorrente Zemar da Garagem, candidato da Base Aliada do prefeito, e vai presidir o Legislativo no próximo ano Caixeta é eleito presidente da Câmara “PODEMOS SONHAR, OUSAR, REALIZAR” que venha em outra oportuni- dade, pois será muito bem re- cebido pelos vereadores e por todos os funcionários”, disse Marcelo, que não consegue disfarçar seu contentamento pela concretização do ousado projeto. Perseguição O presidente disse ainda que, por perseguição de um secretário, a mando do prefei- to Luiz Attié, um tio seu, que prestava serviços na prefeitu- ra, foi demitido pelo simples fato de ser seu parente. “É porque não querem trabalho, independência, transparên- cia”, disse Marcelo ao Jornal de Cristalina. Na verdade Pezão surpre- endeu tanto na gestão da Câ- mara quanto no posiciona- mento político. Aliado de At- tié desde o primeiro manda- to, quando foi secretário de diversas pastas, o vereador decidiu trilhar por um cami- nho de independência.Assim, seu jeito de trabalhar de for- ma altiva, não agradou seto- Herdeiros de Jeová Pelota – Rosivaldo Pelota, Wellington Cai- xeta e Marcelo Pezão homenagearam a memória do vereador Jeová Pelota, a quem eram intimamente ligados pos Lindos, Caixeta diz que hoje é a sua casa. “Sonho em fazer coisas importantes para o distrito, que considero a minha cidade. Vamos conti- nuar a luta por melhorias e também pela emancipação, porque aquela gente merece ser respeitada e considerada pelo setor público”, falou o vereador, que com a presidên- cia terá que dividir seu tempo entre o distrito e suas ativida- des diretivas do Poder. O futuro presidente ressal- ta que seu trabalho e suas ações terão o mesmo foco: os menos favorecidos. “Aprendi com o saudoso amigo e vere- ador Jeová Pelota a olhar para os mais humildes, os mais fra- cos. Sempre vou defender os menos favorecidos com a sor- te, procurando oferecer-lhes carinho e respeito”, finalizou Caixeta. Mérito do grupo Rosivaldo Pelota, que aju- dou na articulação da chapa, disse à reportagem que a vi- tória de Caixeta é prenúncio de um novo tempo na políti- ca cristalinense. “Foi uma vi- tória do grupo, mérito dos sete vereadores. Cristalina precisa começar a trilhar um novo caminho, fazer renascer a es- perança”, afirmou. Pelota comentou que foi muito importante a união en- tre os vereadores vitoriosos. “Mostramos que ninguém é capacho e que a oposição está viva, se preparando para o embate que virá em 2016. Diferente do que muitos fun- cionários da prefeitura falam, temos em nossos quadros pes- soas dignas e honradas que querem o bem de Cristalina”, falou o entusiasmado verea- dor,queestranhouCaixetanão ter recebido apoio do seu par- tido. “Não entendi o Caixeta não ter angariado nenhum apoio do PSDB de Cristalina. Nemtelefonaramparacumpri- mentá-lo. Mas o importante é que ele ganhou e tem tudo para fazer um grande manda- to frente à Câmara”, arrema- tou o vereador, que é um calo no pé da Administração e da Base aliada do prefeito. res do paço municipal, que passaram a tentar minar seu trabalho frente à Câmara. Cheque Outra coisa de fácil percep- ção é que de agora em diante os presidentes terão que mos- trar o que fazem com o dinhei- ro que é destinado à Câmara. Os vereadores, principalmen- te Marcelo e Rosivaldo Pelo- ta cobram do ex-presidente Olivar Caetano porque econo- mizar dinheiro e enviar para a prefeitura diluir o valor sem explicar a destinação. Os dois vereadores inclusive denunci- aram no plenário que Olivar teria descontado um cheque da própria Câmara na boca do caixa do Banco Itaú. Olivar respondeu e disse que vai ao Ministério público para exi- gir que os vereadores provem o que estão falando. E os dois reafirmaram que as explica- ções devem ser dadas é pelo próprio Olivar. O Jornal de Cristalina já solicitou cópia do cheque, já que a administra- ção da Câmara é pública. O M
  6. 6. JORNAL DE CRISTALINA6 Dezembro de 2014 im de ano é tempo de retrospectiva, tempo de olhar em volta e avali- ar tudo que vivemos ao longo dos 365 dias que formam o ano.Todas as batalhas que tra- vamos, tanto as que perde- mos, quanto as que ganha- mos, podem nos ensinar gran- des lições. Para isso, é impor- tante olhar para dentro de si, repensar gestos e palavras, enfim, refletir e planejar. Pois todo fim de ano é também um novo começo”. É com este pensamento que o vereador Bernardo Fachine- llo despede-se de 2014, ano que, segundo ele, foi muito rico em desafios e aprendiza- do. Encarando tudo de frente sempre, neste ano Bernardo deu continuidade ao seu tra- balho como vereador, buscan- do ouvir e lutar pelas deman- das de nossa população, man- teve sempre as portas de seu gabinete abertas, com sua as- sessoria pronta a receber a to- dos. Continuou também como 1º Secretário da Mesa Dire- tora onde sempre procurou contribuir com os trabalhos da Casa, de forma equilibrada e democrática. Da mesma forma assumiu a presidência de uma das mais importantes comissões per- manentes do poder legislati- vo, a Comissão de Constitui- ção, Legislação, Justiça e Re- dação Final, cuja missão é avaliar e manifestar-se quan- to aos aspectos constitucio- nais, legais e regimentais de