Folhaportugal334

760 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
760
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
37
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Folhaportugal334

  1. 1. Diretor: João Filipe Jornal de distribuição gratuita Nº 334 De 16 a 22 de maio SEMPRE de 2010 AO SEU EDIÇÃO NACIONAL LADO 50.000 E X E M P L A R E S folhadeportugal.pt CRECHES Só 130 das 441 previstas pelo Governo desde 2006 foram construídas TRIUNFAR SOCIEDADE...PÁG. 10 Em Portugal, a discriminação salarial ainda continua a ser uma realidade, mesmo entre pessoas que desempenham as mesmas funções. Apesar de as mentalidades terem vindo a evoluir ao longo dos últimos anos, a luta pela igualdade de oportunidades e de direitos ainda continua a fazer parte do quotidiano do sexo feminino T C ... . 06/07 EMA APA PÁGS FOTO: D.R. ADIAR Feriados, pontes, tolerâncias de ponto... DECISÕES Se costuma usar expressões como "amanhã trato disto", tome nota: pode ser doença! O SEU CORPO...PÁG. 14 1 DIA As perdas por dia de FOTO: EPA/TRANSOCEAN HANDOUT paragem em Portugal estão quantificadas. Os especialistas afirmam que MARÉ DA o momento de crise não é TRAGÉDIA o ideal para tolerâncias Milhões gastos diariamente e tentativas de ponto falhadas de contenção condenam o Planeta REPORTAGEM ESPECIAL...PÁG. 12 FOTO: LUSA/ESTELA SILVA ASSUNTO POLÉMICO...PÁG. 08 PUB
  2. 2. 2| DOMINGO 16 • MAI0 • 2010 opinião EDITORIAL JOÃO FILIPE Diretor Foto da Semana Guerra dos sexos! CAFÉ INIMIGO DA DEPRESSÃO A cafeína poderá vir a servir para tratar A s diferenças entre homens e mulheres é hoje menor, mas ainda existem grandes discrepâncias, principalmente no que aos salários diz respeito. Mas, nota-se que as mulheres têm vindo a ganhar as doenças do humor, particularmente as depressões, consideradas um dos mais graves problemas de saúde das sociedades atuais, afetando uma em cada quatro terreno no panorama laboral, empresarial e político, contudo, ainda se pessoas. Um grupo de investigadores do Centro de Neurociências e Biologia Celular de notam muitas e grandes disparidades. Coimbra declara ter aberto uma nova linha A Assembleia da República criou uma norma chamada de de investigação centralizada nas doenças Paridade, que “obriga” os partidos a ter mais mulheres em lugares do humor, no seguimento dos seus estudos com café para o tratamento de doenças do elegíveis, mas muitos colocam mulheres nas listas, mas em cérebro. “Fizemos estudos em animais para lugares não elegíveis, o que tem vindo a causar muita polémica. estabelecer um modelo de depressão por imposição de situações de stress crónico Também se suspeita que muitas são eleitas e depois renunciam e repetido em modelos animais e foi com ao cargo de deputadas em favor de deputados homens, mas isto surpresa que observámos que os animais que não passam de suspeitas. consomem cafeína parecem tolerar de modo muito mais eficaz estas modificações de Eu, particularmente, sou contra a Lei da Paridade, mas humor”, adiantou o coordenador. compreendo-a. Uma pessoa deve ser convidada para um cargo político, de gestão ou simplesmente de trabalho, pela competência e não pelo género, mas as diferenças notam-se logo numa simples entrevista de emprego, pois a um homem não se pergunta se quer ter mais filhos, mas, normalmente, é uma pergunta da praxe, se for uma candidata. Surge-me uma pergunta: Quem é mais competente, homens ou mulheres? A resposta não é Quem fácil de dar, pois cada caso é um é mais caso e deve ser visto à luz das competente, circunstâncias de cada pessoa. homens ou Todos conhecemos homens muito mulheres? competentes e homens muito incompetentes, mas também conhecemos mulheres competentes e outras que não o são. Trabalhar com homens tem algumas vantagens e algumas desvantagens. A vantagem é que, normalmente, são menos FOTO: LUSA/PAULO NOVAIS conflituosos, mais racionais que emocionais, mas, também, mais dispersivos, com discussões sobre futebol, mulheres ou carros. Trabalhar com mulheres também apresenta vantagens e desvantagens. Como vantagem pode-se considerar a sua capacidade organizativa, o seu lado multifacetado e maior concentração no trabalho. Todavia, como desvantagens pode- -se contar que são conflituosas entre si e muito mais emocionais, como é razoável salientar para ambos os casos citados existem exceções, felizmente. Mas, o mais importante de tudo é saber que não se deve encarar este facto com uma guerra, mas sim como cada um ter o seu espaço e tentar conquistá-lo pelas capacidades que possui, mas, acima de tudo, mostrar um respeito tanto homens por mulhe- res, como vice-versa. Tenha uma boa leitura! Leia a opinião do Bispo EDIR MACEDO na página 