todas as proposições que tra- mitam na Câmara Municipal. Marcando presença nas reu- niões, sempre de maneira atu- ante e responsável. Outro grande desafio assu- mido pelo vereador em 2014 foi aceitar ser o líder do Pre- feito Luiz CarlosAttié na Câ- mara. Tarefa que lhe exigiu muito trabalho e jogo e de cin- tura, pois, além de fiscalizar e ajudar a divulgar todas as obras e realizações do Execu- tivo Municipal, teve que se desdobrar para conduzir a bancada de aliados da melhor maneira possível. Compro- misso que ele assumiu no iní- cio do ano e honrou até o fi- nal, apesar de todas as dificul- dades encontradas ao longo dos dias. Mesmo não sendo candida- to, o vereador Bernardo traba- lhou duro durante a última campanha, em apoio as candi- daturas do Governador reelei- to Marconi Perillo e dos De- putadosRobertoBalestra,elei- to Deputado Federal e Diego Sorgatto, eleito Deputado Es- tadual. Manifestando todo seu apoio a estes políticos o vere- ador acredita estar reforçando a parceria existente entre eles, os quais já trouxeram e ainda trarão muito mais benefícios para Cristalina. Prova disso foi a moto ni- veladora que Bernardo entre- gou ao Prefeito Luiz Carlos Attié, conseguida através de uma emenda pleiteada pelo vereador junto ao Deputado Federal Roberto Balestra, que prometeu, ainda, direcionar mais recursos para a nossa ci- dade, os quais deverão servir para a compra de dois trato- res, visando atender deman- das de alguns assentamentos e também um aparelho de raio x, que irá atender à nossa co- munidade. E nesse balanço percebe-se que, apesar de ter tanto a se fazer, muito já foi conquista- do. Por isso o vereador Ber- nardo Fachinello faz questão de agradecer a todos os ami- gos e parceiros que estiveram ao seu lado nos momentos bons e, principalmente, nos mais difíceis. “Quero agrade- cer mais uma vez aos eleito- res que me confiaram o voto, dando-me a oportunidade de viver essa experiência como vereador, a qual tem me pro- porcionado grandes aprendi- zados”, diz o jovem vereador. Toda essa reflexão serve ainda para que Bernardo pos- sa planejar seus passos no próximo ano, evitando come- ter os mesmos erros e buscan- do crescer e melhorar no de- sempenho de suas atividades, sejam elas como empresário, vereador ou mesmo em âm- bito pessoal. Segundo ele, “sempre temos e podemos melhorar em toda e qualquer área de nossas vidas”. Amensagem deixada, por- tanto, pelo vereador Bernar- do Fachinello é de esperança e otimismo. “Peço a Deus que ilumine a nossa cidade, tra- zendo muitas bênçãos ao povo cristalinense. Agradeço por todas as dádivas recebi- das neste ano”, fala o reflexi- vo vereador, destacando que a principal bênção foi o nas- cimento do seu filho a princi- pal delas foi o nascimento do seu filho Cahuê. “É um pre- sente de Deus que foi trazido através da minha esposa Va- nessa, verdadeira companhei- ra de todas as horas.” Falou o emocionado Bernardo. O vereador deixou uma mensagem para a comunida- de. “Aproveito este espaço para agradecer minha famí- lia, em especial meus pais e meus irmãos, a todos os meus amigos e todos aqueles que estiveram ao meu lado. De- sejo a todos, indistintamen- te, um Feliz Natal e um prós- pero Ano Novo”, concluiu Bernardo. (Colaborou Ana Ravison) Prefeitura Municipal or- namentou a Praça José Adamian e várias ruas da cidade com belos enfeites na- talinos. Um trenzinho tam- bém foi contratado para fazer a alegria das crianças, fazen- do um giro pelas principais ruas de Cristalina. Todos os dias é possível notar a presença de cente- nas de pessoas na praça, onde visitam o presépio, a casa do Papai Noel e apro- veitam para tirar fotos com os filhos e postar nas redes sociais. Centenas de pessoas visitam a casa do Papai Noel todos os dias NATAL MOVIMENTA PRAÇA JOSÉ ADAMIAN O vereador Bernardo Fa- chinello, que é líder do pre- feito na Câmara Municipal, festeja o sucesso. “É muito bom ver a alegria das crian- ças, as famílias passeando, a comunidade confraternizan- do. É mais um presente que Cristalina ganha”, celebra o vereador, que faz coro com os vereadores da base, os secre- tários e o próprio prefeito Luiz Atiié, que estão extasia- dos com o êxito e a ceitação da ornamentação por parte dos munícipes. O “Trenzinho do Natal” faz a alegria das crianças Muito para agradecer e refletir Em mais um ano de aprendizado, Bernardo diz que só tem a agradecer a todos que estiveram ao seu lado, apoiando o seu trabalho, em 2014 “F A MINI MERCADO CRISTALINA Agradece a todos os amigos e clientes pela preferência em 2014 e deseja a todos os mais sinceros votos de Feliz Natal e próspero Ano Novo