3i, do caderno Folha Centro de Ajuda ACORDO ORTOGRÁFICO: Informamos os nossos leitores de que já começámos a aplicar algumas das alterações do Novo Acordo Ortográfico. Folha de Portugal: Alameda D. Afonso Henriques, nº 35 (antigo cinema Império) 1000-123 Lisboa Tel: 210 300 973/77/78 Fax: 210 300 999 Diretor: João Filipe direccao@folhadeportugal.pt Editor: IURD Redação: Carla Vaz, Nilza Vaz, Isabel Barbosa Paginação: Carlos Paredes, Eliane Rosa FOLHA DE PORTUGAL Título registado no ERC com o nº 125046 Propriedade: IURD Correio do Leitor: Sede administrativa: Praceta Professor Francisco Gentil, nº3 - Póvoa de Santo Adrião - Lisboa NIPC: 592001679 online@folhadeportugal.pt Publicidade: Periodicidade: Semanal Impressão: Rafik Comunicação e Imagem Unipessoal, Lda. - Sítio da Bemposta, nº 1, 1A, 1B. publicidade@folhadeportugal.pt Longo da Vila - Mafra Tiragem: 50 000 exemplares Distribuição: Gratuita Circulação: Portugal Continental e Ilhas A FOLHA DE PORTUGAL NÃO SE RESPONSABILIZA NEM PELAS INFORMAÇÕES CONTIDAS NAS CARTAS DOS LEITORES, POIS ELAS NÃO EMITEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO JORNAL, NEM PELA AUTENTICIDADE DOS ANÚNCIOS PUBLICADOS
  3. 3. entrevista DOMINGO 16 • MAIO • 2010 |3 10 PERGUNTAS a MARTA CRAWFORD “É MUITO IMPORTANTE CONSEGUIR COMUNICAR” VIVER O SEXO EM PLENITUDE PODE PARECER REDUNDÂNCIA, NUM PAÍS ONDE AINDA EXISTEM MUITOS TABUS. PARA O BEM-ESTAR NUMA RELAÇÃO, ONDE A IDADE NÃO TEM PRAZO DE VALIDADE, O SEGREDO PASSA POR SE ESTAR ATENTO AO OUTRO ROSA TEIXEIRA DA SILVA que consigam comunicar, dizer o que não está (Cedida por revista Plenitude) bem, ser verdadeiros. Depois, a relação deve ser criativa, pois as rotinas são destruidoras. É preciso É licenciada em Psicologia, conversar, criar incentivos. Pequenas mensagens – área de Clínica, pelo seja pelo telemóvel, pela Internet – são uma forma Instituto Superior de de alimentar o espírito em termos fantasiosos e Psicologia Aplicada eróticos. e Especializada em Sexologia Clínica pela Universidade Lusófona 7 – A área afetiva e sexual tem de de Humanidades e Tecnologia. ser cultivada como todas as outras... É também terapeuta Sexual/ Sim, passa muito pela comunicação. Há quem Sexóloga acreditada pela Sociedade pense que os problemas se resolvem com o tempo e Portuguesa de Sexologia Clínica e há as que têm um papel ativo e procuram ajuda. Terapeuta Familiar acreditada pela Às vezes é preciso muito pouco para o casal voltar Sociedade Portuguesa de Terapia a reatar, encontrar o espaço e desmistificar ideias Familiar. que se foram criando devido a várias coisas da Apresentou o programa televisivo vida. “AB Sexo”, na TVI, colaborou na rubrica de psicologia no programa 8 – Numa relação é importante “Factor M”, em 2007, e apresentou o cada pessoa ter o seu próprio Programa “Aqui há Sexo”, na TVI24, espaço? em 2009. É cronista na revista “Lux É muito saudável. O facto de terem um espaço Woman” e no “Jornal i”. Publicou o só seu não é uma agressão para o outro. Tem de seu primeiro livro “Sexo sem tabus”, haver espaço para se desejarem. Estar um ao lado em 2006, e “Viver o sexo com prazer do outro é diferente de estar um com o outro. – Guia da sexualidade feminina”, em 2008. Participa regularmente em 9 – Que tabus são necessários debates, conferências, tertúlias, desmistificar para que se viva o sexo formações para empresas e com prazer e bem-estar? FOTO: D.R. programas televisivos. Um deles relaciona-se com a questão da sexualidade estar centrada na questão do coito. É um contra-senso e limita o relacionamento entre duas pessoas. Vejamos: um homem com 1 – O que é o sexo? relacionais. Se eu sinto que o meu parceiro não partir para o sexo. O homem, se calhar, começa uma certa idade, se não tiver uma ereção, não Depende do entendimento de cada pessoa. está presente nas coisas importantes da minha pelo sexo para sentir que a relação está bem. pode ter uma relação sexual? Se tiver vontade, há Pegando na explicação da Organização Mundial vida, não é companheiro, não é carinhoso, não mecanismos e formas de ter prazer. E se o homem de Saúde (OMS), é entendido pela comunhão lhe vou dar o sexo como presente. Para além 6 – Que conselho dá a um casal, tem uma ejaculação precoce, acabou-se a relação? entre as pessoas, a partilha de um bem-estar que de não ter vontade é uma espécie de pequeno que está junto há muito tempo, para E a parceira? nos dá um equilíbrio em todas as outras áreas da poder. Há pessoas que dizem que parece uma manter uma boa relação? vida. vingançazinha. Mas, se não nos sentimos 10 – Desde o programa televisivo As pessoas investem no início e vão perdendo alimentados num determinado contexto, não a capacidade