  7. 7. JORNAL DE CRISTALINA 7Dezembro de 2014 LEGENDAS: Bernardo conseguiu, junto ao deputado Roberto Balestra, uma moto niveladora para o município ± Sete Notas Eliézer Bispo eliezer.bispo@yahoo.com.br O Jornal de Cristalina é uma publicação da empresa ELIÉZER BISPO - CNPJ 13.922.487/0001-01 - Endereço: Rua Floresta, Qd. 12, Lote 07 - Cristalina Velha - CEP 73850-000 - Cristalina - GO - Telefone: (61) 9912-3123 - E-mail: jornaldecristalina@gmail.com e/ou eliezer.bispo@yahoo.com.br - Jornalista Responsável: Eliézer Bispo - DRT GO01469JP - Operários da voluntariedade jornalística: Ezequiel dos Santos Bispo, Tiago dos Santos Bispo e Franklin Ribeiro - Tiragem: 3.000 exemplares - Projeto Gráfico e Diagramação: Marcone Barros – 3568-6394 - Circulação: Goiás - Brasília As matérias assinadas não representam, necessariamente, a opinião do jornal E X P E D I E N T E FUNERÁRIA SANTA CLARA Serviços funerários, urnas, remoções, tanato, ornamentos, coroas e roupas Avenida Kaled Kozac, 500 - Centro - Fone: (61) 3612-3690 - Cristalina-GO Felizes os que habitam em tua casa, Senhor: aí eles te louvam para sempre. (Salmo 84:4) Promotor de vendas, serviços e planos funerários Sílvio Fone: (61) 8618-4863 PRESIDÊNCIA DA CÂMARA A vitória do vereador Caixeta para presidir a Câmara foi comemorada pela maioria dos oposicionistas. Caixeta aparenta estar rompido com o prefeito Luiz Attié. UNIÃO Muita gente duvidava, mas os sete vereadores que elegeram Caixeta realmente estão unidos. Pelo menos, por enquanto. A derrota, para muitos, foi por falta de habilidade política do pre- feito. Muitos acham que ele deixou para agir muito tarde. PERDEU A OPORTUNIDADE Zemar da Garagem, que foi derrotado por Caixeta, se não tivesse mudado de partido (largou o PTN e foi para o Solidari- edade) provavelmente teria sido eleito. É o que se pôde obser- var ao ouvir o discurso de Marcelo Pezão, ainda filiado ao PTN. CALO GRANDE Rosivaldo Pelota, que combate com veemência a adminis- tração municipal, acha que foi um importante passo para a opo- sição a vitória na Câmara. “O calo vai crescer ainda mais”, disse o vereador, que teve seu carro crivado de balas no mês de novembro. NOVO LÍDER? Depois de atuar como líder do prefeito Luiz Attié durante 2014, Bernardo Fachinello deve passar o bastão para outro ve- reador da Base. Bernardo avalia que cumpriu bem a sua missão em 2014. DIEGO NÃO. JOÃO, SIM O deputado estadual que acaba de ser eleito, Diego Sorgat- to, informa que não será candidato a prefeito de Cristalina, con- forme informação divulgada pelo Jornal Opção, de Goiânia. O deputado afirma, através do mesmo jornal, que o candidato da Base de Marconi Perillo será João Fachinello, atual vice pre- feito. DA BASE, NÃO O empresário Vanderlei da Plantebem, presidente do PSL local, ao ler a notícia disse que Marconi tem compromisso com todos que o apoiaram em Cristalina, não somente com um gru- po. Amigo pessoal do Dr. Célio (federal mais votado no muni- cípio) há vários anos, Vanderlei diz que o deputado federal as- segurou que Marconi tem compromisso com todo o grupo que o apoiou. Inclusive a oposição. Marconi teve 80% dos votos no município. INEGÁVEL Mas não há como negar que João Fachinello só não será o candidato da situação municipal se não quiser. Attié e grande parte do grupo tem compromisso com ele. José Orlando, Se- cretário de Educação, também seria uma alternativa do grupo do prefeito. MULTIPLICAÇÃO DA OPOSIÇÃO Pela oposição surgem os nomes de Marquinho Abrão, Dani- el do Sindicato, Luiz Henrique, Edu Martini, Fred Bastos (do São Sebastião), Castelo Branco, Silton Soares e Vanderlei da Plantebem, dentre outros. RECORDE A votação de Daniel do Sindicato na disputa para deputado estadual foi um recorde em Cristalina. Ele conseguiu 9.619 votos, deixando o segundo colocado, Diego Sorgatto, com mais de sete mil votos atrás. A equipe que trabalhou para ele está empolgada. TAREFA DIFÍCIL Falando em candidatura a prefeito, há um grupo que tenta convencer o empresário Airton Arikita a ir para a disputa. Sem filiação partidária, a tarefa é dificílima, já que Airton tem ou- tros planos para a sua vida. O negócio é aguardar. AGRADECIMENTO José Mário Schreiner, presidente da Faeg e que se candida- tou a deputado federal, agradeceu aos eleitores da cidade em recente visita. “Nós não compramos, nós não recebemos o voto de gratidão por dinheiro. Nós, eu e o Daniel do Sindicato so- mos devedores a Cristalina pelos votos que recebemos espon- taneamente. Muito obrigado,” falou o presidente, que ficou como suplente e poderá assumir uma cadeira na Câmara dos Deputados. AONDE ESTARÃO? Preocupado em cuidar da família e de seus negócios parti- culares, Antonino não se empolga quando é convidado a se candidatar novamente. Há setores da prefeitura, no entanto, que pensam que ele será candidato, pois vivem com picuinha com o ex-prefeito, com uma história de antes e depois nas redes sociais. Baseado nisso tem muita gente que quer saber do de- pois de 2016. Aonde estarão? NO TOPO Cristalinacontinuanotopodaagricultura.Omunicípio,háanos entre os primeiros, hoje é o segundo maior PIBAgrícola do Brasil, de acordo com ranking divulgado pelo IBGE há poucos dias. Os produtores rurais, somente eles, merecem todos os louros por cau- sa da posição de destaque em que Cristalina foi alçada. mareivindicaçãodacomu- nidade é para que haja re- novação na política, com pessoas novas, com modernos métodos de trabalho e que não sejam escravas do sistema que impera em todas as esferas dos poderes. Assim, os apoiadores de Daniel do Sindicato acham que ele é um fato novo na polí- tica local, pois teve a maior vo- tação para vereador