de investir ao longo da vida. “AB Sexo” e da publicação dos 2 – Com o avançar da relação dá-se temos tanta disponibilidade para dar ao outro. livros “Viver o sexo menos atenção aos preliminares? HÁ QUEM PENSE QUE OS com prazer” e “Sexo Não temos tempo, estamos cansados, a relação 4 – O mesmo acontece em relação sem tabus”, sentiu não dá tanto prazer... Efetivamente, vejo que as aos homens? PROBLEMAS SE RESOLVEM COM O que contribuiu para pessoas não têm tempo. Muitos casais vêm ao Há um grande tabu ao pensar-se que o homem TEMPO E HÁ AS QUE TÊM UM PAPEL desmistificar algumas consultório, dizem que está tudo bem mas que quer sempre sexo. A ideia de que o homem prefere das questões de o sexo vai mal. o sexo a uma relação de bem-estar é um mito. ATIVO E PROCURAM AJUDA âmbito sexual? Tenho um feed-back 3 – Se deixarem de ter cumplicidade 5 – E a mulher? Muitas vezes, não há espaço mental para se positivo, quase de agradecimento, por falar de o sexo entra em declínio? A mulher gosta de ter um contexto favorável – dedicar ao outro; chega a um ponto em que uma forma direta, sem preconceitos. Se isso fez O sexo não sobrevive às insatisfações sentir-se respeitada, acarinhada, atraente – para as pessoas se afastam muito. É importante mudar muita coisa não sei.
  4. 4. 4| DOMINGO 16 • MAIO • 2010 SETE DIAS 750 MIL MILHÕES PARA aconteceu ESTABILIZAR A MOEDA ÚNICA Metade dos doentes OPERADOS SEM Os países da União Europeia tomaram a deci- são de criar um novo mecanismo num valor de até 750 mil milhões de euros, a fim de impedir que a crise da dívida grega corrompa as outras economias e de proteger a moeda única dos ataques especula- tivos dos mercados financeiros. Este mecanismo se- FOTO: D.R. SEREM INTERNADOS rá criado com 60 mil milhões de euros supridos pela A meta dos 50% já foi atingida em 2009 e os Comissão Europeia a partir do orçamento comunitário, em conjunto com 440 mil milhões de garantias sobre empréstimos a contrair no mercado pelos mem- responsáveis lutam agora para alcançar os 60% bros da zona euro e entre 220 a 250 mil milhões do FMI. Uma em cada duas total das cirurgias no cirurgias efetuadas no País; em 2007, foi criada a ESTADO DEVE AJUDAR MAIS AS FAMÍLIAS ano passado foram feitas Comissão Nacional para Para o presidente reeleito da Associação de em ambulatório, tendo o o Desenvolvimento da Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo, doente regressado a casa Cirurgia do Ambulatório, João Alvarenga, o Estado deveria apoiar as famílias que têm em menos de 23 horas, que definiu um conjunto filhos a estudar no ensino particular e cooperativo. “Felizmente, os hospitais aumentado de medidas e investimentos as escolas privadas continuam com elevada procura, mas os a sua produtividade e necessários para atingir, em encarregados de educação estão a duplicar esforços para FOTO: LUSA/JOÃO RELVAS diminuído as listas de 2009, uma taxa de 50%. FOTO: D.R. conseguir pagá-las. A crise não está nos colégios, mas nas famílias que não espera. Em apenas dois Meta que foi alcançada a desistem de ter os filhos no privado”, alertou. É por essa razão que a AEEP anos, Portugal colou-se 31 de dezembro do ano defende que o Estado deveria apoiar mais as famílias com filhos no privado, pois aos países europeus mais adiantados passado, tendo 213.892 doentes se o fizer ficar-lhe-á “muito mais barato do que se essas crianças mudarem para a nível de cirurgia de ambulatório. sido operados em ambulatório e a escola pública” porque aí o Estado terá que financiar a criança na totalidade. Em 2006, estas intervenções outros 218.289 sujeitos a cirurgias rápidas representavam 17% do convencionais. MAIS DE De acordo com os dados da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos, atualmente, os consumidores domésticos de eletricidade em Portugal pagam mais em subsídios do SUBSÍDIOS que em energia elétrica. Por cada euro pago na fatura elétrica de cada um dos cinco milhões de consumidores domésticos, 31 cêntimos são para pagar a energia consumida e o seu forne- DO QUE DE cimento, 27 cêntimos para o uso de redes e gestão do sistema e 42 cêntimos ajudam a custear um total crescente de subsídios a diversas entidades. Subsídios estes que são decididos pelo ELETRICIDADE Governo, sendo um grupo nitidamente determinado por via da regulação do setor. FOTO: D.R. PUB