em 2012 e agora alcançou uma expressiva votação através de um trabalho simples e direto com o eleitor. “Daniel fez uma campanha modesta, limpa, com equilí- brio e verdade. A sociedade espera é isso de um candida- to, porque sabe que é ilegíti- mo gastar fortuna para ser eleito. Daniel representa reno- vação”, falouVitor Simão, um dos coordenadores da campa- nha, logo após o pleito. Chance real Ouvido pelo Jornal de Cris- talina, Daniel fez questão de lembrar que não mentiu du- rante a campanha. “Trabalhá- vamos com pesquisas sérias e sabíamos que estávamos bri- gando por uma vaga na As- sembleia. Quando falávamos que a chance de ser eleito era real, é porque tínhamos cons- ciência de onde poderíamos chegar”, fala, lembrando que faltaram pouco mais de 1600 votos para que ele pudesse ser eleito. Pensar na cidade Pessoas ligadas a Daniel lembram que os candidatos de fora sempre atrapalham o mu- nicípio. “Os votos que vão para eles, não voltam em for- ma de benefícios para a co- munidade, mas em favores para quem os apóia”, fala Surge a renovação política ajornadaterrenadoserhu- mano, há início, meio e fim.Enodia22denovem- bro, infelizmente, foi escrito o últimocapítulodavidadeLuiz Carlos da Veiga, que foi casa- doSoêmiaBispodaVeiga,tam- bém falecida, por 29 anos. O Tenente Veiga, como era chamado por muitos que ser- viram o Exército com ele, fi- cou internado cerca de 50 dias na UTI do Hospital das For- ças Armadas - HFA, em Bra- sília, por problemas cardía- cos, onde acabou não resistin- do e faleceu. O corpo chegou em Cristalina no mesmo dia e foi velado na Igreja Batista Emanuel até o amanhecer do dia seguinte, quando foi leva- do para Ipameri, sua cidade natal, para ser sepultado, con- forme seu próprio pedido. Os familiares, na pessoa da filha Érica Bispo da Veiga, agradecem a todos que se so- lidarizaram neste momento triste e de muita dor. “E ouvi uma voz do céu, que me dizia: Escreve: Bem- aventurados os mortos que desde agora morrem no Se- nhor. Sim, diz o Espírito, para que descansem dos seus tra- balhos, e as suas obras os si- gam”. Apocalipse 14.13. Descanse em paz, Tenente Veiga Com 9.619 votos obtidos na campanha eleitoral, Daniel se tor- nou protagonista da política cristalinense em 2014 Wilson Marins, que trabalhou diuturnamente durante a cam- panha. “Precisamos aprender a pensar em nossa cidade na hora do voto, porque as opor- tunidades passam e quem per- de é o povo. Qual deputado que vai falar na Assembleia sobre expansão da rede de energia em Cristalina, sobre a falta de água, sobre a falta de investimentos do Estado em nossa cidade? Nenhum, por- que nenhum tem compromis- so com nossa cidade” lamen- ta Wilson. Caminho certo De volta à Câmara, pois Daniel se licenciou no perío- do da candidatura, o vereador diz que seu modo de agir e tra- balhar continuará o mesmo. “A votação que obtivemos mostra que o caminho que escolhemos é o certo. Vamos continuar exercendo o man- dato de vereador com equilí- brio e responsabilidade para ter o respaldo da população”, afirmou. “Quero avisar a todos que continuo à disposição na Câmara, onde tenho meu gabinete e a assessoria para trabalhar. O mandato de ve- reador não é meu, mas de toda a população de Crista- lina” afirmou o vereador, que está feliz pela Justiça não ter autorizado a cobran- ça de alvará das proprieda- des rurais, como a prefeitu- ra queria (veja matéria na página 13). “Essa vitória é do produtor rural cristali- nense, que faz o nosso mu- nicípio crescer em todos os sentidos”, finalizou. U N
  8. 8. JORNAL DE CRISTALINA8 Dezembro de 2014 Imagem Propaganda e Marketing, através de pes IIIII FFFFF OOOOO RRRRR MMMMM EEEEE PPPPP UUUUU BBBBB LLLLL IIIII CCCCC IIIII TTTTT ÁÁÁÁÁ RRRRR IIIII OOOOO Dr.Washington Cleio de Carvalho (advogado) Tanabe Serviços Automotivos Auto Peças do Zito Jornal de Cristalina Chave de Prata Churascaria Rodeio Cristiano Reis Brandão (Engenheiro Civil) Brava Agronegócios Eva Depilação Águia Ambiental Importados Botelho R. C. Construtora Kaká Infantil Prontanálise Dr. Paulo Reis Freire dos Santos (Cirurgião Dentista) Dra. Kátia Alexandre (Cirurgiã Dentista) Capital Fácil ( Banco BMG) Malha Confe Kaly A Rodo Serv e Pe No último dia 16/11/2014, quarta feira, a Imagem Propaganda e Marketing homenageou, p A solenidade foi especialmente elaborada para enaltecer e reconhecer estas empresas e pesso maior, que é a satisfação total do cliente, cada vez mais conectado às diversas opções dispon As empresas destaques foram exemplos para o mercado, atendendo com inovação e criativ A cerimônia, que foi no clube da AABB, onde o glamour e a satisfação foram os tons, con Nesta noite especial, cada empresa destaque recebeu um certificado de consagração públic Confira as empresas, comércios e profissionais liberais que foram destaques em cada ramo Mesa de honra Vista parcial do salão