  5. 5. sete dias DOMINGO 16 • MAIO • 2010 |5 Aumento da tecnologia nologia CARGA FOTO: D.R. Android FISCAL FOTO: EPA/MIGUEL A- LOPES ultrapassa O primeiro ministro, José Sócrates, avançou que a nova meta do Governo para o défice em 2011 é agora de 4,6 por cento iPhone O sistema operativo da Apple limita- -se às várias versões do iPhone e é O primeiro ministro, José de 1,5% a partir do 4º escalão; e cargos políticos e de gestores comercializado pela AT&T, o Android Sócrates, apresentou o sobretaxa de 2,5% no IRC para públicos. está disponível em vários telemóveis “conjunto de medidas adicionais empresas com lucros tributáveis José Sócrates lembrou ao PEC” aprovado em Conselho acima dos 2 milhões de euros. que os portugueses têm que O sistema operativo do iPhone, da Apple, caiu para o de Ministros. Aumento de todas O Governo aprovou ainda compreender que Portugal tem terceiro lugar do ranking de smartphones nos EUA. Foi as taxas do IVA em 1%; sobretaxa a redução em 5 por cento das “apenas seis meses pela frente ultrapassado pelo Android, da Google, a nova grande rival de 1% até ao 3º escalão de IRS e remunerações de titulares de para reduzir o défice orçamental”. da Apple que tem uma política comercial mais agressiva e abrangente, associando-se a vários fabricantes e USF NÃO TRAVA companhias de telecomunicações. O Research In Motion, dos telemóveis Blackberry, permanece na liderança. De acordo com a empresa de estudos de mercado NPD SUBIDA DE Group, no primeiro trimestre do ano a Blackberry tinha uma quota de mercado de 36%. A Apple caiu para o FOTO: LUSA/MANUEL DE ALMEIDA URGÊNCIAS terceiro posto, com 21%, devido ao crescimento dos telemóveis com funcionalidades de computador que possuem sistema operativo da Google, os preferidos de 28% dos consumidores. Os números não incluem as A criação de unidades Os resultados constam de vendas relacionadas com contratos empresariais. de saúde familiares um estudo, desenvolvido (USF), a aposta do Governo pela radiologista Alexandra PUB para melhorar os cuidados de Cerqueira. saúde primários e aliviar os O estudo tem por base os hospitais, teve pouco impacto dados brutos das urgências, USF: Estudo revela que as unidades de saúde na diminuição do número de ou seja, não distingue as familiar não diminuíram urgências. Muitos hospitais urgências hospitalares. que são verdadeiramente têm mais afluência Cerca de 40% de um total urgentes das que não deviam de 54 hospitais registaram estar a ser recebidas nos quatro no Norte e cinco na subidas da afluência nos hospitais. Segundo os dados, ARS Centro. Houve ainda últimos três anos, apesar dez unidades hospitalares dois hospitais do Alentejo e de terem sido abertas USF em Lisboa registaram um um do Algarve a registar a nas suas áreas de influência. aumento, a que juntaram tendência. a sua carreira Vocabulário profissional Saber a linguagem um mesmo setor. entre pessoas do mesmo própria da profissão, o O ‘economês’, por ramo. Bom senso é chamado jargão, pode exemplo, é utilizado pelos fundamental para não trazer benefícios para especialistas em economia. deixar de fora da conversa o empregado quando Com este conhecimento outros profissionais que, usado corretamente. O o profissional passa a ser por não entenderem algum vocabulário profissional visto de forma positiva, jargão, possam deixar de específico integra o porém é importante contribuir com excelentes funcionário no mercado identificar as ocasiões ideias. Fora do trabalho, o e facilita o entendimento ideais para utilizá-lo, já que melhor é evitar o uso das entre os profissionais de se restringe à comunicação palavras específicas. DAVID CAMERON: CAMERON É O NOVO Aos 43 anos é a face da renovação dos PRIMEIRO-MINISTRO conservadores, até agora assombrados BRITÂNICO pela figura austera de Margaret Thatcher FOTO: EPA/DANIEL DAME
  6. 6. 6| DOMINGO 16 • MAIO • 2010 TEMA CAPA APESAR DE AS MULHERES ESTAREM CADA VEZ MAIS PRESENTES NA NOSSA SOCIEDADE, DESEMPENHANDO FUNÇÕES QUE ANTERIORMENTE ERAM APANÁGIO SOMENTE DO SEXO MASCULINO, A IGUALDADE AINDA CONTINUA A SER UMA BATALHA QUOTIDIANA A luta nossa FOTO: D.R. cada dia de  CARLA VAZ carla.redaccao@folhadeportugal.pt cresceu notavelmente o número de mulheres em graus S e, no passado, o sexo mais avançados de ensino, feminino era afastado ultrapassando, agora, os homens, do espaço público os quais abandonam mais cedo a e dos processos de tomada de decisão, hoje em EXISTIAM MAIS DE dia, a realidade começa a 2,5 MILHÕES DE ser algo bem diferente. A pouco e pouco, o mercado PORTUGUESAS ENTRE de trabalho tem vindo a A POPULAÇÃO ATIVA , receber mulheres dispostas NO ANO PASSADO e desejosas de desempenhar funções antes do domínio escola e em números muito mais exclusivo do sexo masculino. elevados. Se atentarmos no último Desde executivas, advogadas, Censo (2001), o total de mulheres juízas a médicas, políticas com o ensino superior completo e pilotos, a verdade é que as ultrapassava em mais de 100 mil FOTO: D.R. mulheres têm vindo a adquirir o de homens. Entre 2008 e 2009, o cada vez mais preponderância na sexo feminino representava 53% economia e na Sociedade. do total de alunos a frequentar o “APESAR DE OS DIREITOS SEREM OS MESMOS PARA AMBOS OS SEXOS, ensino superior. Também a nível O UNIVERSO PORTUGUÊS AS OPORTUNIDADES CONTINUAM A SOFRER DESEQUILÍBRIOS DE GÉNERO”, de doutoramentos houve ELZA PAIS, SECRETÁRIA DE ESTADO DA IGUALDADE Em apenas três décadas, uma verdadeira evolução,
  7. 7. tema capa DOMINGO 16 • MAIO • 2010 |7 FOTO: LUSA/MIGUEL A. LOPES FOTO: LUSA/PAULO CARRIÇO FOTO:EPA/SOEREN STACHE FOTO: EPA/PETER FOLEY FOTO: EPA/ANDY RAIN FOTO: LUSA Isabel II Hillary Clinton Isabel Alçada Leonor Beleza Angela Merkel Maria J. Morgado rainha de Inglaterra secretária de Estado ministra portuguesa presidente da Fundação chanceler alemã procuradora-geral dos EUA da Educação Champallimaud adjunta passando de apenas 4 mulheres A DESIGUALDADE EM NÚMEROS doutoradas em 1970 para 768 em 2008, ultrapassando os 734 homens. Já a nível de profissionais da lei, EMPREGO 2008 (INE) podemos verificar que, há dois anos atrás, o número de advogadas PROFISSÃO Mulheres (%) Homens (%) era superior ao dos seus colegas Quadros superiores da administração pública, 4,2 7,9 do sexo masculino, quando há 11 dirigentes e quadros superiores de empresa anos atrás, dos 11.319 advogados Especialistas das profissões intelectuais e científicas 10,8 7,3 somente 2.842 eram mulheres. Técnicos e profissionais de nível intermédio 9,6 8,9 Também a nível de domínio do Pessoal administrativo e similares 12,3 6,9 espaço aéreo podemos verificar DIFERENÇAS: Na grande Pessoal dos serviços e vendedores 22,2 9,2 maioria dos setores O AUMENTO DA Agricultores e trabalhadores qualificados da 11,6 10,2 profissionais ainda agricultura e pescas PARTICIPAÇÃO continuam a ser os homens Operários, artífices e trabalhadores similares 8,2 28,9 a liderar FEMININA EM TODOS Operadores de instalações e máquinas e trabalhadores 2,5 11,8 OS NÍVEIS ALARGA E da montagem ENRIQUECE, TORNA Trabalhadores não qualificados 18,5 7,9 FOTO: D.R. Forças Armadas 0,1 1,0 MAIS HONESTO E TRANSPARENTE O PROCESSO POLÍTICO, alguma mudança, pois, só na TAP Estado da Igualdade, Elza Pais, EXISTEM MAIS 100 mesmo tempo que os homens existem 20 mulheres piloto, 9 das “o espaço público, bem como ganham no espaço privado. ADIANTA UM quais são comandantes. o discurso oficial continuam a MIL MULHERES QUE Naturalmente que esta mudança ESTUDO DE UMA ser marcadamente masculinos. FREQUENTAM O implica adaptações, não só por AINDA CONTINUA A SER É esse o grande desafio da parte das mulheres e homens, ORGANIZAÇÃO UM MUNDO DE HOMENS conciliação, permitir às mulheres ENSINO SUPERIOR mas também das organizações INTERNACIONAL De acordo com a secretária de entrar no espaço público, ao DO QUE HOMENS e instituições”. Euros ainda motivam GUERRA DOS SEXOS FOTOS: D.R. Para ganhar cerca de 3.700 euros, um homem tem de trabalhar 4 meses, já uma mulher precisa de mais 1 mês de trabalho para alcançar esse valor Em média, um homem ganha 916 euros, homem ganha 1.000 euros, a mulher já uma mulher leva para casa 748 euros, ganha 695 euros. Nos quadros médios, menos 169 euros. E a situação tende a 916 euros a diferença desce para 19,5%. No limite piorar, mesmo com o nivelamento das inferior, dos aprendizes, o salário deles qualificações entre os dois sexos. A fim SALÁRIOS é superior em “apenas” 8,3% ao delas. E EM MÉDIA de averiguar as causas da discriminação para Natividade Coelho, presidente da no salário, Maria Pilar Gonzalez, da 748 euros Comissão para a Igualdade no Trabalho Faculdade de Economia do Porto, e no Emprego, ainda não se considera o elaborou um estudo que lhe permitiu trabalho não remunerado, nas tarefas concluir que uma parte tem a ver com as se entre os mais velhos, a discriminação domésticas e no acompanhamento de diferenças nas características produtivas tem-se “mantido estável”, já as jovens crianças e idosos. Se os homens passam e dos empregos; outra parte tem a ver são mais atingidas. mais 1 hora, em média, no emprego, já com discriminação pura e simples. A elas trabalham mais 3 horas em casa. No “parcela mais relevante do diferencial ENTÃO E O TRABALHO DE CASA? total, as mulheres acabam por trabalhar salarial (...) traduz (...) práticas Entre os quadros superiores, a diferença quase 13 horas por dia, mais 2 horas do INJUSTIÇA: As mulheres ganham em média menos discriminatórias dos empregadores”, e, de salário chega a 30,5%, pois, se o que os homens. 169 euros do que os homens