  9. 9. JORNAL DE CRISTALINA 9Dezembro de 2014 IIIII FFFFF OOOOO RRRRR MMMMM EEEEE PPPPP UUUUU BBBBB LLLLL IIIII CCCCC IIIII TTTTT ÁÁÁÁÁ RRRRR IIIII OOOOO squisa popular, aponta os destaques de Cristalina Avenida Palace Hotel Agril Máquinas e Peças Agrícolas Marcenaria Gomes Banco do Brasil S/A Disk Entrega Gulosão Central Motos Klick Digital Posto Rammal Contabilidade Militão Marmoraria e Ardósia Cristalina Disk Areia Cristalina Torneadora pegoraro Power Som e Iluminação Brava Fitness Irricampo Sistemas de Irrigação Adriana Moreira de Mello (Cabeleireira) Gesso Art Decoração aria e ecções Agon otrem viços eças pelo décimo segundo ano, empresas, comércios e profissionais liberais – destaques da cidade. oas que desafiaram as adversidades e com criatividade, inovação e ética atingiram o objetivo níveis no mercado. vidade. ntou com o privilégio da presença dos homenageados, seus convidados e autoridades. ca que representa a excelência em produtos e serviços nos seus respectivos segmentos. o de atividade: Banda Crystal Brother
  10. 10. JORNAL DE CRISTALINA10 Dezembro de 2014 Câmara prepara inauguração de novo plenário presidente da Câmara Municipal de Cristalina, Marcelo Henrique Vieira Neves, juntamente com todos os vereadores, preparam a inauguração do novo Plenário da Casa. O prédio, por ser mo- derno e confortável, será um marco na história de Cristali- na e servirá de referência para futuras gestões da Câmara, já que os valores utilizados para a construção saíram dos cofres do próprio Poder, fato que mostra que tem como aplicar os recursos com eficiência e transparência. O nome do plenário será uma homenagem ao ex-prefei- to Fritz Mohn, que por vários anos foi vereador e presidente da Câmara, além de ter ocu- pado o cargo de vice-prefeito municipal e ter trabalhado no Fórum como servidor do Tri- bunal de Justiça do Estado de Goiás. Em dois outros espaços ainda serão homenageados os saudosos vereadores Walter Pereira dos Santos (Waltinho do Táxi) e Joaquim Ribeiro de Faria (Joaquim Abrão). Quem passa pelo local ob- serva que o prédio já está pron- to e que faltam poucos deta- lhes para finalizar a obra. As poltronas já foram colocadas, o sistema de som já foi testa- do e tudo que é preciso para o pleno funcionamento está sen- do preparado para que não fi- que nada para trás. O evento acontecerá no dia 19 de dezembro, às 19 horas, oportunidade em que será re- alizada a Sessão Solene de outorga deTítulos Honoríficos de Cidadão Cristalinense e entrega da Comenda do Méri- to Legislativo Regis Luiz Ba- richello. O
  11. 11. JORNAL DE CRISTALINA 11Dezembro de 2014 á cerca de dois anos, na edição de outubro de 2012, o Jornal de Crista- lina fez uma reportagem em que abordava a chegada da era dos grandes edifícios no mu- nicípio, já que estavam sendo edificados seis belíssimos prédios, os residenciais Dona Deja, Pedras Cristalinas, Flo- rença e Artemis, construções verticais para inovar o futuro da cidade, em termos de in- vestimentos e empreendimen- tos de grande porte. Desde a construção do Edi- fício Cristal Park, construído pela família Figueiredo, no final da década de 1990, que Cristalina experimenta uma transformação arquitetônica e estrutural em suas edifica- ções. A construção do referi- do prédio, marco na história de Cristalina, foi o chamariz para que viessem outras gran- des construções e impulsio- nasse o mercado imobiliário, o qual se tornou um grande segmento da economia do município, ofertando empre- gos, gerando renda e oportu- nidade para diversos profissi- onais liberais e autônomos. Atualmente, com os resi- denciais já caminhando para a fase de conclusão, o que se percebe é que, chegam com força total os loteamentos e os condomínios horizontais, que são tendências de todo o mer- cado imobiliário nacional. E é importante salientar que essa tendência já está sendo acompanhada pelos melhores profissionais do ramo na ci- dade de Cristalina, como a Marcelo Imóveis, que é um grande exemplo de profissio- nais que acompanham essas tendências, pois prezam para o seu cliente final empreen- dimentos com conforto, segu- rança, sustentabilidade e mui- to lazer, já que hoje o cliente está cada vez mais exigente com a qualidade de vida, o que é excelente para a cidade e toda a população. Empreendedores que acreditam em Cristalina O produtor rural Henrique Gonzatti, pertencente a uma família que está ra- dicada em Cristali- na há vários anos, é exemplo vivo de que, com dinamis- mo e ousadia, é possível inovar. No leque de opor- tunidades ele en- xergou que o ramo imobiliário seria um bom segmento para investir e pro- jetou o condomí- nio Pedras Crista- linas, um conjunto de três prédios que totaliza 60 aparta- mentos e que em breve lançará o primeiro prédio comercial, com ar- quitetura inovado- ra, o empreendi- mento já tem nome de primeiro mundo Dubai Bu- siness Center. “Grande em- presário e empreendedor, os prédios da Construtora e In- corporadora Gonzatti, mos- tram uma qualidade inovado- ra no seu empreendimento, todo o acabamento é em alto padrão”, observa o proprietá- rio da Marcelo Felipe, propri- etário da Marcelo Imóveis. Dentre os empreendimen- Há poucos dias Marcelo Felipe recebeu em sua residência para uma confraternização os amigos e investidores Flávio Mendes (corretor de cereais e proprietário do Condomínio Beira Rio), João Alceu (empresário), César Rosa (Executivo da Velho Barreiro e investidor no Loteamento