  8. 8. 8| DOMINGO 16 • MAIO • 2010 assunto geral POLÉMICO PONTES E TOLERÂNCIA DE PONTO CUSTAM MILHÕES Portugal tem 14 feriados nacionais, SEM CONTAR COM OS FERIADOS MUNICIPAIS, AS PONTES E TOLERÂNCIAS DE PONTO CONCEDIDAS PELO GOVERNO AO LONGO DO ANO. TODOS SOMADOS, REGRA GERAL, TOTALIZAM CERCA DE 22 DIAS  ISABEL BARBOSA isabel.redaccao@folhadeportugal.pt de somar ao valor estimado por Luís Bento. A s perdas por dia Luís Bento não desvaloriza as de paragem em receitas do turismo religioso – Portugal estão responsável por receitas anuais qualif icadas, na ordem dos 700 milhões de segundo os últimos estudos, euros – e reconhece que aos nos 37 milhões de euros. custos de um dia de paragem é Segundo as contas feitas por preciso “descontar as vendas do Luís Bento, antigo consultor comércio a retalho ou mesmo a do Banco Mundial e professor subida da ocupação hoteleira”, de Recursos Humanos na assim como os subsídios de Universidade Autónoma de alimentação. E acrescentou: “O Lisboa, ascende a 0,5 e 1 por que o país precisa de verdade cento do Produto Interno Bruto, é de produtividade e estas só em custos diretos. O que paragens afetam e perturbam a corresponde a 800 milhões de euros no total. De acordo com PORTUGAL TEM o especialista, este é o custo UM NÚMERO aproximado da tolerância de DE PARAGENS FOTO: LUSA/LUÍS FORRA ponto concedida a todo o país EXCESSIVAMENTE no dia 13 de maio, ainda que se ELEVADO QUANDO tenha naturalmente de ter em conta o dinheiro arrecadado no FERIADOS: portugueses enchem as praias de Vilamoura, no Algarve, no "Dia da Liberdade", aproveitando o bom tempo COMPARADO que se fez sentir na região, 47 por cento do tempo anual que temos é de lazer comércio ou no turismo. COM OUTROS “Temos um número de se evitar que as decisões sejam e segunda para evitar paragens sete religiosos, cinco históricos, PAÍSES paragens excessivamente tomadas “conforme o momento desnecessárias. o Ano Novo e o Carnaval, elevado quando comparado político” e para que as empresas sem contabilizar os feriados atividade das empresas. Não é com outros países. Se juntarmos possam planear as atividades. VALORES AINDA municipais. As tolerâncias de apenas um dia, é mais um dia os feriados que temos com O especialista dá o exemplo NÃO CONTABILIZADOS ponto que o Governo concedeu que afeta toda a semana porque as oito ou nove pontes que da Alemanha, onde quando Portugal tem 14 feriados a Lisboa a tarde do dia 11 de há sempre quem meta um ou o Governo dá, os 52 fins de um feriado calha à quinta ou à nacionais, mais dois do que maio e ao Porto a manhã do dia dois dias de férias e fique em semana e as semanas de férias terça-feira é passado para a sexta a média da União Europeia: 14 – paragens que ainda se têm casa sete.” verificamos que 47 por cento do tempo anual que temos é de lazer, o que num país à beira da Retornos não compensam os custos recessão não se compreende”, disse ao jornal Público Luís Bento. OBRIGAÇÃO DE Carvalho da Silva, da CGTP, e António Saraiva, da CIP, concordam que UM CALENDÁRIO Apesar de as contas serem para o momento DE CRISE não é o ideal para TOLERÂNCIAS DE PONTO dias que abrangem tanto o setor Portugal não está num momento O responsável pela CIP reconhece relacionadas com o trabalho e a família público como o setor privado, e propício para custos tão elevados haver “retornos eventuais no turismo o absentismo é muitas vezes criticado a tolerância dada pelo Governo como o da visita do Papa Bento XVI. ou na restauração”, mas acredita ou quantificado como custo elevado. ser só para a Administração António Saraiva, o novo presidente da profundamente que “não compensam Agora, neste caso, toda a gente tem Pública, Luís Bento explica Confederação da Indústria Portuguesa os custos”. “Acho excessivo termos uma atitude perfeitamente hipócrita e que em Portugal “há tendência (CIP), e Carvalho da Silva, secretário- tais custos neste momento de crise, se cala como se nada fosse”, diz o líder para o setor privado fazer um -geral da CGTP intersindical, em que precisamos de aumentar a da CGTP. processo de mimetismo do setor convergem nessa opinião que avaliam competitividade e em que o país não público, à semelhança do que mais de um ponto de vista empresarial, se compadece com quaisquer perdas”, acontece na concertação social”, da produtividade e do trabalho do que acrescenta António Saraiva. pelo que os 37 milhões serão um no plano religioso ou social. Por seu lado, Carvalho da Silva valor próximo da realidade. Se “Portugal não se encontra num classifica a disparidade de critérios falarmos em custos indiretos, momento propício, e não se compadece, que acredita existir nas decisões sobre FOTO: LUSA/MIGUEL A.LOPES o valor sobre para o dobro: 74 com este tipo de custos com absentismo a visita do Papa a Lisboa, Fátima CARVALHO DA SILVA: O milhões. extraordinário”, diz António Saraiva. e Porto como hipócrita. “O poder secretário-geral Luís Bento sugere, por isso, “Alimenta-se um certo porreirismo, em político e o poder económico têm dois da CGTP-IN que na primeira quinzena de vez de se assumirem as coisas e de haver pesos e duas medidas. Quando há considerou a decisão do cada ano os governos sejam responsabilidade”, acrescenta Carvalho problemas e os trabalhadores pedem Executivo obrigados a apresentar um da Silva. coisas importantes e estruturantes pouco refletida calendário de paragens para
  9. 9. Folha CENTRO DE AJUDA LEIA MAIS: 4i/5i – ENCONTRO DAS FAMÍLIAS: Dar o melhor de si! 6i – CONGRESSO FINANCEIRO: O Segredo dos Milionários Nº 334 • DOMINGO • 16 • MAIO • 2010
  10. 10. 2i | DOMINGO 16 • MAIO • 2010 superação Abaixo do fundo e consegui outro emprego em que passei a ganhar o dobro.” NOVO PAÍS, NOVA fundo do poço! REALIDADE Dando voz ao desejo de emigrar para a Europa, Eduardo veio para Portugal. “Não foi fácil a adaptação, foi muito duro, mas ainda assim persisti. Tinha dívidas a saldar, devido a várias situações, A vida de muitos, como se não bastasse os problemas com que diariamente se por isso, precisava de 1.800 euros para poder regularizar deparam, ainda é agravada pelos vícios, esta era a realidade da vida de Eduardo a minha situação. Surgiu a oportunidade de participar  NILZA VAZ nilza.redaccao@folhadeportugal.pt na Fogueira Santa e eu não hesitei. Entreguei o meu “Antes de conhecer o CENTRO sacrifício a Deus, pois sabia DE AJUDA ESPIRITUAL, a que só Ele poderia livrar-me minha vida encontrava-se daqueles problemas. Agarrei um pouco abaixo do fundo aquela oportunidade com toda do poço, isto há dez anos a minha Fé! Os resultados não atrás! Fumava dois maços de ANTES: O meio de tardaram, no dia seguinte, locomoção de Eduardo era tabaco por dia, bebia ao ponto esta velha bicicleta os meus patrões compraram de cair e as pessoas já não se uma quinta e deram-me a casa importarem comigo. Também vizinha que Eduardo para eu morar e, como se não estava desempregado e a minha resolveu participar bastasse quitaram a dívida de vida financeira já estava num numa reunião do 1.800 euros que eu tinha. FOTOS: CEDIDAS estado tão crítico que tinha Centro de Ajuda Na Fogueira Santa , que pedir ajuda, esmola, para Espir itual. “Em aproveitando a oportunidade, poder sobreviver. A minha pouco mais de um lancei-me com tudo nas mãos família sentia vergonha, pois mês libertei-me do de Deus, pois o meu meio de não conseguia ajudar-me”, diz vício do tabaco e, para mim, consegui deixar o vício do vida, passei a exercer a minha transporte era uma bicicleta Eduardo, em tom de desabafo. isso bastou para crer que Deus álcool. Ainda com muita profissão, a de camionista, velha e eu almejava o carro dos realmente existe! Dando persistência nas correntes mas, ainda assim, não estava meus sonhos. E assim foi, Deus ABANDONAR OS VÍCIOS continuidade às correntes de consegui um emprego que viria contente com o salário que não falhou! Hoje eu tenho um Foi pela insistência de uma orações de libertação, também a mudar por completo a minha recebia, porém, Deus abençoou BMW!” EDUARDO - ALMADA O CAMINHO O fim da depressão DA CURA “Cheguei ao Centro de Ajuda Espiritual “Estava deprimida, não tinha vontade de viver e quando olhava para mim não gostava do que via. Lembro-me de com a vida destruída. Tinha problemas não conseguir controlar na família, com o meu marido, a os meus sentimentos e por doença da minha mãe e os meus filhos mais que quisesse mudar não tinham bronquite asmática. Mas conseguia. Isolava-me, não tudo isso foi superado! Há dois anos, tinha auto-estima, adormecia foi-me diagnosticado vários nódulos e levantava-me a chorar. e vários quistos nos seios. A médica Porém, poucas pessoas se FOTO: DIOGO ALMEIDA pediu-me também uma ecografia e apercebiam do que se estava foi constatado um mioma no útero e a passar comigo. Apesar de não ter e de sacrificar pelo meu sonho, passei quistos nos ovários. Fiquei abalada, coragem de tirar a própria vida, achava a ser uma pessoa diferente! Agora mas não me acomodei, lutei com Deus que se me matassem o dano não seria tenho objetivos, alegria e vontade de durante 8 meses. Coloquei a minha muito grande. Dormia muito, mas não viver. Durmo as horas de que preciso FOTO: DIOGO ALMEIDA fé sobrenatural em ação, sacrifiquei conseguia descansar. Ouvia chamarem tranquilamente, tenho paz e enfrento pelo meu sonho e o sobrenatural por mim, mas não estava lá ninguém. os desafios! Hoje, tenho amor para manifestou-se na minha vida. Hoje, Mas, depois, de conhecer o CdAE dar!” LARA PEREIRA estou curada!”. ROSELI ROCHA - PINHAL NOVO Eu vi... ...ouvi... ...e subirei!