Go- mes da Frota), Rafael Lawson (Executivo da empresa Sementes Aliança), Jelson Bedin (empre- sário e executivo do ramo de agronegócios) e FábioAmorim (empresário e proprietário Residen- cial Dona Deja e Loteamento Gomes da Frota) Pedras Cristalinas é um aconchegante conjunto de três prédios com 20 apartamentos cada um As inovações imobiliárias em Cristalina reforçam tendências do mercado nacional do pela fidelidade com os cli- entes ao oferecer o melhor do ramo. A D’Paula e Amorim também está com projetos de loteamento na cidade para tra- zer opções de escolha com in- fraestrutura. “Além de parcei- ros e amigos, os diretores da Construtora D’Paula e Amo- rim são grandes empresários e acreditam em nossa cida- de. fazer parte das vendas dos empreendimentos é uma hon- ra para a Marcelo Imóveis”, salienta Marcelo. Na longa conversa que teve com o Jornal de Cristalina, Marcelo Felipe, proprietário comentou das novidades imo- biliárias que acontecerão em Cristalina nos próximos anos. “Além dessas construções, já tem outras que estão vindo com projetos ousados e inova- dores. Cristalina não vai parar de crescer, porque aqui tem empresários que acreditam no município e a cidade se tornou um grande atrativo para o mer- cado nacional e a Marcelo Imóveis está a disposição para participar dessas inovações com os empreendedores da ci- dade e auxiliar os investido- res de fora, que querem conhe- cer e investir em Cristalina.” finalizou o consultor executi- vo de vendas, que acompanha as tendências de comercializa- ção nas áreas rural e urbana. H tos de Cristalina outro que merece destaque é o Residen- cial Dona Deja, projetado e executado pela Construtora D’Paula eAmorim, de propri- edade dos primos FábioAmo- rim e Thiago Silva. O empre- endimento é de alto padrão e com visão para atender os mais exigentes clientes, com acabamento de primeira qua- lidade e a construtora prezan- Residencial Dona Deja será entregue em meados do ano que vem
  12. 12. JORNAL DE CRISTALINA12 Dezembro de 2014 o ano de 1984, há 30 anos, portanto, chegava a Cris- talina o senhor Eduardo Freitag oriundo da cidade de Ijuí, no Rio Grande do Sul. Nascido em 22 de novembro de 1921, ele viu seu pai Leo- nardo Freitag, um russo que veio para o Brasil aos 12 anos de idade, falecer com apenas 40 anos. “Continuamos a vida, porque não podíamos parar”, fala o simpático ancião, fre- quentador assíduo da Igreja Luterana e que cultiva hábitos com muita disciplina. Perguntado sobre o segre- do da longevidade ele não ristalina já foi celeiro de craques. Muita gente jo- gou um bolão, como os atletas dessa foto, que forma- ram um dos melhores times do Cristalina Atlético Clube (CAC) de todos os tempos, no início dos anos 1980. A equi- pe praticava o futebol arte, de professora Cristina Frei- re ganhou mais um prê- mio (o segundo) em ní- vel nacional ao participar do projeto Sustentabilidade: Moda ou Necessidade? O projeto, de iniciativa do Mi- nistério da Educação, foi desenvolvido com 28 alunos do “4º ano A do Ensino Fun- damental”, da Escola Profes- sora Sumaia Salles Cozac. Com ações programadas semanalmente como leitura, uso da internet, observação da natureza, coleta de fotografi- as, aulas passeio, entrevistas, filmes, documentários e ofi- cinas de reutilização e recicla- gem, dentre outras, o envol- vimento dos alunos com o tema fez com que a professo- eitor Costa Silva, oito anos, tem gosto apurado para o futebol. Torcedor do Flamengo e com o sonho da maioria das crianças que gostam do esporte, o de po- der jogar no Barcelona de Messi e Neymar, o filho de João Vieira de Abreu e Cely hesita em responder: “É uma graça de Deus. Essa é a expli- cação”. - E comer carne, o que o senhor acha? “Sempre gos- tei de comer carne. Acho que não faz mal”, responde, dan- do uma boa e sincera garga- lhada. Acostumado a viver so- mente em colônias, trabalhan- do com o “sistema bruto” da agricultura e da pecuária des- de a infância, ele passaria a viver um novo tempo em sua vida ao chegar no município. “Vim atraído pelo convite do amigo Herbet Lausmann, que já habitava em Cristalina e me Mais um prêmio para Cristina UM EXEMPLO A SER SEGUIDO deu boas referências”, conta ele, que hoje mora no Jardim Planalto ao lado da esposa Florentina. De memória extraordinária, seu Eduardo é capaz de contar muitashistóriasporelevividas, já que o Rio Grande sempre esteve nas páginas centrais da história do Brasil. Ele fala de casostestemunhadosjuntocom sua família durante as “revolu- ções” de 1930 e 1964. “Vimos muitas coisas boas e também ruinsduranteanossavida,mas passamos por todas elas com o mesmoequilíbrio,sabendoque a tristeza de hoje se transforma na alegria de amanhã”, ensina o sábio senhor. Mesmo aos 93 anos, seu Eduardo gosta de cumprir seus deveres e obrigações. Dessa forma, no dia das elei- ções, em outubro, ele fez questão de votar. “Tenho res- ponsabilidade para com a mi- nha consciência e com o meu País”, falou, ao votar no pri- meiro turno. Homem simpático e de prosa agradabilíssima, seu Eduardo é daquelas pessoas que chegaram a Cristalina para somar e dar a sua parce- la de contribuição para o de- senvolvimento e o progresso do município, além de eno- brecer a sociedade e motivar os amigos com seu exemplar modo de viver sadio e sua sau- dável convivência. om a participação de atle- tas brasileiros e estran- geiros, tanto profissio- nais como amadores, foi rea- lizada no último dia 7 de de- zembro a XVI Volta Interna- cional da Pampulha, em Belo Horizonte. A corrida de rua, em torno da orla da Lagoa da Pampulha, temumpercursode18kilôme- tros e atraiu milhares de corre- dores, dentre os quais três de Cristalina: Fernando Silva, 38 anos;ÊnioPereiradaRocha,33 anos e Marcos José Alves, de 36anos.Otriocristalinensenão fezfeio,poisconseguiufazero percurso sem maiores proble- mas. JoséAlves foi o que obte- ve a melhor colocação, alcan- çando o 95º lugar. Os três tem gosto pela corrida, treinam praticamen- te todos os dias, cuidam da alimentação e sentem prazer com o esporte. “Comecei há alguns anos para perder peso e depois fui gostando e hoje não consigo ficar sem cor- rer” conta Fernando. “É um momento de alívio, de per- der o stress. Correr é uma excelente terapia”, comple- menta o atleta. Para ir à capital mineira, eles contaram com a cola- boração de empresas, vere- adores e vários amigos. “Agradecemos a todos que nos patrocinaram, porque sem eles não teríamos ido representar nossa cidade com tanto orgulho”, agrade- ceu Fernando. encher os olhos. A escalação era Maurício, Ivo, Carlinhos Monteiro, Gilmar Gomes, Je- anir, Debemur e Edmilson, que aparecem em pé. Clever- son, Clayton, Itamar, Milsi- nho, Gilmar Coleto e João Cuia completavam o inesque- cível time. Machado da Costa é aluno assíduo do CTC do Clayton. Os pais, logicamente, dão total apoio para o filho, de quem têm muito orgulho e o incentivam, chamando o pe- queno atleta pelo nome do craque argentino: Lionel Messi. ra Cristina alcançasse êxito e representasse a Escola e a ci- dade na entrega do prêmio, que teve quase sete mil ins- crições de todo o Brasil e con- templou apenas 40. Dentre os quais, Cristina, para alegria dela, da família, dos amigos, dos alunos e da escola. A premiação ocorreu na ci- dade de São Paulo, com a pre- sença do Ministro da Educa- ção Henrique, Paim, do pre- feito da capital, Fernando Hadad e diversas autoridades dos municípios que tiveram projetos contemplados. De Cristalina a diretora da esco- la, Kelly de Oliveira, marcou presença nesse importante momento para a educação do município. Os jovens do futebol arte O pequeno craque Cristina divide o prêmio com colegas de trabalho, com os alu- nos e com toda a comunidade cristalinense Atletas de Cristalina na XVI Volta da Pampulha Aos 93 anos, seu Eduardo goza de boa saúde e excelente memória Fernando, Ênio e José Alves exibem as medalhas que ganha- ram na Volta da Pampulha N C C H A
  13. 13. JORNAL DE CRISTALINA 13Dezembro de 2014 COLTRANSSERVIÇOS DE COLHEITA E TRANSPORTE DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS Escritório (61) 3612-6879 VIVO (61) 9626-8127 Motorista Sandro OI (61) 8502-9902 VIVO (61) 9685-0747 Moacir Schiochet OI (61) 8641-8950 VIVO (61) 9939-0049 Caminhão Prancha: Volvo FH 12 380, prancha 4 coxos, 3 eixos para transportes de plataforma até 30 pésCase 2799 ano 2014, com plataforma de soja e milho Bispo Moisés Camargos, vereador Luiz Henrique, José Mário e Daniel do Sin- dicato presentes no evento promovido pela Faeg e Sindicato Rural em só de chuva e frio viveu a po- pulação de Cristalina no sábado (6/12). Além da garoa e do frio, que chegou aos 15 graus, quem esteve na cidade, pode contar com diversos atendimentos gratuitos nas áreas da saúde, cidadania e lazer oferecidos du- rante o programa Faeg Senar emAção realizado no Colégio Estadual Olga Aguiar Mohn. A ação é realizada pelo Serviço Nacional deAprendizagem Rural (Se- nar) de Goiás em parceria com a Fe- deração da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg). O Sindicato Rural de Cristalina, a Faculdade Central de Cristalina (Facec) e a Igreja Evangéli- ca Jesus é o Senhor também foram parceiros nesta edição do evento. De forma gratuita, profissionais e voluntáriosprestaramserviçosemgine- cologia, pediatria, dermatologia, oftal- mologia,psicologiaenutrição.Também foram realizados exames preventivos paramulheres,PSAparahomens,testes de glicemia, aferição de pressão arteri- al, cálculo de IMC, palestras sobre saú- debucal,cortedecabelo,alémdeorien- tações jurídicas e cadastros de CPF. Parcerias José Mário Schreiner, presidente do Conselho Administrativo do Senar Goiás, agradeceu as parcerias e elo- giou atuação dos voluntários. “Sozi- nhos, até andamos mais rápido, mas não vamos longe. Quando encontra- mos parceiros, juntos, vamos muito mais longe. Nos deixa muito felizes ver que no final de 2014, quando muita gente já está preocupada em fazer sua própria festa de Natal, esse grupo todo está aqui, trabalhando numa ação so- cial que trouxe atendimento médico, Sindicato Rural de Cristalina en- trou com ação na Justiça para im- pedir que a administração muni- cipal cobrasse alvará de funcionamen- to e vigilância sanitária de fazendas e produtores rurais. A ação foi impetra- da através do escritório