  11. 11. reflexão DOMINGO 16 • MAIO • 2010 | 3i O CENTRO DE AJUDA ESPIRITUAL (IURD) NÃO COBRA: mensagem 1.Para realizar casamentos 21.Para manter a Fazenda BISPO EDIR MACEDO 2.Para realizar batizados Nova Canaã (adultos) 22.Para a realização de cursos 3.Para dar aconselhamento informáticos O Selo de matrimonial 23.Para aconselhar e apoiar 4.Para aconselhar e na escolha de uma carreira acompanhar indivíduos profissional Garantia toxicodependentes 2 4 . P a r a a t e n d i m e n to 5.Para aconselhamento telefónico 24 horas pastoral 25.Para apoio a mulheres 6.Para participar na Santa vítimas de abusos Ceia 26.Para apoio e 7Para a realização da unção aconselhamento a indivíduos N com óleo dependentes alcoólicos 8.Para visitas ao domicílio 27.Para visitas a lares de ada neste mundo é mais importante contrário, evapora. 9.Para visitas a doentes no terceira idade do que a garantia da salvação Somente os selados com o Espírito Santo hospital 28.Para dar alimento aos sem- eterna da alma. Jesus disse: “Que têm permanecido firmes. São os verdadeiros 10.Para visitas a presidiários -abrigo aproveita ao homem ganhar o “chamados e escolhidos”. 11.Para distribuição de 29.Para apoio em catástrofes mundo inteiro e perder a sua alma?” (Marcos Muitos Deus tem chamado, mas, poucos cestas básicas às famílias 30.Para a realização 8.36). É impossível conquistá-la e mantê-la sem a têm sido escolhidos. Injustiça Divina? Não. De carenciadas de atividades lúdicas e participação efetiva do Espírito forma nenhuma. Assim como 12.Para distribuição de desportivas com os jovens Santo. Só Ele é capaz de ensinar, a salvação da alma é oferecida bens (roupas, mobílias, 31.Para aconselhamento e guiar, fortalecer, sustentar e SOMENTE OS a todos, também para todos eletrodomésticos, etc.) a campanhas na prevenção do manter os seguidores do Seu SELADOS COM tem sido o batismo com o pessoas carenciadas HIV Filho no Caminho. Espírito Santo. O problema é 13.Para acolher o Instituto 32 .Pelo transpor te de Todo o ramo que não dá O ESPÍRITO que nem todos estão dispostos Português do Sangue nas suas pessoas com dificuldades de fruto é cortado. Permanece na SANTO TÊM ao sacrifício da própria vida. instalações para a doação de locomoção árvore só o ramo que dá fruto. Fazer o quê? sangue 33.Pelo estacionamento no PERMANECIDO O Espírito Santo é a Seiva que Todo o bem material precisa 14.Para ajudar a manter o Lar parque da Igreja dá vida ao ramo. Sem isso, ele FIRMES. SÃO OS de manutenção. O mesmo se de Idosos Universal 34.Pelos Estudos Bíblicos seca. VERDADEIROS dá em relação ao maior bem 15.Para a apresentação de realizados Já vi muitas pessoas a serem espiritual: a salvação da alma. crianças (não batiza crianças, 35.Pela entrada e participação “CHAMADOS E curadas de muitas doenças e O Espírito Santo é a Chama somente adultos) no Maior Congresso enfermidades, libertas de toda ESCOLHIDOS” que impede a fé de se apagar. 16.Para participar no Grupo Financeiro do País a sorte de espíritos imundos, Ele é o Selo de garantia da vida de Jovens "Força Jovem" 36.Pela realização de funerais conquistarem a vida económica eterna. 17.Para a realização de 37.Pela distribuição do Óleo estável, enfim, alcançarem maravilhas pela fé e, “…mas recebereis poder, ao descer sobre vós o orações Santo de Israel 18.Para a entrada nas igrejas e 38.Pelos cursos de Teologia em seguida, abandoná-la. Infelizmente, a maioria Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas…” participação nos cultos (IBURD) esquece-se que, se pela fé se conquista, pela (Atos 1.8). 19.Para a participação em 39.Pelos milagres que dúvida se perde. A fé precisa de manutenção, de Que Deus abençe a todos abundantemente Concentrações, em locais acontecem em todos os como: Coliseu dos Recreios, Centros de Ajuda espalhados Pavilhão Rosa Mota, Estádios, pelo Mundo. Pavilhão Atlântico, etc. 20.Para ajudar a manter a Só ensina às pessoas a Sociedade “Pestallozi” (presta VERDADE. O dízimo, como assistência aos portadores da também as ofertas, são síndrome de Down) mandamentos bíblicos. PUB EDIFIQUE A SUA VIDA! A ALMA RESPONDE! unipro.com.pt

×