Eliane Leonel de Campos e Advogados Associados. A Juíza da ação concedeu decisão liminar para impedir que a Prefeitura de Cristalina notificasse e cobrasse os alvarás das propriedades rurais até o julgamento final do processo. Após notificado, o Município re- correu da decisão, todavia o Tribunal de Justiça de Goiás não concedeu efei- to suspensivo da decisão proferida pelo Judiciário de Cristalina. Assim, a Prefeitura continua impedida de notificar e cobrar alvarás de licença para funcionamento e vigilância sa- nitária das fazendas de produção ru- ral no Município. O vereador Daniel do Sindicato, que é secretário executivo do Sindi- cato Rural, comemorou a vitória, mesmo que ainda parcial. “Temos que trabalhar em todas as frentes para que os produtores rurais não sofram mais essa agressão por parte do Mu- nicípio. O cidadão cristalinense pre- cisa é de benefícios em todas as áre- as, não de mais impostos e taxas”, falou o vereador, ao afirmar mais uma vez que é contra a criação de qualquer tipo de impostos. Como vereador e Secretário Executi- vo do Sindicato, Daniel é intransigente na luta contra novos impostos e taxas Justiça proíbe cobrança de alvarás de fazendas cidadania e, muitas vezes, até um sor- riso mais feliz no rosto de quem rece- be o atendimento”, declarou. EleniceTomé de Sousa compareceu ao Faeg Senar em Ação em busca de atendimentos em oftalmologia e pedi- atria. A produtora rural e seus cinco filhos Ana Caroline, Ana Paula, Feli- pe, Ana Júlia e Ezequiel percorreram os 48 quilômetros de sua propriedade até a cidade em ônibus oferecido pela organização do evento para receber atendimento. “A gente que mora na roça depende muito desse tipo de ação. Inclusive, chegou em boa hora porque o Ezequiel está doentinho há três dias, com gripe forte e garganta infecciona- da”, informou. O presidente do Sindicato Rural de Cristalina,Alécio Maróstica, destacou a importância das parcerias na reali- zação de trabalhos não só em prol das questões do campo, como também da comunidade toda. “Vamos estar sem- pre presentes, não só atuando junto aos produtores rurais, mas junto da socie- dade de Cristalina. Para isso, temos essa parceria com a Faeg, o Senar e o José Mário”, defendeu. Na ocasião, também foram entre- gues certificados a participantes de cursos do Senar e apresentados traba- lhos de estudantes da Apae Cristalina, inscritos cativos do ProgramaAgrinho. Entre as autoridades municipais, com- pareceram ainda os vereadores Daniel do Sindicato e Luiz Henrique, o bispo Moisés Camargos, a diretora da Facec, Ivone Maria Clareano, a diretora da Apae, Maria Cristina Maróstica, a re- presentante do Colégio Maria Montes- sori, Lívia MariaAsques e o empresá- rio Vandelei Benatti (da Plantebem). Balanço Do total de 1.218 atendimentos fei- tos no dia, 344 foram em oftalmologia e 111 em dermatologia. Na ocasião, 33 crianças foram atendidas por pediatra, 65 pessoas por clínico geral, 152 pes- soas realizaram teste de glicemia, 143 realizaram aferição de pressão arteri- al, 91 calcularam o índice de massa corpórea (IMC), 62 homens coletaram sangue para o exame PSA, e 14 mu- lheres, para o preventivo. Entre os di- ferenciais desta edição estiveram aten- dimentos em psicologia e orientações jurídicas. Faeg Senar em Ação atrai comunidade Elenice Tomé de Sousa levou o bebê Ezequiel e seus outros quatro filhos para atendimento Foto: Fredox Carvalho N O Rod. BR-040 - Km 102 - Setor Belvedere - Sala 02 - Anexo Posto JK - Cristalina-GO
  14. 14. JORNAL DE CRISTALINA14 Dezembro de 2014 GENTE QUE BRILHA RUA MINAS GERAIS, 1030 Rua J. J. Taveira, esquina com 7 de Setembro Carolina e Natália, proprietárias da loja Rosa e Choque celebram a parceria firmada com a Malwee, marca nacionalmente conhecida por seus variados produtos de qualidade. Uma equipe de representantes da regional veio prestigiar a fidelização da Rosa e Choque com a Malwee e também garantir os melhores preços e as melhores condições para todos os gostos e todas as idades. Vale conferir antes do Natal. O comandante da PM local, Major Efigênio, e o vice- prefeito de Cristalina, João Fachinello comemoram os novos investimentos em segurança no segundo se- mestre, como a nova sede da PM e a chegada de 12 viaturas novas. Ao lado do primo Sérgio, o popular Maurão em momento de alegria e celebração em sua casa, na Cristalina Velha. O empresário Flávio Damm, do Grupo Realiza, com vasta experiência no setor bancário, traz para Crista- lina a maior corretora de seguros do País, a Segural- ta. Dinâmico e competente, o consultor de seguros convida a todos para conhecerem este espaço feito para garantir segurança e tranquilidade. O escritório fica na Avenida Kaled Kozac. Anézio Ribeiro (com a esposa Edny) e Dr. Alexandre Kitice (com a esposa Cláu- dia), com 30 anos de atividade maçônica cada um, foram con- decorados recente- mente com o título de Grande Benemérito da Ordem, na Acá- cia Cristalinense. A esposa do venerável MarcosAurélio, La- rúbia Peixoto, aju- dou a fazer as honras da casa. O pequeno Luiz Otávio, preciosidade da mamãe Malva Lúcia Caixeta, comemorou mais uma primavera no dia 4 de dezembro.

×